Mic, apresentacao estrategia mandioca. austral
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Mic, apresentacao estrategia mandioca. austral

on

  • 1,760 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,760
Views on SlideShare
1,760
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
20
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Mic, apresentacao estrategia mandioca. austral Mic, apresentacao estrategia mandioca. austral Presentation Transcript

    • APRESENTACAO SUMARIZADA DA ESTRATÉGIA PARA O DESENVOLVIMENTO DA CADEIA DE VALOR DA MANDIOCA Por: Joaquim Alves e Felizardo Chacuamba 25 de Maio de 2010
      • ESTRUTURA DA APRESENTAÇÃO
      • 1. Principais Obstáculos da cadeia de valor
      • 3. Constrangimentos
      • 4. Oportunidades de Mercado
      • 5. Racionalidade da Estratégia
      • 6. A Estratégia
      Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • O PROCESSO
      • DE DESENVOLVIMENTO DA ESTRATÉGIA
      • Revisão Bibliográfica e Relatório Preliminar: Novembro de 2006 a Fevereiro de 2007
      • 1º Workshop: 12/12/2006
      • Trabalho de Campo: Fevereiro e Março de 2007
      • 2º Workshop: 12/04/2007
      • Compilação de resultados e construção da Estratégia:
        • Draft Volume I : Descrição da situação actual do sub-sector
        • Draft Volume II : Estratégia
      • 3º Workshop – 29/06/2007
      • Elaboraçao do relatorio final
      Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
    • PRINCIPAIS OBSTÁCULOS NA CONSOLIDAÇÃO DA CADEIA DE VALOR DA MANDIOCA
      • Percepção geral dos moçambicanos em relação à mandioca:
          • é uma cultura de subsistência
          • é uma cultura de segurança alimentar.
      • O Governo Moçambicano reconhece a importância social da mandioca, mas as
      • políticas existentes não encorajam o desenvolvimento agro-industrial. (PROAGRI II,
      • Estratégia de Produção Agrária)
      • Os principais programas do MINAG priorizam a mandioca apenas como cultura
      • alimentar.
          • Não está para já na sua agenda o processamento da mandioca para obter produtos com valor acrescentado, para além da farinha e de certo modo do rale.
      Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • Produção
      • O crescimento da produção de mandioca é crucial para preencher as
      • necessidades de segurança alimentar e criar excesso para processamento.
      • A questão da produtividade assume um papel transcendente.
        • As estacas de mandioca são trocadas entre os produtores sem uma melhoria genética
        • o que leva a uma constante deterioração do material genético;
        • Os cultivares são susceptíveis a diversas doenças (Vírus do Mosaico Africano da
        • Mandioca e Doença do Listrado Castanho da Mandioca) e pestes (Ácaro verde e
        • cochonilha e térmites);
        •  
        • As técnicas de produção são rudimentares, não há uso significante de meios
        • mecanizados de tratamento da terra, a terra é mal preparada (queimadas).
        • Não há uso de inputs agrícolas na produção de mandioca; e
        •  
        • Há uma irregular e baixa densidade no plantio.
      CONSTRANGIMENTOS ESPECÍFICOS Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
    • P rocess amento Para ganhar mercados mais exigentes de produtos de mandioca o processamento é a chave.
      • Inadequada disponibilidade de matéria prima processável;
      •  
      •  
      • Os processadores não têm acesso a equipamento adequado (demasiado dispendioso);
      •  
      • Os processadores têm dificuldades em controlar as diversas fases do processamento devido à
      • falta de conhecimentos técnicos e de mercado;
      •  
      • Há dificuldades na transferência de tecnologias e na sua absorção (falta de programas de
      • treinamento e consistente assistência técnica);
      •  
      • Pequenas unidades de processamento não capturam o interesse do sector privado;
      •  
      • Falta de mão de obra qualificada devido à falta de condições de treinamento, para melhoria da
      • segurança dos produtos alimentares, produtividade e qualidade do produto;
      •  
      • Escassez de crédito adequado dirigido às operações de processamento para fundo de maneio.
      CONSTRANGIMENTOS ESPECÍFICOS Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • Inconsistente fornecimento de produtos de boa qualidade e limitada gama de produtos.
      • Baixo valor actual dos produtos da mandioca comercializados tradicionalmente;
      • Ausência de adequadas redes de vendas (ex. Falta de armazenagem adequada para mitigar os efeitos da alta pericibilidade dos produtos, raízes e folhas);
      •  
      • Rede comercial pobre – estradas em más condições, alto custo dos transportes e de certa maneira as fragilidades do sistemas de informação e comunicação etc.
      • Alta concorrência dos produtos substitutos (milho, batata doce e em certa extensão o trigo para o pão e produtos de pastelaria);
      •  
      • Falta de incentivos para comercializar a mandioca, porque é apenas vista como uma cultura alimentar.
      Marketing Para o sucesso de qualquer negócio a existência de mercados é fundamental. CONSTRANGIMENTOS ESPECÍFICOS Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • Oportunidades existentes para alargar os mercados domésticos e ganhar novos
      • mercados.
      •  
        • Moçambique tem um sector agrícola potencialmente produtivo, especialmente se usar práticas adequadas.
        • Com a introdução de variedades melhoradas de maior produtividade e a melhoria simples de práticas agrícolas, os rendimentos podem facilmente crescer (ex. Se viável o uso de fertilizantes pode dobrar os rendimentos).
        • Embora ainda esteja numa fase inicial de desenvolvimento, a indústria da mandioca pode ser desenvolvida de modo a competir com outros países da África Sub-Sahariana produzindo produtos de alto valor (incluindo amido, etanol, ingredientes para rações e outros usos)
      OPORTUNIDADES DE MERCADO Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
        • Moçambique importa significantes quantidades de trigo. Substituindo uma porção,
        • nas zonas urbanas e rurais, pode-se ganhar um novo mercado para Farinha de
        • Mandioca de Alta Qualidade (FMAQ)
        •  
        • Embora o sector pecuário esteja ainda a desenvolver-se, há um potencial
        • mercado para a mandioca neste sector.
        • O sul de Moçambique está numa posição privilegiada para exportar para a África
        • do Sul, onde a indústria da mandioca e o mercado é mais desenvolvido.
        • Os preços altos em dólares para as fontes alternativas de amido criaram um
        • crescente interesse na mandioca. Em parte isto é devido ao crescente interesse
        • internacional pelo bio-combustível.
      OPORTUNIDADES DE MERCADO Estudo Estratégico para o Desenvolvimento do Sub – Sector da Mandioca
      • A estratégia desenha os cenários possíveis e propõe uma abordagem que poderá
      • resultar em:
        • Melhor utilização de produtos de m a ndioca que tem vantagens competitivas no mercado,
        • Providenciar um estímulo para o sector privado investir no processamento local de mandioca aos diferentes níveis e,
        • Suporte à formulação de estratégias empresariais e de diversificação de exportações . (onde seja viável) para facilitar a integração de mercado em sintonia com as necessidades específicas do mercado e com os níveis de recursos dos produtores.
      •  
      A RACIONALIDADE DA ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • A estratégia assenta nas abordagens propostas pela:
        • Estratégia Global da Mandioca e pelo,
        • NEPAD Iniciativa Pan-Africana da mandioca,
      • As quais por sua vez seguem os objectivos traçados no programa,
        • Millenium Development Goals, cujo objectivo principal é reduzir pobreza para metade dos seus níveis actuais até 2015.
      A RACIONALIDADE DA ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • Factos importantes sobre o subsector da mandioca em Moçambique
        • A mandioca é exclusivamente produzida pelos pequenos produtores.
        • Estima-se que cerca de 12 milhões de pessoas estão envolvidas de uma forma ou de outra na produção, processamento e comercialização da mandioca através de cerca de 2,4 milhões de farms .
      • Razões fundamentais para investir na mandioca:
        • Melhorar a Segurança Alimentar pelo seu papel neste aspecto e também para melhorar os aspectos nutricionais promovendo a utilização da folha da mandioca na dieta alimentar.
        • Para tirar vantagem do potencial da cultura como fonte de rendimentos para beneficiar os agregados familiares rurais pobres.
      A RACIONALIDADE DA ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • PARA MELHORAR A SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL
      • “ Se a mandioca fosse retirada da dieta dos Moçambicanos o País teria uma severa crise de
      • segurança alimentar”
      •  
        • A mandioca e o milho são os mais importantes contribuintes para a dieta dos Moçambicanos
        • A mandioca é pobre em vitaminas mas é a maior fornececedora de calorias para a população.
        • As folhas de mandioca (ricas em minerais e vitaminas) podem ter um grande papel na melhoria da dieta da população.
        • A mandioca é ainda muito importante como reserva alimentar e o Governo (PROAGRI II) reconhece o papel que a mandioca tem na segurança alimentar.
      A RACIONALIDADE DA ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      •  
      • A mandioca é sem dúvida uma importante cultura em Moçambique:
        • O valor mercantil da sua produção é de cerca de US$244 milhões mais de 6% do PIB.
        • Apesar do milho ser uma importante cultura alimentar e de rendimento, o valor mercantil da sua produção está bem abaixo do da mandioca.
        •  
      • Se for feita uma tentativa de acrescentar valor através da exploração e desenvolvimento
      • de novos mercados,
        • Os pequenos produtores marginais (pobres) serão provavelmente quem mais beneficiará.
      • Investir em mandioca significa investir nas famílias rurais mais pobres, oferecendo:
        • Oportunidades para gerar rendimentos e,
        • criando emprego, desenvolvendo especialmente o processamento.
      A RACIONALIDADE DA ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
    • A mandioca continuará a contribuir fortemente para a segurança alimentar das famílias rurais moçambicanas, mas contribuirá também para a redução da pobreza através de receitas geradas a partir de um aumento gradual de vendas em mercados em crescimento, mercado doméstico no curto/médio prazo e internacional no médio/longo. A visão 6. A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • A abordagem integrada para dotar os produtores e processadores com tecnologias
      • apropriadas, ligando-os aos mercados com um apoio sustentado do Governo e do Sector
      • Privado.
      • Os pequenos produtores são o centro desta estratégia uma vez que são os principais
      • produtores no país.
      • Necessidade de uma evolução das políticas nacionais para reconhecer a contribuição cada
      • vez maior da mandioca, na redução da pobreza para além da segurança alimentar.
      Questões nucleares A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • Etapas para se concretizar esta visão
      • A curto/médio prazo:
      • A estratégia é dirigida para o reforço da segurança alimentar e para a melhoria nutricional através de:
        • Adopcão de tecnologias já disponíveis em África (ou noutros continentes);
        • Multiplicação e distribuição de material genético melhorado;
        • Crescente know-how em como produzir mandioca e,
        • Uso de tecnologias adequadas de processamento e ligações de produtores e
        • processadores a mercados identificados.
      • A médio/longo prazo:
      • Desenvolver outras oportunidades de mercado de alto valor (tais como, amido e ração animal), mas tendo em conta que tal exigirá o desenvolvimento da capacidade do país para apoiar tais iniciativas.
      A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
    • Princípios básicos
      • Reconhece ambas vertentes, segurança alimentar e geração de rendimentos.
      • Orientada para o mercado
      • Apropriação da estratégia pelos actores principais no país
      • Risco moderado
      •  
      • Criação de confiança na cultura
      • Aproveitamento de todo o potencial existente
      •  
      • Introduz e adopta tecnologias que produzem um rápido impacto
      • Abordagem integrada
      •  
      • Aumento de produtividade
      6. A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • A percepção geral da mandioca como exclusivamente destinada à segurança alimentar.
      • A necessidade de um elemento dinamizador (campeão) para fazer a abordagem proposta funcionar e mobilizar recursos para a sua implementação.
      •  
      • As fraquezas actuais do sector privado através da cadeia de valor da mandioca e a ausência de confiança na mandioca como gerador de rendimentos.
      •  
      • A actual limitação do uso industrial dos produtos de mandioca (ex. Amido) como um mercado potencial para a mandioca processada.
      •  
      • A necessidade de aumentos nos rendimentos (produtividade) para reduzir os custos e aumentar a eficiência de produção
      •  
      • A presente debilidade da pesquisa e dos serviços de extensão para o desenvolvimento da mandioca.
      Os desafios : A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • Premissas da estratégia:
      • Apoio claro do Governo Moçambicano em termos de compromisso político e alocação de
      • recursos.
      • Desenvolvimento de um sistema de crédito agrícola e de instituições financeiras rurais
      • orientadas para a mandioca;
      • Compromisso a longo prazo no apoio ao investimento na pesquisa agrícola e nos serviços de
      • extensão;
      • Adopção de tecnologias efectivas para evitar o aparecimento de novos surtos de doenças e de
      • pestes.
      • Compromisso no desenvolvimento agrícola e nas reformas institucionais.
      • Melhoria das infra-estruturas de transporte.
      A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • Riscos:
      •  
        • Acontecimentos climáticos, que resultem em cheias, chuvas irregulares e secas.
        • HIV/AIDS e pandemias relacionadas afectando a alocação de recursos humanos e sua
        • disponibilidade.
        • Alta concorrência para um mercado mais alargado, com outros intervenientes já
        • estabelecidos em cadeias de valor de outras culturas concorrenciais.
      A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • O objectivo global é beneficiar do potencial que a mandioca oferece para assegurar o reforço da segurança alimentar e o aumento dos rendimentos dos produtores, processadores e comerciantes.
      •  
      •  
      • Os objectivos específicos desta estratégia de médio prazo (5 anos) são:
      •  
        • Criar um ambiente adequado no apoio do desenvolvimento da mandioca como importante contribuinte para a segurança alimentar e geração de rendimentos .
      •  
        • Apoiar o papel da mandioca na segurança alimentar e nutricional
        • Apoiar a geração de rendimentos pelos pequenos produtores e processadores através da actualização dos processos tradicionais (maior qualidade dos produtos nacionais e alta
        • qualidade da farinha de mandioca) para atingirem os padrões exigidos pelos mercados mais exigentes.
        • Para testar o potencial da mandioca para produtos alto valor através de um investimento externo que providencie oportunidades para os pequenos produtores através de esquemas de “ outgrowing ”
      Os objectivos da estratégia A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
    • Resultado 1: Criação de um ambiente adequado em apoio à segurança alimentar e geração de rendimentos. (i) Coordenação da estratégia, monitorização e avaliação; (ii) elementos catalisadores e dinamizadores; (iii) políticas/recursos; (iv) visão compartilhada; (v) pesquisa; (vi) treinamento; (vii) advocacia Resultado 2: Apoio ao papel da mandioca em segurança alimentar (i) Variedades apropriadas; (ii) Promoção generalizada das vantagens da mandioca; (iii) Promoção do uso de folhas de mandioca; (iv) Apoio na gestão da cultura; v) Apoio em práticas pós-colheita (tecnologias); (vi) Apoio na melhoria de processos de armazenagem. Resultado 3: Apoio à produçao de mandioca para atingir objectivos de mercado (i) distribuiçao melhorada de germoplasma (ii) Pràticas de gestao melhoradas (iii) breeding Resultado 5: Apoio ao desenvolvimento da cadeia de valor da mandioca (Pontos de entrada 1 e 2). (i) Criar ligações; (ii) empresas ao nível das vilas; (iii) ligar produtores aos mercados; (iv) ligações externas para obtenção de equipamento; (v) Fundo para o empresariado na mandioca; (vi) Apoio a associações; (vii) ligar ao resultado 3 Resultado 7: Avaliar o potencial de produtos de mandioca de alto valor através do investimento externo (i) Publicitar no exterior as oportunidades identificadas nos planos de negocios (ii) Atrair investidores com oportunidades de outgrowing para pequenos farmeiros. Resultado 6: Trabalho preparatório e de apoio para exploração de produtos com potencial a longo prazo (Ponto de entrada 3). (i) Potencial de mercado/negócio; (ii) investimento sector privado; (iii) investimento sector público (IV)parcerias O que se espera da estratégia A ESTRATÉGIA Resultado 4: Identificaçao e desenvolvimento de oportunidades de mercado para geraçao de rendimentos a partir da mandioca : (i) Selecionar produtos foco e pontos de entrada (ii) Apoio à adopçao de produtos selecionados Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • Intervenção mais forte do Governo no subsector da mandioca.
      • Intervenção no nível nacional com incidência nas zonas de maior produção.
      • Coordenação e implementação a todos os níveis de decisão do central ao local.
      • Estrutura institucional não muito pesada administrativamente (i.e. com muito pessoal,
      • drenando o erário público pesadamente)
      • Proposta:
      • Unidade central (Unidade de gestão de culturas estratégicas) que possa gerir em simultâneo os dois grupos em conjunto (alimentares e de rendimento) ou separadamente.
      Enquadramento Institucional A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
    • Coordenador da Estratégia da Mandioca
        • Mercados e informação técnica de suporte
        • Investigação aplicada e inovação
        • Ligações de mercado e oportunidades
        • Capital inicial
        • Investimentos
        • Etc.
      Gestão e Assistência Técnica
        • Oportunidades locais
        • Capacitação de coordenação
        • Cordenação do Fundo e da AT (A. Técnica)
        • Suporte de actividades de parceria através de fundos adicionais
        • Guiões prioritários em desenvolvimento económico (políticas)
        • Etc.
        • * LIDERADO POR UM COMITÉ DE GESTÃO QUE INTEGRA GOVERNO, SECTOR PRIVADO, NGO’S E COMUNIDADE
      Programas de Agro-Negócio
        • Políticas industriais
        • Políticas Comerciais
        • Treinamento
        • Questões de qualidade
        • Etc.
      MIC UNIDO INNOQ… MINAG DEPARTAMENTO DE GESTÃO DE CULTURAS ESTRATÉGICAS * Steering Committee da Mandioca T A R E F A S
      • UNIDADES REGIONAIS
      A ESTRATÉGIA Estratégia para o Desenvolvimento da Cadeia de Valor da Mandioca
      • OBRIGADO!