• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Crescimento da população humana
 

Crescimento da população humana

on

  • 21,502 views

 

Statistics

Views

Total Views
21,502
Views on SlideShare
20,733
Embed Views
769

Actions

Likes
6
Downloads
0
Comments
0

9 Embeds 769

http://novamente_geografando.blogs.sapo.pt 452
http://www.slideshare.net 260
http://silviapimenta.blogspot.pt 25
http://silviapimenta.blogspot.com 19
http://www.silviapimenta.blogspot.com.br 5
http://www.silviapimenta.blogspot.com 3
http://www.silviapimenta.blogspot.pt 3
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://silviapimenta.blogspot.com.br 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Crescimento da população humana Crescimento da população humana Presentation Transcript

    • CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO HUMANA Trabalho realizado por: Bernardo Mendes João Magalhães Mafalda Ramos Sílvia Pimenta
      • Nos últimos anos verificou-se um aumento exponencial da população humana.
      • A Revolução Industrial (século XIX) foi a grande impulsionadora deste crescimento.
      5,6 mil milhões de habitantes em 2010 7,9 mil milhões de habitantes em 2050 14 mil milhões de habitantes em 2100
      • Contudo, a distribuição não é geograficamente uniforme.
      • O maior contributo para o crescimento da população vem dos países em vias de desenvolvimento.
    • Problemas associados ao crescimento populacional
      • Rápida redução de recursos
      • Mudanças climáticas globais
      • Diminuição da biodiversidade
      • Poluição
      • Pobreza
      Pequenas porções de carne e arroz são o jantar desta família constituída por 8 pessoas nas Filipinas. 70% do rendimento da família é para a alimentação.
    • Factores que influenciam o crescimento/declínio de uma população
      • Natalidade
      • Mortalidade
      • Migração
      • Evolução da população = (nascimentos + imigração) – (mortes + emigração)
      • É mais comum recorrer-se à taxa de natalidade
      • É mais comum recorrer-se à taxa de mortalidade
    • Taxa de natalidade e taxa de mortalidade
      • Taxa de natalidade = número de nascimentos (nados vivos) por 1000 pessoas numa populaçao num dado ano
      • Taxa de mortalidade = número de mortes por 1000 pessoas numa população num dado ano
      Aumento populacional
    • Taxa de natalidade > Taxa de mortalidade
      • A nível global, tanto a taxa de natalidade como a taxa de mortalidade têm diminuído.
      • Contudo, a taxa de mortalidade apresenta uma descida mais acentuada do que a taxa de natalidade (o número de nascimentos supera o número de mortes).
    • Causas do decréscimo da taxa de mortalidade:
      • Melhoria na quantidade e qualidade de alimentos disponíveis
      • Desenvolvimento da medicina
      • Melhoria das condições de higiene pessoal
      • Melhoria da qualidade da água e da sua rede de distribuição
    • Condicionantes da natalidade/mortalidade
      • Características genéticas e imunológicas da população
      • Reprodução
      • Fertilidade
      • Incidência de certas doenças
      • Tipo de alimentação
    • Taxa de fertilidade
      • Taxa de fertilidade – estimativa do número médio de crianças que uma mulher dará à luz durante o seu periodo fértil.
      As maiores taxas de fertilidade verificam-se em países africanos e da península arábica.
    • Taxa de fertilidade na nossa turma
      • Inquérito realizado aos alunos e à professora de Biologia
      • Taxa de fertilidade = 1,8
      • 44 progenitores 40 filhos
    • Taxa de mortalidade infantil
      • Importante indicador da qualidade de vida de uma população
      • Taxa de mortalidade infantil = número de mortes durante o primeiro ano de vida em cada mil bebés nascidos)
      • Entre 1965 e 2002:
      • Em PD baixou de 20% para 7%;
      • Em PED baixou de 118% para 60%.
    • Elevada taxa de mortalidade infantil
      • Indicador de:
      • Subnutrição
      • Baixos cuidados de saúde
      • Incidência elevada de doenças infecciosas (geralmente veiculadas por água contaminada)
      A papa de sorgo (cereal) fornecida neste campo de refugiados da Etiópia não possui as proteínas nem a gordura necessárias para esta mãe lactante.
    • Esperança média de vida
      • Esperança média de vida à nascença – exprime o número de anos de vida que se espera que um neonato possa ter.
      • Na útlima metade do século XX, a esperança média de vida global aumentou de 48 para 67 anos.
    • Estrutura etária e razão dos sexos
      • Uma população não se caracteriza apenas pela sua evolução (crescimento ou decréscimo).
      • A estrutura etária e a razão de sexos sao representadas por pirâmides etárias:
      • O tipo de crescimento populacional está relacionado com a forma da pirâmide etária.
    • Consequências do declínio rápido de uma população
      • Diminuição da população activa.
      • Custos de apoio a idosos aumentam e recaem sobre um número mais restrito de pessoas.
    • Abundância em perigo
      • A crise alimentar mundial: a produção poderá acompanhar o crescimento da população global?
      Egípcios junto a um quiosque onde se vende pão subsidiado
    • Dados
      • Fome de carne: 35% do cereal produzido no mundo é utilizado para alimentar animais e não pessoas.
      • O milho usado para fabricar um depósito de etanol com 95 litros alimentaria um ser humano durante um ano.
      • Durante quase toda a década passada, o mundo consumiu mais alimentos do que produziu.
      • No futuro as alterações climáticas poderão conduzir a uma crise alimentar perpétua.
      Carne de porco na China
      • Segundo Malthus, a população humana aumenta a um ritmo geométrico duplicando em cada 25 anos enquanto a produção agrícola cresce aritmeticamente com maior lentidão.
      • Com a “revolução verde” ultrapassaram-se os limites malthusianos.
      • Cada avanço na alimentação provocou um salto correspondente na população.
    • Consequências negativas
      • O aumento da procura de alimentos, rações e biocombustíveis tem sido um factor importante de desflorestação nos trópicos.
      • Segundo os médicos, muitas das anomalias congénitas na Índia são resultado de envenenamento por pesticidas.
    • Desta vez: uma revolução mais verde?
      • Revolução baseada nos recém-adquiridos conhecimentos da genética.
      • Plantas melhoradas com características de outras espécies;
      • Novas variedades com rendimentos mais elevados;
      • Menores necessidades de adubo;
      • Maior resistência à seca.
    • Agricultura sustentável
      • Ideia subjacente revolucionária – não podemos centrar-nos na maximização do rendimento dos cereais sem ter em conta os impactes ambientais e sociais da produção de alimentos.
      • “ Pensar localmente, agir globalmente”.
    • FIM