Curitibanos história de nossa gente   parte 3
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Curitibanos história de nossa gente parte 3

on

  • 1,499 views

O povo que não preserva a sua história é um povo sem memória - Parte 3

O povo que não preserva a sua história é um povo sem memória - Parte 3

Statistics

Views

Total Views
1,499
Views on SlideShare
1,499
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
4
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Curitibanos história de nossa gente   parte 3 Curitibanos história de nossa gente parte 3 Presentation Transcript

  • CURITIBANOS HISTÓRIADE NOSSA GENTE – PARTE 3 IMAGENS: LUIZ ALVES MUSEU ANTÔNIO GRANEMANN DE SOUZA TEXTO E EDIÇÃO DE SLIDES: LUIZ ALVES
  • Amigo leitor, em 2012 a Guerra do Contestado completa 100 anos,os Jagunços no sertão contestado não tiveram nenhuma atitude social ehumanitária dos governantes da época, empurraram sem piedade a umaguerra impossível de vencer, tirando dos mesmos o mais importante dosentimento humano, a perspectiva melhor de vida, a esperança em daruma vida decente aos seus filhos e aos seus netos. O poder republicanocriado diante de muitas falhas na revolução francesa deixa a naçãopolvorosa, em completo caos político e transformou numa terra deninguém, onde todos queriam mandar e ninguém fazia nada pelosanseios da população francesa. Décadas depois, implantado pelos Estados Unidos da América comuns ajustes e poucas melhoras, mesmo assim continua sendo umsistema de inúmeros pecados capitais e que sufocava qualquer grito deliberdade democrática, ainda permanecendo o preconceito social, raciale religioso, contendo leis autoritárias e completamente injustas comtoda uma sociedade carente ou a menos favorecida. Meu amigo, esse foi o poder que o sistema republicano brasileirocomprou a preço de muitas vidas e por uma verdadeira mina de ouro, umsistema que privilegia o rico, o milionário e deixa os demais na maiscompleta miséria.
  • Os caboclos no sertão catarinense e Paranaense perderampraticamente tudo o que herdaram de seus antepassados, e para teremum pouco de esperança acreditam em suas crendices populares,buscam uma força superior, e dela criam fantasias e fanatizam outromundo, conforme os seus sonhos. E desse sonho fazem a sua razão deviver, nem que isso o levasse a morte, sendo o que aconteceu narealidade. A guerra de Canudos, acontecido anteriormente, era prova real dainjustiça social do poder republicano, pois denegria a democracia e levamilhares ao completo genocídio humano. Como em Canudos tinhaAntônio Conselheiro, aqui no contestado tivemos José Maria. Com esseprimeiro episódio histórico os senhores da república não aprendem alição, tornam a fazer no sul do País. Como disse o capitão Matos Costa:que o problema do contestado, poderia ser resolvido com um pouco deboa vontade dos governantes. Alimento em vez de munição, instruçãoem vez de ameaças e justiça em vez de violência. Caro leitor, só para ter uma ideia da armadilha do séculoconstruída contra os Jagunços, foi usado pela primeira vez na história dahumanidade a aviação militar para o reconhecimento de reduto dairmandade de São Sebastião, tendo um coronel alemão e um tenenteitaliano como pilotos revolucionários. A história prova que na melhor dashipóteses a guerra já tinha vencedor, mesmo antes de seu principio. Oshistoriadores chamam “Guerra do Contestado”, que no real e verdadeiroeu chamo “Guerra dos Injustiçados do Século”.
  • MAJOR ALTINO GONÇALVES DE FARIAS 1924
  • IGREJA MATRIZ DECAMPOS NOVOS 1909
  • PINTURA DE CHICA PELEGAGUERREIRA DO CONTESTADO
  • JUVENAL BRÁULIO BACELAR 1921
  • TROPEIROS 1905
  • DR. ALFREDO LENSER 1923
  • IRMÃ FLORENTINA 1935
  • IDAVINO CHAGASDE ALMEIDA 1934
  • CAPITÃO ALDO FERNANDESCOMANDANTE DA 3º BPM 1937
  • DR. HENRIQUE BERGER FILHO 1933
  • WALDIR ORTIGARI ADVOGADO E COMERCIANTE 1945
  • SERRARIA IRMÃOS MENEGATTI LIBERATA 1947
  • PROFESSOR TÓTA
  • SERRARIA BROCHMANN POLIS 1991
  • DESENHO DE OTACÍLIO COSTA DOADO A SEBASTIÃOCALOMENO POR RUBENS 1949
  • CASAMENTO DE CATHERINOPELLIZZARO E NORMA ROVEDA 1938
  • PINHÃO
  • CANHÃO UTILIZADO NA GUERRA DO CONTESTADO 1912/1916 –CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • CAPITÃO JOÃO BRÁZ PETERS COMANDANTE 3º BPM
  • DIVA, IVADI E IRIS ALMEIDA 1928
  • DR. ALTINO LEMOS DE FARIAS 1959
  • DAVID CANEIRO MUSEOLOGO 1973
  • INDÚSTRIA DE CRINA VEGETAL 1945
  • REMOÇÃO CALÇAMENTOAVENIDA SALOMÃO CARNEIRO DE ALMEIDA 1979
  • APRESENTAÇÃO DE ALUNOSDO INSTITUTO CARLOS GOMES NO CLUBE 7 SETEMBRO 1972
  • ERNANI MANOEL L. FARIAS PROMOTOR DE JUSTIÇA
  • PROFESSOR DAVID NOVAK 1958
  • COLHEITA DE NECTARINA 1978
  • KOMBI DA VIAÇÃO CARAMURU 1970
  • JURACY DE MELLO SCHMITTCOODENADORA DE EDUCAÇÃO
  • DR. HÉLIO ANJOS ORTIZ MÉDICO DOS POBRES
  • PRAIA DO PEDRO MANCO 1978
  • ANIVERSÁRIO DE ALDAIR GOETEN DE MORAES 1949
  • SERRARIA VERA CRUZ DE URBANO JACOBS
  • NÁDIA BURTET E LAIR BERNADONICENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • LUCIANE DOTTI E TÂNIAMARIA GAVA GABOARDI 1966
  • MARTA TEREZINHA LUIZ ALVES
  • ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL 1981
  • AMÉLIA DRISSEN DE MORAES 1973
  • BANDA POLÍCIA MILITAR DEFLORIANÓPOLIS – CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • AUTORIDADES E CONVIDADOSCENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • CORAL CANCIONEIRO ITALIANOSOCIEDADE RECREATIVA QUEL MAZZOLIN DI FIORI 1990
  • JOSÉ ALBERTO DOS SANTOSTENENTE DO SERVIÇO MILITAR
  • LIONS CLUBE – CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • LOJAS ZORTÉA – CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • LUIS FONTANA,MANOEL E FIGURA
  • FAMÍLIA RODRIGUESANDERSON, EDILSON, DAIANA E ANDRÉIA
  • ESQUADRILHA DA FUMAÇACENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • FAMÍLIA FONTANAÂNGELO, JOANA E LUIS
  • VI FEIRA DO TERNEIRO DE CURITIBANOS 1979
  • VISTA PARCIAL DO PONTE ALTA DO NORTE 1992
  • VISTA PARCIAL DE SÃO CRISTÓVÃO DO SUL 1992
  • WILMAR ORTIGARI NA INAUGURAÇÃODO MUSEU ANTÔNIO GRANEMANN DE SOUZA 1973
  • FÓFORO GABOARDICENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • MENDES & CIA – CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • CARLOTA DI PIETRO
  • CASAS PERNAMBUCANASCENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • CRIANÇAS REPRESENTANDO INDÚSTRIA ECOMÉRCIO – CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • HOSPITAL REGIONAL HÉLIO ANJOS ORTIZ EM CONSTRUÇÃO 1979
  • IDAVINO CHAGAS DE ALMEIDA ANIVERSÁRIO 98 ANOS
  • HEITOR MACIEL E CRIANÇASCENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • INAUGURAÇÃO DO MUSEU ANTÔNIO GRANEMANN DE SOUZA 1973
  • INAUGURAÇÃO DO MUSEU ANTÔNIO GRANEMANN DE SOUZA 1973
  • INAUGURAÇÃO DO POSTO POLICIAL NÚCLEO TRITÍCULA 1990
  • IVANIR FONTANA
  • MARIA DOLORES - RAINHA DO PARANÁ CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • NEREIDE ALMEIDA - CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • EXPOCENTRO DE CURITIBANOS 2008
  • NEREIDE, MAGDA, ROSIANE, NICE E LICIANE – CENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • POR DO SOL DE CURITIBANOS
  • SARGENTOLAURETI GUERRA DO CONTESTADOCENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • RAINHAS E PRINCESASCENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • PARQUE HARRY WORLD
  • RAINHA NÁDIA BURTET E ONOFRE SANTO AGOSTINIBAILE CENTENÁRIO CURITIBANOS 1973
  • SOLDADOS DO GOVERNO GUERRA DO CONTESTADOCENTENÁRIO CURITIBANOS 1973
  • VISTA DA AVENIDA SALOMÃO CARNEIRO DE ALMEIDA
  • CORETO COM ANTIGOS MUSICOSCENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • NÁDIA BURTET, VERA QUADROS, MARILIA TORTATO, LAIR BERNADONI, NADIR GARCIA, ELITE GARCIA E NAURABECKER – CENTENÁRIO CURITIBANOS 1973
  • RÉPLICA DA PREFEITURACENTENÁRIO DE CURITIBANOS 1973
  • VISTA PARCIAL DE CURITIBANOS 1990
  • VISTA PARCIAL DE CURITIBANOS
  • Os nossos antepassados lutaram contra a república do“café com leite”, milhares foram sacrificados nessa guerradegradante (Contestado), visando nos deixar uma cidadeigualitária, completa 100 anos sobrevivemos ainda no tempodos coronéis, onde é proibido reclamar desse mundinhohipócrita, do contrário é discriminado e perseguido pelosprotetores do regime feudal e nefasto. Mas quem sabe, algum dia não muito distante, haveremosde viver nessa cidade igualitária, onde possamos criar nossosfilhos em paz, eduque e garanta o futuro dos jovens e tragatranquilidade a nossos idosos. Algum dia... Quem sabe!
  • “O POVO QUE NÃO PRESERVA SUA HISTÓRIA É UM POVO SEM MEMÓRIA”