0
Agenda
Neuróbica
O Empreendedor e o empreendedorismo
Mitos do Empreendedorismo
Como ter a ideia
A importância da Equipe
Ca...
Alex
Operações e
Alianças estratégicas
A equipe
Christian
Financeiro e
Investidores
Ricardo
Marketing e
Planejamento
Vitor...
Porque você está aqui?
Do Francês!
Entrepreneu
r
A primeira empresa
Moderna!
1602
Muito conhecimento!
+300 anos
1602 1908
MBA
START!
Novas Habilidades!
Novas Ferramentas!
Novos Roadmaps!
1ª Grande regra das Startups
Start-ups NÃO são versões menores
de empresas Grandes
2 Conclusões:
Start-ups NÃO são versões menores de empresas Grandes
Startups PROCURAM
Empresas Executam
Todos somos EMPREE...
Todos somos EMPREENDEDORES
75% Querem Empreender
1. Empreendedores nascem empreendedores;
2. Empreendedores são apostadores;
3. Empreendedores querem o show todo para eles...
Empreender é Verbo!
Sexo
Ideias fazem
+
= ++++
=
Scratching
The Itch(ou coçando a coceira)
Coçando a
Coceira
Sua
A importância da equipe
Dinâmica do Astronauta
300km de distância
Lado ESCURO da LUA
15 peças de equipamento
Objetivo esco...
Dinâmica do Astronauta
300km de distância
Lado ESCURO da LUA
15 peças de equipamento
Fase 1: REGRA!
Individual!
5 minutos!...
Dinâmica do Astronauta
300km de distância
Lado ESCURO da LUA
15 peças de equipamento
Fase 2: REGRAS!
Em equipe
NÃO PODE HA...
Dinâmica do Astronauta
Dinâmica do Astronauta
Resultado!
Fase 4
Dinâmica do Astronauta
Resultado!
Fase 5
Dinâmica do Astronauta
Resultado!
Coffeeeee.....
Startups Procuram!
Startups Procuram!
Plano de Marketing Plano Financeiro
Plano Operação Plano de Riscos
Planos...
Plano de negócio
Imagem real de uma startup!
Imagem de uma startup!
Segunda
Terça
Quarta
Quinta
Sexta
MODELO
DE NEGÓCIO
Conceito
Desenvolvimento
Teste
Lançamento
Conceito Dev Teste Launch
Dia
1
Desenvolvimento de Cliente
O que é uma STARTUP?
Uma organização TEMPORÁRIA desenhada
para BUSCAR por um modelo de negócio
REPETÍVEL e ESCALÁVEL
O que é um modelo
de negócio?
É como uma empresa cria VALOR para si
mesma ENQUANTO entrega produtos ou
serviços para seus ...
O que é uma STARTUP?
Uma organização TEMPORÁRIA desenhada
para BUSCAR por um modelo de negócio
REPETÍVEL e ESCALÁVEL
O que...
CANVAS
CANVAS
Proposta de Valor
Forma chic de dizer o que faz o seu produto!
Software é FERRAMENTA!
Que valor entregamos ao cliente.?
Qu...
Proposta de Valor
Isso faz parte do princípio
fundamental das startups:
A BUSCA.
Busca pelo nosso modelo
de negócio.
Produ...
Proposta de Valor
Saia do escritório, garagem, quarto! E ir perguntar!
O que você está fazendo é criando hipóteses.
Proposta de Valor
Opção de
Cardápio
Online
Atualizado
Fornecedores
Selecionados
Acompanham
ento de
pedidos com
entrega (GP...
Segmentos de Clientes
Busca pelo Arquétipo/Persona
Você pode ter vários!
Day in the life
Segmentos de Clientes
Todo mundo
que tá com
fome
Pessoas que possuem
acesso a
internet/smartphone,
que compram pela
intern...
Canais
Canais
Através de quais canais nossos segmentos de
clientes querem ser contatados?
Como os alcançamos agora?
Como nossos c...
Canais
Canais Físicos
E
Canais Virtuais
Canais
1. Conhecimento
2. Avaliação
3. Compra
4. Entrega
5. Pós Venda
Canais
Website
Celular
(APP)
Blog com
Dicas e
receitas
Survey
Monkeys
Relacionamento com
clientes
Relacionamento com
clientes
Conquista – Retenção - Ampliação
Relacionamento com
clientes
Conquista
Relações Publicas
Propaganda
Marketing Direto
Eventos
SEM
...
POR NA PONTA DO
LÁPIS
Relacionamento com
clientes
Retenção
Viral Loop
Comunidades
(Criação de
fóruns)
Clube Serviço de
inteligência
Validação do
Estabelecimento
(ranking)
Relacionamento com
cl...
Fontes de Receita
Não estamos falando de
precificação!
Fontes de Receita
Erros comuns:
Achar que é preço;
Fazer a conta com base no quanto
custa o produto;
Cobrar o que a concor...
Fontes de Receita
Venda de Recursos
Por Uso (Usage fee)
Assinatura
Empréstimo/Aluguéis/Leasing
Licenciamento
Taxa de Corre...
Fontes de Receita
Cobrar pelo
Serviço
Assinatura do
Cliente
Assinatura do
Fornecedor
Taxa de Uso
Pela emp.
Delivery
Lado Direito
Principais Parceiros
Objetivos:
Empresas Criam Alianças para
otimizar seus modelos, reduzir
riscos, viabilizar os negócios...
Principais Parceiros
Alianças estratégicas
Coopetição
Joint Ventures
Relação Comprador-Fornecedor
Joint Business Dev
Traff...
Principais Parceiros
Parcerias São
FENOMENAIS!
Principais Parceiros
RISCO DAS
PARCERIAS
Principais Parceiros
RISCO DAS
PARCERIAS
Principais Parceiros
RISCO DAS
PARCERIAS
Força empresarial
Burocracia
Perda de visão
Pessoalidade nas parcerias
Principais Parceiros
Delivery Software
House
Mobile Fornecedores
Recursos, Atividades,
Custos
Recursos
Físicos;
Intelectuais;
Humanos;
Financeiros.
Atividades Chaves
Produção
Resolução de problemas
Plataforma/rede
Custos
As mensurações que importam!
Fixos e variáveis
Recursos
Manter a
Comunidade
ativa
Logística
Manutenção
ferramentas
Atividades Custos
Equipe de
venda
Propaganda
Relações
...
LUNCH BREAK!
Isso aqui é STARTUP!
#preenchendoOcanvasENQUANTOcome
Desenvolvimento de
Clientes
Desenvolvimento de Produto
Desenvolvimento
Conceito Dev Teste Launch
Desenvolvimento de Produto
Adaptado para Clientes
Desenvolvimento de
Clientes
Desenvolver Ajustar Expandir
Desenvolvimento
Lean Startup
Construir
MensurarAprender
Ideias
Construa
Rápido
Mensure
Rápido
Contrua Rápido
Desenvolvimento Ágil – XP
Pequenas atualizações!
PIVOTAR
MORRER ou
Pivotagem
Pivotagem
Founders at work
Podem Mudar o seu Produto
Fazer Pivotagem
Ouvir o feedback de clientes em primeira mão
Minimal Viable Product
(MVP)
Construir o mínimo para poder
colher feedbacks!
Minimal Viable Product
(MVP)
Earlyvangelists vs mainstream
Tudo junto!
Verificar
ou
Pivotar
Canvas
Testar o
Problema
Testar a
Solução
Hipóteses
Get out of the
building
MVP
Agile (XP...
Desenvolvimento de
Clientes
Passos
Os próximos
Vamos falar de $
Bootstrap
Seed Investors
Angel Investors
Venture Investors
Crowdfunding
Incubadoras
As
Aceleradoras
As
Programas
Governamentais
de Aceleração
CompetiçõesAs
CompetiçõesAs
Considerações finais
Empreender é
Fantástico!
Considerações finais
Livros
The Startup Owner's Manual – Steve Blank
Lean Startup (Statup Enxuta) – Eric Ries
Business Mod...
Considerações finais
Filmes
A rede Social
Piratas do Vale do Silício
À procura da felicidade
Considerações finais
Sites
http://startups.ig.com.br
http://www.endeavor.org.br
http://www.abstartups.com.br
http://www.br...
Empreender
Alguns veem o que é possível
Outros mudam o que é possível
Steve Jobs
OBRIGADO!
Perguntas?
info@bridgestartups.com.br
www.bridgestartups.com.br
Imagens de thenounproject.com
Workshop STARTUP Day - Mococa+ TI
Workshop STARTUP Day - Mococa+ TI
Workshop STARTUP Day - Mococa+ TI
Workshop STARTUP Day - Mococa+ TI
Workshop STARTUP Day - Mococa+ TI
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Workshop STARTUP Day - Mococa+ TI

325

Published on

Slides da Apresentação da Bridge Startups no Workshop em Mococa no dia 27 de julho

Published in: Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
325
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Porque você está aqui...Vocês escreveram alí no flipchart o que esperavam do curso.Vamos dar uma olhada em alguns – não todos, são muitosIsso veremos, não falaremos disso.Basicamente, o que dá para entender dali é:O que são as Startups?Como empreender?Como transformar uma idéia em um negócio.Como o empreendedorismo pode mudar a cidade.
  • Falamos sobre o empreendedor.Agora vamos falar sobre o empreendedorismo..Que é muito mais moderno. Pra falar dele, tenho que falar da primeira empresa moderna.Com o passar do tempo as empresas precisavam de cada vez mais ferramentas mais sofisticadas1856 – Expansão dos TRENS (EUA ) Surgiram os primeiros organogramas moldando as empresas como nós conhecemos.
  • RH, gerenciamento de projetos, contabilidade, estratégia, Operações, liderança, comportamento organizacional
  • Todos os seres humanos são empreendedores.É da natureza humana empreender.Hoje, perto dos 75% dos Alunos que saem da faculdade querem empreender. ENDEAVOR. SEBRAE 85%Mas isso acontece? Não. E porque isso não acontece?O que aconteceu foi que a sociedade nos condicionou a não empreendermos. Nunca tivemos a chanceQuando estamos no colegial é nossos pais dizem que temos que estudar muito para entrarmos nas melhores universidades, que lá temos que tirar ótimas notas, porque as boas notas vão nos levar ao melhor emprego, na melhor companhia.Isso é ensinar empreendedorismo?Porque tenho que assumir um emprego em uma companhia, se eu posso dar empregos.Hoje, apreendemos a nos portar em uma entrevista. Ao o que falar. Mas tem alguma que ensina a como abrir um negócio? Os processos burocráticos, as leis, as ferramentas?Nós criamos pessoas para buscarmos emprego!
  • Galera, agora voufalar de umacoisapolêmica, mas quenãosãomamilos [badumtss]Ideiasfazemsexo. Sim, as ideiasfazemsexo. E todanossaevoluçãotecnológica se deve a isso!Desdehámuito tempo nãoexisteinovaçãoabsoluta, no sentido de que nada ésimplesmenteconcebido do zero – saocruzamento de idéiasjáexistentesque, remixadas com outras e com algumasalterações, quecontribuempara a criação de algo “novo”.
  • Um exemplo simples é o telefone. Dispositivofixo, feitoparacomunicaçãoemvozatravés de fios. Naépocaele era chamado o “telégrafo de voz”.[CLICK] Algunsanosdepois, o rádiofoiinventado, quepermitiatransmissão de vozsemfios, através de ondaseletromagnéticas.[CLICK] Bom, a evolução era natural: com o cruzamentodessasduasidéias, maistarde, vieram o telefonesemfio e o telefonecelular.
  • E, bom, a partirdaíachoque boa parte das pessoasaquiconhece a história.O Celularficoumenor. E começou a tal da “convergência”. Porquecarregar um monte de aparelhos se a gentepodetertudonumsó?Então, a idéia do celular se cruzou com a idéia de ouvirmúsica, com a idéia de tirarfotos, de gravarvídeos, de executarprogramas
  • E, bom, a partirdaíachoque boa parte das pessoasaquiconhece a história.O Celularficoumenor. E começou a tal da “convergência”. Porquecarregar um monte de aparelhos se a gentepodetertudonumsó?Então, a idéia do celular se cruzou com a [CLICK] idéia de ouvirmúsica, [CLICK] com a idéia de tirarfotos [CLICK], de gravarvídeos, [CLICK] de executarprogramas
  • E aí, surgiu o smartphone que, com certeza, a maior parte das pessoasaquitêm um no bolso.
  • Poisbem, e então, como se cheganuma “Ideia”? [CLICK]Uma das formasépelapesquisa: as universidades e empresasgrandescostumamtergrupos de profissionaisespecializadosquevãoestudar a fundo o mercado, um problemaouumatecnologiaespecíficaatéchegarem no [CLICK] MOMENTO EURECA! Queéquandoatingem um estadosatisfatório no cruzamentos das Ideias.Worker Man: Louie McPherson, from The Noun Project Research paper: Brennan Novak, from The Noun Project
  • Mas, emgeral, para startups, o processoémaisorgânico, mais natural, pq surge para resolver um problemapresentenavida do empreendedor.Issoéchamado de “Scratching the Itch”, ou, “Coçando a coceira”.Porexemplo, meusócio, ThiagoAmaral. Eleécineasta e, praquemnãosabe, oscineastascostumamenviarseusfilmesparafestivais de cinema paraconcorrer a prêmios. O queaconteceéque, atualmenteissoéfeitoporcorreio, ouseja, paracada festival queeleiaenviar, eletinha q gravar um dvd, imprimir a ficha de inscrição, colocarnum envelope e postarnumaagência dos correios. Se jáé um trampo e custosopra UM festival, imagine para 10, 50?E entãosurgiu a idéia do EnviaLá, umaplataforma on-line paracineastasenviaremseusfilmesparafestivais, tipo um YouTube paraprofissionais do cinema.Hand: Marc Andre Rath, from The Noun Project
  • Bom, mas agora vocêsquevão se perguntar – qualé a suacoceira? Qualproblema do seudia-a-diavocêgostaria de resolver? Sejaem casa, no trabalho, escola, faculdade, quandovaiàscompras, quandodirige, saipra comer, pensem e discutamaínosgrupos e escrevamaí no canvas. Vocêstêm 5 minutos e a gente continua.
  • Game Plan designed by Atelier Iceberg from The Noun Project
  • Game Plan designed by Atelier Iceberg from The Noun Project
  • E Sabem porque isso?Porque Startups procuram pelo seu modelo de negócio!Não tenho nada contra Plano, muito menso planos de negócios!Passei boa parte da vida fazendo eles! Mas para empresas com negócios estabelecidos!Não podemos cirar uma plano de ngócio de 5 anos. Porque estamos testandoo o nosso modelo.
  • Business ModelGenerationCANVASQue tem renda e LUCRONão tenho nada contra as Sem fins lucrativos
  • Isso é o CanvasCada equipe tem uma folha dessa.Já devem preencher aí, o nome de vocês, o da ideia (qualquer coisa) a data – e no quadradinho de baixo, ele significa INTERAÇÃO: marquem 1Pq é a primeira vez que vocês estão usando o canvas para essa empresaPorque o canvas é feito com Post-it? Mudar.PORQUE SÃO HIPÓTESESVamos começar.Reparem que o canvas é dividido em 9 etapas.De Proposta de valor até segmentos de clientes, chamamos de fachada (front-end)O restante são os bastidores (back-end)Como que vai funcionarTOCUMFOMEDarei exemplos com a criação dele
  • Como que vai funcionarTOCUMFOMEDarei exemplos com a criação dele
  • Seus clientes não existem para comprar.Você existe para propor uma solução.
  • O resultado é ver as pupilas dilatarem
  • (globo repórter)Seus títulosSão homens, mulheres,Qual idadeO que fazemDe novo, poderíamos falar muito aqui sobre como validar e o que perguntar. Mas isso ocuparia muito o nosso tempo.
  • Através de quais canais nossos segmentos de clientes querem ser contatados?Como os alcançamos agora?Como nossos canais se integram?Qual funciona melhor?Dois tipos de CANAIS
  • Claro que não precisa ter todosE um canal pode fazer amis de uma etapaMas é preciso mapear e saber como esse canal se comporta
  • Claro que não precisa ter todosE um canal pode fazer amis de uma etapaMas é preciso mapear e saber como esse canal se comporta
  • Claro que não precisa ter todosE um canal pode fazer amis de uma etapaMas é preciso mapear e saber como esse canal se comporta
  • Funil de venda
  • Esse é mais um mito que eu vou falar que não existe! MENTIRA! Esse é verdade! (sergio malandro)É muito mais caro eu conseguir um cliente Do que manter um!O problema é que as empresas continuam investindo em propaganda, quando deveriam manter o cliente.
  • Preço como Estratégia! Não uma reação!De novo, Fontes de receita é algo extremamente importante. É preciso entender bem o que acontece.Mas isso é muito mais complexo.
  • Preço como Estratégia! Não uma reação!
  • Preço como Estratégia! Não uma reação!De novo, Fontes de receita é algo extremamente importante. É preciso entender bem o que acontece.Mas isso é muito mais complexo.
  • Preço como Estratégia! Não uma reação!De novo, Fontes de receita é algo extremamente importante. É preciso entender bem o que acontece.Mas isso é muito mais complexo.
  • Front-END
  • Joint Business Dev: Para desenvolver em uma determinada área, você envolve um parceiro que pode te ajudar mas nem sabia que aquilo era possível!TrafficPartners: Não Salvo, Não intendo, insônia,
  • Quais são as vantagens de ter parceiros!Aceleram o seu tempo! Ajudam a você entrar no mercado mais rápidoPermite que você foque no seu Core BusinessUso mais inteligente do seu capital
  • Parcerias são maravilhosas no papel, no final do dia o que importa é seu resultadoCaso da Boeing 787
  • Caso da Boeing 747
  • ForçaBurocracia das empresas para tomada de decisãoSeu parceiro vira dono do negócio (quem tem a visão)Seu contato é com as pessoas na empresa, isso muda. Rápido demais
  • Vc viu que não vai dar tempo e vai falar os 3 correndo.Não!
  • Não vai dar tempor de falar um por um..Vou falar dos 3. rsrsMentira Muito específicosFísicosQuestões da sedeA sede, ela precisa estar onde?  Produtos/ServiçosO que precisamos para fazer o produto? (matéria prima?) IntelectuaisO que você precisa comprar de capital intelectual para sair a sua ideia!Copyright? Patentes? Marcas? Fontes? Fotos?Trade SecretsContract - NDA(para você e para os outros  Humano As principais pessoas que farão vc atingir o objetivo FinanceiroRecursos financeiros são extremamente importantesAlguns realmente vão fazer parte do canvas.Como você vai começar a sua empresaAmigosFamilyCrowdfundingAngel Capital 
  • ProduçãoDesenvolvimento, fabricação, logísticaResolução de problemasModelos que trabalham com gerenciamentos específicosPlataforma/redeModelos que tem atividades principais a plataforma, são responsáveis por trabalhar
  • Cada modelo de negócio vai ter suas métricas diferentes!Métricas como: Qual é o custo de conversão do meu clientes?Quanto custas os canais?Qual forma de pagamento está dando mais certo?Burn Rate!?
  • Os quatro passo para epifania – Steve Blank
  • Os quatro passo para epifania – Steve Blank
  • Novo modeloOnde há um Ciclo entre ajustar e desenvolverQue é feito da seguinte forma
  • Novo modelo
  • História doFlickr
  • História doFlickrFlicker – TROCANDO IMAGEM COM O JOGADORES
  • Visão do Fundador!
  • Novo modelo
  • Novo modelo
  • Canvas– HipótesesTestar o ProblemaTestar a Solução (MVP)Verificar ou Pivotar
  • A mentira que não irei falar da parte de execução
  • Aíquevocêjá tem suaidéiadescritanum canvas, podeatéjátercomeçado a desenvolverseu MVP, mas e agora?Bom, existemváriasformas de seguiremfrente e realimentar o ciclo de sua startup. E obterajudapraissofacilitabastante as coisas! Vocêpodeprecisar de maisdinheiro, maiorconhecimento de mercado, direcionamento de idéias, feedback de pessoasexperientes, enfim…Ondeconseguirisso? Issodepende do tipo e do estágio de desenvolvimento do seunegócio.
  • Qual é a vantagem de se investir em uma startup?
  • Existem as incubadoras, normalmenteassociadas a investimentogovernamental e, porisso, exigem um Plano de Negóciosmaisbemdefinido, estágiomaisavançado de desenvolvimento da empresas e maioresformalidades.Elascostumamsergeridasporgruposquemediamcontato com poderpúblico e universidades, e o capital paramanterem-se e investirnasempresasvem de verbaspúblicas.Oferecem um espaçofísicoparainstalação e seguem o modelopadrão de consultoria de empresas, emquecontratam a consultoriaépaga) mas com certodesconto, dado o volume.Aqui no estado de São Paulo temos o exemplo da Cietec, em São Paulo, ligadaà USP; a INCAMP, em Campinas dentro do campus da UNICAMP e ligadaaodepartamento de inovação da universidade;A Supera, emRibeirãoPreto, geridapeloPóloAvançado da Saúde (FIPASE) dacidade.
  • Aceleradoras, porsuavez, costumamsergeridasporgrupos de empreendedores e investidoresexperientes e têm um modelomaismodernopara startups.Para osprocessosseletivos, algumasvezesnãoexistenem a necessidade de haver um MVP pronto, sóavaliando o potencial do Modelo de Negócios e do time. As abordagenscostumamserespecíficas de cadaaceleradora, mas emgeralapoiamosempreendedores com espaçofísico, mentorias, capital semente, workshops e contatofacilitado com investidores e veículos de mídia. Emtroca, a aceleradoraentracomosócia da Startup, tendoumapequenaparticipaçãonareceita da empresa.Como exemplos de aceleradoras, temos a Wayra, umainiciativa da Telefonicadisponívelem doze países; A 21212, umaaceleradoraqueauxilia startups quequeiramimportar um modelo de negóciosjáprovadofuncional no exterior para o Brasil;A Bridge Startups, quenósrepresentamos, <<DESCREVER A BRIDGE LYNDA>>
  • Osgovernos de váriospaíses do mundotêmacompanhado o movimentoempreendedor das startups e reconhecidosuaimportância – e, porisso, tambémcriaramprogramasparaestimular o ecossistemaempreendedor de suanação.PioneironaAmérica Latina, temos o Start-up chilequerecebe 100 startups do mundotodoemqualquerestágio de desenvolvimento e investem 40 mil dólares equity-free;No Brasil, temos o Startup Brasil, disponibilizando capital de até 200 mil reaispara startups de base tecnológicaemestágiomaisavançado de desenvolvimento, sendogeridasporaceleradorasespalhadaspeloterritóriobrasileiro.
  • Existemtambémcompetições, promovidasporuniversidades, grandesempresasouaceleradoras, onde as premiaçõespodemservagasparaaceleraçãoouinvestimento.As competiçõespodemconcorrerdesdemodelos de negócios com temasespecíficos a protótipos e MVPs criadosem um curtoespaço de tempo, chamadas de Hackathons.
  • Existemtambémcompetições, promovidasporuniversidades, grandesempresasouaceleradoras, onde as premiaçõespodemservagasparaaceleraçãoouinvestimento.As competiçõespodemconcorrerdesdemodelos de negócios com temasespecíficos a protótipos e MVPs criadosem um curtoespaço de tempo, chamadas de Hackathons.
  • Isto é para osmalucos,Os Desajustados,Os Rebeldes,Porque aqueles que são malucos o bastante para ACHAREM que podem mudar o mundo.São os que o fazem.
  • Isto é para osmalucos,Os Desajustados,Os Rebeldes,Porque aqueles que são malucos o bastante para ACHAREM que podem mudar o mundo.São os que o fazem.
  • Transcript of "Workshop STARTUP Day - Mococa+ TI"

    1. 1. Agenda Neuróbica O Empreendedor e o empreendedorismo Mitos do Empreendedorismo Como ter a ideia A importância da Equipe Café Startups Procuram Canvas Almoço Desenvolvimento de Clientes Pivotar O Produto Mínimo Panorama da Construção da Startup Café Próximos Passos Considerações Finais Empreender!
    2. 2. Alex Operações e Alianças estratégicas A equipe Christian Financeiro e Investidores Ricardo Marketing e Planejamento Vitor Tecnologia e Desenvolvimento
    3. 3. Porque você está aqui?
    4. 4. Do Francês! Entrepreneu r
    5. 5. A primeira empresa Moderna! 1602
    6. 6. Muito conhecimento! +300 anos 1602 1908 MBA
    7. 7. START! Novas Habilidades! Novas Ferramentas! Novos Roadmaps!
    8. 8. 1ª Grande regra das Startups Start-ups NÃO são versões menores de empresas Grandes
    9. 9. 2 Conclusões: Start-ups NÃO são versões menores de empresas Grandes Startups PROCURAM Empresas Executam Todos somos EMPREENDEDORES
    10. 10. Todos somos EMPREENDEDORES 75% Querem Empreender
    11. 11. 1. Empreendedores nascem empreendedores; 2. Empreendedores são apostadores; 3. Empreendedores querem o show todo para eles; 4. Empreendedores são 100% independentes e não prestam satisfação aos outros; 5. É preciso uma idéia genial e um ótimo plano de negócios para dar certo; 6. Empreendedores são estressados e pagam um alto preço por isso; 7. Se você começar um negócio e falhar significa que você está fadado ao fracasso; 8. Sem muito dinheiro é impossível começar um negócio; 9. Empreendedores são movidos apenas pela vontade de ganhar dinheiro; 10. É necessário ser um gênio para empreender bem; Mitos do empreendedorismo
    12. 12. Empreender é Verbo!
    13. 13. Sexo Ideias fazem
    14. 14. +
    15. 15. = ++++
    16. 16. =
    17. 17. Scratching The Itch(ou coçando a coceira)
    18. 18. Coçando a Coceira Sua
    19. 19. A importância da equipe Dinâmica do Astronauta 300km de distância Lado ESCURO da LUA 15 peças de equipamento Objetivo escolher a ordem de prioridade das 15 peças
    20. 20. Dinâmica do Astronauta 300km de distância Lado ESCURO da LUA 15 peças de equipamento Fase 1: REGRA! Individual! 5 minutos! Objetivo escolher a ordem de prioridade das 15 peças
    21. 21. Dinâmica do Astronauta 300km de distância Lado ESCURO da LUA 15 peças de equipamento Fase 2: REGRAS! Em equipe NÃO PODE HAVER VOTO! 10 minutos! Objetivo escolher a ordem de prioridade das 15 peças
    22. 22. Dinâmica do Astronauta
    23. 23. Dinâmica do Astronauta Resultado! Fase 4
    24. 24. Dinâmica do Astronauta Resultado! Fase 5
    25. 25. Dinâmica do Astronauta Resultado!
    26. 26. Coffeeeee.....
    27. 27. Startups Procuram!
    28. 28. Startups Procuram! Plano de Marketing Plano Financeiro Plano Operação Plano de Riscos Planos... Plano de negócio
    29. 29. Imagem real de uma startup!
    30. 30. Imagem de uma startup! Segunda Terça Quarta Quinta Sexta
    31. 31. MODELO DE NEGÓCIO
    32. 32. Conceito Desenvolvimento Teste Lançamento
    33. 33. Conceito Dev Teste Launch Dia 1
    34. 34. Desenvolvimento de Cliente
    35. 35. O que é uma STARTUP? Uma organização TEMPORÁRIA desenhada para BUSCAR por um modelo de negócio REPETÍVEL e ESCALÁVEL
    36. 36. O que é um modelo de negócio? É como uma empresa cria VALOR para si mesma ENQUANTO entrega produtos ou serviços para seus consumidores.
    37. 37. O que é uma STARTUP? Uma organização TEMPORÁRIA desenhada para BUSCAR por um modelo de negócio REPETÍVEL e ESCALÁVEL O que vou considerar como empresa?
    38. 38. CANVAS
    39. 39. CANVAS
    40. 40. Proposta de Valor Forma chic de dizer o que faz o seu produto! Software é FERRAMENTA! Que valor entregamos ao cliente.? Qual Problema estamos ajudando a resolver? Que conjunto de produtos e serviços estamos oferecendo para cada segmento de clientes?
    41. 41. Proposta de Valor Isso faz parte do princípio fundamental das startups: A BUSCA. Busca pelo nosso modelo de negócio. Product Market Fit
    42. 42. Proposta de Valor Saia do escritório, garagem, quarto! E ir perguntar! O que você está fazendo é criando hipóteses.
    43. 43. Proposta de Valor Opção de Cardápio Online Atualizado Fornecedores Selecionados Acompanham ento de pedidos com entrega (GPS) Agendamento de entregas Cardápio de Promoções Poder comprar de vários lugares
    44. 44. Segmentos de Clientes Busca pelo Arquétipo/Persona Você pode ter vários! Day in the life
    45. 45. Segmentos de Clientes Todo mundo que tá com fome Pessoas que possuem acesso a internet/smartphone, que compram pela internet Empresas que fazem delivery
    46. 46. Canais
    47. 47. Canais Através de quais canais nossos segmentos de clientes querem ser contatados? Como os alcançamos agora? Como nossos canais se integram? Qual funciona melhor?
    48. 48. Canais Canais Físicos E Canais Virtuais
    49. 49. Canais 1. Conhecimento 2. Avaliação 3. Compra 4. Entrega 5. Pós Venda
    50. 50. Canais Website Celular (APP) Blog com Dicas e receitas Survey Monkeys
    51. 51. Relacionamento com clientes
    52. 52. Relacionamento com clientes Conquista – Retenção - Ampliação
    53. 53. Relacionamento com clientes Conquista Relações Publicas Propaganda Marketing Direto Eventos SEM ... POR NA PONTA DO LÁPIS
    54. 54. Relacionamento com clientes Retenção Viral Loop
    55. 55. Comunidades (Criação de fóruns) Clube Serviço de inteligência Validação do Estabelecimento (ranking) Relacionamento com clientes
    56. 56. Fontes de Receita Não estamos falando de precificação!
    57. 57. Fontes de Receita Erros comuns: Achar que é preço; Fazer a conta com base no quanto custa o produto; Cobrar o que a concorrência pede.
    58. 58. Fontes de Receita Venda de Recursos Por Uso (Usage fee) Assinatura Empréstimo/Aluguéis/Leasing Licenciamento Taxa de Corretagem Anúncios
    59. 59. Fontes de Receita Cobrar pelo Serviço Assinatura do Cliente Assinatura do Fornecedor Taxa de Uso Pela emp. Delivery
    60. 60. Lado Direito
    61. 61. Principais Parceiros Objetivos: Empresas Criam Alianças para otimizar seus modelos, reduzir riscos, viabilizar os negócios ou adquirir recursos.
    62. 62. Principais Parceiros Alianças estratégicas Coopetição Joint Ventures Relação Comprador-Fornecedor Joint Business Dev Traffic Partners
    63. 63. Principais Parceiros Parcerias São FENOMENAIS!
    64. 64. Principais Parceiros RISCO DAS PARCERIAS
    65. 65. Principais Parceiros RISCO DAS PARCERIAS
    66. 66. Principais Parceiros RISCO DAS PARCERIAS Força empresarial Burocracia Perda de visão Pessoalidade nas parcerias
    67. 67. Principais Parceiros Delivery Software House Mobile Fornecedores
    68. 68. Recursos, Atividades, Custos
    69. 69. Recursos Físicos; Intelectuais; Humanos; Financeiros.
    70. 70. Atividades Chaves Produção Resolução de problemas Plataforma/rede
    71. 71. Custos As mensurações que importam! Fixos e variáveis
    72. 72. Recursos Manter a Comunidade ativa Logística Manutenção ferramentas Atividades Custos Equipe de venda Propaganda Relações Públicas Aplicativo Promotores Manutenção ferramentas
    73. 73. LUNCH BREAK! Isso aqui é STARTUP! #preenchendoOcanvasENQUANTOcome
    74. 74. Desenvolvimento de Clientes
    75. 75. Desenvolvimento de Produto Desenvolvimento Conceito Dev Teste Launch
    76. 76. Desenvolvimento de Produto Adaptado para Clientes Desenvolvimento de Clientes Desenvolver Ajustar Expandir
    77. 77. Desenvolvimento Lean Startup Construir MensurarAprender Ideias Construa Rápido Mensure Rápido
    78. 78. Contrua Rápido Desenvolvimento Ágil – XP Pequenas atualizações!
    79. 79. PIVOTAR MORRER ou
    80. 80. Pivotagem
    81. 81. Pivotagem Founders at work Podem Mudar o seu Produto Fazer Pivotagem Ouvir o feedback de clientes em primeira mão
    82. 82. Minimal Viable Product (MVP) Construir o mínimo para poder colher feedbacks!
    83. 83. Minimal Viable Product (MVP) Earlyvangelists vs mainstream
    84. 84. Tudo junto! Verificar ou Pivotar Canvas Testar o Problema Testar a Solução Hipóteses Get out of the building MVP Agile (XP) Fundadores
    85. 85. Desenvolvimento de Clientes
    86. 86. Passos Os próximos
    87. 87. Vamos falar de $ Bootstrap Seed Investors Angel Investors Venture Investors Crowdfunding
    88. 88. Incubadoras As
    89. 89. Aceleradoras As
    90. 90. Programas Governamentais de Aceleração
    91. 91. CompetiçõesAs
    92. 92. CompetiçõesAs
    93. 93. Considerações finais Empreender é Fantástico!
    94. 94. Considerações finais Livros The Startup Owner's Manual – Steve Blank Lean Startup (Statup Enxuta) – Eric Ries Business Model Generation - Osterwalder
    95. 95. Considerações finais Filmes A rede Social Piratas do Vale do Silício À procura da felicidade
    96. 96. Considerações finais Sites http://startups.ig.com.br http://www.endeavor.org.br http://www.abstartups.com.br http://www.bridgestartups.com.br
    97. 97. Empreender Alguns veem o que é possível Outros mudam o que é possível Steve Jobs
    98. 98. OBRIGADO! Perguntas? info@bridgestartups.com.br www.bridgestartups.com.br Imagens de thenounproject.com
    1. A particular slide catching your eye?

      Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

    ×