Curso de Formação do PNAIC
Cursista: Alzeni Souto Araújo
Orientadora: Shirley Franco
O TEXTO POÉTICO NA ESCOLA
Pacto Nacio...
O TEXTO POÉTICO NA ESCOLA
• Ano/série: 3º Ano
• Gênero: Poesia
• Linguagem e características do gênero:
A poesia tem como ...
- Distribuir um verso incompleto para cada aluno com tema diferente para que
ele possa produzir sua poesia.
- Declamar a p...
(ONDE TEM ÁRVORE TEM...).
“Onde tem árvore tem passarinhos
Onde tem passarinhos tem ninho
Onde tem ninho tem ovos
Onde tem...
O texto poético na escola e tirinhas
O texto poético na escola e tirinhas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

O texto poético na escola e tirinhas

285

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
285
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "O texto poético na escola e tirinhas"

  1. 1. Curso de Formação do PNAIC Cursista: Alzeni Souto Araújo Orientadora: Shirley Franco O TEXTO POÉTICO NA ESCOLA Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade certa
  2. 2. O TEXTO POÉTICO NA ESCOLA • Ano/série: 3º Ano • Gênero: Poesia • Linguagem e características do gênero: A poesia tem como característica: Verso, estrofe e rima. POESIA é a linguagem subjetiva, que utilizamos para exprimir nossos sentimentos e nossas emoções, com elementos sonoros: ritmo rima e verso. • Conteúdo a ser trabalhado: Leitura e escrita • Objetivos: - Estabelecer correspondência entre a pauta sonora e a pauta escrita do texto. - Refletir sobre o sistema alfabético da escrita. - Desenvolver habilidade de leitura. - Interpretar o conteúdo do texto. - Identificar título, tema personagens e ação do texto. - Ler todos os textos com ritmo, entonação e pontuação correta. - Estimular a criatividade do aluno utilizando – se dos seus conhecimentos pessoais. - Compreender e valorizar o uso da escrita com diferentes funções, em diferentes gêneros. • Eixo do componente Língua Portuguesa: Leitura, oralidade e produção de textos escritos e análise linguística. • Procedimentos metodológicos (apresentar etapas de produção de leitura e escrita do gênero): - Pretendemos que os alunos reconheçam as características do texto poético e desenvolvam habilidades de leitura, de interpretação e de produção de textos desse tipo. - Levar para a sala uma caixa com tampa, com poesias de vários autores. - Passar de mão em mão a caixa e perguntar se eles sabem o que tem dentro, fazendo suspense antes de abrir. - Deixar que cada um escolha uma, fazendo comentários sobre título, autor, porque escolheu. - Dirigir perguntas aos alunos: Você gostou da poesia que leu? Sobre o que ela fala? Vamos criar um poema? - A professora inicia o primeiro verso do poema propondo que os alunos continuem a produção orientada pela professora que escreve no quadro estimulando a criatividade, a sensibilidade e participação da turma.
  3. 3. - Distribuir um verso incompleto para cada aluno com tema diferente para que ele possa produzir sua poesia. - Declamar a poesia com postura e entonação. Convite Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. As palavras não: quanto mais se brinca com elas mais novas ficam. Como a água do rio que é água sempre nova. Como cada dia que é sempre um novo dia. Vamos brincar de poesia? José Paulo Paes a) O texto anterior pertence a que gênero textual? Por quê? b) Explique o título do texto. c) Segundo o texto, qual é a definição de “poesia”? d) Por que o autor afirma que as palavras “quanto mais se brinca com elas, mais novas ficam”? - Exponha poemas dos alunos na sala.
  4. 4. (ONDE TEM ÁRVORE TEM...). “Onde tem árvore tem passarinhos Onde tem passarinhos tem ninho Onde tem ninho tem ovos Onde tem ovos tem filhotes Onde tem filhotes tem canto Onde tem canto tem alegria Onde tem alegria tem criança Onde tem criança tem família Onde tem família tem esperança Onde tem esperança tem união Onde tem união tem harmonia Onde tem harmonia tem afeto Onde tem afeto tem amor Onde tem amor tem Deus “Onde tem Deus tem tudo. Onde tem som tem músicas Onde tem músicas tem letras Onde tem letras tem linha Onde tem linha tem caderno Onde tem caderno tem lápis Onde tem lápis tem palavras Onde tem palavras tem frases Onde tem frases tem textos Onde tem texto tem leitura Onde tem leitura tem crianças Onde tem crianças tem paz Onde tem paz tem Deus Onde tem Deus tem tudo de bom. • Avaliação: O sucesso do trabalho está no entusiasmo com que o realiza. A compreensão pelos alunos será avaliada a partir da discussão em sala de aula. Observar o desempenho e o interesse de cada aluno. Saber se eles aprenderam aquilo que você queria que aprendesse. Caso contrário busque as causas e reoriente a prática. Montar uma caixa com tirinha, nelas deve constar as características de cada gênero sem identificar o gênero que as características pertencem.

×