TPM - manutenção produtiva total

10,491 views
10,227 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
10,491
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

TPM - manutenção produtiva total

  1. 1. Manutenção AutónomaTrabalho realizado por: Manutenção Planeada Sérgio Rocha - 2104 1
  2. 2. O TPM está assente em 8 pilares fundamentais, dos quaisabordaremos dois deles no decorrer deste trabalho. Manutenção Autónoma Manutenção Planeada TPM 2
  3. 3. Consiste na melhoria da eficiência dos equipamentos, desenvolvendo acapacidade dos operadores para a execução de pequenas reparações einspecções, mantendo o processo de acordo com os padrões estabelecidos,antecipando-se aos potenciais problemas.Existem 8 etapas de implementação da manutenção autónoma:1) Preparação.2) Limpeza e inspecção.3) Medidas contra fontes de sujidade e locais difíceis.4) Elaboração de padrões de limpeza, inspecção e lubrificação.5) Inspecção geral.6) Inspecção autónoma.7) Padronização.8) Implementação do controlo autónomo. 3
  4. 4. Preparação para o início das actividades da ManutençãoAutónoma.Podemos adoptar medidas diferentes de preparação, tais como: Técnica dos 5s:1. Senso de Utilização – Ter no posto de trabalho apenas as ferramentas essenciais;2. Senso de Limpeza – O posto de trabalho deve estar sempre limpo e ter um bom impacto visual;3. Senso de Ordenação – Devemos ter o posto de trabalho bem organizado e com as sinalizações devidas;4. Senso de Saúde – Assegurar as condições de higiene e segurança;5. Senso de Autodisciplina – Cumprir a realização das tarefas como estipulado. 4
  5. 5. Funções Básicas da Manutenção Autónoma: Basicamente a manutenção tem como função dar apoio à operação para a implementação da Manutenção Autónoma. Os pontos básicos a serem considerados são: Verificação das deteriorações - No início das actividades TPM, os operadores encontrarão defeitos, que deverão ser etiquetados, como forma de identificar o defeito no próprio local; Eliminação das causas de deterioração forçada. 5
  6. 6. Programa baseado nas etiquetas :Estas etiquetas são geralmente divididas em duas classes eidentificadas por cores diferentes: Etiquetas vermelhas: defeitos encontrados pelo operador e que ele não temcondições para solucionar; Etiquetas azuis: defeitos encontrados pelo operador e por ele solucionados.Na fase inicial, o número de etiquetas vermelhas é muito superior aonúmero de azuis, logo, percebemos que o operador deverá começara realizar algumas intervenções de manutenção; 6
  7. 7. A manutenção pode tomar três providências para apoiar a verificaçãodas deteriorações que são: Acção rápida na resolução das etiquetas vermelhas: qual é o problema, quem será responsável pela solução, como e quando será resolvido. Lições ponto a ponto: É uma forma de transmitir conhecimento através de pequenas informações. Deve ser transmitida de tal forma que a ser perceptível por qualquer pessoa. Treinar os operadores em pontos básicos de manutenção: A manutenção deverá proporcionar formação teórico/prática de elementos básicos aos operadores. 7
  8. 8. Pontos chave para o sucesso da manutenção autónoma: Formação inicial : é necessário a formação de todos os envolvidos antes deiniciadas as etapas de implantação da MA, para que compreendam a suaimplantação. O trabalho propriamente dito: as actividades desenvolvidas não devem servistas como esporádicas. Estas actividades são do próprio trabalho. A estrutura do grupo : o número de elementos e as suas hierarquias 8
  9. 9. Pontos chave para o sucesso da manutenção autónoma: Princípio da prática: Deve ter como principal objectivo o facto de fazer comas próprias mãos Efeitos reais: definir metas e objectivos. Execução rigorosa : é extremamente importante a execução rigorosa dastarefas para não prejudicar o programa. Segurança em primeiro lugar 9
  10. 10. A ideia de base desta acção é que, o Operador da Produção, tenha de umaforma progressiva e consistente, uma participação na manutenção do seuequipamento. Evidenciando assim anomalias listadas em impresso próprio,aprendendo e sensibilizando-se com o equipamento e, sentindo-secomprometido com o resultado final desta intervenção periódica, imprescindívelpara o bom funcionamento do equipamento. Manutenção Planeada Não Planeada Correctiva/ Preventiva Curativa Curativa Sistemática Condicionada 10
  11. 11. Manutenção Planeada – Manutenção organizada com antecedência econtrolada pelo uso de planos.O Planeamento envolve a preparação e a programação.Manutenção Preventiva - Manutenção efectuada segundo critérios pré-determinados, conduzida com o fim de reduzir a probabilidade de ummaterial entrar em ruptura. 11
  12. 12. Manutenção preventiva sistemática Visita e inspecção periódica (controlo visual da máquina e regulação). Reparação preventiva (substituição de peças gastas, controlo demáquinas e várias regulações), em função do tempo ou número deunidades de utilização. Revisões periódicas (assenta principalmente em métodos baseados naprevisão à ruptura em função do grau de utilização). 12
  13. 13. Manutenção Preventiva CondicionadaÉ um tipo de manutenção subordinada à medição de parâmetros pré-determinados que revelarão o estado de funcionamento e de degradaçãode um determinado equipamento.Manutenção correctivaManutenção conduzida de forma a reparar os materiais e a repô-los noestado de bom funcionamento, será a programação das reparações noque respeita à melhoria do estado do material.Engloba as gama - tipo, e as intervenções para melhoria do estado domaterial mesmo sem avaria. 13
  14. 14. A manutenção correctiva consiste em: Analisar o estado geral dos equipamentos; Estudar as avarias repetitivas; Estudar os pontos críticos; Agrupar as avarias por causa; Elaboração das gamas – tipo. 14
  15. 15. Manutenção por emergência ou rupturaÉ o tipo de manutenção necessária à colocação de um materialem funcionamento imediato. Está associada à ruptura de ummaterial. Ruptura – impõe paragem da máquina Avaria – não impõe paragem da máquina 15
  16. 16. Conclusão:A manutenção quando bem planeada e efectuada, traz inúmerosbenefícios para as empresas, tais como: Redução dos custos de desperdício e de trabalho deaperfeiçoamento; Redução das interrupções da produção; Redução dos custos de manutenção; Redução média dos tempos de ciclo; Melhor qualidade dos produtos, etc... 16

×