Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Michel foucault
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Michel foucault

  • 408 views
Published

PRO.

PRO.

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
408
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
16
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. E. E. BATISTA RENZI PROF. MANOELITO FILOSOFIA 2ª SÉRIE TORNA-SE INDIVÍDUO 1 "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito)
  • 2. Aula baseada na obra “Vigiar e punir” de Michel Foucault. Conceitos Básicos: Subjetivação; disciplina; poder. 2 "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito)
  • 3. Comentário O texto a seguir traz uma das ideias centrais de Foucault, a qual diz respeito à invenção do sujeito moderno, do indivíduo moderno. 3 "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito)
  • 4. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 4 Podemos afirmar que o corpo, as formas de cuidar e se mostrar sempre foram alvo de observação e preocupação. A partir da Era Moderna, a atenção com o corpo, de certa forma, foi ampliada pelo desenvolvimento da Medicina e das Ciências Sociais, que promoveram um novo olhar sobre o corpo e sobre suas técnicas de disciplinarização.
  • 5. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 5 Foram produzidas teorias sobre a anatomia e a “metafísica” do corpo. Investigavam as funções do corpo, cada órgão, cada detalhe, e se procurava entendê-lo em um conjunto moral – todas as questões orbitavam as funções. Por exemplo: o olho, o que é? Para que serve? Como funciona? Qual é a sua função biológica e moral?
  • 6. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 6 Por outro lado, a investigação anatômica apresentava a perspectiva de promoção de valores de ação e produção com o objetivo de moldar os corpos para adaptá-los a um ideal de sociedade.
  • 7. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 7 Por isso, essas técnicas informavam como fazer uma pessoa ser capaz de produzir algo, por exemplo, como um trabalhador pode conseguir mais de seu trabalho e em menos tempo, como acalmar uma pessoa considerada louca, como impedir que as crianças utilizassem indevidamente os órgãos genitais, como impedir que os soldados ficassem “molengas”, e muitos outros.
  • 8. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 8 Esses conhecimentos sobre o corpo faziam que cada vez mais as pessoas procurassem viver de forma a corresponder a eles. Assim, logo se descobriu que o que se faz com o corpo, se faz coma subjetividade das pessoas.
  • 9. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 9 Se alguém é treinado para ser soldado, logo ele pensará com os ideais de um soldado, terá emoções de soldado, ou seja, estará moldado por dentro e por fora para ser um soldado. O que se diria então dos esportistas, dos religiosos, dos alunos, dos trabalhadores? A modernidade baseada no corpo aprendeu a moldar as pessoas por completo, não apenas por teoria, mas, sobretudo, por meio de técnicas. (Elaborado especialmente para o São Paulo faz escola).
  • 10. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 10 Para Michel Foucault, a maneira como nos vemos não procede de nossa natureza, nem de uma essência pessoal, ela vem de fora, de práticas que criam sujeitos pela sujeição dos corpos. Nós nos constituímos não apenas por palavras, mas por ações fundidas a palavras, que, de modo geral, vêm ditadas pela sociedade, ou melhor, pelas instituições.
  • 11. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 11 Para Foucault, nós não somos fruto de teorias, somos fruto de práticas, ainda que algumas teorias nos influenciem. Por exemplo, seria possível existir um dançarino que nunca dançou ou um pintor que nada pinta? A resposta seria que são nossas práticas que nos constituem, e não a natureza.
  • 12. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 12 Mas de quais práticas estaria falando o filósofo? De onde elas vieram? Foucault fala das práticas disciplinares que vieram das instituições modernas, principalmente a partir do século XVIII, como as prisões, os hospitais, os quartéis, as fábricas e as escolas.
  • 13. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 13 A distribuição A primeira atividade que as autoridades modernas deram ao corpo para discipliná-lo foi a distribuição. Para controlar um indivíduo, é importante colocá-lo em um lugar escolhido por nós. Mas como seria possível distribuir pessoas de uma cidade ou de uma sociedade inteira?
  • 14. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 14  Primeiro, construindo cercas ou muros, como nos quartéis e nas escolas. Dessa maneira, os soldados e os alunos ficam separados das pessoas, não causando problemas.
  • 15. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 15  A segunda prática de distribuição consiste em separar os grupos e fazer com que cada um encontre um lugar no espaço. Por exemplo, cada trabalhador no seu setor, cada doente no seu quarto, cada aluno em sua carteira etc.
  • 16. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 16  A terceira prática de distribuição configura-se em dar aos indivíduos um lugar funcional: não basta separar, é preciso que estejam em um lugar em que possam ser vigiados,evitando comunicações indevidas ou reunindo forças contra quem os controla.
  • 17. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 17 Enfim, toda separação tem o ideal da fila,o que quer dizer que as pessoas são separadas segundo uma hierarquia. Por exemplo, as séries e as classes na escola são separadas por idade.
  • 18. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 18 O controle do tempo Outra forma de transformar os indivíduos por meio dos corpos consiste em controlar o seu tempo.
  • 19. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 19  Primeiro: pelos horários, por exemplo, hora para chegar, descansar, sair, trabalhar, dormir, acordar, tomar o remédio.  Segundo: marcando o tempo de sua ação, por exemplo, a marcha dos soldados, a velocidade para apertar um parafuso na fábrica, para atender um telefone ou realizar outra atividade.
  • 20. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 20  Terceiro: disciplinando o corpo inteiro, para sempre fazer tudo bem-feito.  Quarto: adaptando o corpo aos objetos que se Manipulam, por exemplo, caso fosse preciso ficar muito tempo em pé, seria necessário disciplinar as pernas e controlar os gestos, para que elas conseguissem executar as tarefas. Enfim, utilizar bem o tempo, até a exaustão.
  • 21. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 21 O controle das gêneses Para conseguir criar o indivíduo desejado, também foi preciso controlar a forma de sua subordinação à disciplina. Para isso:
  • 22. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 22 Separaram-se os aprendizes dos veteranos; Segundo as necessidades de exercícios, foram separados aqueles que precisavam melhorar o desempenho nesta ou naquela ação ou atividade, exercitando-os até que alcançassem o máximo rendimento.
  • 23. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 23 Como em uma academia de musculação, aquele que precisa trabalhar os braços, por exemplo, foi direcionado a isso, assim como no Exército, em que aquele que precisa melhorar a pontaria é separado e exercitado para isso.
  • 24. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 24  Criaram-se testes para medir a habilidade de cada indivíduo e encerrar o processo.  Para cada um é dada uma série de atividades, conforme sua idade, conhecimento e habilidade, até alcançar o objetivo final.
  • 25. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 25 Recursos de um bom adestramento Para conseguir um bom adestramento, foi preciso lançar mão de alguns recursos e procedimentos:
  • 26. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 26  Vigilância – é preciso que alguém fique observando a atividade, o corpo, o uso do tempo. Dessa maneira, será possível corrigir ou punir.  A sanção normalizadora – em cada instituição, há maneiras de punir as pessoas que não cumprem seus deveres, o que ocorre na família, na escola, na fábrica ou no Exército.
  • 27. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 27 Essa punição pode vir dos próprios integrantes da instituição (os familiares, por exemplo) ou das autoridades.
  • 28. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 28 O exame – ao saber que vão ser submetidos a um teste, prova ou observação de uma autoridade, os indivíduos se autovigiam e se autopunem, colocando os objetivos das instituições dentro de si. Como? Vejamos o exemplo das provas na escola.
  • 29. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 29 Para se sair bem na prova de Filosofia, o aluno terá de estudar. Estudar é uma atividade nem sempre agradável. Para realizar essa atividade nem sempre agradável, o aluno terá de se vigiar, dizendo a si mesmo:
  • 30. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 30 Será que estou estudando o suficiente? Caso não esteja estudando, ele pode submeter-se a uma autopunição, por exemplo, já que não estudou durante a tarde, não assistirá ao filme da noite para poder fazê-lo.
  • 31. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 31  Os exames escolares produzem uma documentação que, ao final, compõe um histórico de cada pessoa. Por exemplo, tanto na escola como no hospital ou na fábrica, cada indivíduo tem uma ficha em que são registrados seus dados e sua documentação é guardada.
  • 32. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 32 Dessa maneira, é possível saber quantas vezes o aluno foi reprovado, se é ou não disciplinado, em quais matérias apresenta maior ou menor dificuldade, se foi punido e as razões de sua punição etc.
  • 33. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 33 Do mesmo modo, na fábrica, quantas vezes o operário chegou atrasado, quantas faltas já teve, quais suas condições de saúde, quantos e quais foram os acidentes sofridos etc. Enfim, cada um se torna um caso que requer determinado tratamento.
  • 34. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 34 Para Foucault, os indivíduos não nascem prontos, não têm essência ou natureza, eles são criados pelas atividades que desenvolvem com o seu corpo. Para esse filósofo, somos corpo e nada mais. O que fazemos com o corpo é o que nos define, e não apenas o que é dito sobre nós mesmos.
  • 35. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 35 REFLETIR E PESQUISAR Vocês deverão refletir sobre as práticas que moldam os indivíduos. Nesse sentido, a minha sugestão é que observem, por exemplo, a condição do trabalhador.
  • 36. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 36 O trabalhador é vigiado pelo gerente, desde o lugar onde está até o que está fazendo e em quanto tempo. Conforme o tempo passa, o trabalhador vai assumindo, mesmo sem perceber, ideias da ação do próprio corpo.
  • 37. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 37 Até chegar a hora em que vai acabar acreditando que aquele tipo de vida é ideal. Desse modo, como a fábrica é pensada racionalmente, o trabalhador vai levar para sua vida pessoal essa racionalidade, tanto na ordenação do espaço como na ocupação do tempo.
  • 38. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 38 A partir desse exemplo, vocês deverão pesquisar algumas práticas, como a religiosa, a esportiva, a escolar, aquelas próprias das Forças Armadas e a familiar. Formule as seguintes questões:
  • 39. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 39 Como a prática religiosa forma os indivíduos? Como a prática esportiva forma os indivíduos? Como a prática escolar forma os indivíduos? Como as Forças Armadas formam os indivíduos? Como as famílias formam os indivíduos?
  • 40. "A LEITURA É A SENHA PARA O ACESSO AO CONHECIMENTO" (Prof. Manoelito) 40 Fonte: Caderno do professor e caderno do aluno volume 1