• Save
Rede metropolitana de transportes coletivos de goiânia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Rede metropolitana de transportes coletivos de goiânia

on

  • 1,170 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,170
Views on SlideShare
1,162
Embed Views
8

Actions

Likes
1
Downloads
2
Comments
0

2 Embeds 8

http://www.sibrtonline.org 7
http://localhost 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Rede metropolitana de transportes coletivos de goiânia Rede metropolitana de transportes coletivos de goiânia Presentation Transcript

  • Rede Metropolitana de Transportes Coletivos de Goiânia - BRT-Norte/Sul - Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • O panorama de nossas cidades O crescimento urbano desordenado A motorização crescente O declínio dos transportes públicos Estão comprometendo a qualidade de vida, a eficiência da economia e a sustentabilidade das cidades brasileiras Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Que Política?De fato, está sendo implementada uma política focada na fluidez dos automóveis em detrimento da mobilidadedas pessoas, retro-alimentada pelo estonteante aumento da frota motorizada.Os governantes colocam-se na armadilha de prometer – e nunca entregar – uma fluidez que sempre estará umpouco mais adiante da conclusão da próxima intervenção viária, sempre de vulto e custos crescentes. Cruzamento das Av 85 / T-63 em Goiânia Em 1980 Em 2007 No Futuro? Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Consequências Assim, o desejável crescimento econômico redundará em maiores níveis de congestionamento, devido ao aumento da frota e da circulação de veículos. Segundo o IPEA, no final da década de 90, em apenas dez capitais brasileiras perdiam-se anualmente mais de 500 milhões de horas em congestionamentos urbanos. A maior tragédia: 30 mil mortos e 300 mil feridos, ao ano, no Brasil Na ausência endêmica de corredores exclusivos para o transporte coletivo, os ônibus sempre perdem a disputa por espaço para os carros,o que compromete os deslocamentos ao trabalho, aos serviços básicos, ao lazer e às oportunidades de emprego. As condições de transporte convertem-se em uma barreira à inclusão social e ao direito à cidade. Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Brasília Hoje Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Diretrizes para a Política1- Vinculação do planejamento da cidade ao sistema de transportes;2- Priorização do transporte público coletivo e não-motorizados, em detrimento do privado e individual 3- Estímulo ao uso racional do automóvel Avanços: PAC – Copa do Mundo – 12 Cidades PAC – Mobilidade Grandes Cidades Projeto de Lei das Diretrizes Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Goiânia Capital de Goiás A 200km a Sudoeste de Brasília Fundada em 1933 1,4 milhões de habitantes Mais de 20 parques Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Rede Metropolitana de Transporte Coletivo Atende a uma população de cerca de 2,0 milhões de habitantes, distribuída em 18 municípios, em um raio de até 45 km do centro de Goiânia Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Estrutura da RMTC Gestão Câmara Deliberativa deTransportes Coletivos - CDTC - Colegiado de 9 Membros Município de Goiânia: 50 % Estado de Goiás: 25% Demais Municípios: 25% Companhia Metropolitana deTransportes Coletivos - CMTC - 4 Diretores Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • A Rede • Rede tronco-alimentada. • 51 locais de integração, sendo: 20 terminais, 19 Estações de Conexão e 12 Pontos de conexão. • Dois corredores segregados , com 12,9 km e 15,4 km de extensão. • 270 Linhas (66 eixos, 153 alimentadoras, 16 diretas, 11 expressas, 14 semi-urbanas e 10 City bus). • 90% das linhas estão integradas • Frota: 1.467 veículos • Rodagem (km/mês): 9,0 milhões • Demanda (Pass/Mês): 21,0 milhões Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Serviços e Frota Serviços Frota Tipo Padron Personalizado - Acessível 0006 Adaptado Seletivo - "City-Bus" 0065 Microônibus Convencional - Privado 1301 Padron 85 Articuladoe e Convencional - Público 0090 5 Bi-Articulados Serviço Noturno 0005 Padron Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Corredores Pré-Existentes Sistemas de Alta Capacidade Existentes Característica Eixo Leste / Oeste Eixo Norte / Sul Implantação 1976 1980 Ano Extensão 13,6 10,0 km Frota 85 Art e 5 Bi-Art 60 Padron Un Idade Média 12,0 3,0 Anos Operadora Pública* Privada Demanda Diária 240 mil 75 mil Passageiros Segregação Total Parcial - Ultrapassagem Não Não - Velocidade <= 20 18 km/h Bilhetagem Externa Sim Não - Tarifa 1,15** 2,25 R$ Semáforos 51 22 Un Terminais 5 1 Un Estações de Parada 19 15 Un *METROBUS **Subisidiada pelo Governo Estadual Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • BRT Norte / Sul – Traçado e Terminais T. Recanto do Bosque T. Perimetral T. Rodoviária E. Bandeirante E. Cívica GOIÂNIA T. Isidória T. Correios T. Cruzeiro APARECIDA DE GOIÂNIA T. Veiga Jardim Estação Terminal Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • BRT Norte / Sul - Características Aparecida Goiânia Total Extensão (km) 5,10 21,60 26,70 Padron Articulados TotalFrota Operacional (un) 40 20 60 Dos terminais Lindeira TotalDemanda Diária Atual 57.656 56.857 114.513 Empréstimo / Repasse OrçamentoCusto de Implantação Total CAF PAC Municipal em milões de Reais 105,0 75,0 65,0 245,0 em milões de dólares 65,6 46,9 40,6 153,1 Privada já concedida Operação 2 Áreas - 2 Operadores Tarifa Atual R$ 2,25 = U$ 1,40 Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • BRT Norte / Sul – Seção-Tipo• A diretriz do Eixo atravessa as cidades de Goiânia e em Aparecida de Goiânia;• O trecho de Aparecida de Goiânia está compreendido entre o Terminal Veiga Jardim e o TerminalCruzeiro, totalizando 5,0 km;• O trecho de Goiânia está localizado entre o Terminal Cruzeiro e o Terminal Recanto do Bosque, comextensão total de 21,80 km;• A concepção geométrica do Eixo contempla uma via exclusiva para o transporte coletivo de passageirossegregada fisicamente do sistema viário local; Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • BRT Norte / Sul – Seção-Estação•48 Estações de embarque e desembarque elevadas;• 7 estações no trecho de Aparecida de Goiânia / 41 estações no trecho de Goiânia;• Embarque e desembarque pelo lado esquerdo dos ônibus;• No trecho localizado na Avenida Goiás serão mantidas as estações de embarque e desembarqueexistentes;• Nos trechos das estações a seção transversal permitirá ultrapassagem. Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • BRT Norte / Sul – Seção-Desnível • Estão previstas três passagens em desnível. • Cruzamento da Av. Rio Verde com a Av. Tapajós; • Interseção da Rua 90 com a Av. 136 • Cruzamento da Av. Goiás com Perimetral Norte Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • BRT Norte / Sul – Vista Parcial Estações-Tipo Terminal Correios Passagem em Desnível Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • BRT Norte / Sul – Estação-Tipo Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011
  • Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos CMTC Eng. José Carlos Xavier Presidente Fones: +55 62 3524 1840 e-mail: jcgrafite@uol.com.br Eng. José Carlos Xavier Presidente CMTC Guayaquil, 26 de abril de 2011