• Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
216
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
5
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. A BAIXA IDADE MÉDIA: AFORMAÇÃO DAS MONARQUIASNACIONAIS IBÉRICAS E DASMONARQUIAS EUROPÉIASColégio Santo AntonioObjetivoMódulo 6
  • 2. Baixa Idade Média (SÉC. X AO XV) FIM DAS INVASÕES CRESCIMENTO POPULACIONAL PRODUÇÃO DE EXCEDENTES SURGIMENTO DA BURGUESIA MOVIMENTO CRUZADISTA (séc. XI – XIII) RENASCIMENTO COMERCIAL E URBANO FORMAÇÃO DAS MONARQUIAS NACIONAIS DECADÊNCIA DO FEUDALISMO/ NASCIMENTO DOCAPITALISMO
  • 3. •Encontrar novas terras cultiváveispara os nobres “sem terras”Reconquistar Jerusalém
  • 4. • surgimento do burgos• formação das Ligas – LigaHanseática e Guildas•Aparecimento das feiras(Champagne, Bruges)• Corporações de Ofício – sem lucroUSURA = PECADO MORTAL• Circulação monetária – letras decâmbio, cheques, empréstimos ajuros, várias moedas
  • 5. Financia a centralização política emtorno do rei.Em troca de proteção, parar de pagarpedágios nas estradas feudais,estabilidade econômica (moeda e línguaúnica)
  • 6. Confrontos entre nobreza e burguesiaRei alia-se à burguesia para centralizaro poder.Como?? Cobrando impostos dosnobres e organizando um exércitonacional.
  • 7. Invadida pelos visigodos no século IV econquistada pelos árabes no séculoVIII.Cristãos em Leão, Navarra, Castela e Aragão(Espanha).Guerra de Reconquista – a partir do século XI =fim do domínio árabe na região.1479 – casamento de Isabel de Castela eFernando de Aragão1492 – conquista de Granada – último redutomouro na região.
  • 8. Muçulmanos ocuparam a Península Ibérica porquase oito séculos (711-1492),depois deexpulsar os visigodos;Modernizaram a agricultura, promoveramavanços na navegação costeira;Trouxeram conhecimentos e avançoscientíficos até então desconhecidos peloseuropeus;A partir da Reconquista, levam à formação dosEstados modernos de Portugal e Espanha.
  • 9. Doação de terra de um feudo, feita por DomAfonso IV, rei de Leão a Henrique de Borgonha(Condado Portucalense)1139 – fundação de Portugal (casamento deDom Afonso Henriques e Teresa (herdeira deLeão)FEUDALISMO PORTUGUÊS = doação deterras não-hereditárias + fortalecimentocomercial (Peste Negra e Guerra dos CemAnos)
  • 10. Dinastia de Borgonha – herdeiros de D.Afonsogovernaram entre 1139 e 1383.As lutas contra os muçulmanos ajudaram acentralizar o poderDinastia de Avis – surge da luta pela sucessãoao trono. D. João, chefe militar e apoiado pelogrupo mercantil vence e é proclamado Rei.
  • 11. Dom João de Avis: 1º Estadocentralizado da Europa.
  • 12. Motivos da expansão portuguesa nos séculos XV e XVI1º Condições geográficas:• Portugal tem uma grande costa marítima;• proximidade com o mar Mediterrâneo;• marinheiros experientes devido à pesca e comércio marítimo.2º condições políticas:• Portugal foi o primeiro Estado-nação moderno;• não estava envolvido em guerras como a França e a Inglaterra.3º Condições técnicas e econômicas:• Os portugueses haviam aprendido muitas técnicas de navegação e comoutilizar instrumentos como a bússola e o astrolábio com os árabes quehaviam ocupado a Península Ibérica por séculos;•Tinha uma burguesia forte que financiou as navegações.
  • 13. A partir da Guerra de Reconquista, quando oscristãos foram ganhando o sul, surgem novosreinos: Navarra, Galícia, Leão, Castela e Aragão.Somente em 1492, Fernando de Aragão eIsabel de Castela expulsam os mouros ecompleta-se a Reconquista.De imediato, lançaram às navegações chegandoà América no mesmo ano.A longo prazo, a violência usada para dominaroutros povos ibéricos, geroudescontentamentos como o caso do País Basco
  • 14. Começa no século X (dinastia Capetíngia) –Hugo CapetoFelipe II (1180–1223) – formação de umexército nacional, justiça real acima das leislocais.Luis IX (1226-1270) – fortalecimento dostribunais reais, moeda única. São Luís.Felipe IV, o Belo (1285-1314) – clero pagandoimpostos, Assembléia dos Estados Gerais.Transferiu a sede do papado para Avignon.Provocou o Cisma do Ocidente em 1341.
  • 15. Eduardo III, rei da Inglaterra era neto de CarlosIV, morto em 1328. Porém era por parte de mãee a Lei Sálica proibia que fosse coroado rei deFrança.A burguesia inglesa desejava a lã dos Flandres.Joana D’Arc e o nascimento de um sentimento denação francesa = vitória da França.
  • 16. É Joana D’Arc quem conduz Carlos VII aotrono, mas é queimada viva por heresia.Em 1453, com apoio popular Carlos VII vencea luta contra os ingleses consolidando oEstado centralizado francês.
  • 17. O famoso Ricardo Coração de Leão, entre 1189e 1199 só esteve por 6 meses na Inglaterra.A fome, a peste negra e a cobrança de impostosaumentavam a insatisfação popular.João sem-terra, seu sucessor aumentou aindamais os impostos.
  • 18. Impõe ao rei que se submeta à autoridade deum conselho de nobres. (germe doParlamento)ENFRAQUECIMENTO DO REI
  • 19. Centralização somente no séc. XVLancaster (nobrezafeudal tradicional)York (interessesmercantis)
  • 20. Tudor
  • 21. Localização: grosso modo, Itália eAlemanhaItália e Alemanha só iriam consolidarem-secomo Estados modernos no século XIXGrande problema: proximidade física entre oImperador e o Papa, suas brigas acabaramenfraquecendo os dois.Querela das Investiduras (1073-1085)
  • 22. Localização: grosso modo, Itália eAlemanhaItália e Alemanha só consolidaram-se comoEstados modernos no século XIX.Grande problema: proximidade física entre oImperador e o Papa, suas brigas acabaramenfraquecendo os dois.Querela das Investiduras (1073-1085)