Your SlideShare is downloading. ×
Cursos de computação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Cursos de computação

1,039
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,039
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Os cursos de Computação segundo as diretrizes e currículos nacionais e internacionais. Prof: Sérgio Souza Costa
  • 2. Sobre mim Sérgio Souza Costa Professor - UFMA Doutor em Computação Aplicada (INPE) prof.sergio.costa@gmail.com https://sites.google.com/site/profsergiocosta/home https://twitter.com/profsergiocosta http://gplus.to/sergiosozuzacosta http://www.slideshare.net/skosta/presentations?order=popular http://br.linkedin.com/pub/s%C3%A9rgio-souza-costa/20/9b0/ba9/
  • 3. Alguns temas
  • 4. Alguns temas 1. A importância da computação.
  • 5. Importância da computação Tomada de decisões
  • 6. Importância da computação Produtividade Tomada de decisões
  • 7. Importância da computação Produtividade Tomada de decisões Redução de custos
  • 8. Alguns temas 1. A importância da computação.
  • 9. Alguns temas 1. A importância da computação. 2. Os cursos de Computação segundo as diretrizes e currículos nacionais e internacionais
  • 10. Roteiro 1. O que é computação ? 2. Escolhendo um curso. 3. Cursos de computação - ACM/IEEE 4. Cursos de computação - SBC/MEC. 5. Estatística dos cursos de computação.
  • 11. O que e computacao ? Slides aqui (click aqui).
  • 12. Matemática Computação Física Química Elétrica Qual área ?
  • 13. Matemática Computação Física Química Elétrica Qual área ?
  • 14. Resolvido ?
  • 15. Licenciatura Bacharelado Tecnológico Sequenciais (formação específica) Qual modalidade ?
  • 16. O seu foco é atuar como professor na Educação Infantil, no Ensino Fundamental e Médio ?
  • 17. Licenciatura Bacharelado Tecnológico Sequenciais (formação específica) Qual modalidade ?
  • 18. Formação rápida e não pretende dar continuidade em pós- graduação strictu sensu ?
  • 19. Licenciatura Bacharelado Tecnológico Sequenciais (formação específica) Qual modalidade ?
  • 20. Pretende dar continuidade nos estudos, e quer estar mais preparado para mudanças no mercado.
  • 21. Licenciatura Bacharelado Tecnológico Sequenciais (formação específica) Qual modalidade ?
  • 22. Resolvido ?
  • 23. ● Ciência da computação (CC) ● Engenharia da computação (EC) ● Sistemas de Informação (SI) ● Engenharia de Software (ES) Qual curso ?
  • 24. Segundo o Computing Curricula 2005 elaborado através de um projeto cooperativo entre The Association for Computing Machinery (ACM), The Association for Information Systems (AIS) e The Computers Society of The Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE-CS), os principais cursos oferecidos de graduação em computação são: ● Ciência da Computação, ● Engenharia de Computação, ● Sistemas de Informação, ● Tecnologia da Informação ● Engenharia de Software. Computing Curricula (ACM/IEEE-CS)
  • 25. EE + EC CC SI Hardware Software Negócios Uma visão sobre os cursos antes de 1990 Engenharia Elétrica
  • 26. EE EC CC SIES TI Hardware Software Necessidades das organizações Uma visão sobre os cursos após 1990.
  • 27. “Computer engineering is concerned with the design and construction of computers and computer-based systems. It involves the study of hardware, software, communications, and the interaction among them. Its curriculum focuses on the theories, principles, and practices of traditional electrical engineering and mathematics and applies them to the problems of designing computers and computer-based devices.” Engenharia da Computação “...Computer engineering has traditionally been viewed as a combination of both computer science (CS) and electrical engineering (EE)”.
  • 28. Computer science spans a wide range, from its theoretical and algorithmic foundations to cutting-edge developments in robotics, computer vision, intelligent systems, bioinformatics, and other exciting areas. Information systems specialists focus on integrating information technology solutions and business processes to meet the information needs of businesses and other enterprises, enabling them to achieve their objectives in an effective, efficient way. Software engineering is the discipline of developing and maintaining software systems that behave reliably and efficiently, are affordable to develop and maintain, and satisfy all the requirements that customers have defined for them.
  • 29. Engenharia da computação
  • 30. Ciência da computação
  • 31. Sistemas de Informação
  • 32. Engenharia de Software
  • 33. 1 Algorithms 2 Computer Systems Engineering 3 Circuits and Signals 4 Computer Architecture and Organization 5 Database Systems 6 Digital Logic 7 Digital Signal Processing 8 Electronics 9 Embedded Systems 10 Human-Computer Interaction 11 Computer Networks 12 Operating Systems 13 Programming Fundamentals 14 Software Engineering 15 Social and Professional Issues 16 Design and Fabrication 17 Discrete Structures 18 Probability and Statistics Conteúdo curricular (EC)
  • 34. A Sociedade Brasileira de Computação é uma associação científica, sem fins lucrativos, que reúne pesquisadores, professores, estudantes e profissionais que atuam em pesquisa científica, educação e desenvolvimento tecnológico na área genérica de Computação. A SBC faz parte daSociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da International Federation for Information Processing (IFIP). A instituição também é associada ao Centro Latino-americano de Estudios en Informatica (CLEI) e afiliada à IEEE Computer Society. A instituição é regida por um estatuto e administrada por uma Diretoria. A Sociedade também possui um Conselho com funções deliberativas e normativas. Sociedade Brasileira de Computação
  • 35. ● 1999, as Diretrizes curriculares nacionais para os cursos de computação são sistematizadas em congresso da SBC em Belo Horizonte. Em Assembléia Geral da SBC aprovou uma proposta de currículo de referência para os cursos de graduação na área de Computação e Informática, referenciado como CR99. A revisão do currículo foi dada por dois grupos. Grupo 1, computação como atividade fim (Ciência da Computação e Engenharia de Computação). Grupo 2, computação como atividade meio ( Sistemas de Informação). ● 2003, o grupo 2 apresenta a nova versão para o o CR em um congresso da SBC em Campinas. A nova versão para o seu CR, denominada de CR-SI que foi homologada ● 2005, o grupo 1 apresenta seu currículo de referencia para engenharia da computação e ciências da computação. ● 2010, outro grupo de trabalho é criado para avaliar e atualizar estes documentos. ● 2011, o documento final é apresentado a Câmara de Educação Superior (CES) para aprovação como Diretrizes Curricular Nacional para os cursos de Computação. ● 2012, a DCN é aprovada pelo CES no parecer nº 136/2012 e aguarda homologação. DCN da Computação
  • 36. DCN da Computação O parecer nº136/2012 institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação na área da Computação, abrangendo os cursos de bacharelado em: ● Ciência da Computação, ● sistemas de Informação, ● Engenharia de Computação e ● Engenharia de Software e licenciatura em Computação
  • 37. DCN da Computação O parecer nº136/2012 institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação na área da Computação, abrangendo os cursos de bacharelado em: ● Ciência da Computação, ● sistemas de Informação, ● Engenharia de Computação e ● Engenharia de Software e licenciatura em Computação A formação em Engenharia de Computação poderá seguir as Diretrizes gerais para os cursos de Engenharia, estabelecidas pela Resolução CNE/CES 11/2002.
  • 38. Egressos da Engenharia da Computação De acordo com as diretrizes, espera-se: I - possuam sólida formação em Ciência da Computação, Matemática e Eletrônica visando à análise e ao projeto de sistemas de computação, incluindo sistemas voltados à automação e controle de processos industriais e comerciais, sistemas e dispositivos embarcados, sistemas e equipamentos de telecomunicações e equipamentos de instrumentação eletrônica; II - conheçam os direitos e propriedades intelectuais inerentes à produção e à utilização de sistema de computação; III - sejam capazes de agir de forma reflexiva na construção de sistemas de computação, compreendendo o seu impacto direto ou indireto sobre as pessoas e a sociedade;
  • 39. Egressos da Engenharia da Computação De acordo com as diretrizes, espera-se: IV - entendam o contexto social no qual a Engenharia é praticada, bem como os efeitos dos projetos de Engenharia na sociedade; V - considerem os aspectos econômicos, financeiros, de gestão e de qualidade, associados a novos produtos e organizações; VI - reconheçam o caráter fundamental da inovação e da criatividade e compreendam as perspectivas de negócios e oportunidades relevantes.
  • 40. Egressos de Engenharia de Software De acordo com as diretrizes, espera-se: I - possuam sólida formação em Ciência da Computação, Matemática e Produção, visando a criação de sistemas de software de alta qualidade de maneira sistemática, controlada, eficaz e eficiente que levem em consideração questões éticas, sociais, legais e econômicas; II - sejam capazes de criar soluções, individualmente ou em equipe, para problemas complexos caracterizados por relações entre domínios de conhecimento e de aplicação; III - sejam capazes de agir de forma reflexiva na construção de software, compreendendo o seu impacto direto ou indireto sobre as pessoas e a sociedade;
  • 41. Egressos de Engenharia de Software De acordo com as diretrizes, espera-se: IV - entendam o contexto social no qual a construção de Software é praticada, bem como os efeitos dos projetos de software na sociedade; V - compreendam os aspectos econômicos e financeiros, associados a novos produtos e organizações; VI - reconheçam o caráter fundamental da inovação e da criatividade e compreendam as perspectivas de negócios e oportunidades relevantes.
  • 42. Egressos da Ciências da Computação De acordo com as diretrizes, espera-se: I - possuam sólida formação em Ciência da Computação e Matemática que os capacitem a construir aplicativos de propósito geral, ferramentas e infraestrutura de software de sistemas de computação e de sistemas embarcados, gerar conhecimento científico e inovação e que os incentivem a estender suas competências à medida que a área se desenvolve; II - adquiram visão global e interdisciplinar de sistemas e entendam que esta visão transcende os detalhes de implementação dos vários componentes e os conhecimentos dos domínios de aplicação; III - conheçam a estrutura dos sistemas de computação e os processos envolvidos na sua construção e análise;
  • 43. Egressos da Ciências da Computação De acordo com as diretrizes, espera-se: IV - dominem os fundamentos teóricos da área de Computação e como eles influenciam a prática profissional; V - entendam o contexto social no qual a construção de Software é praticada, bem como os efeitos dos projetos de software na sociedade; VI - compreendam os aspectos econômicos e financeiros, associados a novos produtos e organizações; VII - reconheçam o caráter fundamental da inovação e da criatividade e compreendam as perspectivas de negócios e oportunidades relevantes.
  • 44. Egressos de Sistemas de Informação De acordo com as diretrizes, espera-se: I - possuam sólida formação em Ciência da Computação, Matemática e Administração visando o desenvolvimento e a gestão de soluções baseadas em tecnologia da informação para os processos de negócio das organizações de forma que elas atinjam efetivamente seus objetivos estratégicos de negócio; II - possam determinar os requisitos, desenvolver, evoluir e administrar os sistemas de informação das organizações, assegurando que elas tenham as informações e os sistemas de que necessitam para prover suporte as suas operações e obter vantagem competitiva; III - sejam capazes de inovar, planejar e gerenciar a infraestrutura de tecnologia da informação em organizações, bem como desenvolver e evoluir sistemas de informação para uso em processos organizacionais, departamentais e/ou individuais;
  • 45. Egressos de Sistemas de Informação De acordo com as diretrizes, espera-se: IV - possam escolher e configurar equipamentos, sistemas e programas para a solução de problemas que envolvam a coleta, processamento e disseminação de informações; V - entendam o contexto, envolvendo as implicações organizacionais e sociais, no qual as soluções de sistemas de informação são desenvolvidas e implantadas; VI - compreendam os modelos e as áreas de negócios, atuando como agentes de mudança no contexto organizacional; VII - possam desenvolver pensamento sistêmico que permita analisar e entender os problemas organizacionais.
  • 46. Conteúdos curriculares de acordo com a diretriz da computação.
  • 47. A diretriz elenca um conjunto de conteúdos tecnológicos e básicos comuns a todos os cursos como: sistemas operacionais; compiladores; engenharia de software; interação humano-computador; redes de computadores; sistemas de tempo real; inteligência artificial e computacional; processamento de imagens; computação gráfica; banco de dados; dependabilidade; segurança; multimídia; sistemas embarcados; processamento paralelo; processamento distribuído; robótica; realidade virtual; automação; novos paradigmas de computação; matemática discreta; ... Conteúdos curriculares
  • 48. Os conteúdos básicos e tecnológicos, específicos para os cursos de Engenharia de Computação, são os seguintes: projeto de sistemas digitais; projeto de circuitos integrados; microeletrônica e nanoeletrônica; processamento digital de sinais; comunicação de dados; sistemas de controle; automação de projeto; transdutores; teoria dos semicondutores; teoria eletromagnética; eletrônica digital; eletrônica analógica; circuitos elétricos; eletricidade; física. Conteúdos curriculares
  • 49. Conteúdos curriculares de acordo com a diretriz da engenharia.
  • 50. Todo o curso de Engenharia, independente de sua modalidade, deve possuir em seu currículo: ● um núcleo de conteúdos básicos, ● um núcleo de conteúdos profissionalizantes e ● um núcleo de conteúdos específicos que caracterizem a modalidade. Conteúdos por núcleos
  • 51. § 1o O núcleo de conteúdos básicos, cerca de 30% da carga horária mínima, versará sobre os tópicos que seguem: IX - Eletricidade Aplicada; X - Química; XI - Ciência e Tecnologia dos Materiais; XII - Administração; XIII - Economia; XIV - Ciências do Ambiente; XV - Humanidades, Ciências Sociais e Cidadania. I - Metodologia Científica e Tecnológica; II - Comunicação e Expressão; III - Informática; IV - Expressão Gráfica; V - Matemática; VI - Física; VII - Fenômenos de Transporte; VIII - Mecânica dos Sólidos; Conteúdos básicos
  • 52. Algoritmos e Estruturas de Dados; Circuitos Elétricos; Eletrônica Analógica e Digital; Compiladores; Circuitos Lógicos; Sistemas operacionais; Sistemas de Informação; … Conteúdos tecnólogicos
  • 53. Algoritmos e Estruturas de Dados; Circuitos Elétricos; Eletrônica Analógica e Digital; Compiladores; Circuitos Lógicos; Sistemas operacionais; Sistemas de Informação; … Conteúdos tecnólogicos § 4o O núcleo de conteúdos específicos se constitui em extensões e aprofundamentos dos conteúdos do núcleo de conteúdos profissionalizantes, bem como de outros conteúdos destinados a caracterizar modalidades.
  • 54. Estatísticas dos cursos de computação Fonte: INEP/SBC
  • 55. Quantidade de cursos
  • 56. Quantidade de cursos (%)
  • 57. "Computer science is no more about computers than astronomy is about telescopes." Autor desconhecido.
  • 58. Referências ● ACM/IEEE. Computing Curriculum - Computer Engineering. Disponível em: http://www.acm.org/education/education/curric_vols/CE-Final- Report.pdf ● ACM/IEEE. Computing Curricula 2005: The Overview Report. Disponível em: http://www.acm.org/education/education/curric_vols/CC2005- March06Final.pdf ● SBC. Currículo de referência de CC e EC. Disponível em : http://www.sbc. org.br/index.php? option=com_jdownloads&Itemid=195&task=finish&cid=183&catid=36 ● Parecer CNE/CES nº 136/2012, aprovado em 8 de março de 2012 - Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Computação. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php? option=com_docman&task=doc_download&gid=11205&Itemid=