0
Gestão Estratégica em Portais
Corporativos e Intranets
São Paulo
20 de Outubro de 2010
Érico Andrei
• Gerente de consultoria na Assessoria da
Presidência da Editora Abril
• Consultor de Marketing - Microsoft B...
Érico Andrei
• Diretor da Simples Consultoria
• Consutoria em gestão do conteúdo,
arquitetura da informação e usabilidade
...
Érico Andrei
• 12 anos de experiência com comunicação
interna e portais
• Implementações em empresas como:
• Caixa, Univer...
E para evitar o efeito
Google
Pai de uma linda garota
Part time nerd
Amante do Juventus da Mooca
Agenda
• Overview: Gestão estratégica em portais
• Planejamento aplicado a Portais e Intranet
• Gestão de Conteúdo
• Novas...
A comunicação é mais
ágil e colaborativa
Ajuste de expectativas
• Colaboradores de sua empresa:
• Possuem acesso internet irrestrito?
• Permissão para incluir info...
Ajuste de expectativas
• Canais de comunicação:
• Intranet/Internet/TV Corporativa
• E-mail marketing
• Café com o Preside...
Qual o canal de
comunicação mais
efetivo?
Desafio: Efetividade de
canais informais
• Extremamente ágil (disseminação viral)
• Não há “accountability”
• Discrição no ...
Portal Corporativo:
Resposta pragmática
• Agilidade de publicação de informação
• Consulta ao histórico da empresa
• Refer...
Sofismos quando o
assunto são Portais
Conteúdo
“O desafio é disponibilizar todo o conteúdo
online!”
Tecnologia
“Vamos desenhar a solução ideal, fazer o
projeto, licitar e depois implantaremos!”
Organização
“Nenhuma das áreas atuais consegue
absorver mais esta tarefa.Vamos criar uma
nova área!”
Cultura
“Como assim a informação estará disponível
para qualquer um?”
Uma dose de lógica e
Conteúdo
O desafio é disponibilizar o conteúdo
certo para o meio online.
Tecnologia
Nenhum portal estará “pronto”. Pela sua
própria natureza eles são trabalhos
inacabados.
Implemente por fases / ...
Organização
Um portal corporativo é criado e mantido
pelo esforço de várias áreas em conjunto.
Cultura
Cada informação deve ter seu público. Cada
público deve ter a sua informação.
teoria
5 leis da
biblioteconomia
• Livros são para usar
• Para cada leitor, seu
livro
• Para cada livro, seu
leitor
• Poupe o tem...
5 leis da gestão de
conteúdo
• Conteúdo é para usar
• Para cada usuário, seu
conteúdo
• Para cada conteúdo, seu
usuário
• ...
são a chave para o
sucesso
Conteúdo
• Pense nos dois grupos de usuários de um
portal -- Consumidores e produtores de
informação
• Cada público tem su...
Ministério da Fazenda
Portal Cidadão
Tecnologia
• Crescimento orgânico ao invés de grandes
lançamentos -- web x cliente/servidor
• Pense em integração de tecno...
Super-especificado
Super-utilizado
Organização
• Descentralização da atualização das
informações
• Distribuição de responsabilidades
• Equipe enxuta para edi...
Cultura
• A informação circula na organização,
independente dos esforços em contrário
• Permita que seus usuários possam n...
Agenda
• Overview: Gestão estratégica em portais
• Planejamento aplicado a Portais e Intranet
• Gestão de Conteúdo
• Novas...
Conteúdo colaborativo
em todos os lugares
• Não é um fenômeno recente
• Não é um fenômeno apenas internet
• Sucesso em out...
A internet cataliza este
fenômeno
• Menos limitações técnicas
• Agilidade permite experimentações
• Novas marcas não têm “...
O mito Web 2.0
• Uma revolução ?
• Uma nova bolha ?
• Um modismo ?
• Uma forma de construção de aplicações ?
• Uma evoluçã...
Web 2.0 nos ‘90s
• Houve uma bolha -- “exuberância
irracional” (Alan Greenspan)
• Qualquer idéia valia muito dinheiro -- a...
Amazon.com
Amazon.com
IMDB
IMDB
E-Bay
Colaboração na web é
essencial ...
• Amazon usa a colaboração como atrativo
de sua loja -- “boca a boca”
• IMDB permite qu...
... nas organizações,
menor esforço ...
• Informação é criada/captada de maneira
descentralizada
• Centralizar a “inserção...
... e economia
• Qual a melhor forma de remover uma
montanha?
• Máquinas deVon Neumann!
• Para sites como Slashdot, Digg, ...
Slashdot
Digg
Reddit
Del.icio.us
Wikipedia
Wikipedia
Wikipedia
Colaboração + Edição
• Nenhuma colaboração é ruim, muito ruim
• Muita colaboração pode ser pior
• Buscar um meio termo?
• ...
= Maturidade
• Serviços, colaboração, conteúdo criado
próximo aos seus responsáveis
• Portal Colaborativo centralizado e
e...
Exercício
Colaboração no Portal
Agenda
• Overview: Gestão estratégica em portais
• Planejamento aplicado a Portais e Intranet
• Gestão de Conteúdo
• Novas...
Conteúdo + Forma
• Diferente do “reclame” de um certo
refrigerante: Imagem é importante!
• Por outro lado, o conteúdo tamb...
Na cabeça do usuário
• Onde estou?
• Por onde devo começar?
• Onde está o que procuro?
• Qual é o próximo passo?
• Como eu...
Quando portais falham
com usuários
• Dificuldade de localizar informações
• Tom inapropriado
• Design ruim
• Excesso de ale...
Portais de sucesso:
Receita de bolo
• Design Funcional
• Utilidade
• Facilidade de localizar informações
• Personalização
...
Mito 1:
Usuários lêem as páginas dos portais
• Verdade:
• o usuário “passa os olhos” (scan) pela página até
encontrar pala...
Mito 1:
Usuários lêem as páginas dos portais
Eyetracking III
http://www.poynterextra.org/eyetrack2004/main.htm
Mito 1:
Usuários lêem as páginas dos portais
Eyetracking III
http://www.poynterextra.org/eyetrack2004/main.htm
Mito 2:
Usuários sempre escolhem a melhor
opção
• Verdade:
• o usuário escolhe sempre a primeira opção mais
razoável.
• Po...
Mito 3:
Usuários não tentam advinhar como as
coisas funcionam
• Verdade:
• o usuário utiliza a “tentativa e erro”
• Porquê...
Atributos de
usabilidade
• Jakob Nielsen:uma estratégia de usabilidade deve
ser pautada em 5 atributos
• Facilidade de Apr...
Facilidade de
Aprendizado
Um sistema é considerado de fácil
aprendizado quando usuários inexperientes
conseguem atingir um...
Facilidade de
Aprendizado
O sistema deve ser fácil de aprender de tal
forma que o usuário consiga explorá-lo e
realizar su...
Facilidade de
Aprendizado
Se um usuário não aprende a usar um site
sistema/site logo na primeira oportunidade,
certamente ...
Facilidade de
Aprendizado
• Previsibilidade
• O usuário conhece o histórico de interações e é capaz de
determinar o result...
Facilidade de
Aprendizado
Dilbert:
Seus requerimentos
de usuário incluem
400 funcionalidades
Dilbert:
Você sabe que
nenhum...
Eficiência de uso
• A quantidade de recursos alocados para realizar uma tarefa é
o que mede a eficiência de uso – o mais imp...
Eficiência de uso
• Tempos Resposta instantâneos ou de curta
duração são desejáveis em qualquer sistema
interativo.
• Quant...
Eficiência de uso
• A eficiência de uso é aumentada quando:
• Os procedimentos necessários ao cumprimento
da tarefa são comp...
Facilidade de
Memorização
• Após um certo período sem utilizá-lo, o usuário
não freqüente é capaz de retornar ao sistema e...
Facilidade de
Memorização
Baixa taxa de erros
• Erro é qualquer ação que quando executada não
atinge o seu objetivo final
• Em um website com baixa t...
Baixa taxa de erros
Moça: Agora digite
“23” no campo.
Rapaz: Ok
Rapaz: Bom no quesito “Bug” foi
muito ruim, certo?
Moça: S...
Satisfação Subjetiva
• O usuário considera agradável a interação
com o website e se sente subjetivamente
satisfeito com el...
Satisfação Subjetiva
O quê? Você não
deveria ter feito isso!
Isto é tão estúpido!! Eu
não posso acreditar!!
Moça: Como est...
Facilidade de uso: Objetivo final da
usabilidade
Rapaz Moreno: Eu estive pensando que é melhor
nos oferecemos poucas opções...
Exercício
Como o Portal lida com
usabilidade
Agenda
• Overview: Gestão estratégica em portais
• Planejamento aplicado a Portais e Intranet
• Gestão de Conteúdo
• Novas...
Há muitas opções
• A escolha tecnológica costuma ser
complexa, pois existem:
• Diferentes demandas
• Diferentes soluções
•...
Usando um martelo
Pregos como solução
• Existem demandas REALMENTE
especializadas:
• Integração com sistemas legados
• Regras de negócio pró...
Um pouco de
arqueologia Wikiana
• “ A base de dados online mais simples e
funcional”
• Colaboração e edição “livres”, mas ...
Wikipedia
• Objetivo:“Ser a versão moderna das
enciclopédias”
• Gigante: 253 idiomas e 2MM de artigos
(en); 300k (pt)
• Cr...
Wiki em casa
• Agilidade e histórico de alterações são
características importantes
• No software livre os wikis são A mane...
e qual a solução de
software escolher
• WikiMedia
• MoinMoin
• FlexWiki,Windows SharePoint Services
• Trac, ZWiki, Plone
Blogs são outro prego
importante
• Blogs são uma maneira efetiva, informal e
bastante ágil de comunicação
• Perguntas:
• Q...
Comunicação externa
• Transparência Radical !
• Usado por empresas como:
• Google, Microsoft,Yahoo
• GM, Kia, Fiat
• Wal M...
Blog do Google
Blog do Google
Blog do Live Search
Blog do Live Search
... endormarketing ...
• Corporações maduras acabam por adotar
diversas formas de endomarketing
• Blogs são mais uma manei...
e processos internos
• Documentação de projetos é a “killer
application” para blogs corporativos
• Principalmente quando u...
Coleção de pregos
soltos
• Classificados
• Organograma
• Lista de ramais
• Listagem de aniversariantes
• Reservas de recurs...
Caixa de pregos
• Era do “Software como Serviço” -- SaaS
• Empresas globais oferecem soluções de
portais hospedadas em seu...
Gigantes no playground
• Google Apps
• Sites, colaboração, email, agenda, IM,
produtividade
• Microsoft Office Live
• Sites...
Google Apps
Google Apps
Quando escolher um
canivete suíço
Mais do que
colaboração
• Portais corporativos são mais do que
colaboração e edição
• Como os portais horizontais da web, ...
Agilizando os processos
internos
• Serviços agregados a portais corporativos
significam economia E agilidade
• Serviços de ...
Capacitando pessoas
• Hoje são exceções as empresas que ainda
não disponibilizam alguma solução de e-
learning para seus f...
Solução best of breed
• Existem produtos que prometem suprir
todas as demandas de uma corporação --
com ferramentas median...
Plone
Plone
MediaWiki
MoinMoin
WordPress
Federação de Portais
• A evolução de portais corporativos, em
grandes empresa, leva necessariamente a
federação de portais...
Federação de Portais
• A evolução de portais corporativos, em
grandes empresa, leva necessariamente a
federação de portais...
Agenda
• Overview: Gestão estratégica em portais
• Planejamento aplicado a Portais e Intranet
• Gestão de Conteúdo
• Novas...
Exercício
O que se espera dos
Portais corporativos?
Raciocínio lógico!
• Mensuração de resultados é uma atividade
lógica e racional
• Mesmo quando analisando intangíveis
• Pr...
Exercitando
Grupos de n pessoas
Serão 5 minutos para
responder a 1 pergunta
Por favor, sem
“achismos”
A pergunta é ...
Qual o número de ... na
cidade de São Paulo?
O que acabou de
acontecer
• Pergunta de Fermi
• Quebra de um problema
em partes menores
• Aproximação
• Bom senso (?)
No dia a dia
• Indicadores podem ser quantitativos ou
qualitativos
• Nem sempre temos indicadores claros
• Ações têm resul...
Outro exercício
• Indicadores de algumas ações:
• Campanha de incentivo a vendas
• Pesquisa de clima
• Intranet
• Café com...
O processo ideal
• Comunicação produtora é demandada para
realizar ações
• Comunicação estratégica é demandada
para planejar ações
• Dada uma demanda (resultado esperado):
• Entenda o problema a ser resolvido
• Diagnostique as causas
• Reforce os objeti...
MENSURE
Fotografe o antes
• Tenha dados objetivos sobre a situação
existente
• Seu trabalho deve partir destes dados
• E se não ti...
Momento Nerd
• Quem é este rapaz?
• Vocês sabem me dizer
por qual trabalho ele
recebeu o Nobel de
Física?
• Efeito Fotoelé...
E por que mesmo...
• Cuidado com o levantamento de dados
• Observação altera o observado
• Pesquisas/enquetes mal realizad...
Muito obrigado
Érico Andrei
Simples Consutoria
http://www.simplesconsultoria.com.br
erico@simplesconsultoria.com.br
(11)38...
Gestão Estratégica em Portais Corporativos e Intranets
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Gestão Estratégica em Portais Corporativos e Intranets

1,691

Published on

Seminário de Gestão Estratégica em Portais Corporativos e Intranets ministrado por Érico Andrei para o IBC Brasil em 20 de outubro de 2010

Published in: Technology, Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,691
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
91
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Gestão Estratégica em Portais Corporativos e Intranets"

  1. 1. Gestão Estratégica em Portais Corporativos e Intranets São Paulo 20 de Outubro de 2010
  2. 2. Érico Andrei • Gerente de consultoria na Assessoria da Presidência da Editora Abril • Consultor de Marketing - Microsoft Brasil • Consultor - Estratégias Online • Diretor de Marketing da APyB • Professor de Administração e Marketing (UNIP, UNICSUL)
  3. 3. Érico Andrei • Diretor da Simples Consultoria • Consutoria em gestão do conteúdo, arquitetura da informação e usabilidade • Especialistas em • Nos orgulhamos de ser uma “life-style company”
  4. 4. Érico Andrei • 12 anos de experiência com comunicação interna e portais • Implementações em empresas como: • Caixa, Universidade Metodista, Editora Abril, Editora Confiança, Prefeitura de São Paulo, Certisign, Saraiva, Essencis.
  5. 5. E para evitar o efeito Google
  6. 6. Pai de uma linda garota
  7. 7. Part time nerd
  8. 8. Amante do Juventus da Mooca
  9. 9. Agenda • Overview: Gestão estratégica em portais • Planejamento aplicado a Portais e Intranet • Gestão de Conteúdo • Novas Tecnologias e Inovação: Mídias Sociais • Mensuração de Resultados
  10. 10. A comunicação é mais ágil e colaborativa
  11. 11. Ajuste de expectativas • Colaboradores de sua empresa: • Possuem acesso internet irrestrito? • Permissão para incluir informações na intranet? • Canais de comunicação claros e conhecidos ?
  12. 12. Ajuste de expectativas • Canais de comunicação: • Intranet/Internet/TV Corporativa • E-mail marketing • Café com o Presidente • Programas de liderança • Rádio-Peão/Corredor-Press ?
  13. 13. Qual o canal de comunicação mais efetivo?
  14. 14. Desafio: Efetividade de canais informais • Extremamente ágil (disseminação viral) • Não há “accountability” • Discrição no acesso à informação • É uma troca de informações...
  15. 15. Portal Corporativo: Resposta pragmática • Agilidade de publicação de informação • Consulta ao histórico da empresa • Referências cruzadas • Possibilita discrição no acesso à informação • Idealmente, canal de 2 vias
  16. 16. Sofismos quando o assunto são Portais
  17. 17. Conteúdo “O desafio é disponibilizar todo o conteúdo online!”
  18. 18. Tecnologia “Vamos desenhar a solução ideal, fazer o projeto, licitar e depois implantaremos!”
  19. 19. Organização “Nenhuma das áreas atuais consegue absorver mais esta tarefa.Vamos criar uma nova área!”
  20. 20. Cultura “Como assim a informação estará disponível para qualquer um?”
  21. 21. Uma dose de lógica e
  22. 22. Conteúdo O desafio é disponibilizar o conteúdo certo para o meio online.
  23. 23. Tecnologia Nenhum portal estará “pronto”. Pela sua própria natureza eles são trabalhos inacabados. Implemente por fases / funcionalidades.
  24. 24. Organização Um portal corporativo é criado e mantido pelo esforço de várias áreas em conjunto.
  25. 25. Cultura Cada informação deve ter seu público. Cada público deve ter a sua informação.
  26. 26. teoria
  27. 27. 5 leis da biblioteconomia • Livros são para usar • Para cada leitor, seu livro • Para cada livro, seu leitor • Poupe o tempo do leitor • A biblioteca é um organismo em crescimento S. R. Ranganathan
  28. 28. 5 leis da gestão de conteúdo • Conteúdo é para usar • Para cada usuário, seu conteúdo • Para cada conteúdo, seu usuário • Poupe o tempo do usuário • O portal é um organismo em crescimento S. R. Ranganathan
  29. 29. são a chave para o sucesso
  30. 30. Conteúdo • Pense nos dois grupos de usuários de um portal -- Consumidores e produtores de informação • Cada público tem suas necessidades, objetivos e conhecimentos •“Poupe o tempo do usuário” •“Conteúdo é para se usar”
  31. 31. Ministério da Fazenda
  32. 32. Portal Cidadão
  33. 33. Tecnologia • Crescimento orgânico ao invés de grandes lançamentos -- web x cliente/servidor • Pense em integração de tecnologias, em soluções “best of breed” • Tecnologias se tornam obsoletas •“O portal é um organismo em crescimento”
  34. 34. Super-especificado
  35. 35. Super-utilizado
  36. 36. Organização • Descentralização da atualização das informações • Distribuição de responsabilidades • Equipe enxuta para edição do portal •“Para cada conteúdo, seu usuário” •“Para cada usuário, seu conteúdo”
  37. 37. Cultura • A informação circula na organização, independente dos esforços em contrário • Permita que seus usuários possam não apenas consultar a informação, mas editá-la, complementá-la • Mantenha controle e auditoria •“Conteúdo é para se usar”
  38. 38. Agenda • Overview: Gestão estratégica em portais • Planejamento aplicado a Portais e Intranet • Gestão de Conteúdo • Novas Tecnologias e Inovação: Mídias Sociais • Mensuração de Resultados
  39. 39. Conteúdo colaborativo em todos os lugares • Não é um fenômeno recente • Não é um fenômeno apenas internet • Sucesso em outras mídias -- com restrições • Revistas, Jornais: Seção de Cartas • Televisão:Votações via telefone
  40. 40. A internet cataliza este fenômeno • Menos limitações técnicas • Agilidade permite experimentações • Novas marcas não têm “o que perder” • Usuários podem ser “Media Tycoons”
  41. 41. O mito Web 2.0 • Uma revolução ? • Uma nova bolha ? • Um modismo ? • Uma forma de construção de aplicações ? • Uma evolução natural !
  42. 42. Web 2.0 nos ‘90s • Houve uma bolha -- “exuberância irracional” (Alan Greenspan) • Qualquer idéia valia muito dinheiro -- ainda mais se bem “vendida” • Algumas realmente valiam muito dinheiro • Estas prevaleceram e criaram as bases da cultura de colaboração
  43. 43. Amazon.com
  44. 44. Amazon.com
  45. 45. IMDB
  46. 46. IMDB
  47. 47. E-Bay
  48. 48. Colaboração na web é essencial ... • Amazon usa a colaboração como atrativo de sua loja -- “boca a boca” • IMDB permite que pessoas opinem e auxiliem na revisão de seu cadastro • E-bay / Mercado-Livre têm no mecanismo de reputação o seu controle de qualidade
  49. 49. ... nas organizações, menor esforço ... • Informação é criada/captada de maneira descentralizada • Centralizar a “inserção” de conteúdo é um contrasenso • Idealmente: Informação deve ser inserida por aqueles que a produzem/captam
  50. 50. ... e economia • Qual a melhor forma de remover uma montanha? • Máquinas deVon Neumann! • Para sites como Slashdot, Digg, Reddit, Del.icio.us e Wikipedia: Internautas • Para sua organização: Colaboradores!
  51. 51. Slashdot
  52. 52. Digg
  53. 53. Reddit
  54. 54. Del.icio.us
  55. 55. Wikipedia
  56. 56. Wikipedia
  57. 57. Wikipedia
  58. 58. Colaboração + Edição • Nenhuma colaboração é ruim, muito ruim • Muita colaboração pode ser pior • Buscar um meio termo? • Resposta simples e correta: NÃO! • Edição é a resposta! Edite a página principal e indique os caminhos a serem seguidos
  59. 59. = Maturidade • Serviços, colaboração, conteúdo criado próximo aos seus responsáveis • Portal Colaborativo centralizado e editorializado -- facilitando o acesso à informação • A maturidade é a soma de muita colaboração E acesso a informação
  60. 60. Exercício Colaboração no Portal
  61. 61. Agenda • Overview: Gestão estratégica em portais • Planejamento aplicado a Portais e Intranet • Gestão de Conteúdo • Novas Tecnologias e Inovação: Mídias Sociais • Mensuração de Resultados
  62. 62. Conteúdo + Forma • Diferente do “reclame” de um certo refrigerante: Imagem é importante! • Por outro lado, o conteúdo também é muito importante. • A soma destes dois fatores provê o resultado da experiência do usuário
  63. 63. Na cabeça do usuário • Onde estou? • Por onde devo começar? • Onde está o que procuro? • Qual é o próximo passo? • Como eu entro em contato para mais informações? ?
  64. 64. Quando portais falham com usuários • Dificuldade de localizar informações • Tom inapropriado • Design ruim • Excesso de alegorias • Falta de atenção à detalhes
  65. 65. Portais de sucesso: Receita de bolo • Design Funcional • Utilidade • Facilidade de localizar informações • Personalização • Inovador
  66. 66. Mito 1: Usuários lêem as páginas dos portais • Verdade: • o usuário “passa os olhos” (scan) pela página até encontrar palavras ou frases que chamem atenção. • Porquês: • Tempo: Estamos sempre com pressa; • Relevância: Não precisamos ler tudo, existem informações que não são importantes para nós • Tendência: O ser humano é bom em scanear.
  67. 67. Mito 1: Usuários lêem as páginas dos portais Eyetracking III http://www.poynterextra.org/eyetrack2004/main.htm
  68. 68. Mito 1: Usuários lêem as páginas dos portais Eyetracking III http://www.poynterextra.org/eyetrack2004/main.htm
  69. 69. Mito 2: Usuários sempre escolhem a melhor opção • Verdade: • o usuário escolhe sempre a primeira opção mais razoável. • Porquês: • Necessidade: Utilizamos a web como um dos principais meios de buscar informações. • Tempo: Estamos sempre com pressa; • Tendência: Clicar em vários links até descobrir o que se procura ou mudar de site;
  70. 70. Mito 3: Usuários não tentam advinhar como as coisas funcionam • Verdade: • o usuário utiliza a “tentativa e erro” • Porquês: • Tempo: Estamos sempre com pressa; • Tendência: Não temos as instruções sobres como as coisas funcionam • Costume: Fomos educados a agir desta forma
  71. 71. Atributos de usabilidade • Jakob Nielsen:uma estratégia de usabilidade deve ser pautada em 5 atributos • Facilidade de Aprendizado • Eficiência de Uso • Facilidade de Memorização • Baixa taxa de erros • Satisfação Subjetiva Jakob Nielsen, considerado um dos ‘papas’ da usabilidade
  72. 72. Facilidade de Aprendizado Um sistema é considerado de fácil aprendizado quando usuários inexperientes conseguem atingir um certo grau de proficiência em um curto período de tempo
  73. 73. Facilidade de Aprendizado O sistema deve ser fácil de aprender de tal forma que o usuário consiga explorá-lo e realizar suas tarefas com ele
  74. 74. Facilidade de Aprendizado Se um usuário não aprende a usar um site sistema/site logo na primeira oportunidade, certamente pensará em outras alternativas mais fáceis na próxima vez em que precisar de informações ou serviços, que teoricamente, seria capaz de obter naquele sistema/site
  75. 75. Facilidade de Aprendizado • Previsibilidade • O usuário conhece o histórico de interações e é capaz de determinar o resultado de interações futuras. • Familiaridade • Não só com computadores, mas também como o contexto ou assunto/área de conhecimento. • Poder de Generalização • Consistência – possibilidade de replicar os passos ou conceitos já aprendidos em outras ocasiões em situações similiares.
  76. 76. Facilidade de Aprendizado Dilbert: Seus requerimentos de usuário incluem 400 funcionalidades Dilbert: Você sabe que nenhum ser humano é capaz de utilizar um sistema com tamanha complexidade? Chefe: Você tem razão. Eu deveria ter adicionado “Fácil de Usar” no início da lista
  77. 77. Eficiência de uso • A quantidade de recursos alocados para realizar uma tarefa é o que mede a eficiência de uso – o mais importante de todos é o TEMPO. • Quanto tempo o usuário levou para localizar uma dada informação ou produto? • Quanto tempo ele levou para preencher o formulário? • Quanto tempo você leva para pagar uma conta no internet banking? • Quanto tempo você leva para realizar uma busca no Google?
  78. 78. Eficiência de uso • Tempos Resposta instantâneos ou de curta duração são desejáveis em qualquer sistema interativo. • Quanto tempo é necessário para informar o usuário de alterações de estado? • Se a resposta não puder ser imediata, o sistema deve pelo menos indicar ao usuário que recebeu sua solicitação e a está processando
  79. 79. Eficiência de uso • A eficiência de uso é aumentada quando: • Os procedimentos necessários ao cumprimento da tarefa são compatíveis com as características psicológicas do usuário; • Procedimentos, tarefas são organizadas de maneira a respeitar as expectativas ou costumes do usuário; • Quando traduções, transposições, interpretações, ou referências a documentação são minimizadas.
  80. 80. Facilidade de Memorização • Após um certo período sem utilizá-lo, o usuário não freqüente é capaz de retornar ao sistema e realizar suas tarefas sem a necessidade de reaprender a interagir com ele; • Usuários não devem ter que memorizar lista de dados ou operações complicadas; • Ele não deve ter que recorrer à documentações ou sistemas de ajuda.
  81. 81. Facilidade de Memorização
  82. 82. Baixa taxa de erros • Erro é qualquer ação que quando executada não atinge o seu objetivo final • Em um website com baixa taxa de erros, o usuário é capaz de realizar tarefas sem maiores transtornos, recuperando erros, caso ocorram • As interrupções causadas pelos erros podem gerar impacto negativo na auto-estima do usuário, em seu desempenho e consequentemente no sucesso de um website.
  83. 83. Baixa taxa de erros Moça: Agora digite “23” no campo. Rapaz: Ok Rapaz: Bom no quesito “Bug” foi muito ruim, certo? Moça: Sim, muito ruim Rapaz: Ei, você sente cheiro de fumaça? Moça: Clique no botão “Submit” Rapaz: Ok Teste de usabilidade em um sistema web de gestão de condomínio
  84. 84. Satisfação Subjetiva • O usuário considera agradável a interação com o website e se sente subjetivamente satisfeito com ele; • Quanto mais agradável um website for, mais tempo será gasto nele, mais satisfeito o usuário estará e, consequentemente, maior a probabilidade desse usuário voltar a utilizá-lo para desfrutar de mais momentos
  85. 85. Satisfação Subjetiva O quê? Você não deveria ter feito isso! Isto é tão estúpido!! Eu não posso acreditar!! Moça: Como está indo o teste de usabilidade? Rapaz: Temos alguns problemas.
  86. 86. Facilidade de uso: Objetivo final da usabilidade Rapaz Moreno: Eu estive pensando que é melhor nos oferecemos poucas opções para o usuário: manual vs automática e a cor; Rapaz Loiro: Inaceitável. A tecnologia suporta. Então daremos aos usuários o poder de escolha exatamente como eles querem Rapaz Moreno: Eu acho que vai sobrecarregá-los. A não ser que eles sejam engenheiros... Rapaz Loiro: Ei! Nós contratamos você para construir uma interface usáve, não para alterar nossos requisitos. Rapaz Moreno: (Suspiro) Tudo bem então...
  87. 87. Exercício Como o Portal lida com usabilidade
  88. 88. Agenda • Overview: Gestão estratégica em portais • Planejamento aplicado a Portais e Intranet • Gestão de Conteúdo • Novas Tecnologias e Inovação: Mídias Sociais • Mensuração de Resultados
  89. 89. Há muitas opções • A escolha tecnológica costuma ser complexa, pois existem: • Diferentes demandas • Diferentes soluções • Cada empresa necessita de uma solução “especializada” as suas necessidades(?)
  90. 90. Usando um martelo
  91. 91. Pregos como solução • Existem demandas REALMENTE especializadas: • Integração com sistemas legados • Regras de negócio próprias • Muitas empresas se beneficiariam de uma solução simples e prática: Wiki
  92. 92. Um pouco de arqueologia Wikiana • “ A base de dados online mais simples e funcional” • Colaboração e edição “livres”, mas com controle/histórico de alterações • Pouco conhecimento técnico necessário • Idéia data de 1995, quando foi criado o WikiWikiWeb;
  93. 93. Wikipedia • Objetivo:“Ser a versão moderna das enciclopédias” • Gigante: 253 idiomas e 2MM de artigos (en); 300k (pt) • Criticismo: Falta de “qualidade” do conteúdo e visões tendenciosas • Fato: Catalizador do fenômeno de wikis
  94. 94. Wiki em casa • Agilidade e histórico de alterações são características importantes • No software livre os wikis são A maneira padrão para se documentar projetos • Empresas podem adotar os wikis para documentar processos, projetos e para criar bases de conhecimento
  95. 95. e qual a solução de software escolher • WikiMedia • MoinMoin • FlexWiki,Windows SharePoint Services • Trac, ZWiki, Plone
  96. 96. Blogs são outro prego importante • Blogs são uma maneira efetiva, informal e bastante ágil de comunicação • Perguntas: • Quem tem um blog? • Quem acompanha algum blog? • E são usados por muitas empresas em ...
  97. 97. Comunicação externa • Transparência Radical ! • Usado por empresas como: • Google, Microsoft,Yahoo • GM, Kia, Fiat • Wal Mart, McDonald’s
  98. 98. Blog do Google
  99. 99. Blog do Google
  100. 100. Blog do Live Search
  101. 101. Blog do Live Search
  102. 102. ... endormarketing ... • Corporações maduras acabam por adotar diversas formas de endomarketing • Blogs são mais uma maneira de se comunicar com o público interno • A dica é usar o blog como o meio informal de comunicação entre empresa e colaboradores
  103. 103. e processos internos • Documentação de projetos é a “killer application” para blogs corporativos • Principalmente quando utilizados em projetos mais longos e com o envolvimento de vários profissionais • Ex: Gestão de Processos em escritórios de advocacia.
  104. 104. Coleção de pregos soltos • Classificados • Organograma • Lista de ramais • Listagem de aniversariantes • Reservas de recursos • Instant Messenger corporativo
  105. 105. Caixa de pregos • Era do “Software como Serviço” -- SaaS • Empresas globais oferecem soluções de portais hospedadas em seus datacenters -- acesso via web • Algumas começam com investimento ZERO
  106. 106. Gigantes no playground • Google Apps • Sites, colaboração, email, agenda, IM, produtividade • Microsoft Office Live • Sites, colaboração, CRM, serviços do Sharepoint e email
  107. 107. Google Apps
  108. 108. Google Apps
  109. 109. Quando escolher um canivete suíço
  110. 110. Mais do que colaboração • Portais corporativos são mais do que colaboração e edição • Como os portais horizontais da web, um fator de sucesso são os serviços • Demandas comuns dos colaboradores devem ser providas, online, por cada área da empresa: RH,TI, Finanças
  111. 111. Agilizando os processos internos • Serviços agregados a portais corporativos significam economia E agilidade • Serviços de diversas áreas... • Suporte, reembolsos, agendamento de férias, ponto eletrônico • ... e integrados a sistemas especializados;
  112. 112. Capacitando pessoas • Hoje são exceções as empresas que ainda não disponibilizam alguma solução de e- learning para seus funcionários; • Cursos costumam ser campeões de audiência nos portais corporativos; • Soluções de e-learning são especializadas E devem integrar-se com outros sistemas
  113. 113. Solução best of breed • Existem produtos que prometem suprir todas as demandas de uma corporação -- com ferramentas medianas • Para melhores resultados, construa sua solução com as melhores ferramentas • Há maior investimento em integração, mas há economia com as “adaptações”
  114. 114. Plone
  115. 115. Plone
  116. 116. MediaWiki
  117. 117. MoinMoin
  118. 118. WordPress
  119. 119. Federação de Portais • A evolução de portais corporativos, em grandes empresa, leva necessariamente a federação de portais • Cada área, cada processo importante, possui seu portal próprio • Portal Corporativo é O hub de acesso a estes portais temáticos.
  120. 120. Federação de Portais • A evolução de portais corporativos, em grandes empresa, leva necessariamente a federação de portais • Cada área, cada processo importante, possui seu portal próprio • Portal Corporativo é O hub de acesso a estes portais temáticos.
  121. 121. Agenda • Overview: Gestão estratégica em portais • Planejamento aplicado a Portais e Intranet • Gestão de Conteúdo • Novas Tecnologias e Inovação: Mídias Sociais • Mensuração de Resultados
  122. 122. Exercício O que se espera dos Portais corporativos?
  123. 123. Raciocínio lógico! • Mensuração de resultados é uma atividade lógica e racional • Mesmo quando analisando intangíveis • Primeira coisa a se pensar é o que se quer medir: • Qual o indicador acompanhar?
  124. 124. Exercitando
  125. 125. Grupos de n pessoas
  126. 126. Serão 5 minutos para responder a 1 pergunta
  127. 127. Por favor, sem “achismos”
  128. 128. A pergunta é ...
  129. 129. Qual o número de ... na cidade de São Paulo?
  130. 130. O que acabou de acontecer • Pergunta de Fermi • Quebra de um problema em partes menores • Aproximação • Bom senso (?)
  131. 131. No dia a dia • Indicadores podem ser quantitativos ou qualitativos • Nem sempre temos indicadores claros • Ações têm resultados financeiros e não financeiros • O exercício é determinar qual o indicador ideal para cada situação
  132. 132. Outro exercício • Indicadores de algumas ações: • Campanha de incentivo a vendas • Pesquisa de clima • Intranet • Café com o Presidente
  133. 133. O processo ideal
  134. 134. • Comunicação produtora é demandada para realizar ações • Comunicação estratégica é demandada para planejar ações
  135. 135. • Dada uma demanda (resultado esperado): • Entenda o problema a ser resolvido • Diagnostique as causas • Reforce os objetivos • Defina uma estratégia • Estabeleça metas Planejar é entender
  136. 136. MENSURE
  137. 137. Fotografe o antes • Tenha dados objetivos sobre a situação existente • Seu trabalho deve partir destes dados • E se não tiver os dados?
  138. 138. Momento Nerd • Quem é este rapaz? • Vocês sabem me dizer por qual trabalho ele recebeu o Nobel de Física? • Efeito Fotoelétrico...
  139. 139. E por que mesmo... • Cuidado com o levantamento de dados • Observação altera o observado • Pesquisas/enquetes mal realizadas alimentam os canais informais
  140. 140. Muito obrigado Érico Andrei Simples Consutoria http://www.simplesconsultoria.com.br erico@simplesconsultoria.com.br (11)3898.2121
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×