Estratégias Competitivas
Estratégia Competitiva <ul><li>“ Ações ofensivas ou defensivas para criar uma posição defensável em uma indústria, para en...
Escola do Posicionamento I <ul><li>Abordagem mais próxima da estratégia militar </li></ul><ul><li>Foco: Como as firmas, em...
Escola do Posicionamento II <ul><li>Premissas </li></ul><ul><ul><li>Estratégia segue a estrutura </li></ul></ul><ul><ul><l...
5 Forças de Mercado - Porter Fornecedores Concorrentes Novos Entrantes Substitutos Clientes
5 Forças de Mercado I <ul><li>Fornecedores : entidade que provém recursos e matéria prima </li></ul><ul><ul><li>Diferencia...
5 Forças de Mercado II <ul><li>Clientes : consumidores do produto </li></ul><ul><ul><li>Poder de Barganha </li></ul></ul><...
5 Forças de Mercado III <ul><li>Concorrentes : empresas que disputam o mesmo mercado </li></ul><ul><ul><li>Crescimento da ...
5 Forças de Mercado IV <ul><li>Novos Entrantes : possíveis novos concorrentes no mercado </li></ul><ul><ul><li>Economias d...
5 Forças de Mercado V <ul><li>Substitutos : produtos diferentes, mas que podem ser usados no lugar do produto da empresa <...
5 Forças de Mercado VI <ul><li>Quanto maior a intensidade de cada força de mercado, menor a atratividade do mercado (possi...
TI e as 5 Forças de Mercado <ul><li>Fornecedores e Clientes : SCM, portais de compra, de venda </li></ul><ul><li>Substitut...
TI e First Movers (I) <ul><li>First Mover (Primeiro a mover-se) : É o pioneiro na adoção ou desenvolvimento da tecnologia ...
TI e First Movers (II) <ul><li>Vantagens </li></ul><ul><ul><li>Definição de regras e padrões </li></ul></ul><ul><ul><li>Re...
TI e First Movers (III) <ul><li>Desvantagens </li></ul><ul><ul><li>Custos do Pioneirismo </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>De...
Estratégias Competitivas Genéricas <ul><li>Liderança em custo </li></ul><ul><li>Diferenciação </li></ul><ul><li>Nicho ou E...
Liderança em Custo <ul><li>Foco em processos </li></ul><ul><li>Low cost, low fare </li></ul><ul><li>Ganhos de escala </li>...
Diferenciação <ul><li>Foco em produto </li></ul><ul><li>Pode reduzir a parcela de mercado potencial </li></ul><ul><li>Preç...
Diferenciação <ul><li>Tipos </li></ul><ul><ul><li>Qualidade de Produto </li></ul></ul><ul><ul><li>Imagem de Marca </li></u...
Nicho <ul><li>Foco em mercado </li></ul><ul><li>Atendimento de demandas muito específicas </li></ul><ul><ul><li>“ Buracos ...
Qual escolher? <ul><li>“ Se você não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve ” </li></ul>
Estratégias Competitivas Genéricas Foco com diferenciação Foco e custo Alvo fechado Diferenciação Liderança em custo Alvo ...
Estratégias Competitivas Genéricas <ul><li>O perigo do meio termo </li></ul><ul><ul><li>Não atende a ninguém satisfatoriam...
Cadeia de Valor <ul><li>Etapas do processo de produção do bem/serviço </li></ul><ul><li>5 atividades primárias </li></ul><...
Cadeia de Valor Coordenação Administrativa e Serviços de Apoio Administração de Recursos Humanos Desenvolvimento Tecnológi...
TI e Cadeia de Valor <ul><li>Logística (interna e externa) : SCM, gestão de materiais por computadores, comunicação </li><...
Competências Essenciais I <ul><li>Core Competences </li></ul><ul><li>Conjunto de habilidades e tecnologias aplicadas de ma...
Competências Essenciais II <ul><li>Possibilitar crescimento empresarial </li></ul><ul><li>Competência essencial como capac...
Competências Essenciais III <ul><li>Valor percebido </li></ul><ul><ul><li>Benefício real ao cliente </li></ul></ul><ul><li...
Competências Essenciais IV Recursos Organizacionais Capacidade Capacidade Competência Essencial Vantagem Competitiva
Competitividade <ul><li>Indicador da capacidade da firma de enfrentar os desafios do mercado frente à concorrência </li></ul>
Vantagem Competitiva <ul><li>Tem sua fonte nas várias atividades da empresa, que contribuem para a sua construção </li></u...
Vantagem Competitiva <ul><li>Características: </li></ul><ul><ul><li>Valiosas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Benefício real...
Competências Essenciais Casos <ul><li>Canon </li></ul><ul><ul><li>Aptidões e tecnologias em ótica, captura e processamento...
Competências Essenciais Diagnóstico <ul><li>Recursos </li></ul><ul><li>Tangíveis </li></ul><ul><li>Intangíveis </li></ul>C...
Plano de Ação <ul><li>Posicionar a empresa </li></ul><ul><li>Influenciar o balanço das forças </li></ul><ul><li>Antecipar ...
Desenvolvimento do Negócio Estratégias de Diversificação Desenvolvimento de Mercados Novos Mercados Desenvolvimento de nov...
Hiper-competição (D’Aveni) <ul><li>Competição elevada ao máximo </li></ul><ul><li>Construir VCs </li></ul><ul><li>Destruir...
As Arenas <ul><li>Custo X Qualidade </li></ul><ul><ul><li>Preço e Qualidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultado: fartura ...
As Arenas <ul><li>Timing e Know-How </li></ul><ul><ul><li>Percepção do melhor momento para lançar novos produtos/novos mer...
As Arenas <ul><li>Fortalezas </li></ul><ul><ul><li>Barreiras de Entrada </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultado: Criação de r...
As Arenas <ul><li>Reservas Financeiras </li></ul><ul><ul><li>Limitar poder das empresas menores </li></ul></ul><ul><ul><li...
Bibliografia <ul><li>BARNEY, Jay.  Firm Resources And Sustained Competitive Advantage.  Journal of Management , vol. 17, n...
Bibliografia <ul><li>MORGAN, g.  Imagens da Organização . São Paulo: Atlas, 1996 </li></ul><ul><li>NALEBUFF, B; BRANDENBUR...
 
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Influire - Competição

5,532 views

Published on

Slides usados no II Workshop sobre Estratégia na Influire

Influire - Competição

  1. 3. Estratégias Competitivas
  2. 4. Estratégia Competitiva <ul><li>“ Ações ofensivas ou defensivas para criar uma posição defensável em uma indústria, para enfrentar com sucesso as cinco forças competitivas e, assim, obter um retorno sobre o investimento maior para a empresa ” </li></ul><ul><li>Porter, 1991, p. 49 </li></ul>
  3. 5. Escola do Posicionamento I <ul><li>Abordagem mais próxima da estratégia militar </li></ul><ul><li>Foco: Como as firmas, em dado contexto, diferenciam seus produtos dos competidores </li></ul>
  4. 6. Escola do Posicionamento II <ul><li>Premissas </li></ul><ul><ul><li>Estratégia segue a estrutura </li></ul></ul><ul><ul><li>Escopo: indústria (setor) </li></ul></ul><ul><ul><li>Papel decisivo do planejador </li></ul></ul>
  5. 7. 5 Forças de Mercado - Porter Fornecedores Concorrentes Novos Entrantes Substitutos Clientes
  6. 8. 5 Forças de Mercado I <ul><li>Fornecedores : entidade que provém recursos e matéria prima </li></ul><ul><ul><li>Diferenciação de MP </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos de troca de fornecedores </li></ul></ul><ul><ul><li>Presença de produtos substitutos </li></ul></ul><ul><ul><li>Concentração de fornecedores </li></ul></ul><ul><ul><li>Ganhos de Escala </li></ul></ul><ul><ul><li>Impactos sobre Custos ou Diferenciação </li></ul></ul>
  7. 9. 5 Forças de Mercado II <ul><li>Clientes : consumidores do produto </li></ul><ul><ul><li>Poder de Barganha </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Concentração do mercado </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Volume </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Custos de troca </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Integração Vertical para trás </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Substitutos </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Sensibilidade de preços </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Preço total </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Diferenças de produtos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Marca </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Uso </li></ul></ul></ul>
  8. 10. 5 Forças de Mercado III <ul><li>Concorrentes : empresas que disputam o mesmo mercado </li></ul><ul><ul><li>Crescimento da Indústria </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos/Valor adicionado </li></ul></ul><ul><ul><li>Capacidade da Indústria </li></ul></ul><ul><ul><li>Diferenças entre produtos </li></ul></ul><ul><ul><li>Marca </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos de Troca </li></ul></ul><ul><ul><li>Concentração/Equilíbrio de Forças </li></ul></ul><ul><ul><li>Barreiras de Saída </li></ul></ul>
  9. 11. 5 Forças de Mercado IV <ul><li>Novos Entrantes : possíveis novos concorrentes no mercado </li></ul><ul><ul><li>Economias de Escala </li></ul></ul><ul><ul><li>Diferenciação de Produtos </li></ul></ul><ul><ul><li>Capital Financeiro </li></ul></ul><ul><ul><li>Desvantagens de custo </li></ul></ul><ul><ul><li>Acesso a canais </li></ul></ul><ul><ul><li>Políticas governamentais </li></ul></ul>
  10. 12. 5 Forças de Mercado V <ul><li>Substitutos : produtos diferentes, mas que podem ser usados no lugar do produto da empresa </li></ul><ul><ul><li>Preço/Performance </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos de Troca </li></ul></ul><ul><ul><li>Propensão do comprador a mudar </li></ul></ul>
  11. 13. 5 Forças de Mercado VI <ul><li>Quanto maior a intensidade de cada força de mercado, menor a atratividade do mercado (possibilidade de lucros acima da média) </li></ul><ul><li>As forças devem ser neutralizadas ou reduzidas a fim de criar condições para um desempenho superior </li></ul>
  12. 14. TI e as 5 Forças de Mercado <ul><li>Fornecedores e Clientes : SCM, portais de compra, de venda </li></ul><ul><li>Substitutos : avanços tecnológicos que substituam um produto existente </li></ul><ul><li>Novos entrantes : TI como barreira de entrada </li></ul><ul><li>Concorrentes : avanços em custos, diferenciação e posicionamento através de tecnologias de análise de mercado </li></ul>
  13. 15. TI e First Movers (I) <ul><li>First Mover (Primeiro a mover-se) : É o pioneiro na adoção ou desenvolvimento da tecnologia </li></ul>
  14. 16. TI e First Movers (II) <ul><li>Vantagens </li></ul><ul><ul><li>Definição de regras e padrões </li></ul></ul><ul><ul><li>Reputação </li></ul></ul><ul><ul><li>Posição privilegiada no mercado </li></ul></ul><ul><ul><li>Custos de mudança (clientes) </li></ul></ul><ul><ul><li>Acesso a canais </li></ul></ul><ul><ul><li>Curva de aprendizagem </li></ul></ul><ul><ul><li>Lucros iniciais </li></ul></ul>
  15. 17. TI e First Movers (III) <ul><li>Desvantagens </li></ul><ul><ul><li>Custos do Pioneirismo </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desenvolvimento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Aprovações legais </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Treinamentos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Desenvolvimento de complementos </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Incerteza da demanda </li></ul></ul><ul><ul><li>Descontinuidades tecnológicas </li></ul></ul><ul><ul><li>Imitação </li></ul></ul>
  16. 18. Estratégias Competitivas Genéricas <ul><li>Liderança em custo </li></ul><ul><li>Diferenciação </li></ul><ul><li>Nicho ou Enfoque </li></ul>
  17. 19. Liderança em Custo <ul><li>Foco em processos </li></ul><ul><li>Low cost, low fare </li></ul><ul><li>Ganhos de escala </li></ul><ul><li>Curva de experiência </li></ul><ul><li>Minimização de custos </li></ul><ul><li>Acesso favorável a recursos </li></ul><ul><li>Vantagem de negociação </li></ul><ul><li>Guerra de preços </li></ul>
  18. 20. Diferenciação <ul><li>Foco em produto </li></ul><ul><li>Pode reduzir a parcela de mercado potencial </li></ul><ul><li>Preço Premium </li></ul><ul><li>Sentimento de exclusividade </li></ul>
  19. 21. Diferenciação <ul><li>Tipos </li></ul><ul><ul><li>Qualidade de Produto </li></ul></ul><ul><ul><li>Imagem de Marca </li></ul></ul><ul><ul><li>Suporte e Manutenção </li></ul></ul><ul><ul><li>Preço </li></ul></ul><ul><ul><li>Design </li></ul></ul>
  20. 22. Nicho <ul><li>Foco em mercado </li></ul><ul><li>Atendimento de demandas muito específicas </li></ul><ul><ul><li>“ Buracos de mercado” </li></ul></ul><ul><li>Alvo estratégico estreito </li></ul><ul><ul><li>Concentração de esforços </li></ul></ul><ul><li>Redução da parcela de mercado potencial </li></ul><ul><li>Interessante para empresas pequenas e médias </li></ul>
  21. 23. Qual escolher? <ul><li>“ Se você não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve ” </li></ul>
  22. 24. Estratégias Competitivas Genéricas Foco com diferenciação Foco e custo Alvo fechado Diferenciação Liderança em custo Alvo aberto Diferenciação Baixo custo Vantagens de Custo Escopo Competitivo
  23. 25. Estratégias Competitivas Genéricas <ul><li>O perigo do meio termo </li></ul><ul><ul><li>Não atende a ninguém satisfatoriamente </li></ul></ul><ul><ul><li>Estratégia pobre </li></ul></ul><ul><ul><li>Alto risco de fracasso </li></ul></ul>
  24. 26. Cadeia de Valor <ul><li>Etapas do processo de produção do bem/serviço </li></ul><ul><li>5 atividades primárias </li></ul><ul><li>4 atividades de apoio </li></ul><ul><li>Gestão Integrada </li></ul>
  25. 27. Cadeia de Valor Coordenação Administrativa e Serviços de Apoio Administração de Recursos Humanos Desenvolvimento Tecnológico Compra de Recursos Logística Interna Operações Logística Externa Marketing e Vendas Atendimento ao Cliente Vantagem Competitiva
  26. 28. TI e Cadeia de Valor <ul><li>Logística (interna e externa) : SCM, gestão de materiais por computadores, comunicação </li></ul><ul><li>Operações : Controle de processos, controle de produção, melhoria de qualidade de produto </li></ul><ul><li>Marketing e Vendas : Multimídias, Análise de mercados (CRM, SIG, DM, etc.), B2B, B2C </li></ul><ul><li>Serviços : Comunicação, Análise de mercados, melhoria de qualidade de serviço </li></ul>
  27. 29. Competências Essenciais I <ul><li>Core Competences </li></ul><ul><li>Conjunto de habilidades e tecnologias aplicadas de maneira integrada e convergente </li></ul><ul><li>Prahalad e Hamel </li></ul>
  28. 30. Competências Essenciais II <ul><li>Possibilitar crescimento empresarial </li></ul><ul><li>Competência essencial como capacidade estratégica </li></ul><ul><li>Conceito sistêmico: não se baseia em uma pessoa ou equipe </li></ul>
  29. 31. Competências Essenciais III <ul><li>Valor percebido </li></ul><ul><ul><li>Benefício real ao cliente </li></ul></ul><ul><li>Diferenciação dos concorrentes </li></ul><ul><ul><li>Raras e Difíceis de imitar </li></ul></ul><ul><li>Capacidade de expansão </li></ul><ul><ul><li>Possibilidades de novos negócios </li></ul></ul>
  30. 32. Competências Essenciais IV Recursos Organizacionais Capacidade Capacidade Competência Essencial Vantagem Competitiva
  31. 33. Competitividade <ul><li>Indicador da capacidade da firma de enfrentar os desafios do mercado frente à concorrência </li></ul>
  32. 34. Vantagem Competitiva <ul><li>Tem sua fonte nas várias atividades da empresa, que contribuem para a sua construção </li></ul><ul><li>Pode ser pontual ou sustentada </li></ul><ul><li>RBV – Resource Based View </li></ul>
  33. 35. Vantagem Competitiva <ul><li>Características: </li></ul><ul><ul><li>Valiosas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Benefício real e percebido ao cliente </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Raras </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Capacidades que não são facilmente encontradas no mercado </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Difíceis de imitar </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Diferenciação dos concorrentes </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Difíceis de substituir </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Aumentando valor estratégico </li></ul></ul></ul>
  34. 36. Competências Essenciais Casos <ul><li>Canon </li></ul><ul><ul><li>Aptidões e tecnologias em ótica, captura e processamento de imagens </li></ul></ul><ul><li>3M </li></ul><ul><ul><li>Fitas adesivas </li></ul></ul><ul><li>Black & Decker </li></ul><ul><ul><li>Pequenos motores elétricos </li></ul></ul><ul><li>Nike </li></ul><ul><ul><li>Design, logística e marketing </li></ul></ul>
  35. 37. Competências Essenciais Diagnóstico <ul><li>Recursos </li></ul><ul><li>Tangíveis </li></ul><ul><li>Intangíveis </li></ul>Competitividade Estratégica Vantagem Competitiva Identificação das Competências Capacidades e Habilidades
  36. 38. Plano de Ação <ul><li>Posicionar a empresa </li></ul><ul><li>Influenciar o balanço das forças </li></ul><ul><li>Antecipar mudanças </li></ul>
  37. 39. Desenvolvimento do Negócio Estratégias de Diversificação Desenvolvimento de Mercados Novos Mercados Desenvolvimento de novos produtos Estratégias de Penetração Mercado Atual Novos Produtos Produto Existente
  38. 40. Hiper-competição (D’Aveni) <ul><li>Competição elevada ao máximo </li></ul><ul><li>Construir VCs </li></ul><ul><li>Destruir VCs dos concorrentes </li></ul><ul><li>Não é possível obter VC duradouras </li></ul><ul><li>Movimento entre as “Arenas” </li></ul><ul><li>4 “Arenas” competitivas </li></ul><ul><ul><li>Custo X Qualidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Timing x Know-how </li></ul></ul><ul><ul><li>Fortalezas </li></ul></ul><ul><ul><li>Reservas Financeiras </li></ul></ul>
  39. 41. As Arenas <ul><li>Custo X Qualidade </li></ul><ul><ul><li>Preço e Qualidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultado: fartura de serviços/produtos de alta qualidade e baixo preço </li></ul></ul>Fortalezas Reservas Financeiras Timing x Know-how Custo X Qualidade
  40. 42. As Arenas <ul><li>Timing e Know-How </li></ul><ul><ul><li>Percepção do melhor momento para lançar novos produtos/novos mercados </li></ul></ul><ul><ul><li>Saltos tecnológicos </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultado: Aumento dos custos de inovação </li></ul></ul>Fortalezas Reservas Financeiras Timing x Know-how Custo X Qualidade
  41. 43. As Arenas <ul><li>Fortalezas </li></ul><ul><ul><li>Barreiras de Entrada </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultado: Criação de reservas financeiras </li></ul></ul>Fortalezas Reservas Financeiras Timing x Know-how Custo X Qualidade
  42. 44. As Arenas <ul><li>Reservas Financeiras </li></ul><ul><ul><li>Limitar poder das empresas menores </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultado: Equilíbrio da competição – Concorrência Perfeita </li></ul></ul>Fortalezas Reservas Financeiras Timing x Know-how Custo X Qualidade
  43. 45. Bibliografia <ul><li>BARNEY, Jay. Firm Resources And Sustained Competitive Advantage. Journal of Management , vol. 17, no. 1, p. 99-120, 1991. </li></ul><ul><li>CHIAVENATO, Idalberto; SAPIRO, Arão. Planejamento Estratégico: Fundamentos e Aplicações . Rio de Janeiro: Elsevier, 2003. </li></ul><ul><li>D’AVENI, R.A. Hipercompetição . Campus,1994 </li></ul><ul><li>KAPLAN, R.S., NORTON D.P. A estratégia em ação . 12 ed. Rio de Janeiro, Campus, 1997 </li></ul><ul><li>KAPLAN, R.S. Mapas estratégicos - Balanced Scorecard: convertendo ativos intangíveis em resultados tangíveis . Rio de Janeiro. Elsevier, 2004 </li></ul><ul><li>KAPLAN, R.S., NORTON D.P. Organização orientada para a estratégia . 8 ed. Rio de Janeiro, Campus, 2000 </li></ul>
  44. 46. Bibliografia <ul><li>MORGAN, g. Imagens da Organização . São Paulo: Atlas, 1996 </li></ul><ul><li>NALEBUFF, B; BRANDENBURGER, A. Co-opetição . Rio de Janeiro: Rocco, 1996. </li></ul><ul><li>PORTER, Michael E., Estratégia Competitiva: Técnicas para análise de indústrias e da concorrência . Rio de Janeiro: Campus, 1991. </li></ul><ul><li>PORTER, Michael E., Vantagem Competitiva: Criando e sustentando um desempenho superior . Rio de Janeiro: Campus, 1996. </li></ul><ul><li>SELOTI, S. L. et al. A influência das alianças estratégicas entre concorrentes no desempenho estratégico das organizações . Trabalho de Graduação Interdisciplinar(Administração com Habilitação em Comércio Exterior)- U niversidade Presbiteriana Mackenzie, 2003. </li></ul>

×