Relatório de-avaliacao-heurística-cecierj-bruno-marques

1,248 views
1,151 views

Published on

Published in: Technology, Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,248
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
62
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Relatório de-avaliacao-heurística-cecierj-bruno-marques

  1. 1. Relatório de Avaliação Heurística(agosto/10)Site da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior aDistância do Estado do Rio de Janeirohttp://www.cederj.edu.brModerador:Bruno MarquesAnalistas:Cid Boechat e Sheila Manhães
  2. 2. 1 - Introdução1.1 - Resumo ExecutivoO objetivo deste relatório é apresentar o processo de avaliaçãoheurística aplicado ao site da Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJbaseado nos 8 critérios ergonômicos de Bastien e Scapin onde foianalisanda a página inicial do site.Para esta avaliação foram convidados 2 analistas, ambos designers,que apontaram problemas e, consequentemente, os critériosergonômicos violados.1.2 - Objeto da análiseO site da Fundação CECIERJ / Consórcio CEDERJ tem como objetivodisponibilizar informações relativas à vestibular social, graduação adistância, projetos acadêmicos, projetos de extensão paracapacitação de professores, entre outros, tendo como os pilaresnorteadores: ● a interiorização do ensino superior público, gratuito e de qualidade no Estado do Rio de Janeiro facilitando o acesso ao ensino superior daqueles que não podem estudar no horário tradicional; ● atuar na formação continuada, a distância, de profissionais do Estado, com atenção especial para o processo de atualização de professores da rede estadual de Ensino Médio;Em resumo, se trata de um site direcionado para área de educaçãotendo como usuários de diversas classes etárias e sociais.1.3 - Objetivos dos usuáriosA grande maioria dos usuários do site acessam conteúdos relativos àgraduação a distância através do campo “plataforma” e aos cursos deatualização e professores através do link “extensão”.
  3. 3. 1.4 - Metodologia1.4.1 - Escolha dos analistasOs analistas escolhidos, ambos designers, foram 2 colegas de grupodo trabalho da disciplina Avaliação Heurística ministrada pelo Prof.Edson Rufno.Inicialmente, os analistas buscaram problemas na página inicial doreferido site relacionando o problema encontrado com os critériosergonômicos (Bastien e Scapin) violados criando assim as tabelas 1 e2 em anexo.1.4.2 - Critério ergonômicos utilizados e níveis de gravidadeCritérios ergonômicos1. orientação ● prompting ● grupamento/distinção de itens ○ por localização ○ por formato ● feedback imediato ● legibilidade2. carga de trabalho ● brevidade ● concisão ● ações mínimas3. controle explícito ● ações explícitas do usuário ● controle do usuário4. adaptabilidade ● flexibilidade ● experiência do usuário5. gerenciamento do erro ● proteção ao erro ● qualidade das mensagens de erro ● correção de erro6. consistência7. significados de códigos8. compatibilidade
  4. 4. Posteriormente, as duas tabelas dos analistas foram compiladas pelomoderador tendo como objetivo criar uma nova tabela com osproblemas apresentados para que os analistas atribuíssem níveis degravidade aos problemas encontrados.Níveis de Descriçãogravidade 0 Não é encarado como um problema de usabilidade 1 Problema estético. Não necessita ser corrigido, a menos que haja tempo disponível 2 Problema menor de usabilidade. baixa prioridade para sua correção. 3 Problema maior de usabilidade. Alta prioridade para sua correção. 4 Catástrofe de usabilidade. É imperativo corrigir.2 - Principais problemas encontradosApós a avaliação do site pelos analistas, foram encontrados 14problemas de usabilidade que violaram os critérios ergonômicos (vertabela final).2.1 - Resumo dos problemasAbaixo encontram-se os problemas apontados pelos analistas emordem decrescente de gravidade.Em um apanhado geral, os problemas de maior gravidade estãorelacionados com: ● falta de visibilidade de links (orientação #1) ● Funcionalidades no site fora do padrão web (significado dos códigos #7) ● falta descrição textual de itens para facilitar acessibilidade (adaptabilidade #4)Este relatório foi direcionado para sugerir recomendações de correçãodos problemas com nível de gravidade classificados como 4 e 3 poisestes requerem uma maior urgência na sua correção visandomelhorar a usabilidade da página analisada.
  5. 5. Tabela Final Princípio Nº da Nível de Problemas Violado heurística GravidadeOs links dos “Serviços mais acessados” e Orientação #1do “Leia mais” não estão visualmente Prompting ouclaros. A fonte não é sublinhada e/ou nem prestezamuda de comportamento em “mouse Falta de feedback 4over”. Não é possível identificarimediatamente que são links. Carga de trabalho #2As imagens da home não possuem o Adaptabilidadeatributo “ALT” #4 3O campo de busca não é notório, talvez Significado depela ausência da lupa provoque o códigosproblema, já que ela já pode ser #7 3considerada um elemento universal parasinalizar esse tipo de funcionalidadeDiversas telas não possuem uniformidade Consistênciano padrão visual, provocando sensação de #6 3ter migrado para outro site (ambiente)O Links de “leia mais” nas matérias Significados depossuem descrição textual em inglês códigos #7 3“Read this article”.Não há descrição textual alternativa nas Adaptabilidadeanimações em flash #4 3Os bullets da navegação poderiam ter Significado demelhor contraste para diferenciar aqueles códigos #7 2que possuem subitens.As matérias da home utilizam-se do Adaptabilidadeexpediente “leia mais”, o que não é bom #4 2em questões de acessibilidade.O link de “Leia mais” está um pouco Orientação –distante do texto das matérias, o que (grupamento /pode causar confusão sobre se tratarem distinção de itens #1 2do mesmo assunto. – por localização)Em “últimas notícias” há uma barra Orientação –dividindo as colunas de notinhas, o que (grupamento /pode dar a impressão de que se tratam de distinção de itens #1 2conteúdos separados. – por localização)O Botão de entrar na Plataforma é muito Orientaçãodiscreto, da mesma cor do fundo e com (legibilidade) #1apenas uma fina linha cinzenta de Carga de trabalho #2 2contorno.A interface não difere experiências dos Adaptabilidadeusuários, assim com não permite (Flexibilidade) #4 1customização dos objetosInformações um tanto próximas, não há Orientaçãorespiro ou divisão entre os objetos (Legibilidade) #1 1
  6. 6. 2.2 - Problemas específicos Princípio Nº da Nível de Problemas Violado heurística GravidadeOs links dos “Serviços maisacessados” e do “Leia mais”não estão visualmente claros. A Orientaçãofonte não é sublinhada e/ou nemmuda de comportamento em Falta de #1 4 feedback“mouse over”. Não é possívelidentificar imediatamenteque são links.EvidênciaRecomendaçãoAplicar tonalidade diferenciada com recurso que informe ao usuárioque ao passar o mouse na área do link, o mesmo mude seucomportamento para facilitar o entendimento da funcionalidade parao usuário.
  7. 7. Princípio Nº da Nível de Problemas Violado heurística GravidadeAs imagens da home nãopossuem o atributo “ALT” Adaptabilidade #4 3EvidênciaRecomendaçãoInserir a descrição textual no campo “ALT” do código para facilitar oentendimento do conteúdo.
  8. 8. Princípio Nº da Nível de Problemas Violado heurística GravidadeO campo de busca não énotório, talvez pela ausência dalupa provoque o problema, já que Significadoela já pode ser considerada um de códigos #7 3elemento universal para sinalizaresse tipo de funcionalidadeEvidênciaRecomendaçãoInserção do ícone lupa ou da palavra “busca” no botão que existeatualmente como “enviar”. Posicionar o campo busca acima da áreade “Serviços mais acessados” para manter seguir o padrão web.
  9. 9. Princípio Nº da Nível de Problemas Violado heurística GravidadeDiversas telas não possuemuniformidade no padrão visual,provocando sensação de ter migrado Consistência #6 3para outro site (ambiente)EvidênciaRecomendaçãoCriar uma uniformidade visual a ser aplicada nas páginas com oobjetivo de não aumentar a carga de trabalho do usuário paraaprender como funcionam as diversas interfaces e fortalecer aimagem da Fundação.
  10. 10. Princípio Nº da Nível de Problemas Violado heurística GravidadeO Links de “leia mais” nas Significadosmatérias possuem descrição textual de códigos #7 3em inglês “View this article!”.EvidênciaRecomendaçãoMudar a descrição textual para o idioma português.
  11. 11. Princípio Nº da Nível de Problemas Violado heurística GravidadeNão há descrição textualalternativa nas animações Adaptabilidade #4 3em flashEvidênciaRecomendaçãoInserir a descrição textual no campo “ALT” do código para facilitar oentendimento do conteúdo.

×