• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
A Crise da Demanda Equivocada - ResultsOn 27.05.10
 

A Crise da Demanda Equivocada - ResultsOn 27.05.10

on

  • 2,926 views

Apresentação no ResultsOn, em 27.05.2010, sobre Consumidor 2.0 e a Crise da Demanda Equivocada

Apresentação no ResultsOn, em 27.05.2010, sobre Consumidor 2.0 e a Crise da Demanda Equivocada

Com vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=85ol6sUZSl4

Statistics

Views

Total Views
2,926
Views on SlideShare
2,525
Embed Views
401

Actions

Likes
19
Downloads
0
Comments
1

13 Embeds 401

http://skullnu.blogspot.com 139
http://www.slideshare.net 83
http://pinotti.posterous.com 61
http://flavors.me 26
http://skullnu.blogspot.com.br 25
http://resultson.com.br 24
http://runmotherfuckerrun.wordpress.com 22
http://www.linkedin.com 7
http://www.lmodules.com 5
http://www.skullnu.blogspot.com.br 4
http://www.netvibes.com 2
http://keid.flavors.me 2
http://skullnu.blogspot.ie 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Não consegui inserir o vídeo que está junto com essa apresentação. Para visualizá-lo, clique aqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=85ol6sUZSl4
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A Crise da Demanda Equivocada - ResultsOn 27.05.10 A Crise da Demanda Equivocada - ResultsOn 27.05.10 Presentation Transcript

    • CUBOCC CONSUMIDOR 2.0 — A CRISE DA DEMANDA EQUIVOCADA 27.05.10 RESULTSON #ONWEEK
    • EU SOU O KEID — SOU XAMÃ NA CUBOCC. E EU ESCREVO. ÀS VEZES.
    • ESCREVO POR NÃO TER ESCOLHA. NÃO POR IMAGINAR QUE TENHO TALENTO, EXPERIÊNCIA, IMPORTÂNCIA OU SABEDORIA PARA DIVIDIR. É O ÚNICO MEIO QUE TENHO PARA TENTAR ENTENDER O MUNDO QUE ME CERCA. (AFINAL, AS PESSOAS QUE HABITAM ESSE MUNDO SÃO MEU SUSTENTO E RAZÃO DE VIVER)
    • É IMPRESSÃO MINHA OU POUCO SE FALA SOBRE AS COISAS ANDAREM COMPLICADAS?
    • TREND BRIEFING: LSN: GLOBAL. THE FUTURE LABORATORY. 24.03.10
    • 01COMO ATORES SOCIAIS, SOMOS INFLUENCIADOS PELO ESPÍRITO DO TEMPO EM QUE VIVEMOS. COMO CONSUMIDORES TEMOS NAS COISAS QUE 02 COMPRAMOS SUBSÍDIOS PARA DEFINIR NOSSAS IDENTIDADES. COMO HUMANOS SOMOS AFETADOS PELAS 03 PERSPECTIVAS E POSSIBILIDADES QUE ENXERGAMOS OU DEIXAMOS DE ENXERGAR. . E TUDO ISSO ESTÁ EM TRANSFORMAÇÃO
    • O CONSUMIDOR 2.0 ESTÁ SOTERRADO POR CAMADAS DE ACONTECIMENTOS SÍSMICOS. E NEM TODOS PASSAM PELO USO DA TECNOLOGIA.
    • HOJE EM DIA, MARKETING, PUBLICIDADE E TECNOLOGIA DEVEM SER AS ÚLTIMAS COISAS A NOS PREOCUPAR. SE INSISTIMOS NESSA LADAINHA, É POR NÃO VERMOS O TODO.
    • NÓS E O MUNDO — O CENÁRIO
    • OS DRIVERS DE TRANSFORMAÇÃO — •A ECONOMIA •O MEIO AMBIENTE •AS MUDANÇAS DEMOGRÁFICAS •O CONSUMIDOR-AUTOR •A NOVA CLASSE MÉDIA O MUNDO CAMINHA PARA O MEIO, DESLOCANDO OS ATUAIS CENTROS DE PODER.
    • A ECONOMIA— _Desde os anos 70: 96 crises bancárias e 176 crises financeiras. _O que muda hoje é que estamos infinitamente mais conectados que 30 anos atrás. _Crises serão a única certeza econômica na próxima década.
    • O MEIO AMBIENTE— _A ascensão da economia pós-carbono. _Custo de combustível, transporte e utilização de recursos alterarão a maneira como consumimos. _Empresas precisarão de estruturas enxutas para sobreviver num cenário ambiental altamente restritivo.
    • AS MUDANÇAS DEMOGRÁFI CAS— _Na segunda metade do século XX, as pessoas tiveram menos filhos, saíram do campo e aumentaram a expectativa de vida. _O mundo envelhece, e essa tendência parece que será dominante no século XXI, assustando analistas do mundo todo. _Quem vai repor a força de trabalho?.
    • O CONSUMIDOR AUTOR— _Uma nova geração mais consciente das consequências do que consomem, começa a exigir das empresas explicações do que fazem com o dinheiro que dão a elas. _As pessoas querem ser co- autoras do futuro - elas se perguntam o que as marcas devolvem como benefício para o mundo e para suas comunidades.
    • A NOVA CLASSE MÉDIA— _Tudo nos leva a crer que o novo poder político e econômico será orquestrado pelo BRIC (Brasil, Russia, Índia, China) e o N-11 (Bangladesh, Coréia do Sul, Egito, Filipinas, Indonésia, Irã, México, Nigéria, Paquistão, Turquia, e Vietnã). _Até 2020, 52% da nova classe média será BRIC e N-11.
    • NÓS E AS MARCAS — O IMPACTO
    • NOVOS TEMPOS, NOVOS CONSUMIDORES — • O NOVO CONSUMIDOR BRASILEIRO • O PAPEL DAS MARCAS • A CRISE DA DEMANDA EQUIVOCADA NA COMUNICAÇÃO
    • CLASSE C É MAIORIA Fruto do: • Aumento de crédito 4 em cada 10 novos computadores • Crescimento da massa social 7 em cada 10 novos cartões de crédito • Ampliação da previdência 70% dos financiamentos imobiliários da CEF • Programas governamentais de inclusão Foto de Paulo Pampolin
    • “60% das famílias da classe C já possuem computador e 44% delas têm intenção de comprá-lo. É uma mudança que mostra que esse é o grosso do mercado. São esses consumidores que devem ser procurados". Renato Meirelles, Data Popular.
    • NOVO CONSUMO BRASILEIRO — • O CONSUMIDOR BRASILEIRO EMERGENTE PÕE EM PRÁTICA NA VIDA REAL OS PRECEITOS DA WEB 2.0 DIFERENTE DA ELITE, NA BASE DA PIRÂMIDE “TODO MUNDO AJUDA TODO MUNDO”
    • NOVO CONSUMO BRASILEIRO — • A RELAÇÃO DE VIZINHANÇA SE REFLETE NAS RELAÇÕES DE CONSUMO; • O PRINCIPAL INFORMANTE DO CONSUMIDOR POPULAR É OUTRO CONSUMIDOR; • ESSE CONSUMIDOR PROCURA NÃO PERDER OPORTUNIDADES DE CONSUMO; • ACHA QUE UMA BOA AMIGA É AQUELA QUE DÁ DICAS.
    • NOVAS PERSPECTIVAS — APESAR DA ASCENSÃO DESSE NOVO CONSUMIDOR BRASILEIRO, EXISTE ALGO QUE UNE A TODOS NÓS, NO MUNDO TODO. VIVEMOS UMA ERA DE INCERTEZAS E NESSE CONTEXTO AS MARCAS TÊM UMA OPORTUNIDADE ÚNICA. MAIS DO QUE ENTIDADES ABSTRATAS E INTOCÁVEIS, ACENA-SE UM NOVO PAPEL PARA ELAS - NOS AJUDAR A ENCONTRAR UM CAMINHO.
    • NOVO PAPEL DAS MARCAS — • AJUDAR A ENTENDER O MUNDO • NOS MOSTRAR A SUA VERSÃO DA VERDADE DAS COISAS • TRANSFORMAR A REALIDADE • CRIAR UM UNIVERSO PARA ENTÃO CRIAR PRODUTOS • NOS FAZER CO-AUTORES
    • FIAT MIO
    • NIKE 1948
    • NIKE 1948
    • ZAPPOS
    • NOKO JEANS
    • THE WEAK SHOP
    • NOVO PAPEL DA COMUNICAÇÃO? — SE TEMOS UMA MARCA QUE SE PREOCUPA COM SEUS CLIENTES, ENTREGA TRANSFORMAÇÕES OBJETIVAS PARA SUAS VIDAS, E FAZ PRODUTOS RELEVANTES - SERÁ QUE COMUNICAÇÃO É NECESSÁRIA? SIM, MAS O PROBLEMA NÃO É A COMUNICAÇÃO, MAS OS CANAIS.
    • PUBLICIDADE COMO UM GRANDE CARDÁPIO — O NOME DISSO É CRISE DA DEMANDA EQUIVOCADA
    • CURSOS DE SOCIAL MEDIA Especialistas e teorias demais para algo tão novo
    • A CRISE DA DEMANDA EQUIVOCADA — COMUNICAMOS PARA PESSOAS. OUTRAS PESSOAS. YOUTUBE, TWITTER, ORKUT, FACEBOOK - NADA DISSO IMPORTA SE NÃO INFLUENCIAR PESSOAS. COMUNICAÇÃO TEM COMO OBJETIVO CONECTAR SUA MARCA A PESSOAS. É PENSAR NO OUTRO, E PARA ISSO PRECISAMOS DE UM CONTEÚDO EM UMA MENSAGEM QUE FAÇA SENTIDO PARA ALGUÉM QUE NÃO SEJA NÓS. HOJE SE DISCUTE MUITO AMBIENTES DIGITAIS E FERRAMENTAS E TECNOLOGIA. TENTAR DOMINAR O CANAL APENAS RESSALTA NOSSO MEDO DE NÃO SABER LIDAR COM A POSSIBILIDADE DE INTERAÇÃO DAS PESSOAS.
    • A CRISE DA DEMANDA EQUIVOCADA — A PRÁTICA DA A REALIDADE DO INTERRUPÇÃO ENGAJAMENTO A NECESSIDADE DE COMUNICAR CONTINUA - A LINGUAGEM É QUE É DIFERENTE.
    • A CRISE DA DEMANDA EQUIVOCADA — CONTEÚDO É TUDO. DISTRIBUIÇÃO É NADA SERVIÇOS TAMBÉM. DISTRIBUIÇÃO É TRIVIAL, O BOM CONTEÚDO - DO LIMITADA E DISPONÍVEL A TIPO QUE TODOS. VERDADEIRAMENTE ENGAJA - AJUDA AOS SEM PROPRIEDADE NÃO CONSUMIDORES A CONTAR HÁ DIFERENCIAÇÃO. SUA PRÓPRIA HISTÓRIA, TENDO UMA MARCA COMO A VIDA DAS PESSOAS É CENÁRIO, E NÃO ATRIZ SEMPRE MAIS IMPORTANTE PRINCIPAL. QUE A SUA MARCA. E É O QUE VIVEMOS QUE UM BOM CONTEÚDO DE DIVIDIMOS. MARCA É AQUELE QUE DÁ PODER ÀS PESSOAS, TER UMA MARCA TORNANDO SEUS INTERROMPENDO O TEMPO DISCURSOS ÚNICOS. TODO É CONCORRER COM A VIDA DAS PESSOAS. UM BOM CONTEÚDO DE MARCA É, ANTES DE TUDO, CULTURAL.
    • A CRISE DA DEMANDA EQUIVOCADA — ESTAR EM AMBIENTES DIGITAIS É REPENSAR A LÓGICA DO MERCADO. EMPRESAS PRECISAM E QUEREM TER CONTROLE E SISTEMATIZAR A RELAÇÃO DAS PESSOAS COM SUAS MARCAS. ISSO GARANTE A QUALIDADE. EMPRESAS BUSCAM HOMOGENEIZAR SUA PRESENÇA GLOBALMENTE POR MEIO DE EFICIÊNCIA E CONTROLE SOCIAL. AMBIENTES DIGITAIS SOCIAIS SÃO ESPAÇOS ONDE O QUE IMPERA SÃO O INDIVIDUALISMO E A DIVERSIDADE. SÃO DUAS LÓGICAS DIFERENTES. E NENHUMA DELAS ESTÁ ERRADA. ELAS PRECISAM COEXISTIR, NUNCA SE ANULAR.
    • A CRISE DA DEMANDA EQUIVOCADA — PENSE MENOS NO QUE VOCÊ QUER DIZER, E FAÇA MAIS PARA QUE AS PESSOAS ENTENDAM E DIGAM O QUE VOCÊ QUER DIZER. TUDO PODE SER MÍDIA. O QUE DIFERENCIA É SUA MENSAGEM.
    • FONTES — ANDRÉ TORRETTA, MERGULHO NA BASE DA PIRÂMIDE; ARUP, DRIVERS OF CHANGE; DATAPOPULAR; DEMOS, THINK TANK; GOLDMAN SACHS, THE EXPANDING MIDDLE; IDEA COUTURE