Lição 12 - Babilonia e sua queda

2,007
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,007
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
11
Actions
Shares
0
Downloads
91
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Lição 12 - Babilonia e sua queda

  1. 1. BABILÔNIAE SUA QUEDA
  2. 2. Alvo da lição O aluno será capaz desaber conhecer o sistema político religioso que estará, em breve, vigente;sentir ansiar pelo momento da vitória final de Cristo; agir esforçar-se para viver com os olhos no futuro glorioso da Igreja.
  3. 3. Torre de Babel Babilônia?1. Vocês se lembram da história da Torre de Babel?2. Quem pode contá-la, rapidamente?3. O que significa, então, Babel?
  4. 4. Introdução O texto básico da lição traz a narrativa do aparecimento de um sistema político- religioso que estará em evidência por um período de tempo, por permissão de Deus, e que será destruído completamente pelo Senhor Jesus na Sua volta bendita.
  5. 5. I. O que significa o nome Babilônia Em Gênesis 10.10 e 11.9, encontramos o nome Babel, dado à torre construída no país de Ninrode. O nome Babel significa confusão. Essa primeira referência ao nome Babel, e a História que a isso se prende, falam-nos de orgulho e espírito de revolta contra Deus.
  6. 6. II. A Babilônia política (Ap 17.1-18)1. A mulher montada sobre a besta (Ap 17.1-7)João foi transportado em espírito a um deserto, onde viu uma mulher montada sobre uma besta cheia de nomes de blasfêmia.
  7. 7. II. A Babilônia política (Ap 17.1-18)2. A história da besta (Ap 17.8-18)“A besta que viste, era e não é, está para emergir do abismoe caminha para a destruição”.1.“Proceder dos sete” significa que o Império Romano,quando for restaurado, virá com as mesmas característicasdo passado, com as mesmas crueldades anteriores;
  8. 8. II. A Babilônia política (Ap 17.1-18)2. A história da besta (Ap 17.8-18)“A besta que viste, era e não é, está para emergir do abismoe caminha para a destruição”.2.“Proceder dos sete” significa que a besta será a encarnaçãode um dos impera dores do passado, mediante operaçãodemoníaca, possivelmente Nero, o mais brutal de todos eles.Como tudo estará nessa época sob o controle de Satanás,não se pode duvidar dessa operação.
  9. 9. III. A Babilônia religiosa (Ap 18.1-24)1. A queda da Babilônia vista pelo céu (Ap 18.1-8)a.Vemos o comprometimento do poder político naquelesistema (v.3).b.Temos a advertência vinda do céu para que se retire dela o“povo meu”, para que não sejam apanhados por aquilo quehá de vir sobre ela (v.4).c.Fala do acúmulo de pecados praticados, que se encontramà vista de Deus (v.5).
  10. 10. III. A Babilônia religiosa (Ap 18.1-24)1. A queda da Babilônia vista pelo céu (Ap 18.1-8)d.Fala da sentença que receberá pelos atos praticados (v.6).e.Fala daquilo que essa Babilônia adquiriu e de sua vidaopulenta. Não é mais aquela Igreja que não possuía pratanem ouro, mas agora possui prata e ouro em abundância(v.7).f.Fala de sua destruição de modo repentino (v.8).
  11. 11. III. A Babilônia religiosa (Ap 18.1-24)2. A queda de Babilônia vista pelos homens (Ap 18.9-19)Com o rompimento entre a Babilônia política, representadapela besta e pelos reis confederados, e a Babilônia religiosa,que representa a cristandade apóstata, vai acontecer adestruição desse sistema religioso pelo poder da besta, quemeterá fogo sobre a sede desse governo (v.17-19).
  12. 12. III. A Babilônia religiosa (Ap 18.1-24)3. A queda de Babilônia contemplada pelos anjos (Ap 18.20-24)a.A conclamação a todos que se encontram no céu: osapóstolos e profetas, vítimas no passado do sistemaencarnado pela Babilônia (v.20).b.A ação do anjo credenciado para esta missão, lançando aBabilônia como uma pedra de moinho para dentro do mar(v.21). Fala do seu depoimento final.
  13. 13. III. A Babilônia religiosa (Ap 18.1-24)3. A queda de Babilônia contemplada pelos anjos (Ap 18.20-24)c.A eliminação total da Babilônia por causa de suas açõespecaminosas (v.22-24). É o final de um sistema religiosocomprometido com as anomalias praticadas.
  14. 14. Revisão e aplicação1. O que representa, de fato, a Grande Babilônia?2. Qual será o fim da Babilônia política e da Babilônia religiosa?3. Quem são os “santos” que observarão a queda da Babilônia?
  15. 15. Conclusão Como se pode ver pela análise feita dos capítulos indicados, o mundo passará por dias terríveis e tenebrosos, quando a força do mal estará operando de forma mais intensa, quando Deus estará completamente ausente, permitindo que o diabo atue com toda liberdade nesse mundo que está posto nele. Mas o dia glorioso virá quando Cristo voltar com os Seus. Aleluia!
  1. ¿Le ha llamado la atención una diapositiva en particular?

    Recortar diapositivas es una manera útil de recopilar información importante para consultarla más tarde.

×