Caderno Encargos V2[1]
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Caderno Encargos V2[1]

on

  • 1,839 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,839
Views on SlideShare
1,839
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
34
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Caderno Encargos V2[1] Presentation Transcript

  • 1. e-Portefólio: proposta de especificações Centro de Competência em TIC da ESE de Santarém
  • 2. ÍNDICE
    • Princípios Gerais
    • Pressupostos
    • Estrutura do e-Portefólio
  • 3. Princípios Gerais (1)
    • Para que serve o e-Portefólio do aluno
      • A observação/análise do e-Portefólio deverá permitir que o aluno, o encarregado de educação, os professores e a sociedade em geral, conheçam o seu percurso escolar, o nível de conhecimentos em cada área/disciplina, as suas competências gerais, os seus interesses pessoais nas diferentes áreas do conhecimento, etc.
      • Uma vantagem imediata para os professores consistirá no acesso a um poderoso recurso para aplicação de métodos pedagógicos individualizados.
  • 4. Princípios Gerais (2)
    • O e-Portefólio como instrumento de reflexão do aluno
      • O e-Portefólio deverá permitir que o aluno tome consciência das suas competências e que as valorize. Deverá igualmente contribuir para que o aluno atribua significado às aprendizagens escolares, relacionando-as com as competências que vai desenvolvendo e compreendendo a importância do seu contributo para a sua futura vida activa.
  • 5. Princípios Gerais (3)
    • O e-Portefólio como espelho do percurso escolar do aluno
      • O e-Portefólio do aluno deverá conter os seus trabalhos mais relevantes realizados durante o seu percurso escolar no âmbito das diversas disciplinas e projectos multidisciplinares.
      • Um trabalho é relevante do ponto de vista do percurso escolar do aluno na medida em que reflecte um salto qualitativo das suas competências – saberes e saberes-fazer.
      • O aluno deverá ser incentivado a propor a inclusão de trabalhos por si considerados como relevantes, justificando/reflectindo sobre as razões da sua escolha.
  • 6. Pressupostos (1)
    • O e-Portefólio do aluno será construído na plataforma Moodle da escola, através da inserção de um módulo concebido para o efeito numa “disciplina” específica desta plataforma.
    • Serão utilizadores desta disciplina:
      • Os alunos
      • Os seus professores
      • Os seus encarregados de educação
    • Esta “disciplina” será facilmente integrável numa aplicação a nível nacional.
    • O e-Portefólio individual de um aluno será facilmente exportável para o Moodle de outra escola (transferências…)
    • O módulo será tanto quanto possível parametrizável para contemplar opções específicas das escolas/agrupamentos.
    • Haverá um administrador em cada escola/agrupamento a quem competirá efectuar esta parametrização, inscrever todos os utilizadores e atribuir-lhes privilégios.
  • 7. Pressupostos (2)
    • Deverá ser possível importar os ficheiros existentes noutras aplicações da escola com os dados relevantes dos utilizadores. Isto é especialmente importante para a área de identificação dos utilizadores.
    • A identificação do aluno deve ser alvo de especial atenção, devido à delicadeza destes dados, e validada pela escola. Deve referir os seus interesses pessoais ao longo do tempo.
    • Devem ser previstos trabalhos individuais mas também de grupo.
    • Os interessados devem ser avisados por e-mail (SMS?) das alterações relevantes dos e-Portefólios.
    • A aplicação deverá ser suficientemente flexível de modo a permitir que o e-Portefólio possa ser alvo de avaliação escolar.
  • 8. Pressupostos (3)
    • O aluno faz a gestão do seu e-Portefólio
      • Trabalho a trabalho:
        • Adiciona os seus trabalhos relevantes sob supervisão do professor
        • Reflecte sobre o que aprendeu ou não com o referido trabalho (auto-avaliação) e aponta caminhos para continuar a desenvolver competências e conhecimentos na área.
  • 9. Pressupostos (4)
    • O aluno faz a gestão do seu e-Portefólio
      • De forma global:
        • Reflectindo no início do ano lectivo sobre o que “gostaria de aprender” (saberes e competências a adquirir e a desenvolver), apresentado propostas concretas nesse sentido.
        • Reflectindo, no final do ano lectivo , tendo por base o trabalho realizado e devidamente certificado no seu portfólio, sobre o que aprendeu e sobre as competências que adquiriu tendo em vista a sua preparação para a vida activa.
        • Reflectindo, ao longo do ano lectivo , através da construção voluntária do seu Diário de Aprendizagem (a escola/conselho de turma/professor poderá definir momentos obrigatórios para esta reflexão se o entender) .
  • 10. Pressupostos (4)
    • Assim, o aluno participa na construção do seu conhecimento, analisando e reflectindo sobre o seu percurso escolar, tomando progressivamente consciência de que este tem como finalidade a sua preparação para a vida activa. Pretende-se desta forma que o aluno atribua significado às aprendizagens escolares, relacionando-as com as competências que lhe serão exigidas no desempenho da sua actividade profissional.
  • 11. Pressupostos (5)
    • O aluno reflecte sobre o e-Portefólio dos colegas, comentando-o e fazendo sugestões devidamente fundamentadas (hetero-avaliação e aprendizagem colaborativa).
  • 12. Pressupostos (6)
    • O professor orienta a gestão do e-Portefólio do aluno:
      • Quando solicitado, ajudando à selecção dos trabalhos mais relevantes a incluir no e-Portefólio
      • Comentando-os e sugerindo reformulações
      • Validando-os/certificando-os (a validação torna-os acessíveis à consulta)
    • O professor e o conselho de turma:
      • Apontam vias para que o aluno possa reflectir sobre o seu percurso escolar e sobre saberes e competências a adquirir e a desenvolver
      • Incluem comentários globais ao e-Portefólio do aluno com frequência parametrizável
      • O conselho de turma deverá fazer, no final do ano, uma apreciação global ao trabalho.
  • 13. Pressupostos (7)
    • O encarregado de educação:
      • Tem acesso ao e-Portefólio do seu educando
      • Pode comentar os trabalhos do seu educando
    • Os alunos
      • Têm acesso aos e-Portefólios dos colegas
      • Podem comentar os trabalhos dos colegas e sugerir formas de o melhorar (hetero-avaliação e aprendizagem colaborativa).
  • 14. Estrutura do e-Portefólio - secções
    • I – Identificação
    • II – Quem sou eu?
    • III – Este ano gostaria de…
    • IV – O Meu Diário de Aprendizagem
    • V – Os meus trabalhos
    • VI – Agora que o ano lectivo terminou…
    • VII – A Minha História
    • Nota: a escola/agrupamento poderá incluir outras secções
  • 15. Estrutura do e-Portefólio: secção I
    • I – Identificação
      • Identificação institucional do aluno. Deverá incluir:
        • Nome, fotografia, data de nascimento, nº BI, morada, nome do encarregado de educação, etc.
      • Não há necessidade de introduzir alguns destes dados na medida em que deverão ser importados de outras aplicações de gestão de alunos pré-existentes na escola.
  • 16. Estrutura do e-Portefólio: secção II
    • II – Quem sou eu?
      • Identificação informal do aluno. Texto livre.
      • Pretende-se que este espaço funcione como uma área pessoal
      • A escola/conselho de turma poderá sugerir alguns aspectos a focar pelo aluno (parametrizável). Exemplo de sugestões: leituras, filmes, música, programas de TV, aspectos positivos e negativos da escola, principais qualidades e defeitos pessoais, etc.
      • Deverá dar a possibilidade de:
        • incluir links para sites preferidos (acompanhados de uma pequena descrição/justificação da sua inclusão)
        • enviar fotografias (3, 4…)
        • … .
      • Poderá incluir também um texto do Encarregado de Educação falando sobre o seu educando.
  • 17. Estrutura do e-Portefólio: secção III
    • Este ano gostaria de…
      • A preencher no início do ano lectivo. Pretende-se que o aluno reflicta sobre «ele e a escola».
      • Conjunto de «Boas intenções» (por ex: «Dez objectivos que gostaria de alcançar este ano lectivo»).
      • Estas «boas intenções/objectivos» poderão incidir sobre áreas do conhecimentos («gostaria de aprender mais sobre este assunto»), intenções («este ano vou fazer sempre os trabalhos de casa»), mudanças de comportamentos («não vou perturbar as aulas»), etc.
  • 18. Estrutura do e-Portefólio: secção IV
    • IV – Diário de Aprendizagem
      • Espaço exclusivo do aluno.
      • Reflexão sobre as aprendizagens.
      • Destaque de temas que considerou mais interessantes.
      • Registo de temas sobre os quais gostaria de aprender mais.
      • Ideias/conceitos que corrigiu/alterou durante a aprendizagem.
      • ….
  • 19. Estrutura do e-Portefólio : secção V
    • V – Os meus trabalhos
      • Envio de ficheiros em diversos formatos
      • Trabalhos arquivados segundo categorias (leituras, pesquisas, fichas de trabalho, trabalhos de grupo, fichas sumativas, registos de avaliação do período 1 …) e disciplinas/áreas disciplinares. Palavras-chave. Datados.
      • O aluno poderá enviar diversas versões do trabalho (que não substituem as anteriores), sempre acompanhadas de uma reflexão sobre a sua relevância.
      • O professor comenta o trabalho e sugere reformulações.
      • Possibilidade de inserção de comentários pelo:
        • Encarregado de Educação.
        • Colegas
    • (1) A escola/agrupamento poderá definir estas categorias
  • 20. Estrutura do e-Portefólio: secção VI
    • VI – Agora que o ano lectivo terminou…
      • Reflexão final do aluno sobre o trabalho realizado durante o ano lectivo.
      • Esta reflexão deverá ter em conta o texto incluído no início do ano lectivo na secção III «Este ano gostaria de…»
      • Deverá também incluir comentários / avaliação final:
        • do Conselho de Turma
        • dos Colegas
        • do Encarregado de Educação
  • 21. Estrutura do e-Portefólio: secção VII
    • VII – A minha história
      • «Storytelling» a realizar no final do ano lectivo.