Manuel da fonseca1

2,979 views
2,673 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,979
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
598
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Manuel da fonseca1

  1. 1. Trabalho destinado à disciplina de Língua Portuguesa
  2. 2. Índice O desenvolver da sua carreira………
  3. 3. Introdução Manuel Lopes Fonseca , mais conhecido como Manuel da Fonseca, foi um escritor poeta ,contista, romancista e cronista. Nasceu em Santiago do Cacém a 15 de Outubro de 1911 — Faleceu em Lisboa a 11 de Março de 1993.
  4. 4. Desenvolvimento No fim da escola básica , o escritor seguiu ainda os estudos em Lisboa estudando assim no Colégio Vasco da Gama, Liceu Camões, Escola Lusitânia e Escola de Belas-Artes. Belas-Artes não foi onde sobressaiu mais, mas apesar disso ainda conseguiu deixar alguns registos nos seus traços sobretudo nos retratos que fazia de alguns dos seus companheiros de tertúlias lisboetas como é o caso do de José Cardoso Pires. Durante os períodos de interregno escolar, aproveitava para regressar ao seu Alentejo de origem. Daí que o espaço de eleição dos seus primeiros textos seja o Alentejo. Só mais tarde e a partir de Um Anjo no Trapézio é que o espaço das suas obras passa a ser a cidade de Lisboa.
  5. 5.  A sua vida profissional foi muito díspar tendo exercido nos mais diferentes sectores: comércio, indústria, revistas, agências publicitárias, entre outros. Foi ainda homenageado com o seu nome em algumas escolas e bibliotecas , assim como Escola Secundária Manuel da Fonseca e Biblioteca Municipal Manuel da Fonseca.
  6. 6. Algumas das suas obras : Poesia • Rosa dos ventos – 1940 • Planície – 1941 • Poemas dispersos – 1958 Contos • O Retrato - 1953 • Aldeia Nova – 1942 • O Fogo e as cinzas – 1953 - Edição Três Abelhas • Um anjo no trapézio – 1968 • Romance • Cerromaior – 1943 Editorial Inquérito • Seara de vento – 1958 Crónicas • Crónicas algarvias – 1986 • À lareira, nos fundos da casa onde o Retorta tem o café • Jornais e revistas onde colaborou • Afinidades • Árvore • Vértice
  7. 7.  Membro do PCP (Partido Comunista Português) , fez parte do grupo do Novo Cancioneiro e é considerado por muitos como um dos melhores escritores do neo-realismo português. Nas suas obras, carregadas de intervenção social e política, relata como poucos a vida dura do Alentejo e dos alentejanos.
  8. 8. Conclusão Neste trabalho, podemos concluir que Manuel da Fonseca não foi apenas um escritor que se baseou a escrever historias ou romances, escreveu também crónicas, trabalhou em revistas e jornais … Trabalhou imenso durante a sua existência, estava constantemente a investir em novos projectos e em novas histórias.
  9. 9. Bibliografia Para realizarmos este trabalho consultamos livros , consultamos a wikipédia, o Google e também o nosso manual de Língua Portuguesa .
  10. 10. Fim  EB 2,3/S de Melgaço 2011/2012  Trabalho realizado por : Catarina Rodrigues nº6 Laëtitia M. Fernandes nº15 9ºB

×