Your SlideShare is downloading. ×
Como auxiliar o Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática (CEDIR-CCE/USP) a viabilizar o 1º Dia do Descarte Legal na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH/USP)?
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Como auxiliar o Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática (CEDIR-CCE/USP) a viabilizar o 1º Dia do Descarte Legal na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH/USP)?

518

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
518
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Igor Fernandes Antunes Julia Mayumi Fukuda Tomaz Lucas Machado Pedro Scrivano Renan Cesar Fiani Tamara Santos Ferreira Oliveira “Como auxiliar o Centro de Descarte e Reúso de Resíduos de Informática(CEDIR/CCE - USP) a viabilizar o 1º Dia do Descarte Legal na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH)?” São Paulo Junho/2010
  • 2. Igor Fernandes Antunes Julia Mayumi Fukuda Tomaz Lucas Machado Pedro Scrivano Renan Cesar Fiani Tamara Santos Ferreira Oliveira “Como auxiliar o Centro de Descarte e Reúso de Resíduos de Informática(CEDIR/CCE - USP) a viabilizar o 1º Dia do Descarte Legal na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH)?” Trabalho referente a disciplina Resolução de Problemas I do primeiro período dos Cursos de Gestão Ambiental, Licenciatura em Ciências da Natureza, Marketing e Sistemas de Informação da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo. Orientado professa: Patrícia Ruffino Oliveira. São Paulo 2010
  • 3. Nossas dúvidas são traidoras e nos fazemperder o bem que poderíamos conquistar senão fosse o medo de tentar”(O Menestrel - Shakespeare).
  • 4. PREFÁCIO O lixo eletrônico se tornou um problema evidente em nossa sociedade, uma vezque seu crescimento é exponencial e este possui componentes que são altamenteprejudiciais ao meio ambiente e à saúde humana, como retardantes de chamasbrominados, alguns polímeros tóxicos e metais pesados: “Concentrations of Cd, Cu, Ni,Pb and Zn are such that were these elements released into the environment they wouldpose a risk to ecosystems and human health” (Wilmoth et al., 1991 apud ROBINSON,Brett H, 2009). A maior parte deste lixo acaba em aterros a céu aberto, ocasionando nacontaminação do solo através do vazamento dos componentes dos eletroeletrônicosgerando a entrada bioacumulativa na cadeia alimentar. Além disso, a grande partereciclada passa por processos rudimentares, sem segurança aos trabalhadores , comoa dissolução em ácido a céu aberto e o despejo dos resíduos em rios e a incineraçãocom liberação de particulados químicos, tornando estes processos nocivos. No Brasil, o crescimento dos resíduos citados, vem ocorrendo devido a umagrande inclusão da população no consumo de objetos eletrônicos, como celulares ecomputadores desde há cerca de 5 anos atrás, e a primeira geração destes estacomeçando a ser substituída, acarretando numa enorme produção de lixo. Visando aimportância dos problemas gerados pelo descarte inadequado de E-wast (termo paralixo eletrônico) em dezembro de 2009 foi inaugurado o Centro de Descarte e Reúso deResíduos de Informática (CEDIR) do Centro de Computação Eletrônica (CCE) daUniversidade de São Paulo (USP) - projeto pioneiro no Brasil. O CEDIR realiza processos corretos de descarte e reciclagem de eletrônicos,recebendo principalmente computadores e celulares. Sua triagem baseia-seinicialmente em avaliar se o material pode ou não ser aproveitado, em caso positivo eleé encaminhado para utilização em projetos e instituições sociais em nível deempréstimo, garantindo assim o retorno do equipamento para o CEDIR após a vida útildo mesmo se esgotar. Em caso negativo o equipamento em estado inutilizável épesado, desmontado, separado por componentes, descaracterizado, compactado eacondicionado, em seguida pesado novamente e encaminhado para parceiros dereciclagem que garantem o destino ambientável e socialmente correto dos resíduos,
  • 5. que servem de matéria-prima para a indústria, uma vez que é importante que todo omaterial tenha seu destino ecologicamente correto, como afirmou Tereza Carvalho -diretora do Centro de Computação Eletrônica da USP e coordenadora geral doprograma, em entrevista ao programa Repórter Eco da TV Cultura: "Se nós dermos omicro para uma empresa de reciclagem e ela é especializada em uma determinadaárea - ou é plástico, ou é metal ou placa, o que ela faz? Ela pega o que interessa e oresto tem um destino desconhecido. Ou, às vezes ,vai para o aterro sanitário, mas donosso ponto de vista isso não é sustentável". O CEDIR entrou em operação em janeiro de 2010 para a comunidade USP e apartir do dia 1º de abril do mesmo ano para a população em geral (pessoas físicas).Sendo que no dia 5 de junho de 2008 foi realizado o DIA DO DESCARTE LEGAL naCidade Universitária, no qual a comunidade uspiana foi incentivada a entregar seusaparelhos eletrônicos sem uso ou obsoletos para o CEDIR, gerando um resultado muitoacima do esperado, com a arrecadação de toneladas de materiais.
  • 6. RESUMO Ao se propor o grande tema “Cidadania e Globalização” da Resolução de Problemas I do ano de2010, o grupo 7 da Turma 14 resolveu estudar a problemática envolvendo o Lixo Eletrônico (e-waste),desde seu crescimento exponencial influenciado por vários motivos, dentro os quais por uma obsolênciaplanejada, até os efeitos causados nos seres humanos e no ambiente, devido à um descarte incorretodos mesmos. Para conscientizar a população a respeito do descarte correto desse tipo de lixo e destiná-los aoslocais corretos para a reciclagem, foi criado o Centro De Descarte e Reuso de Resíduos de Informáticado Centro de Computação Eletrônica da Universidade de São Paulo (CEDIR/CCE). Dentre as váriasações para a conscientização, foi criado o Dia do Descarte Legal, dia no qual a comunidade USP foiincentivada a entregar seus lixos eletrônicos ao Centro, para os mesmos receberem tratamento edescarte correto. Apoiados pelo CEDIR e pela Comissão de Cultura e Extensão da Escola de Artes, Ciências eHumanidades (EACH), o presente trabalho apresentará o projeto de implementação do Primeiro Dia doDescarte Legal da USP LESTE, a fim de conscientizar a comunidade “eachiana”.
  • 7. Abstract With the proposition of the main theme “Citizenship and Globalization”, of the discipline“Resolução de Problemas I” (Problem Resolutions I) in the year 2010, the group 7 of class 14 decided tostudy the problems involving the electronic waste (e-waste), since its exponential growth influenced byvarious motives like a planned obsolescence, till the effects caused in humans and in the environmentcaused by a incorrect disposal of them To raise people awareness about the correct disposal of this kind of residues and send them tothe correct places to recycling, was created the Center of Disposal and Reuse of Informatics Residues ofthe Center of Electronic Computation of University of São Paulo (“Centro de Descarte e Reuso deResíduos de Informática – CEDIR/CCE”). Between the various actions to promote awareness, wascreated too the Cool Disposal Day (“Dia do Descarte Legal”), a day in which the USP community wasinduced to give their electronic residues to the Center, so them could receive correct treatment anddisposal. Supported by CEDIR and by the Commission of Culture and Extension (CCEx) of the School ofArts, Sciences, and Humanities (EACH), this work will present the project of implementation of the FirstCool Disposal Day in the East USP (“Primeiro Dia do Descarte Legal na EACH”), with the proposal ofmake the “Eachian” community aware.
  • 8. Lista de gráficosGráfico 1:Gráfico 2:Gráfico 3:Gráfico 4:
  • 9. Lista de tabelasTabela 1:Tabela 2:Tabela 3:Tabela 4:
  • 10. Lista de abreviaturasCEDIR – Centro de Descarte e Reúso de Resíduos de InformáticaCEE – Centro de Computação EletrônicaCd – CádmioCu - CobreEACH - Escola de Artes, Ciências e HumanidadesHg – MercúrioNi - NíquelPb – ChumboRPI – Resolução de Problemas ISb – AntimônioUSP – Universidade de São Paulo
  • 11. Sumário
  • 12. INTRODUÇÃO O lixo eletrônico consiste nos aparelhos, constantemente descartados, queutilizam a eletricidade. Em um contexto mais específico podem ser definidos de duasformas, como E- waste, que consiste em produtos como computadores, televisores ecelulares, e também como WEEE que inclui objetos não eletrônicos comorefrigeradores e fornos. O descarte de ambos vem se revelando como sérios problemas relacionados àpoluição, já que possuem em sua composição metais valiosos (como Cu, por exemplo),e também potenciais contaminantes ao ambiente (Pb, Sb, Hg). A reciclagem do lixo eletrônico é um processo de grande importância atualmente,mas por outro lado também pode ser considerada como uma tentativa de minimizar asolução para um grande problema, já que é notável que a quantidade de objetoseletrônicos lançadas diariamente no mercado é crescente a cada dia, estudos feitos empaíses desenvolvidos demonstram que a quantidade de lixo desse tipo cresciaabsurdamente já nas últimas décadas. Com efeito, as crescentes inovações técnicas, incorporadas pela lógica dosistema capitalista, produzem mercadorias que se tornam obsoletas cada vez maisrápido, fato que se demonstra como uma forte estratégia das grandes empresasatuantes no mercado visando sempre uma maior rotatividade dos produtos. Contudo,não basta produzir mercadorias, é necessário criar a necessidade de consumo eestimular, como aponta Capra (1993 [1982]), uma circulação desenfreada demercadorias. Obcecados com a expansão, com os lucros crescentes e o aumento da ‘produtividade’, os Estados Unidos e outros países industrializados desenvolveram sociedades de consumo competitivas, que induzem as pessoas a comprar, usar e jogar fora quantidades cada vez maiores de produtos de pouca utilidade. (Ibidem: 227)
  • 13. Tal lógica é avessa a uma busca pelo equilíbrio entre o homem e o meio em quevive, conceito básico para a sobrevivência de qualquer espécie. Ressaltando que osdanos causados pela negligência no descarte e uso de produtos químicos podem trazerdiversos problemas à sociedade, sendo que além de poluir de forma ininterrupta o meioambiente, ainda vem acompanhado de problemas sérios causados aos consumidores,problemas direta ou indiretamente acarretaduras de sérios danos à saúde não só física(caso este lixo seja despejado em lugares indevidos, podendo contaminar o solo ou atélençóis freáticos) como também mentalmente (uma vez criado um interessedesnecessário em obter aquele produto mais novo, lançado recentemente àquelavitrine, etc.) aos consumidores. Na globalização à qual estamos vivendo atualmente novas identidades estãosendo formadas e vê-se necessário a conscientização, através de argumentos sólidosem concisos para essa nova geração, uma vez que nos últimos anos vem se agravandoum estado de crise mundial, que por sua vez vem sendo estudada faz algum tempo. As últimas duas décadas de nosso século vêm registrando um estado de profunda crise mundial. É uma crise complexa, multidimensional, cujas facetas afetam todos os aspectos de nossa vida – a saúde e o modo de vida, a qualidade do meio ambiente e das relações sociais, da economia, tecnologia e política. (Capra, 1993: 19) Sendo assim podemos enxergar a questão ambiental de uma forma holística,que engloba diversos setores e também traz conseqüências nocivas diversas,necessitando ser tratada como problemas globais. Contudo, tornou-se claro que nossa tecnologia está perturbando seriamente e pode até estar destruindo os sistemas ecológicos de que depende a nossa existência. (Ibidem: 21)
  • 14. É necessária uma preocupação verdadeira com essa questão já que estamosfalando de problemas graves, por isso deve-se exigir uma urgência às atitudes a seremtomadas, já que é uma questão que se agrava a cada dia e não é tratada da formacomo deveria, a solução viria como uma espécie de revolução cultural que agisse deforma que ajudasse a enxergarmos a relevância dessas questões.
  • 15. REVISÃO TEÓRICA O lixo eletrônico é um tema já abordado nas discussões atuais, sobre asconseqüências do descarte inadequado de produtos gerados após o desenvolvimentocientífico e tecnológico. Porém ainda vê-se necessário uma maior exploração do tema,como feito por Brett H. Robinson em seu artigo “E-waste: An assessment of globalproduction and environmental impacts”. No qual o autor aborda a questão do crescimento exponencial do lixo eletrônico,as consequências geradas pelos componentes de eletrônicos ao meio ambiente a aoseres humanos. Através de estudos, como o citado acima, foi criado o Centro De Descarte eReuso de Resíduos de Informática do Centro de Computação Eletrônica daUniversidade de São Paulo (CEDIR/CCE) que viabiliza o destino sustentável ao lixoeletrônico, tendo a explicação de seu processo disponível em seu site. Com base nas informações deste artigo científico; no processo de categorização,triagem e destinação do CEDIR e em textos referentes ao descarte de resíduoseletroeletrônicos, fundamentamos o processo de “Como auxiliar o Centro de Descarte eReúso de Resíduos de Informática (CEDIR/CCE - USP) a viabilizar o 1º Dia doDescarte Legal na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH)?”.
  • 16. DESENVOLVIMENTO
  • 17. METODOLOGIA: MATERIAIS E MÉTODOS MATERIAIS: Esta seção pretende esclarecer os recursos que consideramos indispensáveispara que o Primeiro Dia do Descarte Legal na EACH aconteça. Durante todo o períodode elaboração do presente projeto selecionamos, com o auxílio dos membros doCEDIR, e nos baseando no que foi necessário para o acontecimento do evento naCidade Universitária, os seguintes itens: Luvas plásticas necessárias para o manuseio seguro dos equipamentosrecebidos, podendo esse material ser adquirido no Setor de Limpeza/Infraestrutura daEACH, ou em caso de recusa, a aquisição pode ser feita através da compra de 1 par deluva para cada integrante da organização do evento, sendo em média R$ 4,50 o custoda unidade. Rolos de filme plástico necessários para o isolamento dos equipamentos queapresentarem corrosão ou vazamento. Tal material seria comprado, custando, emmédia, R$ 5,82 a unidade. Caixas de papelão para estocagem e separação dos componentes recebidos,estas podem ser obtidas em supermercados, gratuitamente, e devem ter a quantidadeestipulada de acordo com a demanda do projeto. Rolos de fita marrom necessários para o selamento das caixas, tendo aquantidade estipulada de acordo com a demanda citada acima; o custo de cada roloseria em média de R$ 1,32 a unidade. Empréstimo de carrinhos de transporte que devem ser utilizados para mover ascaixas do local do evento até o de estoque, podendo ser concedido pelo Setor deLimpeza da EACH. Empréstimo de um caminhão para transporte do material recolhido até o CEDIR,sendo este cedido pelo Setor de Infraestrutura da EACH. Alocação de um espaço para o recebimento, estocagem e preparação dotransporte de todo o material a ser coletado, sendo possivelmente o antigo refeitório daEACH, segundo informações do(a) NOME DA PESSOA,FUNÇÃO.
  • 18. Impressão de cartazes de divulgação com quantidade que for julgada necessáriapela organização; a unidade custaria em torno de R$ 1,30 sendo feito na copiadora daEACH, Grupo VLS – Print Solution. MÉTODOS: O “Ciclo Básico” da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidadede São Paulo possui dentre suas disciplinas, a “Resolução de Problemas” (RP I) quetem como objetivo fazer os alunos iniciarem projetos de iniciação científica, realizaratividades interdisciplinares, investigar, discutir e analisar problemas de cunho social,cultural ou científico. Dentro desta proposta são formados grupos de alunos de diversas áreas para odesenvolvimento do projeto. O grupo número 7 de RP I 2010 da turma 14 foi compostopor um aluno de Gestão Ambiental, um de Licenciatura em Ciências da Natureza para oensino fundamental, dois de Marketing e dois de Sistemas de Informação. No primeiro encontro do grupo após a socialização foram discutidos quaispoderiam ser os assuntos-tema para o desenvolvimento do trabalho, uma vez que estedeveria abranger a questão da globalização e cidadania. Chegamos a um acordo deque o assunto a ser abordado seria o “lixo eletrônico”. O passo seguinte realizado foi um levantamento bibliográfico, no qual o termo-chave para pesquisa foi “E-wast”. Para isso utilizamos o ScienceDirect, uma baseeletrônica multidisciplinar e o site do Centro de Computação Eletrônica (CCE) daUniversidade de São Paulo. Através do ScienceDirect foram selecionados então doisartigos científicos “E-waste: An assessment of global production and environmentalimpacts” (Wilmoth et al., 1991 apud ROBINSON, Brett H, 2009) e “Applying decision-making tools to national e-waste recycling policy: An example of Analytic HierarchyProcess” (LIN; WEN; TSAI, 2009) e no site do CCE conhecemos o Centro de Descartee Reuso de Resíduos de Informática (CEDIR). Dentro das informações e os aspectos abordados nos textos e no site do CEDIRo tema escolhido para o projeto foi “A conscientização da população para a máximautilização dos aparelhos eletrônicos, substituindo estes apenas após o esgotamento davida útil dos mesmos e optando pelo descarte ecologicamente correto” e o problema:“Como auxiliar o Centro de Descarte e Reúso de Resíduos de Informática (CEDIR/CCE
  • 19. - USP) a viabilizar o 1º Dia do Descarte Legal na Escola de Artes, Ciências eHumanidades (EACH - USP)?”. Elaboramos um cronograma com os prazos, atividades,coordenador(a) e secretário(a) semanal para o desenvolvimento do projeto. Estabelecemos contato com o CEDIR e realizamos uma visita a unidadelocalizada na Avenida Professor Luciano Gualberto, 71, tv. 3, Cidade Universitária,Butantã, São Paulo – SP. Na qual conhecemos o processo de triagem, categorização ereciclagem. Elaboramos os slides da apresentação utilizando a ferramenta MicrosoftPowerPoint e no dia 12 de abril de 2010 realizamos nossa apresentação parcial para aturma 14 do período noturno da Escola de Artes, Ciências e Humanidades e os tutorespresentes de todos os grupos: Carlos Alcides Sales, Fátima de Lourdes dos SantosNunes Marques, Gerardo Kuntschik e Paulo Antonio de Almeida Sinisgalli na qualexplicamos o que é o Lixo eletrônico, nossa justificava pela escolha do tema, as açõesdo Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática (CEDIR), o Dia do descarteLegal. Apresentamos nossa questão, hipótese, objetivo, metodologia, cronograma ereferências bibliográficas. Realizamos mais um contato com o CEDIR para obtermos informações do queseria necessário para a viabilização do primeiro Dia do Descarte Legal na EACH eagendamos uma segunda visita, na qual conversamos com a professora Neuci Bicov(gestora ambiental responsável do CEDIR) e o Iran Margarido e definimos que serianecessário um estudo da viabilidade de implantação do Dia do Descarte Legal,compreendendo os aspectos econômicos, burocráticos e logísticos, sendo que esteestudo envolveu o que era necessário para a divulgação prévia e realização do evento,os recursos necessários e o custeio dos mesmos, assim como as permissõesnecessárias para a realização das atividades. Para realizarmos o “1º Dia do Descarte Legal na EACH” submetemos aapreciação um formulário “Fomento às Iniciativas de Cultura e Extensão” da Comissãode Cultura e Extensão da EACH, vinculada à Pró-reitoria e Extensão Universitária daUSP que tem como objetivo a propagação da cultura e ciência Após o requerimento para a realização do Dia, verificamos a necessidade deconhecermos a demanda de pessoas que iriam participar para tomarmos consciência
  • 20. da estimativa de aparelhos obsoletos e/ou sem funcionamento que poderiam serdescartados, elaboramos um questionário utilizando formulários na plataforma GoogleDocs (http://spreadsheets.google.com/) com questões fechadas e “cafeteira”(MARTINS, 2002, P. 52), assim, o questionário pôde ter seu link (http://bit.ly/93h7A4) erespondido eletronicamente, enviamos via e-mail para a lista de 128 funcionários e3788 alunos de graduação, números estes disponibilizados no Manual do Calouro daUniversidade de São Paulo (p. 26, Ano XV – fevereiro de 2010). Foi elaborado um cartaz de publicidade e divulgação do 1º Dia do Descarte Legalna EACH [citação para o cartaz anexo], o mesmo foi criado com o uso do softwareAdobe Photoshop CS5. Com base nas informações técnicas dos artigos, o estudo de viabilidade e onúmero de respostas do questionário podemos verificar a viabilidade de implantação do“1º Dia de Descarte Legal da EACH” para a coleta de equipamentos e resíduos de lixoeletrônico classificados na categoria 3 da Diretiva 2002/96/CE da União Europeia, taiscomo mouses, teclados, CPUs, monitores, impressoras, scanners, CDs, DVDs,Webcams, telefones, celulares, speakers, peças e placas de computador em geral.
  • 21. RESULTADOS E DISCUSSÃORESULTADOS: Através do estudo da viabilidade e a aplicação do questionário online verificamosa quantidade de itens a serem descartados na Tabela 1, a porcentagem de participaçãoexpressa na Tabela 2, Os meios de transporte utilizado na Tabela 3 e a influência dotransporte para a entrega do equipamento na Tabela 4. Tabela 1:Item QuantidadeGabinetes de computador 121Monitores 71Impressoras 40Scanners 14Webcams 19Computadores portáteis (notebooks) 6Aparelhos multimídia (microfone, speaker) 56Teclados 149Mouses 193Cabos/ Fios soltos 276Telefones 104Celular/ Players de mídia 214Placas soltas de eletrônicos 108Baterias e pilhas 678Drives de CD/DVD/HDs 84Disquetes e fitas cassete 453CDs/DVDs 412 Tabela 2: Tabela 3: Tabela 4: Os valores apresentados nas tabelas 1, 2, 3 e 4 seguem respectivamente nosGráficos 1, 2, 3 e 4: Gráfico 1: Gráfico 1.1: Gráfico 1.2: Gráfico 1.3: Gráfico 1.4: Gráfico 1.5: Gráfico 1.6: Gráfico 1.7: Gráfico 1.8: Gráfico 1.9:
  • 22. Gráfico 1.10: Gráfico 1.11: Gráfico 1.12: Gráfico 1.13: Gráfico 1.14: Gráfico 1.15: Gráfico 1.16: Gráfico 1.17:Gráfico 2:Gráfico 3:
  • 23. Gráfico 4:DISCUSSÃO: Como principais produtos e resultados do projeto estão a proposição do mesmocomo projeto de cultura e extensão junto à CCEx, a elaboração de material dedivulgação (cartaz) para o evento, e a pesquisa de campo sobre a efetividade do eventona EACH.
  • 24. Para apoio burocrático e financeiro de forma que o 1º Dia do Descarte Legal sejaviável, foi realizada a proposta fomento às atividades de cultura e extensão, a qual foiencaminhada para apreciação da Comissão de Cultura e Extensão Universitária eaceita, autorizando a rezalição do evento no dia 23 de junho de 2010. Os resultados do questionário foram os seguintes para as seguintes perguntas:Pergunta 1: Você participaria do Dia do descarte legal?É visível a forte aderência dopúblico pesquisado ao evento, com 87% assumindo que participariam do mesmo – 249de 285 respostas. Há uma demanda significantemente grande de equipamentos que podem sercoletados para encaminhamento em reuso ou reciclagem, e nossas estimativassugerem 121 gabinetes de computadores, 71 monitores, 40 impressoras, 14 scanners,19 webcams, 6 computadores portáteis, 56 aparelhos multimídia tais como microfonese caixas de som, 149 teclados, 193 mouses, 276 cabos/fios soltos, 108 placas soltas deeletrônicos, 104 telefones, 214 aparelhos de celular/players de mídia, 678 baterias epilhas, 84 drives de CD/DVD/HDs, 453 disquetes e fitas cassete, 412 CDs/DVDs. Essesdados foram obtidos através da Pergunta 2: Dentre os seguintes itens que sãoconsiderados lixo eletrônico de informática e podemos estar recolhendo, com quais equantos você contribuiria? Mouse; Teclado; Gabinete (CPU); Monitor; Impressora;Scanner; Disquete/ Fita Cassete; CDs/DVDs; Webcam; Telefone; Celular/ MP3/ MP4/iPod; Baterias/ Pilhas; Kit Multimídia/ Microfone/ Caixa de Som; Cabos/fios; Fones deouvido; HDs/ Drives CD/DVD; Notebook; Placas soltas de eletrônicos. Observamos também que a principal forma de locomoção para a EACH é pelostrens metropolitanos (56%), seguida por carros (64%), ônibus (16%) e a pé (4%)(Pergunta 3: No caso de sua participação, como você traria os equipamentos para acoleta na EACH?). Esse dado está vinculado à Pergunta 3b: Esse tipo de transportepode influenciar na entrega de seu equipamento?;Na qual foi constatado que o meio detransporte utilizado poderia dificultar a entrega de equipamentos grandes devido aefeitos como a superlotação dos transportes públicos, ou seja, fatores como o tamanhodos equipamentos e o meio de transporte público são inversos à efetividade do evento.Os resultados apontam que para 53% dos indivíduos em escopo global o tipo detransporte utilizado não afetaria a entrega do equipamento.
  • 25. CONCLUSÕES e RECOMENDAÇÕES
  • 26. ILUSTRAÇÕES
  • 27. TABELAS
  • 28. ANEXOS:Cartaz:
  • 29. Projeto (fomento):FOMENTO ÀS INICIATIVAS DE CULTURA E EXTENSÃO______________________________________________________________________PROJETO DE EXTENSÃO E/OU CULTURA DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULOUnidade:Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), localizada na rua Arlindo Béttio,1000 - Ermelino Matarazzo - CEP: 03828-000.Departamento/Setor: Não existe departamento.1. Título do Projeto: “Implantação do primeiro dia de descarte de resíduos deinformática e eletrônicos na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidadede São Paulo”.2. Objetivos e descrição sumária: O lixo eletrônico está se tornando cada vez mais um problema de grande escalaem nosso planeta. A globalização das tecnologias, dos meios de produção e dadistribuição de produtos eletroeletrônicos são fatores que aceleram a produção deresíduos eletrônicos, uma vez que a substituição dos mesmos vem ocorrendo maisrápida, seja por ficarem obsoletos, ou por serem fabricados com materiais de baixaestimativa de vida útil. Existe uma movimentação global de lixo eletrônico, dos países ricos queexportam para os mais pobres, onde as técnicas de reciclagem e descarte sãorudimentares e os trabalhadores são expostos à contaminação por metais pesados epolímeros tóxicos, por exemplo, resultando comprovadamente em cânceres, mutaçõesgenéticas, e diversos outros problemas de saúde humana e contaminação ambiental. Com base nessas informações e num estudo de viabilidade temos como objetivoimplantar o 1º DIA DO DESCARTE LEGAL DA EACH, que será realizado no dia 8 dejunho de 2010. Durante a coleta e dependendo dos recursos que obtermos, será
  • 30. concedido um número de sorteio para cada contribuinte, pelo qual ele concorrerá a umbrinde sorteado no final do dia. O material coletado então, será pesado para obtençãode dados, carregado num caminhão e transferido ao CEDIR para o destinamentoecologicamente correto.3. Resultados esperados/Indicadores de acompanhamento: Acreditamos que a Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), junto como Centro de Descarte e Reúso de Resíduos de Informática (CEDIR), tem potencial paraviabilizar o primeiro Dia do Descarte Legal. Através desse dia queremos conscientizar a comunidade da EACH sobre aimportância do descarte correto de resíduos de informática e eletrônicos, uma vez queno Brasil, o crescimento dos resíduos citados vem ocorrendo exponencialmente devidoa uma grande inclusão da população no consumo de objetos eletrônicos, comocelulares e computadores desde há cerca de 5 anos atrás, e a primeira geração destesesta começando a ser substituída, acarretando numa enorme produção de lixo. Visandoa importância dos problemas gerados pelo descarte inadequado de E-wast (termo paralixo eletrônico) e através desta conscientização esperamos que a comunidade dauniversidade participe do dia trazendo seus equipamentos obsoletos e resíduos de lixoeletrônico classificados na categoria 3 da Diretiva 2002/96/CE da União Europeia, taiscomo mouses, teclados, CPUs, monitores, impressoras, scanners, CDs, DVDs,Webcams, telefones, celulares, speakers, peças e placas de computador em geral.4. Público Alvo (especificar e quantificar): O público alvo do projeto é a comunidade da Escola de Artes, Ciências eHumanidades, sendo 3788 alunos, 220 professores e 128 funcionários.5. Período de realização: 08/06/2010 (Sujeito a mudanças).6. Especificação dos recursos e cronograma de desembolso:
  • 31. Para a implantação de um Dia do Descarte Legal na Escola de Artes Ciências eHumanidade, os principais recursos necessários são: Luvas para proteção no manuseiodos equipamentos e placas; filme plástico para embrulhar equipamentos queapresentem corrosão/vazamento; caixas de papelão para separação de componentes eestocagem; balança para pesagem do material recolhido; carrinho de transporte paramover caixas; caminhão para transporte do material coletado até o CEDIR na CidadeUniversitária; Local para manuseio/estocagem e preparação de transporte dos resíduoscoletados; Auditório para palestra de divulgação.7. Responsável (is) pelo projeto - anexar currículo (s):8. Telefone: ________________________ Fax: __________________________9. Professor(s) orientador(es) - quando se trata de projeto apresentado poralunos:OBS: Deverá ser anexado termo de responsabilidade assinado pelo (s) docente(s) O projeto será desenvolvido pelos discentes do primeiro semestre de 2010 daEscola de Artes, Ciências e Humanidades da disciplina de Resolução de Problemas(ACH0041-D4), Grupo 7, cujo a tutora é a Professora Drª Patrícia Rufino Oliveira.10. Projeto anteriormente apresentado ao FCEx?- Sim : ____ Anexar relatório do anterior- Não : X_11. Órgãos Governamentais e/ou não governamentais participantes:Não há.Data: _04/ junho /2010_ _____________________________________________
  • 32. _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ _____________________________________________ Assinatura do(s) proponente(s)12. Avaliação do projeto pelo Conselho de Departamento, ou equivalente:____________________________________________________________________________________________________________________________________________13. Aprovado pela Comissão de Cultura e Extensão Universitária ou órgãoequivalente e/ou representante da Unidade junto ao CoCEx em___________/____________/____________14. Classificação de prioridade pela CCEx ou órgão equivalente:__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ _____________________________________________ Assinatura do Presidente da CCEx ou representante da Unidade junto ao CoCEx
  • 33. Questionário aplicado:PESQUISA DE OPINIÃO SOBRE A RECICLAGEM DE LIXOELETRÔNICOA questão do lixo eletrônico é cada vez mais recorrente em nossa sociedade, uma vezque o mesmo quando incorretamente descartado gera problemas ao meio ambiente e àsaúde humana, como cânceres e mutações genéticas. Nesse contexto, nosso grupo deRP pretende implantar o Primeiro Dia do Descarte Legal na EACH - um dia quereceberemos seus equipamentos obsoletos ou sem funcionamento para um descarteambientalmente correto, em parceria com o Centro de Descarte e Reúso de Resíduosde Informática (CEDIR/USP) . Para se ter uma idéia da adesão ao referido evento,contamos com sua participação respondendo o seguinte e breve questionário:1. Você participaria do Dia do descarte legal?SimNão2. Dentre os seguintes itens que são considerados lixo eletrônico de informática epodemos estar recolhendo, com quais e quantos você contribuiria? Selecione aquantidade de itens: Nenhum (0) 1 2 3 4 ou maisMouseTecladoGabinete (CPU)MonitorImpressoraScannerDisquetes/ Fita CasseteCDs/DVDsWebcamTelefone
  • 34. Celular/MP3/MP4/iPodBaterias/PilhasKit Multimídia/Microfone/Caixa desomCabos/fiosFones de ouvidoHDs/Drives CD/DVDNotebookPlacas soltas de eletrônicosMouse3. No caso de sua participação, como você traria os equipamentos para a coleta naEACH? Como você se desloca para a EACH?TremCarroÔnibusA pé3b. Esse tipo de transporte pode influenciar na entrega de seu equipamento? Hádificuldade em levar equipamentos para a EACH?SimNãoOutro
  • 35. AGRADECIMENTOS Agradecemos à tutora Patrícia Rufino Oliveira, que auxiliou e contribuiu para aelaboração de nosso primeiro trabalho acadêmico; à todos que contribuíram com anossa pesquisa através do questionário e à equipe do CEDIR, em especial Neuci Bicove Iran Margarido, que acreditaram em nós e nos ajudaram a viabilizar o 1º Dia deDescarte Legal na EACH.
  • 36. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASCAPRA, Fritjjof. Ponto de mutação. São Paulo, 1993[1982].MANUAL DO CALOURO. São Paulo, Ano XV, fevereiro de 2010.GREENPEACE International: Where does e-waste end up?. Disponível em<http://www.greenpeace.org/international/campaigns/toxics/electronics/where-does-e-waste-end-up>. Acesso em: 9 abr. 2010.LEFFA, Vilson José. Normas da ABNT: Citações e Referências Bibliográficas.Disponível em: <http://www.leffa.pro.br/textos/abnt.htm> Acesso em: 4 de jun. de 2010.LEFEBVRE, Henri. A vida cotidiana no mundo moderno. São Paulo, 1991.LEIS, Hector Ricardo. A modernidade sustentável. Florianópolis, 1999.LIN, Chun-hsu; WEN, Lihchyi; TSAI, Yue-mi. Applying decision-making tools to nationale-waste recycling policy: An example of Analytic Hierarchy Process, Chung Hua-Instituto de Pesquisas Econômicas, 75 Street Chang-Hsing, 106 Taipei, Taiwan,2009.LIXO Eletrônico: Repositório de Informações sobre Lixo Eletrônico. Disponível em<http://lixoeletronico.org/>. Acesso em: 9 abr. 2010.GOOGLE Agenda. Cronograma . Disponível em <http://bit.ly/c1QmEm>.GOOGLE Docs. Página de arquivos do grupo. Disponível em <http://bit.ly/c9XeWj>.MARTINS, Gilberto de Andrade. Manual para elaboração de monografias edissertações. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002.
  • 37. MACHADO, Lucas. Sondagem sobre reciclagem de lixo eletrônico. Mensagem enviadapor <lucas2.machado@usp.br> em 05 de maio de 2010.MACHADO, Lucas. Sondagem sobre reciclagem de lixo eletrônico. Mensagem enviadapor <lucas2.machado@usp.br> em 19 de maio de 2010.MACHADO, Lucas. Pesquisa sobre reciclagem de lixo eletrônico. Mensagem enviadapor <sistemacol@usp.br> em 05 de maio de 2010.OLIVEIRA, Tamara Santos Ferreira. Sondagem sobre reciclagem de lixo eletrônico.Mensagem enviada por <tamara.oliveira@usp.br> em 07 de maio de 2010.OLIVEIRA, Tamara Santos Ferreira. Pesquisa sobre reciclagem de lixo eletrônico,contamos com a sua participação. Mensagem enviada por <sistemacol@usp.br> em 05de maio de 2010.OLIVEIRA, Tamara Santos Ferreira. Pesquisa de opinião, é rápida. Mensagem enviadapor <sistemacol@usp.br> em 06 de maio de 2010.OLIVEIRA, Tamara Santos Ferreira Oliveira. Pesquisa de opinião, é rápida. Mensagemenviada por <sistemacol@usp.br> em 07 de maio de 2010.OLIVEIRA, Tamara Santos Ferreira. Pesquisa de opinião, é rápida. (RP). Mensagemenviada por <sistemacol@usp.br> em 19 de maio de 2010.ROBINSON, Brett H. E-waste: An assessment of global production and environmentalimpacts. Science of the Total Environment, Department of Soil and Physical Sciences,Lincoln University, Lincoln 7647, Canterbury, New Zealand, 408, p. 183-191,2009.PORTO-GONÇALVES, Carlos Walter. O desafio ambiental. Rio de Janeiro, 2004.
  • 38. SILVA, Bruna Daniela da; OLIVEIRA, Flávia Cremonesi; MARTINS, Dalton Lopes.Resíduos Eletroeletrônicos no Brasil. Santo André, 2007.SHAKESPEARE, William. Disponível em:<http://recantodasletras.uol.com.br/mensagens/996967>. Acesso em: 17 jun.2010.UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO. Referências Bibliográficas.Disponível em:< http://www.biblioteca.ufrrj.br/referencias.html> Acesso em: 4 jun. 2010.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Comissão de Cultura e Extensão <http://each.uspnet.usp.br/each/ccex.php> Acesso em: 31 maio 2010.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Júpiter Web Sistema de graduação <http://sistemas2.usp.br/jupiterweb/obterDisciplina?sgldis=ACH0041&nomdis=> Acessoem: 30 maio 2010.UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Centro de Computação Eletrônica <http://www.cce.usp.br/?q=node/266> Acesso em: 30 maio 2010.Luvahttp://www.kalunga.com.br/product.asp?category%5Fdisplay%5Fname=Luva+l%E1tex+forrada+top+verde+m%E9dia+Sanro+PT+1+UN&category%5Fname=C3%7CHigiene+%26+Limpeza&catalog%5Fname=KommerceII&product%5Fid=549736> Acesso em 3de jun. 2010Fita adesiva marromhttp://www.kalunga.com.br/product.asp?category_display_name=Fita+adesiva+marron+polip.48mmx40m+qualitape+Adelbras+PT+5+UN&category_name=C4|Embalagens&catalog_name=KommerceII&product_id=303577
  • 39. http://www.paodeacucar.com.br/detalhe.asp?categoria=catBazar&subcategoria=catFornoeFreezer&idproduto=6037963 GLOSSÁRIO

×