Introdução Linux
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Introdução Linux

on

  • 2,467 views

Introdução ao Curso de Sistema Operacional com Linux

Introdução ao Curso de Sistema Operacional com Linux

Statistics

Views

Total Views
2,467
Views on SlideShare
2,466
Embed Views
1

Actions

Likes
2
Downloads
116
Comments
0

1 Embed 1

http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Introdução Linux Introdução Linux Presentation Transcript

  • Linux Introdução Prof. Wellington Pinto de Oliveira wellington@aied.com.br
  • Introdução O Linux é um clone UNIX de distribuição livre para PCs baseados em processadores 386/486/Pentium. O Linux é uma implementação independente da especificação POSIX, com a qual todas as versões do UNIX padrão (true UNIX) estão convencionadas.
  • Licença O Linux está disponível na forma de código objeto, bem como em código fonte, sendo distribuído nos termos da GNU General Public License.
  • Sistema Operacional Multitarefa real Memória virtual Biblioteca compartilhada "Demand loading" Gerenciamento de memória próprio Rede TCP/IP (incluindo SLIP/PPP/ISDN)
  • Início da História Kernel do Linux foi originalmente escrito por Linus Torvalds do Departamento de Ciência da Computação da Universidades de Helsinki, Finlândia, com a ajuda de vários programadores voluntários através da Internet.
  • Início da História Linus Torvalds iniciou no kernel como um projeto particular, inspirado em seu interesse no Minix, um pequeno sistema UNIX desenvolvido por Andy Tannenbaum.
  • Início da História No dia 5 de outubro de 1991 Linus Torvalds anunciou a primeira versão "oficial" do Linux, versão 0.02.
  • Partições Linux  Partição de Swap  Partição Root  Partição /usr
  • Partição de Swap Destinada para memória virtual. Caso o equipamento tenha 16 Mb ou menos a criação de uma partição de swap é obrigatória, caso contrário é recomendada. O tamanho da partição deve ser de, no mínimo, 16 Mb ou igual à quantidade de memória do equipamento.
  • Partição Root Uma partição root ou raiz, será montada como / (diretório inicial) quando o OS inicia. A partição root necessita conter somente os arquivos necessários à carga do sistema e os arquivos de configuração
  • Partição usr Esta partição conterá a maior parte dos softwares que o Linux disponibiliza. Encontramos arquivos de usuário, programas entre outros.
  • Shell do Linux Conhecido como Shell ou Terminal é um aplicativo excencial para execução de comandos Unix.
  • Comandos Navegação Listar Sintaxe: ls (diretório)[opções] Exemplos: $ ls $ ls -l $ ls -a Navegar Sintaxe: cd <diretório> Sintaxe: cd .. Exemplos: $ cd Downloads $ cd ..
  • Comando de Diretório Criar Sintaxe: mkdir (diretório 1) Exemplos: $ mkdir Teste $ mkdir -p Downloads/Teste/novo Excluir Sintaxe: rmdir (diretório 1) Exemplos: $ rmdir novo $ rmdir Teste
  • Comandos Arquivos Concatenar Sintaxe: cat < arquivo1 > < arquivo2 >... < arquivo n > Sintaxe: cat < arquivo1 > < arquivo2 >> < arquivo 3 > Exemplo: $ cat Arquivo1.txt Arquivo2.txt > Arquivo3.txt
  • Comandos Arquivos Copiar Sintaxe: cp (arquivo1) (arquivo2) ... (arquivo n) (destino) Exemplos: $ cp clsFile.cs Trabalhos/clsFile.cs $ cp -r temp temp1 -i Pede confirmação para cada arquivo a ser copiado. -p Mantém na cópia as datas de modificação e permissões do arquivo original. -r Copia recursivamente arquivos e diretórios. Neste caso destino deve se referir a um diretório.
  • Comandos Arquivos Copiar Sintaxe: cp (arquivo1) (arquivo2) ... (arquivo n) (destino) Exemplos: $ cp clsFile.cs Trabalhos/clsFile.cs $ cp -r temp temp1 -i Pede confirmação para cada arquivo a ser copiado. -p Mantém na cópia as datas de modificação e permissões do arquivo original. -r Copia recursivamente arquivos e diretórios. Neste caso destino deve se referir a um diretório.
  • Comandose Arquivos Excluir Sintaxe: rm (arquivo 1) (arquivo 2) ... (arquivo n) Exemplos: $ rm clsFile.cs $ rm * $ rm -r Projetos -f Remove todos os arquivos (mesmo se estiverem com proteção de escrita) em um diretório sem pedir confirmação do usuário. -i Esta opção pedirá uma confirmação do usuário antes de apagar o(s) arquivo(s) especificado(s). -r Opção recursiva para remover um diretório e todo o seu conteúdo, incluindo quaisquer subdiretórios e seus arquivos.
  • Comandose Arquivos Mover Sintaxe: mv (arquivo 1) (arquivo 2) ... (arquivo n) (destino) Exemplos: $ mv clsFile.cs Trabalhos -f Remove todos os arquivos (mesmo se estiverem com proteção de escrita) em um diretório sem pedir confirmação do usuário. -i Esta opção pedirá uma confirmação do usuário antes de apagar o(s) arquivo(s) especificado(s). -r Opção recursiva para remover um diretório e todo o seu conteúdo, incluindo quaisquer subdiretórios e seus arquivos.