ESTUDO SOBRE A INTERAÇÃO ENTRE UNIVERSIDADES, INSTITUTOS DE PESQUISA E EMPRESAS EM MINAS GERAIS
Introdução <ul><ul><li>Este Estudo refere-se aos resultados parciais do projeto “Oportunidades ao Desenvolvimento Sócio-Ec...
Objetivo Apoiar no aprimoramento do sistema de interação entre universidades, institutos de pesquisa e empresas e apoiar n...
Metodologia O ponto de partida para a aplicação do questionário foi a identificação dos grupos de pesquisa  filiados  a  i...
Tabela 1 - Grupos de pesquisa que responderam o questionário, por grande área e área do conhecimento, Minas Gerais, 2008. ...
Tabela 2- Lista das instituições dos grupos de pesquisa que responderam à pesquisa de campo, Minas Gerais, 2008. 142 Total...
Gráfico 1 - Tipos de relacionamentos do grupo de pesquisa em colaboração com empresas classificados de acordo com o grau d...
Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. Gráfico 2- Principais resultados do relacionamento co...
Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. Nota: Dos 142 grupos que responderam, 56 (39,4%) não ...
Gráfico 4- Dificuldades do relacionamento com empresas de acordo com o grau de importância para as atividades de pesquisa ...
Gráfico 5- Canais de informação para a transferência de conhecimento do grupo para as empresas de acordo com o grau de imp...
Gráfico 6 - Iniciativa do relacionamento entre o grupo e a empresa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a ...
Gráfico 7 - Forma como a empresa identificou o grupo de pesquisa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a pa...
Gráfico 8 - Forma como a empresa identificou o grupo de pesquisa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a pa...
Gráfico 9- Percentual de tempo dedicado às funções da universidade/ IPs, Minas Gerais, 2008 . Fonte: Elaboração CEDEPLAR/U...
Gráfico 10- Local onde os líderes dos grupos de pesquisa trabalharam antes de realizar projetos em colaboração com empresa...
Conclusões 1- A  interação  universidade-empresa  em  Minas  Gerais  é  fortemente  direcionada  pelos mecanismos do que s...
Conclusões 3- As  incubadoras  também  vêm  desempenhando  papel  importante,  principalmente  em localidades menores, ond...
Governo do Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Projeto Oportunidades ao D...
 
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Pesquisa sobre Interação Universidade Empresa - Minas Gerais

1,223 views
1,122 views

Published on

Este Estudo refere-se aos resultados parciais do projeto “Oportunidades ao Desenvolvimento Sócio-Econômico e Desafios da Ciência, da Tecnologia e da Inovação em Minas Gerais”, realizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – SECTES, em parceira com o Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional – CEDEPLAR, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG.
Os resultados apresentados neste estudo fazem parte da pesquisa sobre a interação entre universidades, institutos de pesquisa e empresas, realizadas a partir de informações disponíveis no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq.
A pesquisa foi realizada a partir de informações de 142 grupos de pesquisa de Minas Gerais, cadastrados no Diretório do CNPq, obtidas por meio de um questionário on-line.

Published in: Technology, Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,223
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
10
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pesquisa sobre Interação Universidade Empresa - Minas Gerais

  1. 1. ESTUDO SOBRE A INTERAÇÃO ENTRE UNIVERSIDADES, INSTITUTOS DE PESQUISA E EMPRESAS EM MINAS GERAIS
  2. 2. Introdução <ul><ul><li>Este Estudo refere-se aos resultados parciais do projeto “Oportunidades ao Desenvolvimento Sócio-Econômico e Desafios da Ciência, da Tecnologia e da Inovação em Minas Gerais”, realizado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – SECTES, em parceira com o Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional – CEDEPLAR, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais – FAPEMIG. </li></ul></ul><ul><ul><li>Os resultados apresentados neste estudo fazem parte da pesquisa sobre a interação entre universidades, institutos de pesquisa e empresas, realizadas a partir de informações disponíveis no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. </li></ul></ul><ul><ul><li>A pesquisa foi realizada a partir de informações de 142 grupos de pesquisa de Minas Gerais, cadastrados no Diretório do CNPq, obtidas por meio de um questionário on-line . </li></ul></ul><ul><ul><li>De acordo com o Censo de 2004 do CNPq, 204 grupos de pesquisa, ou seja, 13% do total de Minas Gerais declaram relacionamento com o setor produtivo, sendo que os maiores números de grupos com relacionamento são das áreas de Ciências Agrárias e Engenharias. Na pesquisa foram obtidas respostas de 142 grupos de pesquisas. </li></ul></ul>
  3. 3. Objetivo Apoiar no aprimoramento do sistema de interação entre universidades, institutos de pesquisa e empresas e apoiar no desenvolvimento de áreas estratégicas portadoras de futuro, contribuindo para estimular a inovação, os empreendimentos de base tecnológica e as atividades de ciência, tecnologia e inovação.
  4. 4. Metodologia O ponto de partida para a aplicação do questionário foi a identificação dos grupos de pesquisa filiados a instituições mineiras que declararam algum relacionamento com o setor produtivo de acordo com o Censo 2004 do Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. De acordo com este Censo, 204 grupos de pesquisa (ou seja, 13% do total) de Minas Gerais declaram relacionamento com o setor produtivo. Os questionários foram enviados para os 204 líderes dos grupos de pesquisa. A pesquisa foi realizada entre 02 de abril e 06 de outubro de 2008. Foram obtidas respostas de 142 grupos de pesquisas distribuídos nas áreas do conhecimento.
  5. 5. Tabela 1 - Grupos de pesquisa que responderam o questionário, por grande área e área do conhecimento, Minas Gerais, 2008. O maior número de grupos que responderam foram os de engenharias Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. 142 Total 1 Lingüística, Letras e Artes 49 Engenharias 4 Ciências Sociais Aplicadas 6 Ciências Humanas 9 Ciências Exatas e da Terra 10 Ciências da Saúde 15 Ciências Biológicas 48 Ciências Agrárias Grupos Grande Área do Conhecimento
  6. 6. Tabela 2- Lista das instituições dos grupos de pesquisa que responderam à pesquisa de campo, Minas Gerais, 2008. 142 Total 1 Sete Lagoas Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) 2 Juiz de Fora Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) 3   Setor Governamental Público Federal 3 Belo Horizonte Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (CETEC) 1 Viçosa Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) 2 Uberaba Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) 6 Setor Governamental Público Estadual 1 Belo Horizonte Empresa de Informática e Informação do Município de Belo Horizonte(PRODABEL) 1 Setor Empresarial Público Municipal 1 Montes Claros Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES) 32 Viçosa Universidade Federal de Viçosa (UFV) 12 Uberlândia Universidade Federal de Uberlândia (UFU) 1 Uberaba Universidade Federal do Triangulo Mineiro (UFTM) 3 São João del Rei Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) 3 Ouro Preto Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) 12 Lavras Universidade Federal de Lavras (UFLA) 8 Juiz de Fora Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) 2 Itajubá Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) 1 Diamantina Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) 38 Belo Horizonte Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) 3 Belo Horizonte Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) 1 Belo Horizonte Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET/MG) 117 IES Público Federal 2 Uberaba Universidade de Uberaba (UNIUBE) 1 Pedro Leopoldo Faculdades Integradas de Pedro Leopoldo (FPL) 1 Governador Valadares Universidade Vale do Rio Doce (UNIVALE) 8 Belo Horizonte Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) 1 Belo Horizonte Fundação Mineira de Educação e Cultura (FUMEC) 2 Alfenas Universidade José do Rosário Vellano (UNIFENAS) 15 IES Privado Número de Grupos Cidade Categoria/ Instituição
  7. 7. Gráfico 1 - Tipos de relacionamentos do grupo de pesquisa em colaboração com empresas classificados de acordo com o grau de importância para as atividades de pesquisa do grupo, Minas Gerais, 2008 Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008.
  8. 8. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. Gráfico 2- Principais resultados do relacionamento com empresas, classificados de acordo com o grau de importância para as atividades de pesquisa do grupo.
  9. 9. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008. Nota: Dos 142 grupos que responderam, 56 (39,4%) não apontaram o benefício mais importante Gráfico 3- Benefícios do relacionamento com empresas de acordo com o grau de importância para as atividades de pesquisa do grupo, Minas Gerais, 2008.
  10. 10. Gráfico 4- Dificuldades do relacionamento com empresas de acordo com o grau de importância para as atividades de pesquisa do grupo, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008.
  11. 11. Gráfico 5- Canais de informação para a transferência de conhecimento do grupo para as empresas de acordo com o grau de importância para as atividades de pesquisa do grupo, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008.
  12. 12. Gráfico 6 - Iniciativa do relacionamento entre o grupo e a empresa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008.
  13. 13. Gráfico 7 - Forma como a empresa identificou o grupo de pesquisa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008.
  14. 14. Gráfico 8 - Forma como a empresa identificou o grupo de pesquisa, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008.
  15. 15. Gráfico 9- Percentual de tempo dedicado às funções da universidade/ IPs, Minas Gerais, 2008 . Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008.
  16. 16. Gráfico 10- Local onde os líderes dos grupos de pesquisa trabalharam antes de realizar projetos em colaboração com empresas, Minas Gerais, 2008. Fonte: Elaboração CEDEPLAR/UFMG a partir de Pesquisa de campo, 2008.
  17. 17. Conclusões 1- A interação universidade-empresa em Minas Gerais é fortemente direcionada pelos mecanismos do que se denomina de ‘ciência aberta’. Neste contexto, ambientes institucionais que propiciam os contatos pessoais e as interações informais são recomendados no fomento a estas interações. A promoção de congressos e de seminários que reúnam os diversos atores (universidades, institutos de pesquisa, empresas) é também recomendada como instrumento capaz de catalizar relacionamentos colaborativos; 2- Os mecanismos institucionais de transferência de tecnologia recentemente criados nas universidades aparentam ser relevantes e atuantes em algumas universidades. Fortalecer estes escritórios é fundamental, como política de incentivo à transferência de conhecimento e de tecnologia gerada nas universidades/ IPs;
  18. 18. Conclusões 3- As incubadoras também vêm desempenhando papel importante, principalmente em localidades menores, onde a base industrial não é dinâmica. Fortalecer e ampliar os recursos destinados às incubadoras e às empresas incubadas é necessário e importante principalmente nestas localidades; 4- Destaca-se a importância do financiamento público aos relacionamentos colaborativos universidade-empresa em Minas Gerais. As iniciativas do fomento estadual através da Fapemig devem ser mantidas e ampliadas com parcerias junto à Finep.
  19. 19. Governo do Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Projeto Oportunidades ao Desenvolvimento Sócio-Econômico e Desafios da Ciência, da Tecnologia e da Inovação em Minas Gerais. Coordenação Geral do Projeto Superintendência de Prospecção Tecnológica e Monitoramento Estratégico- SPTME Silvio Dias Pereira Neto Parceiro Grupo de Economia da Ciência e da Tecnologia do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional - CEDEPLAR/UFMG Eduardo da Motta e Albuquerque Elaboração Márcia Siqueira Rapini Catari Vilela Chaves Leonardo Costa Ribeiro Fábio Chaves do Couto e Silva Neto Isabel de Azeredo Moura Juliana Rodrigues Vieira Pietro Calixto Antunes Priscila Gomes de Castro Soraia Schultz Martins Carvalho Thiago Luís Rodarte Vanessa Criscuolo Parreiras de Oliveira André Henrique de Brito Veloso Joana David Avritzer Luiza Teixeira de Melo Franco Ariane Rocha Vieira Arquimedes dos Santos Quintão Daniel Ferreira Gonçalves Juslei Alves de Souza Laura Alice Souza da Silva Marcelo Tosta Gonçalves Ricardo de Oliveira Silvio Dias Pereira Neto Thais Fernanda Valéria Carolina Guedes   Equipe Técnica - CEDEPLAR Equipe Técnica - SPTME/SECTES

×