• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Leitura e tecnologia na sala de aula.
 

Leitura e tecnologia na sala de aula.

on

  • 1,211 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,211
Views on SlideShare
1,179
Embed Views
32

Actions

Likes
0
Downloads
9
Comments
0

1 Embed 32

http://teclandoparaaprendercomartemanha.blogspot.com.br 32

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Leitura e tecnologia na sala de aula. Leitura e tecnologia na sala de aula. Presentation Transcript

    • JUSTIFICATIVA: O presente trabalho consiste num projeto para aconclusão do Curso Tecnologia na Educação:ensinando e aprendendo com as TIC. A partir daí,buscamos articular efetivamente, o foco de nossaproblemática tem como questão principal: De queforma os alunos do 1º e 2º ano do 2º ciclo trabalham aleitura aliada a tecnologia em sala de aula? Quepareceu-nos relevante diante da realidade escolar e dotrabalho docente. É necessário a busca dacompreensão sobre como a equipe pedagógica eprofessores atendem estes alunos na erainformatizada.
    • Portanto este trabalho destina-se aos profissionaisda educação com a finalidade de ajudar os alunos aterem uma maior participação nas atividades referentes aleitura e tecnologia na educação e que frequentam asséries iniciais do ensino fundamental, nestes termos, oprofessor será o mediador entre aluno, conhecimentos einformações buscando novos conhecimentos, realizandopesquisas e relacionando aos conteúdos com a realidadeda leitura e tecnologia na escola , buscando o seudesenvolvimento integral. Sempre partindo da própriaação do aluno, propondo superar os desafios que osmesmos encontram pela trajetória do ensinoaprendizagem, despertando nestes educando asuperação de problemas, curiosidades, levando-os aassimilar interpretar e a produzir conhecimentos,tornando-lhes cidadãos participativos, críticos eintegrantes de conhecimento.
    • OBJETIVOS:OBJETIVOS GERAIS:Mediar teoria/prática pela intervenção docente e reconhecer a escola nadimensão de transformação e formação de cidadania, fazendo uso dosrecursos tecnológicos na educação;Desenvolver as habilidades de ouvir, falar, ler e escrever com maisdesenvoltura, nas diferentes situações de comunicação em que a línguamaterna é o principal recurso a ser utilizado, com auxílio da plataforma virtualde aprendizagem.OBJETIVOS ESPECÍFICOS:Ensinar estratégias de compreensão leitora, estimular a capacidade de levantarhipóteses sobre o conteúdo da leitura que farão;Incentivar o aluno a tomar gosto pela leitura e favorecer a escrita dos textosproduzidos;Capacitar o aluno para ler e obter informações através dos recursostecnológicos;Auxiliá-lo no sentido de adequar a linguagem e a forma a serem utilizados pelouso dos recursos tecnológicos;Ter contato com bibliografia sobre gêneros de apoio à leitura utilizando o
    • A profissão do professor sempre teve uma relaçãodireta com livros , giz, quadro negro e papel. Nosúltimos anos, isso mudou bastante. O universo derecursos do docente entrou em expansão – pode nãoabrir mão do material de sempre, mas incorpora hojeuma relação direta com a tecnologia.Televisão e internet cada vez mais marcam presença naescola, trazendo novas perspectivas para o ensino. Uma se tornou extensão da outra e como exemplodisso tem-se a TV Escola. O canal, cuja programação éuma caixa de ferramentas para ser usada em sala deaula, desdobra-se na rede na forma de um portalespecialmente desenvolvido para oferecer apoio aosprofessores no mundo virtual.
    • Portanto com o decorrer dos anos ampliam-se as novas perspectivastecnológicas e com isso podemos perceber que educar para a comunicaçãosignifica desenvolver habilidades e competências básicas: como falar, seexpressar, ouvir, argumentar, dialogar; ler e compreender um texto, escrever ecomunicar uma ideia. No Brasil, a aquisição de habilidades de leitura e escritaainda é um grave problema a ser enfrentado pelo sistema educacional. Segundo Paulo Freire (1982, 1986), aprender a ler apenas as palavras,mas aprender a ler o mundo. A aquisição de habilidades de leitura e escrita ede compreensão de texto não se limita a decodificação dos caracteres, sílabase palavras envolve muitas outras estratégias e capacidades. Para Chaui “a desinformação (...) acaba sendo o principal resultado damaioria dos noticiários de rádio e televisão (...) de modo geral, as notícias sãoapresentadas de modo a impedir que o ouvinte e o espectador possamlocalizá-las no espaço e no tempo”. (CHAUI, 2006, p.45). A autora, recorre a ideia de “memória imediata” de Virilio, para apontara perda da noção de profundidade temporal, com relação ao passado e aofuturo, cuja consequência mais grave seria a despolitização. Paradoxalmente,rádio e televisão podem oferecer-nos o mundo inteiro em um instante, mas ofazem de tal maneira que o mundo real desaparece, restando apenas retalhosfragmentados de uma realidade desprovida de raiz no espaço e no tempo.
    • De acordo com a autora, o sistema de comunicação virtual, por meioda rede mundial de computadores leva ainda mais o limite a compressãoespaço temporal, a utopia e acronia (CHAUI, 2006, p.60). O que compreende além de habilidades de leitura e escrita, o domíniodos recursos e tecnologias da comunicação digital. Percebe-se hoje nocontexto escolar que a tecnologia é vivenciada como objeto de estudo ereflexão; como estratégia pedagógica; autoria e produção. Suas respectivasmetas contemplam: propiciar que o professor desmistifique a linguagem damídia e seja capaz de trabalhar com ela criticamente; instrumentalizar oeducador a escolher quando e por que usar a mídia na sala de aula; tornar” oprofessor também um produtor de conteúdos em parceria com seus alunos eincentivá-los a compartilhar esta produção no ambiente virtual deaprendizagem.Portanto pode-se concluir que a inserção de tecnologias inovadoras nasescolas explícitas acima está promovendo, além de melhores formas deensinar, uma grande democratização do conhecimento no nossoalunos, tornando os cidadãos participativos e críticos.
    • As atividades serão desenvolvidas por meio de atividades dirigidas emsala de aula e no laboratório de informática onde desenvolveremos atividadesde leitura e análise de artigos e notícias de jornais, revistas, livros, impressose leitura no ambiente virtual de aprendizagem.Como sinaliza Alarcão, [...] a prática é seu campo de observação e experimentação de inestimável riqueza, tendo a vantagem de não ser um laboratório artificial, mas sim um pedaço autêntico da realidade viva em que atuamos. Se à observação e à experimentação associamos a conceptualização e o levantamento de hipóteses de trabalho ou de compreensão dos fenômenos, então temos os ingredientes essenciais para o desenvolvimento do conhecimento: observação, análise, experimentação, avaliação e sistematização dos saberes. (2007, p.19).
    • AINVESTIGANDO SOBRE AS TECNOLOGIAS USADAS EM SALA DE AULA ATIVIDADE REALIZADA NO DIA 12 DE NOVEMBRO DE 2012
    • ATIVIDADES REALIZADA NA ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA ZAIR
    • REALIZADO NA SALA DE INFORMÁTICA NO EDITOR DETEXTO DO LINUX PELAS ALUNAS DO 2º ANO DO 2º CICLO B
    • ATIVIDADE REALIZADA NO DIA 13 DE NOVEMBRO DE 2012
    • AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM
    • REALIZANDO SUAS ANOTAÇÕES EM RELAÇÃO AO ASSUNTO TRABALHADO EM SALA DE AULA
    • O ALUNO AUXILIANDO O OUTRO COLEGA QUE TEM ACOMPANHAMENTO ESPECÍFICO NA SUA TURMA
    • EXECUTANDO ATIVIDADE ATRAVÉS DA LEITURA E PERCEPÇÃO VISUAL
    • AVALIAÇÃO: A avaliação da aprendizagem implica a participação não apenas do professorda classe comum, mas de todos os participantes na formação do educando e, paraisso, é importante que se estabeleçam, em conjunto, momentos de estudo, análise ereflexão, pois os conhecimentos específicos das diferentes áreas e a observação,fazemparte do cotidiano escolar do qual alunos fazem parte.Responda oralmente.Onde foi encontrada a maior dificuldade: na pesquisa de informações, na criação dotexto ou na apresentação oral para a turma?O que vocês aprenderam sobre como deve ser um trabalho de equipe?Alunos de outras turmas irão se interessar pelos textos que vocês produziram? Porquê? A equipe pedagógica aponta que ação de avaliar é importante para identificarconsensos acerca de orientações sobre a melhor forma de trabalhar a leitura aliada atecnologia na educação, inclusive, em casa com auxílio de seus familiares, dacomunidade ao qual estão inseridos. Segundo a maioria dos alunos, relataram que apreciaram e muito aoportunidade de participar e executar as atividades propostas.
    • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:SOLÉ, Isabel . Estratégias de Leitura, 6.ed. – Porto Alegre: Artmed, 1998.TOMAGHI , Aberto José da Costa. Tecnologia na Educação: ensinando e aprendendocom as TIC: Guia do cursista – 2ª Ed. – Brasília: Secretária da Educação a distancia 2010.
    • RESPONSÁVEL PELA ELABORAÇÃO DOS SLIDES DO POWERPOINT:SILVANACRISTINARODRIGUES DA SILVA