PLANEJAMENTO DE TI
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ALINHADO À  TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO
Planejar estrategicamente é criar condições para que as organizações decidam rapidamente diante de  oportunidades  e  amea...
OPORTUNIDADES EMPRESA AMEAÇAS PONTOS  FORTES PONTOS  FRACOS QUAL É NOSSO NEGÓCIO? QUAL É NOSSA MISSÃO? CONCORRENTES FORÇAS...
ETAPAS DO P.E. ESTRATÉGIAS ANÁLISE  DO CENÁRIO análise do negócio análise da concorrência análise setorial análise ambient...
Sobre o Negócio: Segundo Peter Drucker, é preciso pesquisar continuamente os propósitos da organização,  pois eles podem s...
A determinação de um   negócio   cria uma moldura dentro da qual a empresa precisa cumprir uma   missão   que   justifique...
MISSÃO Definição do propósito de uma organização, isto é, o que ela é ou deseja ser. Razão de ser da empresa. Define qual ...
MISSÃO <ul><li>A  missão   pode  ser  entendida  como o compromisso da organização na  busca da sobrevivência  e perpetuaç...
Processo de Planejamento Estratégico Fonte: Fernandes, Oliveira 2004
ANÁLISE AMBIENTAL Clientes Fornecedores Concorrentes Grupos Reguladores legal Políticas Econômicas Demográficas Ambientais...
ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO
Automação e informática: em todos  os setores –  <ul><li>Ganhos em produtividade indiscutíveis –  Agricultura de precisão ...
Ambiente Tecnológico <ul><li>A INTERNET -  impacto profundo sobre o modo de operar das empresas </li></ul><ul><li>Tendênci...
As variáveis tecnológicas <ul><li>Ritmo alucinante das inovações: Telecomunicações e redes, crescimento telefonia móvel, b...
INTERNET <ul><li>Revolução no mundo dos negócios: crescimento do e-commerce, sites de venda, leilões eletrônicos, bankhome...
E- business / E-commerce
ANÁLISE DO SETOR
MACRO E MICRO MACROAMBIENTE MICROAMBIENTE Variáveis Econômicas Variáveis Sócio-ambientais Variáveis Tecnológicas Variáveis...
ANÁLISE DO AMBIENTE INTERNO
SWOT
Processo de Planejamento Estratégico Fonte: Fernandes, Oliveira 2004
 
ALINHAMENTO
 
ALINHAMENTO ESTRATÉGICO MODELO HANDERSON VENKATRAMAN <ul><li>Henderson e Venkatraman (1993) propuseram um modelo, denomina...
PERSPECTIVAS DO ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Modelo de Alinhamento Estratégico Fonte: Handerson e Venkatraman (1993)
Execução Estratégica Modelo de Alinhamento: Execução Estratégica Fonte: adaptado de Handerson e Venkatraman (1993)
Transformação Tecnológica Modelo de Alinhamento: Execução Estratégica Fonte: adaptado de Handerson e Venkatraman (1993)
Potencial Competitivo   Modelo de Alinhamento: Execução Estratégica Fonte: adaptado de Handerson e Venkatraman (1993)
Nível de Serviço   Modelo de Alinhamento: Execução Estratégica Fonte: adaptado de Handerson e Venkatraman (1993)
ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Modelo de Alinhamento Estratégico Fonte: Handerson e Venkatraman (1993)
Referências Bibliográficas <ul><li>DAVENPORT & PRUSAK,(2003).  Conhecimento Empresarial:  como as empresasgerenciam seu ca...
<ul><li>MINTZBERG,  et al.  Safári de Estratégia.  Porto Alegre: Bookman, 2000. </li></ul><ul><li>NOLAN R. L. Managing the...
<ul><li>LAUDON, K. C.; LAUDON, J. P.  Sistemas de Informação.  Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2004. </li><...
contatos <ul><li>www.slideshare.net/sionara14 </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul>
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aula TI 3

1,235 views

Published on

Aula de planejamento estratégico e TI by Sionara Okada

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,235
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
43
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula TI 3

  1. 1. PLANEJAMENTO DE TI
  2. 2. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ALINHADO À TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO
  3. 3. Planejar estrategicamente é criar condições para que as organizações decidam rapidamente diante de oportunidades e ameaças , otimizando as vantagens competitivas em relação ao ambiente em que atuam.
  4. 4. OPORTUNIDADES EMPRESA AMEAÇAS PONTOS FORTES PONTOS FRACOS QUAL É NOSSO NEGÓCIO? QUAL É NOSSA MISSÃO? CONCORRENTES FORÇAS COMPETITIVAS ? ? ?
  5. 5. ETAPAS DO P.E. ESTRATÉGIAS ANÁLISE DO CENÁRIO análise do negócio análise da concorrência análise setorial análise ambiental ANÁLISE DA EMPRESA produtos e serviços recursos forças e fraquezas fatores chave (sucesso) força motriz DEFINIÇÃO DO NEGÓCIO DEFINIÇÃO DA MISSÃO OBJETIVOS PLANO
  6. 6. Sobre o Negócio: Segundo Peter Drucker, é preciso pesquisar continuamente os propósitos da organização, pois eles podem ser alterados. Há algumas questões fundamentais para uma auto-análise, como: Qual é o nosso negócio hoje? Quem é o nosso cliente hoje? Qual é o valor do nosso negócio para o cliente? Quem será nosso cliente amanhã? Qual deveria ser nosso negócio hoje? Qual será nosso negócio amanhã?
  7. 7. A determinação de um negócio cria uma moldura dentro da qual a empresa precisa cumprir uma missão que justifique a sua existência. Ela é a expressão da razão da existência da organização, seus propósitos, sua finalidade. A partir do Negócio...
  8. 8. MISSÃO Definição do propósito de uma organização, isto é, o que ela é ou deseja ser. Razão de ser da empresa. Define qual é o jogo, mas não as regras. Guia as pessoas dentro da organização de forma que elas possam trabalhar para a realização dos objetivos organizacionais.
  9. 9. MISSÃO <ul><li>A missão pode ser entendida como o compromisso da organização na busca da sobrevivência e perpetuação dos negócios a longo prazo. Ela deve, ainda, ser dotada de flexibilidade e deve ser revista periodicamente , acompanhando as mudanças ambientais. </li></ul>
  10. 10. Processo de Planejamento Estratégico Fonte: Fernandes, Oliveira 2004
  11. 11. ANÁLISE AMBIENTAL Clientes Fornecedores Concorrentes Grupos Reguladores legal Políticas Econômicas Demográficas Ambientais Tecnológicas Sócio-Culturais MACROAMBIENTE I N D I R E T O D I RETO MICROAMBIENTE -SETORIAL
  12. 12. ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO
  13. 13. Automação e informática: em todos os setores – <ul><li>Ganhos em produtividade indiscutíveis – Agricultura de precisão - GPS satélite </li></ul><ul><li>Inteligência artificial - linha de montagem com rôbos: aumento da produtividade Indústria automobilistica </li></ul><ul><li>informatização, Home-banking,caixas eletrônicos,máquinas de auto-atendimento na área de serviços </li></ul>
  14. 14. Ambiente Tecnológico <ul><li>A INTERNET - impacto profundo sobre o modo de operar das empresas </li></ul><ul><li>Tendências e Mudanças de cenários : </li></ul><ul><li>Internet, telecomunicações, automação e informática, nanotecnologia e inteligência artificial. </li></ul>
  15. 15. As variáveis tecnológicas <ul><li>Ritmo alucinante das inovações: Telecomunicações e redes, crescimento telefonia móvel, banda larga, wireless e a Tv digital interativa. </li></ul>
  16. 16. INTERNET <ul><li>Revolução no mundo dos negócios: crescimento do e-commerce, sites de venda, leilões eletrônicos, bankhome. </li></ul>
  17. 17. E- business / E-commerce
  18. 18. ANÁLISE DO SETOR
  19. 19. MACRO E MICRO MACROAMBIENTE MICROAMBIENTE Variáveis Econômicas Variáveis Sócio-ambientais Variáveis Tecnológicas Variáveis Politicas Ameaça de novos entrantes Poder de barganha dos compradores Produtos substitutos Poder de barganha dos fornecedores Rivalidade entre concorrentes
  20. 20. ANÁLISE DO AMBIENTE INTERNO
  21. 21. SWOT
  22. 22. Processo de Planejamento Estratégico Fonte: Fernandes, Oliveira 2004
  23. 24. ALINHAMENTO
  24. 26. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO MODELO HANDERSON VENKATRAMAN <ul><li>Henderson e Venkatraman (1993) propuseram um modelo, denominado Modelo de Alinhamento Estratégico , </li></ul><ul><li>OBJETIVO: analisar a importância estratégica do papel da TI -Tecnologia de Informação dentro das empresas. </li></ul><ul><li>Quatro domínios : interno, externo, negócio e TI </li></ul>
  25. 27. PERSPECTIVAS DO ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Modelo de Alinhamento Estratégico Fonte: Handerson e Venkatraman (1993)
  26. 28. Execução Estratégica Modelo de Alinhamento: Execução Estratégica Fonte: adaptado de Handerson e Venkatraman (1993)
  27. 29. Transformação Tecnológica Modelo de Alinhamento: Execução Estratégica Fonte: adaptado de Handerson e Venkatraman (1993)
  28. 30. Potencial Competitivo Modelo de Alinhamento: Execução Estratégica Fonte: adaptado de Handerson e Venkatraman (1993)
  29. 31. Nível de Serviço Modelo de Alinhamento: Execução Estratégica Fonte: adaptado de Handerson e Venkatraman (1993)
  30. 32. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO Modelo de Alinhamento Estratégico Fonte: Handerson e Venkatraman (1993)
  31. 33. Referências Bibliográficas <ul><li>DAVENPORT & PRUSAK,(2003). Conhecimento Empresarial: como as empresasgerenciam seu capital intelectual . Rio de Janeiro. Ed Campus. </li></ul><ul><li>HENDERSON, J.C.; VENKATRAMAN, N. Strategic alignment: leveraging information technology for transforming organizations . IBM Systems Journal, v.32, n.1, p.4-16, 1993. </li></ul><ul><li>LAURINDO, F. J. B. et al. O papel da Tecnologia da Informação (TI) na estratégia das organizações . Gestão e Produção, São Carlos, SP, v. 8, n. 2, p. 160-179, ago. 2001. </li></ul><ul><li>REZENDE, Denis Alcides. Planejamento de Sistemas de Informação e Informática, São Paulo: Atlas, 2003. </li></ul><ul><li>TURBAN, E.; McLEAN, E.; WETHERBE, J. Gerenciamento da Tecnologia da Informação. São Paulo: Pearson, 2004 . </li></ul>
  32. 34. <ul><li>MINTZBERG, et al. Safári de Estratégia. Porto Alegre: Bookman, 2000. </li></ul><ul><li>NOLAN R. L. Managing the crisis in data processing. Harvard Business Review V.57, n.2, Mar./Apr., 1993. </li></ul><ul><li>NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa. Rio de Janeiro: Campus, 1997. </li></ul><ul><li>O'BRIEN, James A. Sistemas de Informação e as decisões gerenciais na era da Internet. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2004. </li></ul><ul><li>OLIVEIRA, D. P. R. Sistemas de Informação gerenciais: estratégicas, táticas, operacionais. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1998. </li></ul>
  33. 35. <ul><li>LAUDON, K. C.; LAUDON, J. P. Sistemas de Informação. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2004. </li></ul><ul><li>LAURINDO, F. J. B. Tecnologia da Informação: Eficácia nas Organizações. São Paulo: Futura, 2002. </li></ul><ul><li>HANDERSON, J. C. & VENKATRAMAN. Strategic Alignment: A model for organizatiol transformation via Information Technology. Oxford University Press. 1993. </li></ul><ul><li>STEWART, Thomas A. Capital intelectual: a nova vantagem competitiva das empresas. Rio de Janeiro: Campus, 1978. </li></ul>
  34. 36. contatos <ul><li>www.slideshare.net/sionara14 </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul>

×