Your SlideShare is downloading. ×
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Redações 7ªs séries - Guerino - 2009
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Redações 7ªs séries - Guerino - 2009

695

Published on

Redações baseadas no texto "O Professor Está Sempre Errado".

Redações baseadas no texto "O Professor Está Sempre Errado".

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
695
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. REDAÇÕES PRODUZIDAS PELOS ALUNOS DAS 7ªS SÉRIES ESCOLA GUERINO ZUGNO – 2009 DISCIPLINA: PORTUGUÊS PROFESSORA: IVANETE I. PAVAN TEMA: MÊS DO PROFESSOR
  • 2. Insatisfação! Sua vida inteira desde pequeno é voltada aos estudos, para que futuramente possam ajudar outras crianças. Quase não tem tempo para nada. Muitas vezes tem que cuidar da casa, do marido e dos filhos e nesse meio tempo se foi o dia. Quase sempre dorme de madrugada, pois precisa antes preparar a matéria e corrigir provas para o dia seguinte. Faz tudo isso com amor, pensando em agradar e satisfazer as dúvidas dos alunos. Ah! Será que tudo isso não merece um pouco de nossa atenção ? Hoje é comum cada um ter seu próprio ponto de vista. Há muita insatisfação por parte das pessoas, mas se aprendêssemos a ouvir mais, pensaríamos antes de falar, ainda mais de um professor. Giése Mendonsa
  • 3. O Aluno A maioria dos alunos não gostam de estudar, eles estudam por obrigação. Fazem de tudo para não ir à escola. Quando estão na sala de aula, alguns não sabem se calar e tentam incomodar os quietos. Quando há provas, uma parte estuda, enquanto os restantes só fazem bagunças e ficam conversando. Na devolução das provas, os comportados se dão bem, tiram notas boas e ficam felizes, e continuam se esforçando. Por outro lado, o restante da sala se dá mal e continua fazendo bagunças, mesmo com suas notas ruins. No final do ano, os esforçados são aprovados enquanto os bagunceiros são reprovados. Gabriel Allano
  • 4. Professor Alguns professores são meios estressados, bom sou um deles, mas sempre tento me segurar e fazer o melhor que posso para não arrumar brigas, discussões ou algum tipo de encrenca. Alguns alunos pensam que nós os professoremos, pegamos muito no pé deles! Mas enfim só queremos o bem deles... Bom na escola, um professor é como se fosse um pai ou uma mãe para os alunos. Pois é ele, o professor que educa e ensina os filhos... Enfim um professor é muito importante na vida de cada um dos alunos. Bárbara Caroline
  • 5. A lunos Apostos O aluno é uma coisa difícil de se dizer, pois todos são diferentes, mais as características que mais uso é o aluno bom e o mal. O aluno bom é aquele que tira notas boas, por exemplo, na prova de peso dez, ele gabaritaria ou falta mínimos pontos para gabaritar. Já o aluno mal, se tirar três ou quatro já está ótimo para ele. Outros dizem que o culpado é professor por não ensinar a matéria como deveria. O aluno bom raramente falta à aula. O aluno mal falta muito, mais quando vem, é “botar fogo” na sala. Com os alunos bons a professora nem nota de tão quietos e comportados, mas com os “maus”, é aí que a coisa muda, pois vivem infernizando a professora e os colegas, e se a professora chama a atenção, eles falam que ela sempre pega no pé deles... Enfim acho que isso nunca vai mudar, mas aluno é aluno, independente do bom ou mal, mas escolhi essa profissão e sei que vou saber lidar com todos. Daniela
  • 6. Mais um dia para aprender e ensinar Hoje, mais um dia de aula, vou ver meus amigos, estudar, brincar. A professora chegou, todos ficaram quietos. Escutamos o que ela disse, e iremos fazer um trabalho sobre relações. Fizemos boas redações e no fim da aula conversamos sobre a adolescência. Eu acho legal a convivência entre alunos e professores. Temos que pensar que tudo que aprendemos depende de nós, de uma boa educação que nossos pais e professores nos dão. E que isso reflita em uma boa profissão. Então, ser o aluno é aprender para depois ensinar e praticar, e ser professor é ensinar e aprender cada vez mais. Erick de Oliveira Sardoni
  • 7. Os Alunos Os alunos são uma coisa difícil, pois uns são quietos e outros querem aparecer. Muitos tiram notas boas e ficam felizes e outros tiram notas ruins e só reclamam. É uma confusão danada! Eles acham que o professor está sempre errado. Fazem as bagunças e sempre dizem “não fui eu”, brigam. Brigam por pouca coisa e sempre querem ter a razão. Mas no fundo não sabem o que querem e são só uns inconseqüentes que querem se achar os tais. Eliezer de Souza
  • 8. Alunos Os alunos são uns bagunceiros e só sabem reclamar. Queria ver se eles estivessem no meu lugar de professor ouvindo besteiras dessas. Eu tenho que planejar aulas para eles, fazer trabalhos, organizar as coisas da turma, mas eles não sabem aproveitar as oportunidades dadas. John
  • 9. Nossas Salas de Aula Primeiramente, gostaria de expor a falta de interesse e gratidão dos alunos com suas oportunidades. Apenas gostaria que eles analisassem o que estão perdendo. A sala de aula está se tornando um ambiente ruim de trabalhar, pois há uma grande falta de respeito e cooperação da parte dos alunos. Tristes fatos estão ocorrendo. Palavras e frases agressoras estão sendo expostas a um profissional que merece um respeito máximo, assim como também, entre os próprios colegas. O que poderia ser feito diante desses fatos? Talvez uma boa educação trazida de casa, ajudasse, e muito. Isso está simplesmente refletindo na educação de uma nação. Se não quisermos mudar, estaremos sempre limitados a uma base, e isso não nos deixará evoluir. Pena é o que devemos sentir das ações de certos alunos, pois eles não têm consciência do que estão perdendo e o quanto isso lhes fará falta. O que podemos fazer em uma situação triste dessas? Torcer e fazer a nossa parte, pois infelizmente um grupo muito pequeno deseja mudar essa realidade. Triste realidade! Aline Souza de Almeida
  • 10. Na sala de aula Na sala onde dou aula, os alunos são muito bagunceiros, pois brincam muito durante a aula e cada brincadeira! Jogam joguinho no celular, trocam de lugar sem permissão, conversam, etc... Mas, na minha opinião, acho que esses alunos estão aqui na escola é pra estudar, adquirir um bom futuro na vida, pois já é muito difícil conseguir um bom emprego com estudos, imagine sem estudos... Tem muitos alunos que, quando estou explicando no quadro, não prestam atenção e depois, quando aplico uma prova sobre este conteúdo, simplesmente não sabem e o que acontece, tiram um zero nas provas. Acho que não prestar atenção nas explicações, brincar nas aulas, conversar, sempre tirar zero nas provas e excesso de faltas não são atitudes corretas. É por esses motivos que a grande maioria dos alunos reprova no final do ano! Andrieli Pontel Turma 72
  • 11. Os Dias de um Professo r Alunos é um problema. Sempre reclamam, xingam, falam palavrões, mas alguns se saem melhor que outros: estudam, fazem os trabalhos, tiram boas notas, respeitam os professores, e, com certeza, irão passar de ano. Outros são alunos regulares, que vão passar ou não de ano, ou passam com progressão. Muitos não querem nem saber, vem para a escola só para incomodar. Tentamos, nós, professores, passar atividades legais, mas a maioria fica conversando e não faz os trabalhos. No final todos querem ir embora, ficam pedindo para sair mais cedo, mas nós não podemos largá-los. Então, quando acaba a aula, nós sabemos que no outro dia vai ser a mesma coisa. Jean Hofmann Turma 72
  • 12. Diário de um professor Aqui estou eu em mais um ano em meu trabalho como professora da 7ª série, quase de cabelo branco devido a alguns alunos impossíveis. Mas, mesmo “cheia de estresse”, foi essa a profissão escolhida em minha faculdade. E graças à minha responsabilidade e bom senso, já estou acostumada a lidar com isso. Todos os dias minha rotina é a mesma – do trabalho para casa, e em casa dobra o meu trabalho – pela minha função de dona de casa e até madrugada preparando aulas, corrigindo provas e preparando mais aulas. Este ano não é diferente dos anos anteriores, pois todos os anos se completa com alunos rebeldes, desobedientes e bagunceiros, alunos estudiosos, educados e comportados. Com os rebeldes, já aprendi a lidar, sendo que já tenho anos de experiência, mas mesmo assim, não por completo. Até tento ajuda-los para que não percam o ano, mas para alguns é desprezável o que digo. Já com os estudiosos... Com esses não preciso me preocupar, sei que eles, se continuarem se dedicando por inteiro, estarão com um futuro grandioso garantido. Destes tenho orgulho de apontar para os outros professores e pessoas em geral, e dizer que aquele, um dia, foi meu aluno dedicado. Eu sinto falta deles no final do ano, e às vezes, os reencontro ao passar do tempo. E lá se vai mais um dia agitado. E mais uma noite vou dormir exausta, sabendo que amanhã será um novo dia cheio de surpresas e decepções. Mas sei que estou ajudando-os a construir um futuro próspero e melhor. Isso me alegra. Por isso peço a Deus que me ajude a suportar e que eu não chegue tão fácil ao meu limite, para que me dê paciência para com eles... e força para agüentar essa “barra”, e sabendo que meu descanso se encontra no final de semana. Jéssica Beatris Turma 72
  • 13. O Menino Júlio Era uma vez um menino chamado Júlio. Júlio estudava, até que um dia foi influenciado pelos amigos e passou a gazear aula. Júlio ia para a escola um dia por semana, até que um dia a professora chamou a mãe de Júlio. Andréia, mãe do Júlio, explicou o seguinte para o garoto: - Júlio, meu filho, a sua professora me disse que você gazeia aula. Você não pode faltar assim. Se você não estudar, quando crescer, você vai trabalhar num trabalho ruim. - Meu filho, promete para mim, sua mãe, que vai voltar a estudar como era antes? Júlio respondeu: - Está bem, mãe, vou estudar. Quero ser um bom aluno e quando crescer quer ter um bom emprego. Depois do conselho da mãe, Júlio estudava, fazia os temas, ia para a aula e só faltava quando estava doente. A professora ficou muito contente com o resultado de Júlio. Hoje Júlio já é homem e é um advogado. Karine Turma 72
  • 14. Os Alunos Alunos são bem diferentes um dos outros. Uns adoram se mostrar, outros já não. Outros tiram nota boa, já outros, nem ao menos se interessam por ela. Alguns bagunçam e conversam, outros são quietos. Os inteligentes são os nerds, já os menos privilegiados são as vítimas de tudo. Alguns adoram conversar sobre banalidades, outros são mais lentos. Os gordos são motivo de gozação. Alguns são verdadeiros debochados. Os feios são motivo para uma brincadeira de mau gosto. Quando tem aulas legais avacalham, mas quando tem aulas chatas também incomodam. Esses alunos são terríveis, mas cada um tem um valor enorme para o futuro do Brasil Michele Roque Carvalhais Turma 73
  • 15. O Aluno Na Opinião do Professor O aluno é muito bagunceiro, só nos incomoda e não nos respeita. Uns alunos respondem para nós, não têm educação. Eles não fazem as atividades; vão malnas provas e não fazem os trabalhos que nós mandamos eles fazerem. Mas tem alguns alunos que fazem suas obrigações, já estão passados. Para ser um professor é difícil, mas eu gosto de ser um. Fernando Turma 73
  • 16. O dia de amanhã Todo dia eu entro na sala de aula e vejo que o que falta é respeito e organização, pois estão todos fora do lugar e tudo bagunçado. Na hora que chega o professor, todos correm para o seu lugar como se nada tivesse acontecido. Falta muita amizade porque tem uns grupinhos que ficam separados, emburrados. Deveria ter mais educação, pois com educação todos convivem melhor. Melhora a aprendizagem que nos prepara para o futuro a fim de sermos alguém na vida. Eliézer de Souza Turma 71
  • 17. Os Alunos... São inteligentes, Mas, no entanto, são desinteressados. Se acham espertos! Alguns, na verdade, muito mal educados. Outros fazem bagunça, Me tiram do sério! E outros entram na bagunça sem querer. São meio loucos, gritam. Mas em meio a essa bagunça, há alguns Sensatos e calmos... São poucos... Então, nem tudo está perdido! Danielton Turma 71
  • 18. Eu, Professor Eu, como professor, sou às vezes muito desrespeitado por alunos que querem se “aparecer” e se achar os tais. Eu, como professor, realizo trabalhos e provas o dia e a noite inteira para chegar na sala de aula e ouvir reclamações. Mas tem alunos que nos ajudam a superar isto. Alunos que tiram notas boas, que fazem os trabalhos bem feitos e que sempre estão nos ajudando. Sou professor porque gosto de ensinar pessoas, e espero que essas pessoas possam se formar boas pessoas, com uma boa educação e uma especialização profissional. Érik de Oliveira Jordani Turma 72
  • 19. Amigos em sala de aula Na minha sala de aula os alunos gostam de conversar e de fazer amizades, mais com tanta conversa a aprendizagem fica muito mal, porque as pessoas não têm organização e muito menos respeito com os professores. Porém tem uma coisa boa; tem alunos que são muito amigos entre si. A nossa sala de aula é um pouco bagunçada, tem algumas classes riscadas e os alunos sentados de mau jeito e fora de seus lugares. A escola tem gente que não se importa e não se esforça para estudar, mas a escola é um meio para aprender coisas novas e também para, quando querer arrumar emprego, conseguir um facilmente. Porque sem estudos, as pessoas não conseguem arrumar um emprego bom e garantir um salário bom. Igor Boselo
  • 20. Dia do Professor Passamos noite acordados, para fazer aulas. Eles passam toda manhã, dando jeito de incomodar. Faço trabalho diferente, eles não se comportam diferente. Tento mudar aqueles que não querem, eles mudam aqueles que querem. O rico só se diverte, o pobre é atrapalhado pela diversão. Os outros professores se incomodam Eu sou o incomodado. Quando dá o sinal para o recreio, dou graças a Deus que posso descansar. Quando acaba o recreio, eles ficam loucos para aprontar. Esse é o meu dia de professor, Esse é o dia deles! Alisson M.R.S
  • 21. O Aluno Quando... O aluno é jovem, normalmente não tem muito interesse. Alguns alunos são dedicados, outros não dão a mínima para a escola. Tem alunos que vem com roupa de marca e não sabem nada e tem alunos que não tem nada de marcas, mas são inteligentes. Alguns alunos nunca faltam, outros nunca vêm para sala de aula, são “turistas”. Tem aluno que presta atenção, mas não tem quase nada no caderno. Outros copiam tudo, mas não sabem nada. Na carreira de professor, tudo isso é normal porque em todas as profissões tem coisas boas e coisas ruins! Edson da Costa Mello

×