Temática relacionada com a be
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Temática relacionada com a be

on

  • 156 views

 

Statistics

Views

Total Views
156
Views on SlideShare
156
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Temática relacionada com a be Temática relacionada com a be Presentation Transcript

  • Modelo de Avaliação das Bibliotecas Escolares Joel Oliveira
  • 1. Pertinência do Modelo de Avaliação para a escola /biblioteca escolar. • “ Schools and Libraries face changing demands (…) the school library programmes promote students achievement and well-being.” Mike Eisenberg, in School library Journal “A biblioteca escolar proporciona informação e ideias fundamentais para sermos bem sucedidos na sociedade atual, baseada na informação e no conhecimento. A biblioteca escolar desenvolve nos alunos competências para a aprendizagem ao longo da vida e estimula a imaginação, permitindo-lhes tornarem-se cidadãos responsáveis.” IFLA/UNESCO (1999) • Como se consegue aferir o impacto que a BE tem na comunidade educativa?
  • 1.1 A Biblioteca escolar – Integração no espaço escolar e funcionamento. Oportunidades e constrangimentos. • “ The school Librarian works collaboratively with the membres of the learning community to define policies and guide and direct all related activities”, Mike Eisenberg,in School Library Journal Tem como missão o sucesso educativo, através de: • actualizações das colecções e recursos tecnológicos, • qualidade dos serviços prestados, • acessibilidade aos recursos educativos e da colaboração entre o Professor Bibliotecário e docentes do Agrupamento. Uma Biblioteca Escolar não se encontra isolada, segue procedimentos a nível local, das Autarquias e a nível nacional. REDE DE BIBLIOTECAS ESCOLARES Biblioteca Escolar A BE torna-se um elemento essencial nas escolas, pois contribui para o sucesso educativo.
  • AVALIAÇÃO DA BIBLIOTECA ESCOLAR Permite: A escola conhecer o impacto que as actividades realizadas pela e com a BE vão tendo no processo de ensino e na aprendizagem. - Aferir o grau de eficiência dos serviços prestados e da satisfação dos utilizadores. - Contribuir para a afirmação e reconhecimento do papel da BE. - Identificar práticas que têm sucesso e que deverão continuar. - Determinar até que ponto os objectivos estabelecidos para a BE estão ou não a ser alcançados. - Identificar pontos fracos que importa melhorar “ A Avaliação da BE deve ser incorporada no processo de Auto-Avaliação da própria escola e deve articular-se com os objectivos do projecto Educativo da escola” In, Manual Bibliotecas escolares, Modelo de Auto-avaliação, RBE
  • 2. O Modelo enquanto instrumento pedagógico e de melhoria. A BE como recurso escolar no processo ensino-aprendizagem dos alunos:  Espaço privilegiado de conhecimento e aprendizagem  Recurso fundamental para o desenvolvimento das várias literacias  Instrumento essencial ao desenvolvimento dos currículos  Um importante contributo para o sucesso educativo
  • 2.1. Conceitos esperados. implicados e resultados  Desenvolver a noção de “VALOR”. A BE é um recurso de contribuição para os objetivos da escola.  Permitir avaliar a qualidade e a eficácia da BE ( não se avalia o desempenho individual do Professor Bibliotecário e/ou dos seus elementos da equipa).  Avaliação da BE como um processo pedagógico e regulador, na procura de uma melhoria contínua.  Avaliação da BE entendida como uma prática corrente de Gestão da BE B E.  Utilização flexível, adaptando-se à realidade escolar e da BE.
  • PORQUÊ AVALIAR? Marcar a diferença! ««A importância da avaliação e a recolha de evidências e o que todos queremos: é que as BE e os professores bibliotecários sejam valorizados e capazes de fazer a diferença e que os estudantes tenham ferramentas que lhes permitam aprender ao longo da vida.» Nancy Everhart
  • 3. Organização estrutural e funcional do Modelo de Avaliação. Metodologias de operacionalização. 1. Selecção do domínio 2. Recolha de evidências 3. Identificação do perfil de desempenho
  • Domínio: a) Apoio ao Desenvolvimento Curricular A.1. Articulação Curricular da BE com as Estruturas Pedagógicas e os Docentes
  • - A BE divulga os materiais que produz através de sites Web, blogs, plataformas de e-learning ou outros instrumentos de difusão. - A Equipa da BE auxilia no acompanhamento de grupos/turmas/alunos em trabalho orientado na BE. -A utilização de BE é rentabilizada pelos docentes em actividades de ensino e de apoio com os alunos. Colaboração da BE com os docentes na concretização das actividades curriculares desenvolvidas no seu espaço ou tendo por base os seus recursos. - A Equipa da BE participa com o professor em actividades de sala de aula, sempre que solicitado. - O Plano de Actividades da BE inclui actividades de apoio curricular a turmas/grupos/alunos. A BE produz ou colabora com os docentes na produção de materiais didácticos, páginas de Internet, Webquests, guiões de pesquisa, orientadores de leitura, maletas pedagógicas, dossiês temáticos, fichas de trabalho e outros materiais formativos e de apoio às diferentes actividades
  • Recolha de Evidências – amostras mínimas paraaplicação dosquestionários 20% do 10% do nº total de alunos n.º total de docentes (representativos da diversidade dos alunos da escola) (representativos da diversidade de docentes da escola) 10% dos pais/encarregados de educação (só EB)
  • - Documentos já existentes que regulam a atividade da escola (PAA, Actas, Relatórios de atividade,…) - Instrumentos produzidos ( registos de observação, fotos, questionários, entrevistas,…) - Trabalhos realizados pelos alunos Processos de Recolha - Materiais produzidos pela BE ou em colaboração (planificações, material de apoio, promoção de atividades, …) - Estatísticas produzidas pelo sistema da BE
  • Identificação do perfil de desempenho Nível 4 - A BE é muito forte neste domínio. O trabalho desenvolvido é de grande qualidade e com um impacto muito positivo. Nível 3 - A BE é muito forte neste domínio, mas ainda é possível melhorar alguns aspetos. Nível 2 - A BE começou a desenvolver trabalho neste domínio, sendo necessário melhorar o seu desempenho para que o impacto seja mais efetivo. Nível 1 - A BE desenvolve pouco ou nenhum trabalho neste domínio, o seu impacto é bastante reduzido, sendo necessário intervir com urgência.
  • 4. Análise e interpretação de dados, elaboração do relatório final e integração na avaliação e planeamento da escola. O Relatório de Avaliação deve: - ser o resultado de uma análise coletiva e de reflexão no agrupamento: - descrever os resultados da auto-avaliação; - identificar os pontos fortes e pontos fracos do funcionamento da BE; - originar a implementação de medidas adequadas aos resultados obtidos; - delinear o conjunto de acções a ter em conta no planeamento de actuações futuras a desenvolver;
  • - proporcionar uma visão holística do funcionamento da BE; - assumir-se como instrumento de sistematização e de difusão de resultados (a ser apresentado junto dos órgãos de gestão e de decisão pedagógica); - originar uma súmula a incorporar no relatório de avaliação da escola; - orientar o professor bibliotecário na entrevista a realizar pela Inspecção-Geral de Educação.