• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Artigos Terapia Holística
 

Artigos Terapia Holística

on

  • 7,648 views

Artigos sobre a Terapia Holística, Qualidade de Vida, Bem Estar. Novidades sobre técnicas.

Artigos sobre a Terapia Holística, Qualidade de Vida, Bem Estar. Novidades sobre técnicas.
veja mais: www.holisticaonline.com.br

Statistics

Views

Total Views
7,648
Views on SlideShare
7,459
Embed Views
189

Actions

Likes
1
Downloads
287
Comments
1

6 Embeds 189

http://transpositivas.blogspot.com.br 162
https://cesbonline.com.br 11
http://transpositivas.blogspot.pt 9
http://transpositivas.blogspot.com 3
http://translate.googleusercontent.com 3
http://www.slideshare.net 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

11 of 1 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Obrigada pelas palavras e pespectivas que colocou em minha vida... Fico grata por saber e por existir pessoas assim como você que publicam o matérias que nos eleva e nos faz sentir melhor, essa é a grande mágica da internet, transmitir conhecimento e pensamentos entre seres que possivelmente nunca se encontrariam de outra forma... e ela nos proporciona isso. Obrigada!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Artigos Terapia Holística Artigos Terapia Holística Document Transcript

    • Terapia Holística TUDO sobre Terapia Holística www.terapiaholistica.ning.com Reiki E as nossas emoções AMOR Conheça o Quartzo Rosa Equilibrando A CASA ● Auriculoterapia ● Reconheça seus defeitos ● Cristais Brancos ajudam a “clarear” ● Desarmonia Profissional ● E mais... Por: Simone Kobayashi Terapeuta Holística
    • ● Reiki e Nossas Emoções pg.08 ● Terapia Holística e Qualidade de Vida pg.03 ● Só por Hoje... Não se irrite pg.11 ● Faça as Pazes com você mesmo pg.15 ● Buscando Harmonia na vida amorosa? pg.21 ● Reconheça seus defeitos no outro pg.25 ● O Futuro pode ser cristalino pg.29 ● Equilibrando a Casa pg.33 ● Como oferecer Equilibrio aos filhos? pg.36 ● Pirita a Pedra da Prosperidade pg.40 ● Desarmonia Profissional e Autoestima pg.43 ● Pontos de Acupuntura na Orelha? pg.48 ● Pedras No tratamento da Dor pg.51 ● Acupuntura com Cristais? pg.54 ● Ônix a pedra da proteção energética pg.57 ● Terapia Floral: O que são essas gotinhas? pg.60 ● Como lidar com situações de perda? pg.64 ● Que tal uma faxina interna? pg.68 ● Seja completa, só ou acompanhada pg.72 Por: Simone Kobayashi Terapeuta Holística
    • Terapia Holística TUDO sobre Terapia Holística Artigos sobre a Terapia Holística, Qualidade de Vida, Bem Estar. Novidades sobre técnicas. Pontos de vista na Terapia Holística.
    • Terapia Holística TUDO sobre Terapia Holística (Terapia = harmonizar, equilibrar; Holística = holus: totalidade) é mais Qualidade de Vida e Bem-Estar para você! A Terapia Holística utiliza de uma somatória de técnicas milenares e modernas, sempre suaves e naturais, focaliza na harmonia, autoconhecimento e incrementação da sua capacidade de ser bem- sucedido. Terapia Floral, Cristaloterapia, Reiki, Acupuntura, dentre muitas outras técnicas popularmente chamadas de "terapias alternativas" são aplicadas pelo Terapeuta Holístico, adequando à melhor técnica ao momento do cliente, sempre sob o paradigma holístico.
    • *Viver na plenitude do nosso potencial, desfrutando de saúde física e mental e buscando a prosperidade e a paz*
    • Terapia Holística e Qualidade de Vida No nosso dia-a-dia, nas longas horas de trabalho, na exigência do tempo, na agenda corrida, no cliente exigente, no sócio que cobra, na competição, nas cobranças e necessidade de estar "antenado", além das responsabilidades de casa, contas, tarefas, filhos, companheiros, amigos e etc, nos colocamos no “automático”, sem perceber e pensar o que estamos fazendo com nossas vidas, sem dar atenção aos limites do nosso corpo que dá (sim!) sinais, afetando o equilíbrio do corpo e mente. É preciso parar, refletir e tomar atitudes, para que não deixemos de lado os nossos sonhos, em relação à tão esperada “Qualidade de Vida”. Desenvolver nossa qualidade de vida, alem de ser assunto de interesse atual, precisa ser nossa principal meta na vida.
    • Terapia Holística e Qualidade de Vida Por Qualidade de Vida podemos entender: * Viver na plenitude do nosso potencial, desfrutando de saúde física e mental e buscando a prosperidade e a paz; * A realização de nossos sonhos e objetivos pessoais, participando ativamente da realização da felicidade do próximo; * Viver em estado de absoluta paz e harmonia interior, em todos os níveis de relacionamento; * Qualidade de Vida é viver dia-a-dia o Bem, o Belo, o Amor, a Paz e a Verdade. Qualidade de Vida é o objetivo da Terapia Holística, assim como a busca através de autoconhecimento e a capacidade de nos equilibrar e superar obstáculos, alcançando a harmonia e realização interior.
    • *O Reiki é uma técnica suave e natural que nos ajuda a buscar uma maneira melhor de lidarmos com nossas emoções.*
    • Reiki e Nossas Emoções Técnica ajuda a lidar com os sentimentos de modo mais consciente Nós, adultos, nos acostumamos a guardar nossas emoções, não demonstrá-las, escondê-las, abafá-las. Isso porque aprendemos assim. Desde criança ouvimos: “Engole esse choro!”, “Não faça essa cara.”, “Que bobeira é essa?”. À medida que crescemos e experimentamos novas situações e sentimentos, alguns deles negativos e bem marcantes, fomos fazendo exatamente o que nos foi ensinado: guardar, esconder e abafar. É assim que aprendemos a lidar com as nossas emoções. Acumulando e guardando sentimentos negativos. Com isso, os sentimentos de amor, carinho, empatia, solidariedade, todas as nossas emoções positivas vão sendo cercadas. O nosso centro das emoções, o coração, está aberto só uma frestinha, somente o necessário, o mais seguro. Mas isso cobra seu preço. Além de experimentar a vida, só um pouquinho, o mais seguro, agora, milhares de nós não conseguem nomear o que sente, muito menos por que sente. A confusão dentro de nós é geral!
    • Reiki e Nossas Emoções Como usar o Reiki para trabalhar os sentimentos guardados O Reiki é uma técnica suave e natural que nos ajuda a buscar uma maneira melhor de lidarmos com nossas emoções. Dizemos que a energia Reiki é uma energia inteligente, ela vai para quando e onde for necessária. Sua alta vibração energética desaloja as mais densas, ou seja, os sentimentos negativos guardados e escondidos vão sendo modificados suavemente para alcançar um nível mais elevado ou se dissipar. Um a um, esses sentimentos vão se apresentando para serem trabalhados. Com a ajuda do Reiki temos o suporte para identificar e aprender a lidar com eles de forma mais consciente e saudável. Normalmente, com o Reiki, acontece primeiro uma faxina geral. Vamos lidar com os sentimentos guardados como mágoas, frustrações, raiva, tristeza, ciúme, etc. Pois não dá para “arrumar a mesa sem limpar os pratos”. Depois, a energia Reiki fornece segurança e alimento energético para que os sentimentos positivos cresçam e nosso centro energético do coração se abra. Pouco a pouco, lógico, pois levamos muito tempo para fechar, mas com a ajuda do Reiki nos abriremos para uma vida mais plena, com segurança e naturalmente.
    • Só por hoje não se irrite Reiki é a energia natural, harmônica e essencial a todo os seres. É a Energia Vital (Ki), direcionada e mantida pela Sabedoria Universal (Rei). Reiki não é religião, mas também não é apenas uma técnica a mais de harmonização e energização, na qual se aprende posições de contato com as mãos e como utilizá-las de forma correta e pronto: "Faço Reiki". Muito mais do que isso, Reiki é uma postura e uma filosofia de vida, na qual se deve incorporar e viver os princípios e os passos dados por seu precursor, Mikao Usui. Não como uma forma inquestionável de fazer coisas, mas como um modelo de caminho que pode ser seguido. Conhecido entre os reikianos, mas esquecidos no nosso dia- a-dia, os princípios do Reiki nos trazem preceitos elevados a serem seguidos e que remetem a uma modificação em nossa alma, passo a passo, mas definitiva. Cada um dos princípios é uma frase simples que podemos escolher para trabalhar. Pode ser por um dia, por alguns dias ou por tempo indeterminado, até que o aspecto negativo que tenhamos dentro de nós seja modificado e transformado em positivo. O ideal é trabalharmos cada um deles e quando todos já estiverem internalizados e aprendidos, os sigamos, todos, no nosso dia-a-dia.
    • Só por hoje... Só por hoje não se irrite Quando trabalhamos esse princípio, aprendemos a lidar com as mágoas, ressentimentos e raivas que se alojam em nós e envenenam nosso ser. Quando estamos entregues aos excessos e caprichos do ego e suas disputas, nos abalamos por pouco. Ao evitar a irritação, nos libertamos das nossas sombras, do medo e aceitamos a nós e aos outros. Só por hoje não se preocupe Esse princípio ensina a desfazer os laços com os conceitos de dor e angústia. Devagar, podemos dar o tempo certo para cada pessoa e para cada situação que precisamos enfrentar na vida. Assim, torna- se possível romper com ansiedade e, pouco a pouco, abrir mão do controle (das situações, dos outros e de nós mesmos). Só por hoje agradeça suas bênçãos, respeite seus pais, mestres e os mais idosos Esta afirmação nos remete ao respeito pela vida e pela experiência de cada um. Com ela, trabalhamos a nossa pretensão, o nosso orgulho, e nos colocamos no devido lugar de aprendizes da vida.
    • Só por hoje ... Praticar esses princípios diariamente é muito mais do que aplicar ou receber uma energização. Isto é vivenciar Reiki, é praticar o bem-viver. Só por hoje ganhe sua vida honestamente A necessidade de sermos honestos em primeiro lugar conosco, é lembrada nesse princípio. Trabalhando essa afirmação paramos de olhar e nos comparar com os outros. Passamos a olhar com carinho para nós mesmos, para o nosso trabalho, para o nosso aprendizado e, finalmente, para o nosso caminho. Só por hoje seja gentil e amável com todos os seres vivos Quantas vezes por dia nos lembramos de agradecer e apreciar as coisas que estão a nossa volta? Os alimentos e a água, imprescindíveis para nossa sobrevivência. O ar que respiramos e que contém elementos vitais. Isto tudo sem citar todos os animais que nos ajudam e interagem conosco, além das pessoas, que são o impulso para o aprendizado e evolução... Esse princípio fala de respeito à vida!
    • Faça as pazes com você mesmo Melhore sua autoestima com Pedras, Cristais, Florais e Reiki Como você se sente na sua própria pele? Você está bem sendo você e tendo esse corpo físico? Se você respondeu sim, sua autoestima é alta. E dependendo de uma maior ênfase na sua resposta, muito provavelmente você chama a atenção por onde passa. Eu diria que "brilha de dentro para fora". O contrário também é verdadeiro. Quanto mais baixa a sua autoestima, menos "brilho", mais conflitos emocionais e mentais. O que você sente e pensa é mais importante para a sua autoestima do que seu físico, a sua aparência. A autoestima influi no modo que nos vemos e que achamos que os outros nos vêem. E isso se reflete na vitalidade e energia que colocamos no nosso dia-a-dia. Impacta diretamente no desejo e vontade de viver, alcançar outros patamares, enfrentar desafios e experienciar o presente.
    • Faça as pazes com você mesmo A busca pela felicidade e pelo bem-estar começa pela satisfação e dedicação à pessoa mais importante: você. Trabalhar a autoestima é colocar-se como prioridade. É polir e dar "brilho" à sua própria vida. Mas como fazer? Aos poucos, eu diria. É um trabalho de conquista. Quando estamos interessados de verdade por alguém, nós nos cuidamos, certo? Cuidamos da aparência, do que falamos, da alimentação, nutrimos pensamentos bons e procuramos dar nosso melhor, nosso melhor ângulo. Não queremos um "caso passageiro", queremos o amor. Só que nesse caso o alvo dessa conquista somos NÓS! Se para você dar o seu melhor é preciso arrumar a casa, ou seja, aí dentro, vamos lá! E se não der conta sozinho(a), qual é o problema de pedir ajuda? Temos várias técnicas que nos ajudam a nos ajudar... Os florais são uma ótima "arrumadeira", as Pedras e Cristais são ótimos "nutricionistas" e o Reiki adora dar brilho e mostrar seu melhor eu. Escolha o ajudante que mais lhe agrada, ou mesmo todos, e vamos ao trabalho:
    • Faça as pazes com você mesmo Terapia Floral O objetivo da terapia floral é o equilíbrio das emoções em níveis vibratórios sutis, buscando a consciência plena de seu mundo interior e exterior. Essa terapia floral utiliza-se de compostos energéticos chamados essências florais, que são indicados para trabalhar emoções específicas. Para quem gosta da terapia floral, o melhor é escolher um terapeuta que lhe indique um floral que tenha afinidade especificamente com esse momento da sua vida. Entre os florais que ajudam a melhorar a autoestima estão Crab Apple, Centaury, Gentian, Larch e Mimulus. Reiki Reiki é uma técnica japonesa de canalização de energia, passada através do toque das mãos para a harmonização dos corpos físico, emocional, mental e energético. A energia Reiki focaliza na causa e não no sintoma. Equilibra e energiza, levando a uma maior harmonia. No momento da terapia, o reikiano aplica a energização no corpo inteiro da pessoa, mas no caso de alguém com baixa estima, focar a aplicação no chakra do umbigo (Plexo Solar) ajuda bastante.
    • Faça as pazes com você mesmo Pedras e Cristais Na Geoterapia o citrino é uma das melhores pedras para lidar com a autoestima. O nome vem de "citrus", que em grego antigo significava a pedra de limão. É associada ao chakra do umbigo ou plexo solar. Sua energia assemelha-se à do sol, que aquece, conforta, penetra, energiza e dá vida. O citrino destina-se a digestão e a assimilação psíquica. Sua energia auxilia a transformar os eventos da vida, colocá-los em ordem e livrar-se do supérfluo. Atua como um depurador de toxinas de todo o organismo. Por manifestar-se com firmeza, transfere esse senso de certeza interior, ajudando as pessoas que necessitam de confiança e segurança.
    • Faça as pazes com você mesmo Aprendendo a criar afinidade com o citrino Coloque-se em uma posição confortável, em um lugar tranqüilo. Pegue seu citrino e olhe detalhadamente por algum tempo, até ser capaz de fechar os olhos e "vê-lo" em todos os seus detalhes. Assim que conseguir isso, comece a relaxar fisica e mentalmente. Respire profundamente e vá deixando os pensamentos fluirem sem querer apagá-los ou detê-los. Quando tiver alcançado um nível razoável de relaxamento, "veja" o citrino em pensamento. Dentro de uma contagem de 1 a 7 ele vai crescendo dentro da sua visualização, até ficar do tamanho de uma montanha. Assim que vizualizar esse tamanho, você vai para a superfície da pedra e a explore, percorra-a por fora e se encontrar algum caminho por dentro também. Assim que ficar satisfeito com suas explorações, volte ao lugar onde começou e conte novamente de 1 a 7, mas dessa vez ela diminuirá até o tamanho normal. Respire profundamente algumas vezes e movimente-se delicadamente para voltar ao estado de alerta normal, e abra os olhos. Escreva tudo o que viu, ouviu ou sentiu durante sua visualização.
    • Buscando harmonia na vida amorosa?
    • Buscando harmonia na vida amorosa? Conheça mais sobre o quartzo rosa, a pedra do amor - e aprenda uma meditação Você concorda que todo relacionamento amoroso é uma troca? Quando amamos alguém, trocamos atenção, carinho, energia. Mas você já pensou que só estamos aptos a trocar se temos algo que nos sobra, se temos um "extra" para dar? Isso é o ideal, mas não o habitual, infelizmente. Normalmente damos amor mesmo quando não nos amamos e cobrimos o outro de atenção quando, na verdade, somos nós que estamos precisando de cuidados. Ou o contrário: exigimos amor de quem não tem, carinho de quem nunca ou pouco recebeu. Com isso, nosso relacionamento se transforma em conta marcada na caderneta: você faz e anota tudo lá. Uma hora tem que cobrar! Mas, reflita: se estivesse sobrando em você, não lhe faria falta. Assim, você não cobraria, não exigiria.
    • Buscando harmonia na vida amorosa? O quartzo rosa é conhecido como a pedra do amor Costuma-se dizer que é boa para arrumar namorado ou para "afinar" namoros. Na verdade, ele é a pedra do amor-próprio, do amor incondicional, do amor pelo amor. Não é por acaso que o quartzo rosa foi relacionado com a Deusa Vênus na antiguidade. O rosa suave dessa pedra é o rosa da criança. Nossa criança interior que precisa estar bem alimentada, muito bem amada e segura para nos proporcionar a felicidade única do amor-próprio, do amor incondicional. É uma pedra utilizada no chakra cardíaco (no coração), centro energético das nossas emoções. A energia dessa pedra dissolve as cargas acumuladas no coração e o impedem de dar e receber afeto. Frente ao amor, as tristezas, as mágoas e ressentimentos se dissipam. Aí, não existem mais cobranças, exigências, carências... Nada de cadernetas!
    • Buscando harmonia na vida amorosa? Aprenda uma meditação Para se trabalhar com o quartzo rosa, pode-se posicioná-lo no centro do peito e imaginá-lo pulsando junto com seu coração. Mentalize a energia rosa invadindo seu coração e se expandindo para seu corpo todo a cada pulsação, como uma vibração de amor que cresce a partir do seu peito e envolve você inteiro. A visualização não tem tempo exato, a pessoa deve fazê- la até achar que está totalmente tomada pela energia do quartzo rosa. Se definirmos um tempo específico, há o risco de nos preocuparmos com o prazo e não “entrarmos” na meditação. Com que freqüência podemos fazer essa mentalização? Recomendo esse exercício do quartzo rosa uma a duas vezes na semana, no máximo. Pois, abrir o chakra cardíaco muito rapidamente pode deixar algumas pessoas muitos sensíveis, sentindo-se vulneráveis, emotivas. Se demoramos muito tempo para nos fechar, temos que respeitar o tempo de nos abrir também, concorda?
    • Reconheça seus defeitos no outro
    • Reconheça seus defeitos no outro Conflitos amorosos podem ser espelhos de características que ocultamos Os conflitos que costumamos ter em nossos relacionamentos tem suas raízes fincadas no ego. O ciúme, o controle, desrespeito pelas diferenças, jogos de poder e muitos outros, são gerados a partir do que expressamos no contato com a outra pessoa. O ego reflete/espelha no outro o que necessitamos enxergar, seja uma característica nossa que tentamos ocultar ou oprimir, ou ainda uma que almejamos internamente. A essas facetas mais ocultas ou reprimidas da nossa personalidade, Jung chamou de sombra. Por ser oculta ou reprimida, a sombra não é o todo da personalidade inconsciente, mas representa qualidades e atributos pouco ou nada conhecidos do ego.
    • Reconheça seus defeitos no outro Em contato com outras pessoas acabamos por chocar-nos tanto com a nossa própria sombra quanto com a dos que nos cercam. Como é difícil reconhecer os "defeitos" que nossa sombra nos aponta e revela, nós a projetamos nas outras pessoas como um espelho, para nos enxergar melhor. E isso gera conflitos. Conflitos familiares, no trabalho e amorosos. Sim, amorosos... Porque é no relacionamento amoroso que projetamos nossos ideais, nossos objetivos de vida e, ainda, sonhos e carências. Para piorar os conflitos, essas pessoas não conhecem nossas histórias de vida, só o que queremos que conheçam e do jeito que queremos que conheçam. Dos nossos parceiros cobramos a (falsa) obrigatoriedade de gostar de nós e nos amar. Bom, mas como dissolver os conflitos? Integrar a nossa sombra à personalidade com consciência, honestidade e lucidez é a solução mais fácil, mas com nosso inconsciente, a lógica e a praticidade geralmente não funcionam. Citando Dra. Marie Luise von Franz, seguidora de Jung, em A Realização da Sombra: "Cabe ao ego renunciar ao seu orgulho e vaidade para viver plenamente o que parece sombrio e negativo, mas que na realidade pode não o ser. Tudo isso exige, por vezes, um sacrifício tão heróico quanto o dominar-se uma paixão - mas em sentido oposto."
    • Reconheça seus defeitos no outro Em contato com outras pessoas acabamos por chocar-nos tanto com a nossa própria sombra quanto com a dos que nos cercam. Como é difícil reconhecer os "defeitos" que nossa sombra nos aponta e revela, nós a projetamos nas outras Tomar consciência do processo já é um passo importante. Implica em nos analisar, conhecer a nós mesmos e aos nossos processos internos, motivações e reações. Tomar consciência dessas nossas facetas, aceitá-las e lidar com elas é mais importante ainda! Significa crescer em autoconhecimento, autoaceitação, ou seja, evoluir como pessoa. Gerenciar egos não é uma tarefa fácil, principalmente quando o conceito reinante é o da perfeição. A busca por conhecimento através de boas leituras, questionamentos internos e troca de ideias são caminhos para ir nos melhorando e, dessa forma, melhorar também nossos relacionamentos. Técnicas da terapia holística como terapia floral, harmonização e equilíbrio energético e geoterapia, assim como mapas astrológicos e numerológicos, também dão suporte aos que se aventuram no crescimento e na evolução pessoal.
    • O futuro pode ser cristalino
    • O futuro pode ser cristalino Cristais brancos ajudam a “clarear” momentos de indecisão Transformar, mexer, sair do confortável, do conhecido, tudo é um desafio. Todos os dias nos confrontamos com pequenos e grandes desafios. Em cada um deles, precisamos fazer escolhas e queremos sempre acertar, afinal as nossas decisões do presente influenciarão nosso futuro. Às vezes, nessa imensidão de desafios, nos vemos perdidos, confusos, porque não enxergamos com clareza o que pode estar por vir. Se é assim que você se encontra nesse momento, a ponta de cristal branco simboliza muito bem essas situações. E ainda pode nos ajudar a vivenciá-las. O cristal de quartzo branco é o mais comum, fácil de se encontrar em casas de produtos naturais, lojas de acessórios e decoração para casa e feirinhas. A base do cristal branco é leitosa, opaca. À medida que ascende ao ápice, torna-se mais claro e transparente.. Esse padrão tem um simbolismo de desenvolvimento e evolução, que traduzido para nossa vida representa a nossa nebulosidade e embaçamento de consciência, que conquista uma maior claridade conforme nos elevamos.
    • O futuro pode ser cristalino A melhor escolha só fazemos quando temos essa clareza "cristalina" Quando nos encontramos em estado “nublado”, nossas escolhas são por inércia, comodismo ou impulso - e nada disso busca o aprimoramento. Não vamos acertar sempre, mas podemos tentar nosso melhor. É isso que nos impulsiona para cima, para o ápice. Não vamos acertar sempre, mas podemos tentar nosso melhor. É isso que nos impulsiona para cima, para o ápice. Para esses momentos de indecisão, pegue um cristal e perceba qual ou quais características dele que estão refletindo no seu momento de vida. Note o que chama mais a sua atenção. Muito provavelmente você vai perceber mais o opaco se estiver se sentindo assim, o áspero se achar que está em um momento duro, por exemplo. Medite e imagine-se caminhando dentro do cristal. Saia do nublado, busque seu ápice. O trabalho com o cristal branco nos coloca no caminho do aprimoramento, da evolução e do equilíbrio pessoal.
    • O futuro pode ser cristalino Meditação com o cristal de quartzo branco ● Coloque-se em uma posição confortável, em um lugar tranqüilo. ● Pegue sua pedra ou cristal escolhido para essa meditação e olhe detalhadamente por algum tempo, até ser capaz de fechar os olhos e "vê-lo" em todos os seus detalhes. Respire profundamente e deixe os pensamentos fluirem sem querer apagá-los ou detê-los. Concentre-se na respiração enquanto os pensamentos estiverem fluindo. ● Quando tiver alcançado um nível razoável de relaxamento, "veja" a pedra ou cristal em pensamento, dentro de uma contagem de 1 a 7 a sua pedra vai crescendo dentro da sua visualização até ficar do tamanho de uma montanha. Assim que vizualizar esse tamanho, você vai para a superfície da pedra e a explore, percorra-a por fora e se encontrar algum caminho por dentro também ● Quando sentir-se satisfeito com suas explorações, volte ao lugar onde começou e conte novamente desta vez de 7 a 1, mas dessa vez a pedra diminuirá até o tamanho normal. Respire profundamente algumas vezes e movimente-se delicadamente para voltar ao estado de alerta normal e abra os olhos. ● Escreva tudo o que viu, ouviu ou sentiu durante sua visualização. Esses detalhes são importantes para aprimorar a meditação. Quanto mais vezes fizer e anotar, mais vívida será a sua visualização. Essa meditação nos auxilia a encontrar o equilíbrio pessoal, por isso é recomendada para os momentos “nublados”.
    • Equilibrando a Casa
    • Equilibrando a Casa Aprenda como usar os cristais para trazer tranqüilidade ao ambiente doméstico Assim como utilizamos as pedras e cristais para nosso equilíbrio e harmonização, podemos fazer o mesmo com nosso lar. A casa e a pessoa são reflexos uma da outra, se influenciam e se afetam. Conheça a seguir onde e como utilizar esses elementos para atrair energias positivas para você e para os ambientes de sua residência: Sala – Colocar uma druza de quartzo branco traz um ponto de força e apoio a quem vive na casa. A druza é um aglomerado de várias pontas de cristal em uma base única. Sua raiz na terra simboliza a união de forças para o bem comum. Colocando a druza em lugar de destaque, como na sala, ela ajuda a harmonizar o todo, além de limpar as energias negativas. A druza emana luz branca, energia de vibração alta que limpa o que está perto.
    • Equilibrando a Casa Banheiro - Use o cristal de sal, o famoso sal grosso, num arranjo de flores ou como enfeite em um pote de vidro, em sua pia ou bancada. Ele simboliza a limpeza, que é o que buscamos no banheiro. Também podem ser usados sais de banho, que são o próprio sal grosso com essências. Cozinha – Decore esse ambiente com uma pirita, pedra muito usada como amuleto para trazer riqueza e prosperidade. Ela representa e estimula a junção de forças necessárias para a fartura. Quarto – A escolha da pedra ou cristal para esse ambiente depende do que as pessoas estão buscando em determinado momento. Se o objetivo, por exemplo, for melhorar o relacionamento de um casal, pode-se usar quartzo rosa no quarto. Se o desejado for evolução pessoal, uma ótima opção é o quartzo branco. Já se o equilíbrio e bem-estar do corpo físico forem prioridades, pode-se colocar o quartzo verde num local de destaque. Para outras situações, recomenda-se procurar a indicação de um terapeuta em geoterapia. A escolha do tipo de pedra ou cristal ideal se faz relacionando sua “natureza” com as características das pessoas ou com o que elas estão desejando naquele período. Porta da casa – O ônix filtra a carga energética negativa, não permitindo que ela entre. Pode ser usado na porta de entrada de sua residência. Como o ônix é uma ágata negra, pedra relacionada ao campo mental, pode ser utilizado também em outros ambientes da casa, pois impede que as impurezas energéticas se acumulem.
    • Como oferecer Equilíbrio Aos filhos?
    • Como oferecer equilíbrio aos Filhos? Terapias como aliadas para lidar com questões do dia-a-dia familiar Infância ideal seria acordar sem despertador, tomar um bom café da manhã, sair para o quintal para brincar com os amigos em um dia ensolarado (mas só até às 10h por causa dos raios solares)... Depois beber um suco ou comer uma fruta e fazer a lição, com a mamãe presente e disponível para tirar dúvidas até o meio-dia. Em seguida, hora de almoçar e ir para a escola. Já na escola o ideal seria encontrar sempre um ambiente produtivo, criativo e saudável, sem disputas com os colegas ou distrações fora de hora. Na volta da escola, uma conversa com os pais para contar sobre o dia. Para completar, um gostoso jantar e momentos de descontração em família, com jogos educativos, música e uma leitura antes de dormir. Ideal? Nem tanto...
    • Como oferecer equilíbrio aos Filhos? A vida real é diferente e, querendo ou não, é com nossa realidade que as crianças interagem. Como uma criança, que cresceu em um ambiente "ideal", vai tornar-se um futuro advogado e lidar com os prazos dos processos? Ou um futuro administrador que tem que decidir que custos cortar? Ou um futuro médico que precisa chefiar uma cirurgia de risco? Queremos proporcionar tudo de melhor para as crianças, mas também, queremos o melhor delas. Gostaríamos de pensar que os pais não erram, mas esse já é um erro. O que mais vemos por aí são pais que: * Trabalham e tem pouco tempo de convivência diária; * Exigem e que cobram resultados perfeitos; * Sentem-se culpados e são compensatórios, deixando seus filhos fazer tudo, compram tudo; * Superprotegem e tentam ler a mente e as necessidades das crianças e suprem tudo, antes até dessas mesmas necessidade serem realmente concretas A realidade não é ideal, mas é perfeita. A perfeição está em aprender a lidar com os conflitos, a pressão, o estresse, as escolhas."A perfeição está em aprender a lidar com os conflitos, a pressão, o estresse, as escolhas." As crianças, assim como nós, acabam tendo que lidar com o que está em desarmonia e a manter o equilíbrio interno, em um aprendizado contínuo e dinâmico. E por fim, evolutivo! Por evolutivo pressupõe-se um processo aberto e não acabado, onde a perfeição ainda não foi atingida e vai se concretizando na medida em que se avança.
    • Como oferecer equilíbrio aos Filhos? Terapias holísticas como aliadas Muitas são as questões que preocupam pais e mães. Dentro das terapias holísticas, a escolha das técnicas de apoio mais adequadas são as terapias energéticas, as mais naturais e dinâmicas como as crianças. Por exemplo: os Florais para lidar com sentimentos como ciúme, raiva, medo, etc; a Geoterapia e o Reiki para o equilíbrio energético e lidar com a agitação excessiva, a dificuldade para dormir; e a Cristalopuntura para desbloqueios energéticos, facilitando questões como timidez, excessos ou desequilíbrios alimentares. Não há uma idade mínima para iniciar com as terapias holísticas. Os processos terapêuticos com as crianças são muito mais rápidos comparados com os dos adultos. Sendo assim, os pais e o terapeuta holístico têm que acompanhar essa característica. Por mais conscientes e abertos que sejam os pais, a busca por um profissional é sempre aconselhável, pois a visão profissional é mais abrangente.
    • Pirita a pedra da prosperidade
    • Pirita, a pedra da prosperidade Aprenda como usar essa pedra para unir forças na busca por suas metas Muitas pessoas me perguntam qual a pedra para "ganhar dinheiro". Explico que essas soluções mágicas e instantâneas não existem. Temos que buscar soluções procurando as raízes do problema. A crise econômica mundial nos ensinou bastante sobre o conceito geral de crise. Principalmente que ela não se apresenta por um único motivo, e sim por um conjunto de situações. Uma crise não surge de repente, ela vai se avolumando e crescendo com o tempo. Para que a conseqüência final seja positiva, temos que fazer novas escolhas, rever objetivos e prioridades. Enfim, para sobreviver às crises, precisamos mudar padrões.
    • Pirita, a pedra da prosperidade A pirita é uma pedra também conhecida como o "ouro-dos- tolos" por sua cor dourada e semelhança com o minério nobre. Na maioria das vezes é encontrada com um conjunto diversificado de formas, simbolizando as várias formas e forças que atuam em uma situação. Por exemplo, para ganhar dinheiro precisamos do trabalho, competência, dedicação, força de vontade, inteligência, estratégia e ação. O conjunto dessas características é o objetivo maior que, por fim, resultará no sucesso financeiro. Usamos a pirita para simbolizar essa junção de forças e nos lembrar dos nossos objetivos. Podemos colocá-la na mesa de trabalho ou em local de destaque no escritório, depois de limpá-la e energizá-la (veja ao lado). A pirita nos ajuda a manter o foco em nossas metas, buscar as características necessárias para alcançar tais objetivos e lidar com as diferenças e adequações necessárias. Se não for assim, a pirita será somente o "ouro-dos-tolos"... Como limpar e energizar sua pedra A limpeza energética pode ser feita de várias maneiras. Coloque as pedras em cima de uma drusa (aglomerado de cristais em uma mesma base); deixe-as na chuva; lave-as em água corrente ou em água com sal grosso.
    • Desarmonia profissional e autoestima
    • Desarmonia profissional e autoestima Atritos no ambiente de trabalho podem refletir conflitos internos Alguma vez você já sentiu irritação ou raiva quando alguém lhe lembrou de um prazo que estava chegando ao fim? Chegou a refletir sobre as razões desses sentimentos? Talvez você já estivesse se cobrando isso (autocrítica) ou achasse que não iria conseguir (baixa estima). Ou talvez você pensasse que estava se matando e ninguém reconhecia (frustração). Suponhamos que a pessoa que falou do prazo tivesse apenas a intenção de dar abertura para um pedido de ajuda ou desabafo, se você assim quisesse. Quem sabe? É importante tentarmos reconhecer e entender a emoções que sentimos no ambiente de trabalho. Nesse caso, a irritação que foi gerada "hipoteticamente" pela autocrítica, baixa estima e frustração: "Sim, estou com raiva, e o meu colega de trabalho só foi o espelho que refletiu o meu estado".
    • Desarmonia profissional e autoestima Agora imagine outro exemplo. Você se irrita com a Fulana que chega ao escritório e não fala bom-dia. Ela é julgada como sem educação, metida, mal-humorada, etc... Bom, na verdade, não interessa se ela está ou não mal-humorada, é ou não metida; o que interessa mesmo é a razão disso lhe irritar tanto! Será que você está confortável com sua "carinha feliz" logo de manhã? Ou, até que gostaria de ser mal-humorado, mas não se permite, afinal, não está totalmente seguro no trabalho, tem problemas em casa, e também precisa manter a postura oficial de "simpático(a) do escritório". Assim como no primeiro exemplo, você percebeu que a Fulana não foi mais do que um mero espelho que refletiu você mesmo? Conquistando essa visão mais abrangente, podemos entender o quanto determinados conflitos são nossos, e só nossos. Se temos conflitos internos é natural que os exteriorizemos em desarmonias nas nossas relações humanas.
    • Desarmonia profissional e autoestima O que é sua realidade/verdade, pode não ser a do seu colega (e provavelmente não é!). Com essa consciência, fica mais fácil respeitar as posturas das outra pessoas. Achei perfeito o questionamento feito num outro artigo da Revista Personare: "Você quer ser feliz ou ter razão?". Entre a busca pela perfeição e a busca pelo equilíbrio, é mais viável e saudável a opção pelo equilíbrio. Na própria imagem mental (figurada) de uma balança, supõe-se dois pólos. Qualquer excesso desestabiliza o conjunto. Até o excesso de "razão"!
    • Pontos de Acupuntura na orelha?
    • Pontos de Acupuntura na orelha? Reduza ansiedade, compulsão e excesso de peso com a Auriculoterapia Com a maior disseminação de informações sobre a terapia holística, algumas técnicas ficaram mais conhecidas que outras. Uma que teve muito destaque foi a Auriculoterapia, que utiliza pontos de acupuntura localizados no pavilhão da orelha, pois conta-se que ela facilita a eliminação de peso, reduz a ansiedade e elimina a compulsão por comida. Na verdade, assim como a maioria das técnicas holísticas, a Auriculoterapia foca no equilíbrio total da pessoa. Excesso de peso, não é equilíbrio, é? Ansiedade e compulsão por comida também não! Mas cada pessoa tem suas características próprias - até no desequilíbrio...
    • Pontos de Acupuntura na orelha? A alteração no peso de uma pessoa pode estar relacionada à busca (externa) de satisfação pessoal, ou procura por mais segurança, por exemplo. Cada pessoa tem seus motivos internos, padrões de pensamento e emocionais que resultam em desequilíbrio. O que não existe é um ponto "mágico" e igual para todo o mundo que, por si só, faz eliminar o excesso de peso. A Auriculoterapia é uma ferramenta natural e eficiente tanto na resolução dos bloqueios energéticos quanto como suporte na mudança dos padrões de pensamentos e sentimentos que causam o excesso de peso. Um bom profissional, além de achar e estimular os pontos na orelha, sempre aconselhará uma alimentação mais saudável, a prática de exercícios físicos e o acompanhamento de outros profissionais que auxiliem no processo. Como funciona a Auriculoterapia? Na Auriculoterapia temos um mapa ou reflexo de todo o corpo no pavilhão auricular. O terapeuta estimula pontos na orelha que correspondem aos órgãos e funções do corpo. Assim, pode interpretar e interferir no "todo" através de seu reflexo na parte (orelha). Ou seja, harmoniza e equilibra a pessoa com estímulos nos pontos que se encontram em desequilíbrio.
    • Pontos de Acupuntura na orelha? Essa técnica não apresenta efeitos colaterais. Pode-se escolher entre agulha de acupuntura, sementes, imãs, pedras e cristais para se estimular os pontos. Cabe ao terapeuta holístico capacitado a escolha dos estímulos mais adequados para ajudar a harmonizar o cliente e equilibrar o seu momento.
    • Pedras No tratamento da dor
    • Pedras no tratamento da dor Terapia das Pedras Quentes alivia dores musculares e ajuda a relaxar Os antigos povos do oriente e do ocidente usavam a Geoterapia, e em especial as pedras e cristais, para amenizar e cuidar de desequilíbrios físicos, emocionais e energéticos. Ultimamente a busca por essas técnicas vem crescendo, especialmente a Terapia das Pedras Quentes. A Terapia das Pedras Quentes auxilia no relaxamento corporal e é eficiente no tratamento das dores musculares no geral, costas e nas dores de cabeça. Une a Terapia Térmica (quente e frio) com a Geoterapia, que se utiliza das pedras e cristais, e a Terapia Corporal. Normalmente são utilizadas pedras de Basalto de Amidalóide (seixos de rio) e Ágatas. Mas para uma resposta terapêutica mais profunda, a escolha de cristais e pedras relacionadas ao momento do cliente traz uma melhor resposta, pois trabalha a causa e o efeito.
    • Pedras no tratamento da dor Terapia das Pedras Quentes As pedras fixas, que podem ser quartzos brancos, quartzos verdes e jaspes, são posicionadas em pontos chaves como os pés, mãos, costas, abdômen e olhos. Nas costas, por exemplo, elas aquecem a região onde ficam os meridianos do Movimento Água, que correspondem aos ossos, aliviando as dores relacionadas. Já as pedras móveis, geralmente quartzos brancos rolados, necessitam de um óleo ou creme relaxante para serem manipuladas no corpo com um atrito agradável. As pedras acumulam energia térmica, tanto fria quanto quente. Mas se associarmos ao que a pedra ou cristal já traz como característica, além de manter quente ou frio por mais tempo, estaremos utilizando a sensação térmica natural da própria pedra ou cristal, potencializando resultados. Por exemplo o quartzo fumê (que tornou-se "fumê" pela exposição prolongada ao calor) reterá calor por mais tempo do que uma água- marinha. Um atendimento utilizando a Terapia das Pedras Quentes proporciona uma forma eficiente e natural de bem-estar.
    • Acupuntura Com cristais?
    • Acupuntura com cristais? Na Cristalopuntura, pedras substituem as tradicionais agulhas Nem sempre as pessoas sentem-se confortáveis para fazer acupuntura. Nesse caso, podem ser usados outros estímulos (sem ser agulhas) para auxiliar nas dificuldades e desequilíbrio energéticos. As pedras e cristais podem ser uma opção. De uma forma menos física, mas mesmo assim eficiente e rápida, ajudam a estabelecer o equilíbrio e o bem-estar. A essa técnica chamamos Cristalopuntura. Da mesma forma que a acupuntura tradicional, a Cristalopuntura baseia-se nos 5 Movimentos Chineses e no equilíbrio do corpo físico, mental, emocional e energético através da estimulação de pontos nos meridianos.Os campos de atuação das pedras e cristais são os mais sutis: os campos energéticos e emocionais. E são onde, na terapia holística, consideramos a "raiz" do desequilíbrio.
    • Acupuntura com cristais? Os cristais funcionam como amplificadores de energia nos processos de equilíbrio e autoconhecimento. Sua força consiste na capacidade de ampliar e direcionar nossos próprios poderes e, por isso, o mais importante ao se lidar com os cristais é que conseguimos sintonizar nossas vibrações com as vibrações dessas pedras. Diferente das agulhas, as pedras e cristais dispõem de uma maior diversidade de sintonia, que pode ajudar mais eficazmente a focar no equilíbrio energético e emocional do cliente. A conexão e afinidade com as pedras e cristais utilizados e também uma boa conversa com o terapeuta ajudam o profissional a selecionar os estímulos que mais se adequam a cada pessoa e momento. Por isso, é muito importante a integração com o terapeuta escolhido. O grande diferencial da Cristalopuntura está na resposta mais profunda e consciente. Ao trabalhar seus desequilíbrios e compreender a razão que a levou a eles, a pessoa pode ficar mais alerta quando esses processos se apresentarem novamente e, assim, romper o padrão que o desencadeia.
    • Ônix a pedra da proteção energética
    • Ônix, a pedra da proteção energética Harmonize momentos difíceis e proteja-se da inveja Quantas vezes, em nosso dia-a-dia, somos impactados por energias negativas? Uma forma de se proteger é ter um ônix sempre por perto ou com você. Este quartzo preto é uma pedra que atrai magneticamente as vibrações negativas, absorvendo-as e dissolvendo-as. Pensamentos negativos como a inveja, por exemplo, são energias dissonantes e desequilibradas que tendem a aproximar-se do ônix. Os indianos e persas já utilizavam essa pedra para proteger-se de mau-olhado. Em contato com uma pessoa, o ônix limpa o campo energético, pois trabalha também com as próprias energias negativas de quem o carrega. Em casa, ele limpa o ambiente, impedindo que impurezas astrais se acumulem.
    • Ônix, a pedra da proteção energética Harmonize momentos difíceis e proteja-se da inveja O ônix transmite seriedade, humildade e confiança. Essa pedra leva luz à escuridão, ajuda a atravessar momentos difíceis. O quartzo preto também garante o controle de paixões em desarmonia e preserva os ânimos da impulsividade, poupando as pessoas de muitas brigas. Como damos muito "trabalho" ao ônix, ele precisa ser bem cuidado. Veja o que fazer: ● Para limpá-lo, coloque-o sobre uma drusa (aglomerado de cristais em uma mesma base), deixe-o na chuva ou lave-o em água corrente ou em água com sal grosso. ● Em seguida, coloque-o na terra (pode ser um vaso) para que as propriedades absorventes da terra, assim como as do próprio ônix, sejam ativadas. ● A frequência da limpeza e energização, depende muito do quanto fizemos nosso ônix trabalhar, mas uma boa medida é limpá-lo a cada quinze dias.
    • Terapia Floral O que são afinal essas gotinhas?
    • Terapia Floral O que são afinal essas gotinhas? D e s e n v o lv id a p o r E d w a r d B a c h (2 4 d e s e te m b r o d e 1 8 8 6 – 2 7 d e n o v e m b r o d e 1 9 3 6 ) a s e s s ê n c ia s flo r a is d e B a c h , é u m a te r a p ia a lte r n a tiv a q u e fo i in s p ir a d a n a s c lá s s ic a s tr a d iç õ e s h o m e o p á tic a s M é d ic o b a c te r io lo g is ta c o n h e c id o p o r s u a s descoberta s e n o s ó d io s (r e m é d io s h o m e o p á tic o s ) q u e p r o d u z ia , Dr. Bach c o m e ç o u a s u b s titu ir o s medicamentos tradicionais pelos preparados com plantas e flores pelo s is te m a h o m e o p á tic o d e d ilu iç ã o e p o te n c ia liz a ç ã o . C o m a s flores que trouxe de Gales (Impatiens, Mimulus e depois Clematis) obteve resultados e n c o r a ja d o r e s . Ta m b é m n e s ta é p o c a c o m e ç o u a s e p a r a r o s in d iv í d u o s p o r g r u p o s d e s e m e lh a n ç a d e c o m p o r ta m e n to , c o m afinidades relacionadas ao mesmo problema. Ele mesmo contava que observando as pessoas em uma festa teve um insight e imaginou que deveria existir medicamentos que aliviassem os sofrimentos comuns a cada grupo de pessoas. Aos 44 anos D r. B a c h , c o s tu m a v a p a s s a r h o r a s o b s e r v a n d o a s p la n ta s , s u a s c a r a c te r í s tic a s e fo r m a s d e s e m a n ife s ta r e m e b u s c a v a c o m b in a r o que observava com os estados mentais ou emocionais que queria harmonizar em seus pacientes.
    • Terapia Floral O que são afinal essas gotinhas? D e a c o r d o c o m B a c h , o q u e im p o r ta é b u s c a r n a e s c o lh a d a s e s s ê n c ia s flo r a is , a s c a r a c te r í s tic a s q u e a ju d e m n o d e s e n v o lv im e n to p e s s o a l, u m a te r a p ia d a a lm a . E q u iv a le a remover a s c a m a d a s q u e im p e d e m a m a n ife s ta ç ã o s u b lim e d o E u S u p e r io r, e m s u a p r e s e n ç a p le n a e h a r m o n io s a . O s flo r a is d e B a c h b u s c a m o e q u ilí b r io d a s e m o ç õ e s e m n í v e is v ib r a tó r io s s u tis , o b je tiv a n d o a c o n s c iê n c ia p le n a e h a r m o n iz a ç ã o d o m u n d o in te r io r e e x te r io r. A Te r a p ia F lo r a l tr a b a lh a n o s e n tid o d e e le v a r, v ia c o n s c iê n c ia , a s v ib r a ç õ e s e a b r e m o s c a n a is d e c ir c u la ç ã o in te r n a , p e r m itin d o m a io r c o n ta to c o m n o s s a e s s ê n c ia , e a s s im , a u to c o n h e c e n d o -s e e d is s o lv e n d o p a d rõ e s in te r n o s in d e s e já v e is e /o u in a d e q u a d o s q u e c a u s a m d e s e q u ilí b r io e s o fr im e n to e m g e r a l. P a r a D r. B a c h , d e v e s e r tr a ta d a a p e r s o n a lid a d e d a p e s s o a e n ã o a d o e n ç a . A d o e n ç a s e r ia o r e s u lta d o d o c o n flito d a a lm a (E u S u p e r io r - a p a r te m a is p e r fe ita do S e r) e da p e r s o n a lid a d e (E u In fe r io r - o q u e n ó s s o m o s , n o n o s s o d ia -a -d ia ). E le d iz ia : "O s o fr im e n to é m e n s a g e ir o d e u m a liç ã o , a a lm a e n v ia a d o e n ç a p a r a n o s c o r r ig ir e n o s c o lo c a r n o n o s s o c a m in h o n o v a m e n te . O m a l n a d a m a is é d o q u e o b e m fo r a d o lu g a r ".
    • Terapia Floral O que são afinal essas gotinhas? O profissional que se utiliza da terap ia flo r a l é o te r a p e u ta flo r a l o u o te r a p e u ta h o lí s tic o q u e ta m b é m te m c o n h e c im e n to d e s s a té c n ic a , a té c n ic a é r e c o n h e c id a p e la O M S . O M in is té r io d o T r a b a lh o r e c o n h e c e u a T E R A P IA F L O R A L c o m o p r o fis s ã o is o la d a . A te r a p ia flo r a l fo i e n q u a d r a d a d e n tr o d a s a tiv id a d e s d e p r á tic a s in te g r a tiv a s e c o m p le m e n ta r e s e m s a ú d e h u m a n a , r e c e b e n d o o c ó d ig o 8 6 9 0 -9 /0 1 da C O N C L A , ó rg ã o r e s p o n s á v e l p e la c la s s ific a ç ã o d e p r o fis s õ e s e lig a d o a o M in is té r io d o T r a b a lh o e a o IB G E . O s flo r a is d e B a c h o b je tiv a m a c la r e z a d a s e m o ç õ e s e m d e s e q u ilí b r io p a r a a c o m p r e e n s ã o e h a r m o n iz a ç ã o . A b u s c a d o e q u ilí b r io é a e v o lu ç ã o , o c a m in h o é a tr a v é s d o a u to c o n h e c im e n to e s e m d e s e q u ilí b r io n ã o h á n e c e s s id a d e d a b u s c a . A s s im a s p o la r id a d e s s e c o m p le ta m . Y in e y a n g , p o s itiv o e n e g a tiv o , lu z e e s c u r id ã o , d e s e q u ilí b r io e e q u ilí b r io . N ó s , s e r e s h u m a n o s , b u s c a m o s o e q u ilí b r io a m ilê n io s , e a b e m m e n o s te m p o q u e a lg u n s d e n ó s d o o c id e n te , r e c o n h e c e m o s e s s e e q u ilí b r io c o m o s e n d o in te r n o , e m o c io n a l e m e n ta l. O u s o d o s flo r a is d e B a c h é u m a c o n q u is ta d e a u toconhecimento. p e r s o n a lid a d e (E u In fe r io r - o q u e n ó s s o m o s , n o n o s s o d ia -a -d ia ). E le d iz ia : "O s o fr im e n to é m e n s a g e ir o d e u m a liç ã o , a a lm a e n v ia a d o e n ç a p a r a n o s c o r r ig ir e n o s c o lo c a r n o n o s s o c a m in h o n o v a m e n te . O m a l n a d a m a is é d o q u e o b e m fo r a d o lu g a r ".
    • Como lidar com situações de perda?
    • Como lidar com situações de perda? Negar ou mascarar a dor não nos ajuda a superar as dificuldades C o m o e n fr e n ta m o s a p e r d a ? E s te é u m a s s u n to q u e m u ito s te n ta m e v ita r, m a s é a lg o q u e te m o s q u e e n c a r a r a lg u m d ia . P o r is s o , é s e m p r e v á lid o r e fle tir... A o lid a r c o m u m a p e r d a , u n s r e p r im e m , s e g u e m c o m a v id a e fin g e m q u e e s tá tu d o b e m . E n ã o e s tá . C e d o o u ta r d e e s s a s p e s s o a s c a e m e , a té d e s c o b r ir o s e n tim e n to e s c o n d id o b e m lá n o fu n d in h o d o c o r a ç ã o , lá s e fo i u m te m p o e n o r m e "d e v id a ". É p o r q u e e s s e te m p o v a i p e r d e n d o v id a , c o r e g o s to , fic a n d o m e io a c in z e n ta d o , e s q u is ito . O u tr o s q u e s tio n a m r a z õ e s , q u e r e n d o c o lo c a r ló g ic a e /o u m o tiv o . P a r a fu g ir d o e m o c io n a l te n ta m u s a r o m e n ta l. L id a r c o m a s itu a ç ã o d e fo r m a c o e r e n te . D e s c u lp e m -m e , n ã o v i is s o fu n c io n a r p a r a s e m p r e ... A lg u n s s ã o p r á tic o s , fa z e m o q u e te m q u e s e r fe ito , e s e n ã o tiv e r a lg o a fa z e r... a c h a m a lg u m a c o is a . S ó p a r a n ã o p a r a r. M u ita a ç ã o , fa z e r, ir, b u s c a r, tr a z e r s e m fim . M a s te m fim , u m a h o r a n ã o te m m a is n a d a . O u tr o s a in d a s e p r e n d e m n o "e s e ...", o u "c o m o e u q u e r ia ...", "c o m o e u g o s ta r ia d e ...", "e u ia ...". P a r a lis a d o s e m u m m o m e n to a n te r io r (lo n g í n q u o o u n ã o ) q u e fa r ia to d a d ife r e n ç a . E e s s e m o m e n to p a s s o u .
    • Como lidar com situações de perda? Negar ou mascarar a dor não nos ajuda a superar as dificuldades To d a s e s s a s s ã o fo r m a s d e fu g ir d e s e n tir, s e e m o c io n a r e m o s tr a r o c o r a ç ã o d o í d o . N e g a r n ã o é e lim in a r e m a s c a r a r n ã o é lid a r. O s e n tim e n to e s tá lá . E m b a ix o d e c a m a d a s d e c im e n to , o u r a c io n a liz a ç õ e s , fa z e r e s e c o n d ic io n a is . E le a in d a e s tá lá . S ó n o s c a b e u m a ú n ic a a lte r n a tiv a , s e n ti-lo . S e n tir a d o r, a c e ita r e s s e s e n tim e n to d e p e r d a q u e fa z p a r te d a v id a . F ia p o s d e m e m ó r ia s v ê m e v ã o tr a z e n d o u m a d o r à s v e z e s s u a v e , à s v e z e s p r o fu n d a e à s v e z e s u m s o r r is o . É a s s im , a v id a é a s s im . S e n tir a p e r d a e a c e itá -la é s e c o lo c a r n o c o lo d a v id a . E la le v a , tr a z , a p e r ta e ta m b é m c o n fo r ta . O q u e é r e a lm e n te im p o r ta n te é q u e a g e n te s e n te , s e n te m u ito !
    • Como lidar com situações de perda? Negar ou mascarar a dor não nos ajuda a superar as dificuldades U m a a ju d in h a v a i b e m ... A metis ta D e c o r v io le ta , e s ta p e d r a c o r r e s p o n d e a o c h a k r a fr o n ta l, c h a m a d o ta m b é m d e te r c e ir o o lh o . O v io le ta c o m p õ e -s e d e a z u l e v e r m e lh o . O a z u l tr a z p a z à e n e r g ia a tiv a d o v e r m e lh o e in d u z a u m e s ta d o m e d ita tiv o . A fa s ta a m e n te d e p a d r õ e s e g o c ê n tr ic o s d e p e n s a m e n to , a tr a in d o -a p a r a u m a c o m p r e e n s ã o m a is p r o fu n d a . E n s in a h u m ild a d e e d e s p r e n d im e n to . P o d e -s e c h a m á -la d e "a p e d r a d a a lm a " p o r e n v ia r s u a m e n s a g e m a e s s e n í v e l d e e x is tê n c ia . P e la s u a fo r te id e n tific a ç ã o c o m e s s a fo r ç a , e la c o n s o la a p e s s o a q u e te m q u e lid a r c o m a tr a n s iç ã o d a m o r te r e a l o u s im b ó lic a , s e ja a d a p r ó p r ia p e s s o a o u d e e n te s q u e r id o s . P o d e -s e s e g u r á -la p a r a s e r e c u p e r a r o e q u ilí b r io e a liv ia r a s te n s õ e s m e n ta is . A a m e tis ta n o s r e m e te a o a r q u é tip o d o S á b io , q u e é a s a b e d o r ia e q u ilib r a d a e h u m ild e . E la n o s e n s in a h u m ild a d e , p o is n o s m o s tr a a in fin itu d e d o q u e n o s c e r c a , q u e s o m o s p a r te d o To d o , d o U n iv e r s o v iv o e c o n s c ie n te , n o s fa z e n x e r g a r o q u a n to o e g o e n o s s a s p r e o c u p a ç õ e s c o tid ia n a s s ã o p e q u e n a s .
    • Que tal uma faxina interna?
    • Que tal uma faxina interna? Use a pedra Fluorita e liberte-se de estagnações e insatisfações Com a proximidade do final do ano, promover uma reciclagem interna pode ser uma boa ferramenta para se alcançar uma transformação mais consistente no próximo ciclo que irá se iniciar. Assim como temos o hábito de limpar e arrumar nossas casas para a passagem de ano, devemos fazer o mesmo conosco. Vale se preparar para o que está por vir. Você provavelmente já ouviu falar sobre a necessidade dessa "faxina". Saiba que só a limpeza(de padrões, de sentimentos, de energia) não nos transforma, mas é um primeiro passo. O segundo é estar aberto ao novo, aceitar as mudanças da vida. Sem esses momentos de transformação, limpeza e aceitação do novo estágio, nossa vida fica estagnada e presa ao circulo de repetição das experiências passadas. Dessa forma, repetimos os velhos padrões,sem evoluir. Internamente sentimos uma insatisfação, pois esse não é o caminho natural.
    • Que tal uma faxina interna? Esteja pronto para evoluir Nosso corpo físico se recria o tempo todo, ele analisa criteriosamente o que é conveniente permanecer e o que deve ser expulso. No campo emocional e mental também devemos avaliar o que contribui para nossa evolução, observando atentamente as emoções, sentimentos, tipos de pensamentos, crenças, atitudes, vínculos de amizade, trabalho e etc. Há um impulso natural em sermos competentes e capazes, a aprender com a experiência e nos tornarmos mais aptos e melhores. Assim como uma planta tenta se tornar uma árvore, também temos o impulso natural a nos tornar uma pessoa total, completa. Dicas práticas Uma sugestão para ajudar nesse processo é utilizar a pedra Fluorita. Ela é usada principalmente nos chakras superiores, mas por suas diversas tonalidades pode-se usar em quase todos os chakras. Ela traz harmonia nos diversos níveis, mostra a similaridade mesmo quando externamente vemos diferenças. Ela ensina a procurar essas afinidades.
    • Que tal uma faxina interna? Por conter diversas camadas coloridas, a Fluorita relaciona-se bem com mudanças, especialmente as mudanças mentais. Contêm também elementos que eliminam as impurezas, o ranço e padrões passados para que a transformação interna seja alcançada. Faça assim: coloque a fluorita acima da cabeça e medite sobre as tranformações e mudanças a serem focadas. Se desejar, complemente com Florais. Nos Florais de Minas, há o Buquê da Transformação, essência para a restauração profunda da psique e busca de novas posturas internas, externas e comportamentais. Ajuda a lidar com a estagnação nos tratamentos psicológicos e auxilia o rejuvenescimento espiritual, mental e emocional. Tome 4 gotas, diretamente na boca, 4 vezes ao dia.
    • Seja Completa Só ou acompanhada
    • Seja Completa, só ou acompanhada "Sou mulher, sou feliz, inteira e plena". Cada vez mais mulheres sentem-se assim, embora nossa cultura ainda cobre o "ser mulher" como sendo mulher de alguém. Mas encontramos, sim, mulheres completas em si mesmas com ou sem companheiros. Quantas você conhece? Nós, mulheres, temos, sim, necessidades físicas, emocionais e mentais de trocas com os outros. Mas essas necessidades não têm somente como foco o relacionamento amoroso. Elas são supridas na vida como um todo: no trabalho, nos desafios, nas amizades, na família e em todos os aspectos que nos nutrem. Temos que buscar satisfação pessoal e global, isso que dizer: fazer e dar-se por inteira em cada coisa, em cada situação que a vida nos coloca. E se não estivermos satisfeitas, devemos mudar a situação. Precisamos abrir mão de responsabilidades absurdas, necessidades vãs, projeções inviáveis e obrigações sem sentido.
    • Seja Completa, só ou acompanhada Quando você estiver em casa, é lá que deve buscar paz interior, cuidar e arrumar suas coisas, deixar um ambiente gostoso e harmonioso, para si mesma em primeiro lugar! Se estiver no trabalho, faça-o com dedicação, com gosto. Fazendo o seu melhor você tende a sentir-se cada vez melhor. Com seus amigos, ouça e seja ouvida com respeito, sinta um carinho específico por cada um. Se estiver na fase de sair e se divertir, dance, aproveite bastante. Se, pelo contrário, quiser paz e sossego longe de tudo e de todos, ótimo! Reflita, repense, se renove. Meu objetivo não é passar a mensagem "Sejamos todas solteiras e felizes!" Não, não é isso. Só desejo que possamos ser felizes, solteiras ou não! Plenas nos nossos sentimentos, inteiras nas situações e mulheres a qualquer tempo. Experimente refletir sobre as suas diversas facetas, os seus vários papeis na vida. Em alguma dessas situações você se sente incomodada? O que você acha que precisa para sentir- se melhor? Muita coisa? Pouca? São fatores que dependem de você ou dos outros? Se for depender de você, atire-se, busque, conquiste. Se você precisa dos outros ou de algo para se sentir feliz... Repense! Faça uma análise e uma faxina mental, emocional e na vida. Não é fácil, todas sabemos disso, mas impossível também não. Tente e tente novamente. Se o caminho escolhido até agora lhe trouxe insatisfação, infelicidade ou dependência, que tal tentar outro?
    • Seja Completa, só ou acompanhada Deixe a felicidade entrar Com o tempo a gente vai percebendo que para ser feliz não ? precisa? de algo ou alguém. O que a gente precisa mesmo é não precisar... Sem dureza, sem sofrer, sendo cada vez mais leve e plena em cada gesto, palavra ou olhar. Cuide-se com carinho. Declare ao Universo que você está aberta à felicidade. Você merece ser feliz, então seja!
    • Terapia Holística TUDO sobre Terapia Holística www.terapiaholistica.ning.com contato: simonekn@gmail.com Tel.: (11) 3815.6345 / 9706.6738