Mercado financeiro

34,292 views
33,504 views

Published on

1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
  • não é tão fácil ter bons lucros em investimentos, eu estudo muito sobre investimentos e sei o quanto é dificil, eu já tenho um bom resultado, mas isso foi com muito esforço, inclusive vou deixar um link de umas aulas que fiz recentemente e me ajudou bastante COPIAR E COLAR NO NAVEGADOR:
    LINK: http://bit.ly/investidor1
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
34,292
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
534
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Mercado financeiro

  1. 1. SISTEMA FINANCEIRO
  2. 2. MERCADO FINANCEIRO • Mercado monetário; • Mercado de crédito; • Mercado de capitais; • Mercado cambial;
  3. 3. MERCADO MONETÁRIO • O mercado monetário envolve as operações de curto e curtíssimo prazos, proporcionando um controle ágil e rápido da liquidez da economia e das taxas de juros básicas pretendidas pela política econômica das autoridades monetárias.
  4. 4. MERCADO MONETÁRIO • Neste mercado, encontra-se estruturado visando ao controle da liquidez monetária da economia. Os papeis são negociados nesses mercado tendo como parâmetro de referencia a taxa de juros, que se constitui em sua mais importante moeda de transação. Os papeis que lastreiam as operações do mercado monetário caracterizam-se pelos reduzidos prazos de resgate e alta liquidez.
  5. 5. MERCADO MONETÁRIO • São negociados, principalmente, os papeis emitidos pelo Banco Central do Brasil voltados à execução da política monetária do Governo Federal (ex.: BBC – bônus do Banco Central) e pelo Tesouro Nacional emitidos com o objetivo de financiar o orçamento público (ex.: NTN – notas do tesouro nacional; LTN – Letras do Tesouro Nacional).
  6. 6. MERCADO DE CRÉDITO • O mercado de crédito engloba as operações de financiamento de curto e médio prazos, direcionadas aos ativos permanentes e capital de giro das empresas. Esse mercado é constituído, basicamente, pelos Bancos Comerciais e Sociedades Financeiras.
  7. 7. MERCADO DE CRÉDITO • Este mercado visa fundamentalmente suprir as necessidades de caixa de curto e médio prazos dos vários agentes econômicos, seja por meio da concessão de créditos às pessoas físicas, seja por empréstimos e financiamentos às empresas.
  8. 8. MERCADO DE CAPITAIS • O mercado de capitais contempla as operações financeiras de médio e longo prazos, e de prazo indeterminado, como as operações com ações. • O mercado de capitais assume papel dos mais relevantes no processo de desenvolvimento econômico. É o grande municiador de recursos permanentes para a economia, em virtude da ligação que efetua entre os que tem capacidade de poupança, ou seja, os investidores, e aqueles carentes de recursos de longo prazo, ou seja que apresentam déficits de investimento.
  9. 9. MERCADO DE CAPITAIS • O mercado de capitais está estruturado de forma a suprir as necessidades de investimentos dos agentes econômicos, por meio de diversas modalidades de financiamentos a médio e longo prazos para capital de giro e capital fixo. É constituído pelas instituições financeiras não bancárias, instituições componentes do sistema de poupança e empréstimo e diversas instituições auxiliares.
  10. 10. MERCADO DE CAPITAIS • Os principais instrumentos de financiamento existentes no mercado de capitais brasileiro são: • Ações; • Debêntures; • Notas promissórias (commercial papers)
  11. 11. MERCADO DE CÂMBIO • O mercado cambial é o segmento financeiro em que ocorrem operações de compras e vendas de moedas internacionais conversíveis, ou seja, em que se verificam conversões de moeda nacional em estrangeiras e vice-versa. Esse mercado reúne todos os agentes econômicos que tenham motivos para realizar transações financeiras, investidores e bancos centrais, que tenham necessidades de realizar exportações e importações, pagamentos de dividendos, juros e principal de dívidas, royalties e recebimentos de capitais e outros valores.
  12. 12. MERCADO DE CÂMBIO • O Banco Central, de forma mais específica, atua nesse mercado cambial visando principalmente ao controle das reservas cambiais da economia e manter o valor da moeda nacional em relação a outras moedas internacionais.
  13. 13. MERCADO DE CÂMBIO • A demanda por moeda estrangeira está refletida nos importadores, investidores internacionais, devedores que desejam amortizar seus compromissos com credores estrangeiros, empresas multinacionais que necessitem remeter capitais e dividendos etc. No grupo de vendedores de moedas estrangeiras, incluem-se os exportadores, os tomadores de empréstimos, os turistas que deixam o país, entre outros.
  14. 14. MERCADO DE CÂMBIO • As operações cambiais processam-se basicamente por meio de operadores de câmbio (corretores), que são especialistas vinculados às instituições financeiras na função de transacionar divisas, e as corretoras de câmbio, que atuam como intermediários entre os operadores e os agentes econômicos interessados em comprar ou vender moedas. O corretor de câmbio intervém nas operações cambiais aproximando as partes interessadas em negociar divisas e municiando os participantes com importantes informações relacionadas à negociações e taxas de mercado.
  15. 15. MERCADO DE CÂMBIO • É importante destacar que no Brasil, as operações de compra e venda de moedas estrangeiras somente podem ser realizadas por meio das autoridades monetárias, constituindo um monopólio do governo.

×