Distúrbios Alimentares

26,596
-1

Published on

Tipos de distúrbios alimentares.
http://geologiabiologia.blogspot.com

Published in: Health & Medicine
0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
26,596
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Distúrbios Alimentares

  1. 1. Colégio Nossa Senhora Da Boavista Trabalho de Ciências Naturais
  2. 2. Distúrbios Alimentares
  3. 3. O que são distúrbios alimentares? <ul><li>São doenças psiquiátricas estando na sua origem a interacção de factores psicológicos, biológicos, familiares e socioculturais. Caracterizam-se, fundamentalmente por alterações significativas do comportamento alimentar . </li></ul><ul><li>Sabe-se que não se deve a modas, mas que a pressão cultural para a magreza, a insatisfação e a preocupação com o peso podem contribuir, juntamente com outros factores, para um aumento da vulnerabilidade, que por sua vez pode levar á tomada de decisão de iniciar uma dieta. É pertinente referir que a dieta só por si não constitui uma condição suficiente para o desencadear de um distúrbio alimentar, mas é uma condição necessária, dado que não existem distúrbios alimentares sem dieta. </li></ul>
  4. 4. Tipos de distúrbio alimentares <ul><li>Anorexia nervosa; </li></ul><ul><li>Bulimia; </li></ul><ul><li>Obesidade; </li></ul><ul><li>Desnutrição. </li></ul>
  5. 5. Anorexia
  6. 6. <ul><li>A anorexia é um distúrbio psicológico e alimentar, no qual o indivíduo corta radicalmente com o consumo de alimentos, pois acha que está com excesso de peso. </li></ul>Doenças do comportamento alimentar Os anorécticos são na maioria raparigas adolescentes. Anorexia <ul><li>Tipo restritivo: perda de peso através de dietas, jejuns e exercícios excessivos. </li></ul><ul><li>Tipo Compulsão: é caracterizado por consequentes compulsões em comer, seguidas de vómitos. . </li></ul>
  7. 7. Consequências Anorexia Doenças do comportamento alimentar <ul><li>Problemas psicológicos. </li></ul><ul><li>Pele seca e amarela devido à desnutrição. </li></ul><ul><li>Arritmia cardíaca. </li></ul><ul><li>Problemas gastro -intestinais </li></ul><ul><li>Ausência de menstruação e infertilidade temporária por causa da diminuição das hormonas femininas. </li></ul><ul><li>Tensão arterial baixa . </li></ul><ul><li>Hipotermia (abaixamento da temperatura corporal) </li></ul>O tratamento envolve o acompanhamento da família e amigos.
  8. 8. Bulimia
  9. 9. Bulimia Existem dois tipos de bulimia: Tipo purgativo: o bulimíaco provoca regularmente o vómito; Tipo sem purgação: o bulimíaco faz jejum e pratica exercício físico em excesso. <ul><li>A bulimia é um transtorno alimentar no qual o indivíduo come num curto espaço de tempo, uma enorme quantidade de alimentos. Depois utiliza métodos para os eliminar, como: </li></ul><ul><li>Provocar o vómito; </li></ul><ul><li>Uso de laxantes e/ou diuréticos; </li></ul><ul><li>Prática de exercício físico em excesso; </li></ul>Doenças do comportamento alimentar
  10. 10. Consequências <ul><li>Depressão; </li></ul><ul><li>Obsessão por exercícios físicos; </li></ul><ul><li>Comer em segredo; </li></ul><ul><li>Alimentação excessiva, sem aumento proporcional de peso. </li></ul>Bulimia Doenças do comportamento alimentar O tratamento envolve o acompanhamento da família e amigos.
  11. 11. Obesidade
  12. 12. Obesidade <ul><li>Denomina-se obesidade uma enfermidade caracterizada pelo acumulo excessivo de gordura corporal, associada a problemas de saúde, ou seja, que traz prejuízos à saúde do indivíduo. </li></ul>
  13. 13. Hipernutrição <ul><li>Obesidade </li></ul><ul><li>Diabetes tipo2 </li></ul><ul><li>Cansaço </li></ul>DIETA ALIMENTAR DESEQUILIBRADA <ul><li>Uma pessoa é considerada obesa quando o seu peso está 10 a 20% acima do peso ideal para o sexo e altura. </li></ul><ul><li>Doenças cardiovasculares </li></ul>
  14. 14. DESNUTRIÇÃO
  15. 15. DIETA ALIMENTAR DESEQUILIBRADA DESNUTRIÇÃO Carências Doenças Consequências da carência Prótidos, lípidos e glícidos Marasmo Estado de magreza extrema, alterações do cabelo e lesões cutâneas. Prótidos Kwashiorkor Fraqueza muscular, desenvolvimento físico e mental reduzido, edema do abdómen, membros inferiores e face, resultante da retenção de água nos tecidos. Ferro e Vitamina B12 Anemia Diminuição do nº de glóbulos vermelhos e da hemoglobina, palidez, fraqueza, vertigens, tensão arterial baixa, respiração e pulso rápido. Iodo Bócio Aumento do tamanho da tiróide . Vitamina C Escorbuto Debilidade geral, falta de ar, depressão, as gengivas ficam esponjosas, os dentes caem. Vitamina D e Cálcio Raquitismo Enfraquecimento dos ossos, que provoca alterações nos membros inferiores (pernas arqueadas). Cálcio, fósforo e flúor Cárie dentária Destruição dos dentes.
  16. 16. Ingestão compulsiva <ul><li>O distúrbio de ingestão compulsiva é um síndrome persistente e frequente de ingestão compulsiva, que não é acompanhado por comportamentos compensatórios regulares necessário para o diagnóstico de bulimia nervosa. </li></ul><ul><li>A ingestão compulsiva no distúrbio de ingestão compulsiva é definido como a ingestão de uma grande quantidade de comida sendo superior à que a maioria das pessoas comem num período de tempo semelhante e sob as mesmas circunstâncias, com a sensação de perda de controlo sobre o acto de comer durante o episódio. </li></ul>
  17. 17. Acha-se com uns quilinhos a mais? <ul><li>Não comece a deixar de comer porque depois pode ficar pior do que a perfeição se quer perder uns “quilinhos” e não quer ficar com distúrbios alimentares faça uma alimentação equilibrada comendo várias vezes ao dia. Ou consulte um nutricionista nunca faça dieta a deixar de comer totalmente … </li></ul><ul><li>Não se atreva !!!!!!!!!!!! </li></ul>
  18. 18. Trabalho realizado por: Andreia Nogueira nº4 Diana Martins nº9 Diana Braz n10 Mara Claro nº19 Márcia Teixeira nº21
  19. 19. FIM

×