• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Aula 3   logística do petróleo - transporte
 

Aula 3 logística do petróleo - transporte

on

  • 9,521 views

 

Statistics

Views

Total Views
9,521
Views on SlideShare
9,521
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
233
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Aula 3   logística do petróleo - transporte Aula 3 logística do petróleo - transporte Presentation Transcript

    • Transporte do Petróleo e do Gás Natural Pág 118 a 135 Simone Kayano
    • A importância do transporte do PetróleoContinua superando desafiosTransporte de P&G com segurança e economia é um grande desafioA utilização de cada tipo modal depende de uma série de fatores e facilidadesOs campos de petróleo normalmente não são localizados próximos aos terminais e refinarias
    • Meios de transportes do P&G e derivadosO P&G e seus derivados podem ser transportados por navios ou através de dutos.O transporte é uma das fases imprescindíveis da logística do petróleo e os meios de transportes mais conhecidos: Modal dutoviário Navios petroleiros Modal rodoviário Modal ferroviário
    • Transferência de P&GP&G e derivados podem ser transportados por navios ou dutosGás Natural por gasodutosA movimentação necessita um alto padrão de qualidadeAs opções de transporte afetam o preço dos produtosGrandes desafios do setor é vencer os gargalhosA logística de distribuição movimenta algo de 124 milhões de toneladas por ano
    • Malha de transporteA malha de transportes (2004): 15300 km de dutos 53 terminais ( 10 marítimos, 3 fluviais, 29 terrestres e 11 terminais em portos de terceiros) Sistema de armazenamento com capacidade de 66 milhões de barris de produtos Com frota de 114 navios tanques – capacidade total de transporte de sete milhões de toneladas de porte bruto
    • DutosMuito comum na indústria do P&GDestinados a movimentação de P&G e derivadosMovimentos produtos líquidos (oleoduto) e gasosos (gasodutos)Podem ser classificados: Transporte TransferênciaVem assumindo uma importância crescente no panorama do setor de P&G
    • A importância dos dutosSão classificados: Oleodutos (transportes de líquidos) e gasodutos (transportes de gases) Em terrestres ou submarinosOleodutos transportam derivadosPolidutos transportam mais de um tipo de produtoSão os meios mais seguros e econômico para transportar grande volumes de P&G e derivados a grandes distâncias.
    • É subdividido em: Gasodutos, Minerodutos, oleodutos depetróleo e polidutos (derivados de petróleo).VANTAGENS: Transporte de granéis líquidos, gasosos e sólidos Transporta altos volumes continuamente São as menores tarifas de transporte DESVANTAGENS: Necessita de alta disponibilidade de energia elétrica Logística de construção complexa Baixa disponibilidade no mercado
    • Gasodutos terrestres e submarinoMeios mais baratosEcologicamente corretosPermitem a retirada de caminhões das estradasGanhos ambientais e segurança
    • OleodutosTransportam grandes quantidades de petróleo e derivadosMais econômico e seguroConstituído de tubulações e estações de bombeamento
    • PolidutosTransporta mais de um tipo de produtoCom suas tecnologias torna-se possível minimizar as interfaces entre diferentes produtosDesafio é a interfaceInterface: mistura ou contaminação entre 2 produtos
    • ÁlcooldutosBrasil é um dos maiores produtores mundiais de álcoolMaior exportadorSegundo maior consumidor de álcoolLíder em tecnologia para cana-de-açúcar
    • Utilização de PIGSSão importantes na limpeza e manutenção dos dutosPodem ser 2 tipos: Pigs limpadores  Necessidade de reduzir perda de carga  Necessidade de assegurar a qualidade do produto Pigs separadores  Utilizados entre produtos mais viscosos
    • RisersEstá associado às linhas de produção em alto marÉ um tipo de tubo que permite o retorno à superfície o fluido de perfuração
    • Fornecendo ou recebendo produtosA transferência por duto deve considerar que: Em geral, a operação é feita de um tanque de armazenamento do fornecedor para um tanque do cliente As informações referentes às medições dos tanques (tanto do fornecedor, quanto o do cliente) devem ser registradas em documentos próprios (caderno, ou registro de medição) A medição que atende a operação é conhecida como medição inicial, ao final da transferência será apurada a quantidade recebida, através da medição final, também registrada
    • Fornecendo ou recebendo produtos Amostras do produto devem ser colhidas e guardadas em recipiente adequado, lacradas e guardadas, a fim de servirem como corpo de prova garantidor de integridade do produto do cliente e do fornecedor No final da operação o cliente possa testar a qualidade do produto recebido e contratá-la, caso não esteja dentro dos padrões especificados  A apuração da quantidade recebida deverá ser realizada através de uma medição final provisória e posteriormente, aos períodos de descanso recomendado, através da medição propriamente dita
    • Perdas de produto no transporteDescarregamento: como “restos” de produtos nos tanques, vagões, caminhões, etc.Carregamento: há necessidade de cuidados constantes ao carregar, para que sejam evitados os desperdícios e riscos ao meio ambiente, principalmente quando o produto for volátilDerrames ou Vazamentos: Válvulas, tubulações, tanques, equipamentos em geral, devem ser inspecionados com frequência, para evitar acidentesPerdas por Apropriação Indevida: O controle de segurança deve coibir as intenções de furto.
    • Modal FerroviárioVANTAGENS: Adequado para longas distâncias Menor custo de seguro Menor custo de fretes Transporta médios volumes à granel DESVANTAGENS: Diferença nas larguras das bitolas (sem padrão) Necessidade maior de transbordo Menor flexibilidade no trajeto Tempo de viagem demorado e irregular Alta exposição a furtos
    • VANTAGENS: Adequado para pequenas distâncias Atua de forma complementar aos demais modais Viabiliza a utilização do Sistema “Milk Run” Possibilita integração com Sistema Ferroviário DESVANTAGENS: Menor capacidade de carga entre todos os modais Não é competitivo para longas distâncias Fretes mais altos em relação a volume transportado
    • É subdividido em: Hidroviário (Fluvial e Lacustre) e MarítimoVANTAGENS: Transportam o maior volume de carga Transportam qualquer tipo de carga Menor custo de transporte Melhor opção para transporte Internacional DESVANTAGENS: Necessita de transbordo em portos Distante de centros produtores Tempo de entrega elevado
    • VANTAGENS: É o transporte mais rápido Adequado para mercadorias de alto valor agregado Não necessita de embalagens reforçadas Adequado para produtos perecíveis Viabiliza o JIT (Just-in-Time) DESVANTAGENS: Valor do frete mais elevado Menor capacidade de carga
    • Esta forma de transito de bens (Intangíveis) e serviços não éainda adotado como um modal de transporte. Esse é o seudesafio!!!VANTAGENS: Maior rapidez de entrega entre os modais Maior comodidade para o cliente Baixo ou nenhum custo de frete Facilidade e rapidez de acesso DESVANTAGENS: Vulnerável a invasão de terceiros Alta desconfiança pelo cliente
    • Atividade1. Quais são os meios de transportes mais conhecidos?2. Como os dutos são classificados?3. O que são oleodutos?4. Qual é o grande desafio do uso dos polidutos?5. Como são classificados os PIGS e como são utilizados?