Congo Belga: Independência e Guerras Civis
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Congo Belga: Independência e Guerras Civis

on

  • 2,176 views

Esta aula destina-se aos alunos e alunas do Terceiro Ano do Colégio Militar de Brasília, mas qualquer pessoa pode utilizar o material, basta entrar em contato e citar a fonte.

Esta aula destina-se aos alunos e alunas do Terceiro Ano do Colégio Militar de Brasília, mas qualquer pessoa pode utilizar o material, basta entrar em contato e citar a fonte.

Statistics

Views

Total Views
2,176
Views on SlideShare
2,175
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
24
Comments
0

1 Embed 1

https://twitter.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Congo Belga: Independência e Guerras Civis Presentation Transcript

  • 1. INDEPENDÊNCIA DO CONGO
  • 2. • A República Democrática do Congo (ex- Zaire), também chamada de Congo Kinshasa para diferenciar do vizinho Congo (ou Congo-Brazzavile), é o 3° maior país em extensão territorial do continente africano, Fazendo fronteira com o Sudão (a nordeste), República Centro-Africana (ao norte), Congo (a noroeste e a oeste), com o enclave angolano de Cabinda (a oeste), Angola (a sudoeste), Zâmbia (ao sul), Tanzânia (a sudeste), Burundi, Ruanda e Uganda (a leste), além de ser banhado pelo oceano Atlântico (a oeste). 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 2
  • 3. • Os indicadores sociais do Congo são dos piores do mundo → a taxa de mortalidade infantil é uma das mais altas do planeta, 115 óbitos a cada mil nascidos vivos; o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,239, é a segunda pior média mundial; o analfabetismo atinge mais 32% dos habitantes; cerca 76% da população é subnutrida; a maioria dos habitantes vivem com menos de 1 dólar por dia, ou seja, abaixo da linha de pobreza; a expectativa de vida é de 46,1 anos. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 3
  • 4. • Diamantes, cobalto, cobre, ouro, nióbio, p etróleo, mogno, borracha, ébano, café, ca cau, chá, algodão, etc., são algumas das riquezas do país. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 4 O Congo é um dos países mais ricos do mundo, seu povo, no entanto, viv e em situação miserável.
  • 5. O Estado Livre do Congo existiu de 1885-1908 e era patrimônio pessoal do rei Leopoldo II. Sob a desculpa de promover a ciência e atividades humanitárias, e com o apoio de Henry Morton Stanley, a região foi explorada de forma brutal. Acredita-se que 20% da população foi morta. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 5
  • 6. • A administração brutal de Leopoldo II foi denunciada e tornou-se um escândalo internacional. • O Parlamento Belga assumiu o território que foi colônia belga de 1908 até 1960. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 6 Território do Congo Belga ou Congo-Kinshasa.
  • 7. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 7 • O status de colônia belga não melhorou significativamente a condições da população. • Os congoleses eram tutelados, como crianças grandes. Não participavam do governo e eram vistos como serviçais. Essa situação pode ser vista no quadrinho TinTin no Congo, que teve duas versões, 1931 e 1946.
  • 8. • O movimento nacionalista (MNC) teve início nos anos 1950 sob a liderança de Patrice Lumumba. A independência veio em 30/06/1960. Em julho, eclodiu uma rebelião contra Lumumba com o apoio da Bélgica, Estados Unidos e França. O objetivo era impedir o alinhamento com a URSS, além disso, Lumumba tinha posições anti-imperialistas e nacionalistas. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 8 Lumumba foi derrubado do poder em 1961, aprisiona do e executado.
  • 9. • A Crise do Congo (1960– 1966) estendeu-se da independência até a tomada do poder por Joseph Mobutu. Lutas anti-coloniais, conflitos tribais, guerra separatista na província de Katanga, intervenção da ONU para a manutenção da paz, a presença de Che Guevara em 1965 são componentes do conflito que causou a morte de cerca de 100.000 pessoas. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 9 Mobuto, ditador de 1967 até 1997, mudou o nome do país para Zaire.
  • 10. • Laurent-Désiré Kabila derrubou Mobuto e governou até seu assassinato em 2001, foi substituído por seu filho, Joseph Kabila. • Seguiram-se guerras civis com intervenção de países e milícias como Ruanda, Uganda, Burundi, Zi mbabué, Angola, Chade, Namí bia, a UNITA, etc. • I Guerra do Congo (1996- 1997) e a II Guerra do Congo (1998-2003), de Guerra Mundial Africana 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 10
  • 11. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 11 Para onde vão as riquezas do Congo? • Investigações da ONU apontam que empresas estrangeiras participam e patrocinam os conflitos no Congo, inclusive apoiando o desmembramento do país. • Durante o governo Kabila, houve várias privatizações de mineradoras. Kabila é acusado de se lucrar com as transações.
  • 12. • Apesar da paz oficial, investigação da ONU aponta que, em 2008, 45 mil pessoas era mortas por mês. • Rivalidades étnicas (tutsis X hutus, outros); estupros em massa de mulheres e, também, homens; canibalismo; uso extensivo de crianças soldado, marcam o conflito. 7/29/2013Prof.ª Valéria Fernandes 12