Exercicio contabil dfc
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Exercicio contabil dfc

on

  • 4,926 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,926
Slideshare-icon Views on SlideShare
4,926
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
67
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Exercicio contabil dfc Exercicio contabil dfc Document Transcript

    • Exercicio Prático n. 01 - DFC A NBCT 3.8 trata especificamente da Demonstração do Fluxo de Caixa. Nesta página, apresentaremos apenas exercícios práticos. A teoria poderá ser verificada na pagina denominada legislação, neste site. Bons estudos! EXERCÍCIO. Considerando que a DFC – Demonstração do Fluxo de Caixa, é elaborada a partir da analise do Balanço Patrimonial e da Demonstração do Resultado do Exercício- DRE, é proposto o exercício abaixo: Elaborar a DFC pelo Metodo Direto Elaborar a DFC pelo Método Indireto
    • Primeiro Passo: Calculando os recebimentos das vendas Nota se que não temos a informação se as vendas brutas constante na DRE, de R$ 3.000,00 foram a prazo ou a vista. Em situações como esta ( comum em concursos), temos que considerar que as vendas foram a prazo, e analisar a conta Duplicatas a receber, para verificar o montante recebido, que irá compor o fluxo de caixa. Para sabermos exatamente o valor que foi recebido ( entrada de dinheiro no caixa/Disponivel, usaremos a seguinte formula: Saldo inicial + Vendas totais – saldo Final. O resultado será o valor efetivo que entrou no caixa, como segue: ( veja o balanço Patrimonial) Aplicando a formula, temos então o valor de recebimetos de R$ 2.700,00 que constitui uma entrada de caixa, portanto será evidenciada na DFC. No Fluxo das Operações > Recebimentos de Vendas. Segundo Passo: Calculando os pagamentos de fornecedores, ou de compras. Para encontrar o valor pago aos fornecedores, é necessário calcular o total de compras efetuada no periodo ( esta informação não aparece nas demonstrações financeiras). Para encontrarmos este valor ( das Compras) vamos aplicar a formula do Custo da Mercadoria Vendida – CMV, e posteriormente fazer a analise na conta fornecedores, como segue. Pela formula, temos que o valor das compras corresponde a R$ 1.750,00 Tendo identificado o valor total das compras, usaremos o mesmo critério ( formula) utilizado para identificar o valor das vendas recebidas, mas neste caso, com a conta fornecedores e teremos o valor efetivo que saiu do caixa. ( para compor a saída na DFC no fluxo das operações > pagamentos a fornecedores)
    • Observem que a informação de saldo inicial e saldo final, da conta fornecedores, são encontradas no Balanço Patrimonial. O valor das Compras de R$ 1.750,00 foram calculados usando a formula, tendo como inicio o CMV que e ncontra se na DRE. Em situações como esta, o valor das compras deve ser considerado a prazo, e a saída de dinheiro do caixa/disponivel, é calculada analizando a conta fornecedores. Terceiro Passo: Verificação dos valores das despesas Operacionais, que foram efetivamente pagas, gerando saído do caixa. Para identificar se as despesas Opercionais (DRE) foram pagas ou provisionadas, temos que observar a variação no passivo circulante. Se houver aumento na contas de despesas a pagar, de um ano para o outro, significa que aquele valor foi apenas provisionado. Analisaremos a seguir, a variação das demais contas, com base no Balanço Patrimonial: No patrimônio líquido, percebe se que não houve variações pois os saldos permanecem o mesmo, exceto da conta Reservas de lucro, que recebeu incremento de R$ 300,00. Quarto Passo: Elaboração da DFC
    • Conclusão: Observa-se que o resultado econômico (DRE) foi R$ 300 de lucro, entretanto o resultado financeiro foi de R$ -50,00 Notadamente, a redução das disponibilidades, esta evidenciada no consumo de caixa nas atividades de financiamento e de investimento.
    • Demonstração da Empresa Vale do Rio Vermelho S/A em 31/12/2008. Método indireto.