0
Estudo de Usabilidade         Para:                 Ministério da Ciência e                       Tecnologia              ...
Índice                                1. Sumário Executivo                                       1.1 Introdução           ...
Índice                                1. Sumário Executivo                                       1.1 Introdução           ...
IntroduçãoO Ministério da Ciência e Tecnologia deseja uma análise de usabilidade de concepção no seu novo sítio de interne...
Índice                                1. Sumário Executivo                                       1.1 Introdução           ...
Público Alvo: Academia                        Jovens                  CidadãosEmpresários                   Público Interno
Os Objetivos do Projeto são:   Identificar os problemas de usabilidade que bloqueiem, dificultem,   retardem o processo de...
Índice                                1. Sumário Executivo                                       1.1 Introdução           ...
Usabilidade é analisada sob duas               dimensões...             Dimensão Intrínseca          Dimensão Extrínseca  ...
Para este estudo, foram utilizadas as seguintes técnicas:                                              Dimensão           ...
Avaliação Heurística      Técnica na qual 5 avaliadores, com formações  distintas, realizam um julgamento de valor sobre a...
Avaliação Heurística – Analistas           Masters    Márcia Carmo – Arquiteta de Informação    Bacharel em Sistemas de In...
Avaliação Heurística – Analistas           Seniors     Sergio Luis dos Santos Lima – Assessor em     Usabilidade     Douto...
A Avaliação será norteada pelos seguintes  Critérios Ergonômicos de Usabilidade:                         1.1.Condução     ...
Critérios Ergonômicos de Usabilidade                             4.1. Flexibilidade4. Adaptabilidade                      ...
Ensaio de Interação        Consiste numa simulação de uso do sistema da qual         participam pessoas representativas da...
Ensaio de Interação      Montagem para ensaio de interação possui três etapas:1. Análise                           Reconhe...
Período do Estudo Realizado em outubro de 2008
Índice                                1. Sumário Executivo                                       1.1 Introdução           ...
Panorama é uma visão global da interface
A interface do MCT possui um bomdesign na Home causando no usuário  a percepção de confiabilidade noPortal bem como a perc...
Entretanto...O Portal MCT apresenta falhas no Critério   de Densidade Informacional - pouca        interatividade e muita ...
Subcritério Densidade Informacional                   Apresentação:                   Este critério diz respeito à carga d...
Subcritério Ações Mínimas              Apresentação:              Diz respeito à carga de trabalho em relação ao          ...
OrientaçãoCritério de Orientação refere-se ao conjunto de meios  disponíveis para aconselhar, informar e conduzir o       ...
OrientaçãoCritério de Orientação refere-se ao conjunto de meios  disponíveis para aconselhar, informar e conduzir o     Tá...
OrientaçãoCritério de Orientação refere-se ao conjunto de meios   disponíveis para aconselhar, informar e conduzir o      ...
Subcritério Legibilidade (Clareza)USABILIDADE: 1. Orientação                                  Apresentação:               ...
Subcritério ConduçãoUSABILIDADE: 1. Orientação                                         Apresentação:                      ...
Subcritério Agrupamento/Distinção           por localização                  Apresentação:                  Diz respeito a...
A Home:   Possui seu conteúdo disponibilizado por assunto               É basicamente Informacional        Maturidade de u...
A Home:    Possui seu conteúdo disponibilizado por assunto                 É basicamente Informacional            Maturida...
É facilmente perceptível a ausênciade uma etapa de Planejamento na    versão atual e futura do MCT
A Resolução 7, que estabelece regras e diretrizes para os sítios na internet daAdministração Pública Federal, orienta ... ...
Percebe-se também a ausência de um profissional de Arquiteto de     Informação na equipe        desenvolvedora
Quanto ao Menu Vertical Esquerdo:Público Interno – aprovado na Home e desaprovado                    nas internasEmpresári...
As ocorrências serão comentados com maiores detalhes nos resultados da   Avaliação Heurística a seguir ...
Índice                                1. Sumário Executivo                                       1.1 Introdução           ...
As ocorrências são categorizadas          em 4 níveis:  ALTA        – ocorrência traz prejuízo à resolução da tarefa  MODE...
Resultados - Home                                      Deve haver uma adequação entre a                                   ...
Resultados          Recomendamos que o elemento `mapa          do site` situe-se nesta parte debaixo da                   ...
Resultados – Home – Menu Vertical                                              O Menu fixo vertical não está claro.       ...
Ouvidoria                  São 15 itens – DENSIDADE                      INFORMACIONAL            O Menu de apoio era que ...
Os Analistas escolheram como tarefa: achar recursos para Pós Graduação             Não conseguiram completar a tarefaApós ...
Índice                                1. Sumário Executivo                                       1.1 Introdução           ...
Índice                                1.6 Navegabilidade                                       1.6.1 O Público Interno    ...
Índice                                1.6 Navegabilidade                                       1.6.1 O Público Interno    ...
Conclusões:           Navegação pelo Plano de Ação aprovadaO Menu Horizontal Direito desaprovado para as páginas internas ...
Índice                                1.6 Navegabilidade                                       1.6.1 O Público Interno    ...
Conclusões:As informações disponibilizadas no sítio do MCT não atende às                        expectativas           Afe...
Índice                                1.6 Navegabilidade                                       1.6.1 O Público Interno    ...
Conclusões:A informação disponibilizada não atende ao anseio deste Público       A linguagem é inapropriada para o Público...
Índice                                1.6 Navegabilidade                                       1.6.1 O Público Interno    ...
Conclusões:       100% de insucesso na interação com este Público  Proposta de interação inadequada e informação insuficie...
Índice                                1.6 Navegabilidade                                       1.6.1 O Público Interno    ...
Conclusões:            100% de insucesso e desaprovaçãoNavegação pelo Plano de Ação desaprovada. O Acadêmico              ...
Índice                                1. Sumário Executivo                                       1.1 Introdução           ...
O sítio é basicamente Informacional,   necessitando buscar um nível de  maturidade interacional e, no casodas fontes de fi...
RecomendaçõesRedesenhe a Página Inicial (Home)
1. Proposta de Macroarquitetura para a Home
1. Proposta de Macroarquitetura para a Home                                         O Menu Horizontal                     ...
1. Proposta de Macroarquitetura para a Home                                       O Menu Horizontal           O Sítio MCT ...
1. Proposta de Macroarquitetura para a Home
RecomendaçõesRedesenhe a Página Inicial (Home)Contrate uma equipe de Internet
É necessário que o MCT compreendao processo de construção de um sítio             de Internet
Processo de Confecção de um Sítio             EletrônicoPlanejamento   Criação     Sistemas
Planejamento   Criação   Sistemas              Planejamento  Estratégia de              Estudo de    Presença             ...
Planejamento   Criação   Sistemas Estratégia de Presença é um estudo quedetermina como a Internet pode ajudar aOrganização...
Planejamento   Criação   Sistemas         Primeiro passo é a      elaboração de um roteiro   Roteiro de Benchmark         ...
Planejamento   Criação   Sistemas  Sugerir ações de evolução para         presença on-line   Roteiro de Benchmark         ...
Planejamento   Criação   SistemasDurante essa fase é elaborada uma Matriz de     Escopo, que descreve conteúdos e         ...
Planejamento   Criação   Sistemas        Uma Segunda Etapa é a Criação   Arquitetura de                              Desig...
Planejamento   Criação   Sistemas  Arquitetura de                            Design              Conteúdo             Prop...
Planejamento   Criação   Sistemas  Arquitetura de                            Design              Conteúdo             Prop...
Planejamento   Criação   SistemasImportância da informação é  refletida pelo diagrama       Quanto maior a bola, maior o p...
Planejamento   Criação   Sistemas                  Diagrama de VasconcellosÁREA     ABRA                                MA...
Desenho                          Macroarquitetura                          MACROARQUITETURAEstratégia de Navegação    Mapa...
2. Contrate uma equipe de Internet         1 Profissional de Coordenação de Projetos1 Profissional de Planejamento Senior ...
Recomendações      Redesenhe a Página Inicial (Home)      Contrate uma equipe de InternetContrate uma agência para hotsite...
3. Contrate uma agência para serviços específicos:     Hotsite de Editais (Fontes de Financiamento)   Realização de Planej...
Recomendações          Redesenhe a Macroarquitetura         Contrate uma equipe de Internet   Contrate uma agência para ho...
4. Desenvolva um mecanismo de memória                 organizacional Que essa equipe desenvolva uma formatação dememória o...
Recomendações          Redesenhe a Macroarquitetura         Contrate uma equipe de Internet   Contrate uma agência para ho...
5. Recomendações PontuaisRecomendamos o estabelecimento   de indicadores de satisfação        É uma Norma da Resolução 7
Visando aumentar a interatividade     recomendamos o caminho do Subcritério de                   Flexibilidade            ...
Por fim …Realize um Estudo de Navegabilidade com pessoas       portadoras de necessidades especiais                       ...
Recomendações          Redesenhe a Macroarquitetura         Contrate uma equipe de Internet   Contrate uma agência para ho...
Os Objetivos do Projeto são:   Identificar os problemas de usabilidade que bloqueiem, dificultem,retardem o processo de na...
Estudo de Usabilidade         Para:                 Ministério da Ciência e                       Tecnologia              ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Estudo de Usabilidade na interface do Ministério da Ciência e Tecnologia

1,334

Published on

Consultoria prestada pelo Dr. Sergio Luis dos Santos Lima para o Ministério da Ciência e Tecnologia do Brasil.

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,334
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Estudo de Usabilidade na interface do Ministério da Ciência e Tecnologia "

  1. 1. Estudo de Usabilidade Para: Ministério da Ciência e Tecnologia Outubro de 2008 Dr. Sergio Luis dos Santos Lima
  2. 2. Índice 1. Sumário Executivo 1.1 Introdução 1.2 Objetivos 1.3 Método 1.4 Panorama 1.5 Ocorrências 1.6 Navegabilidade 1.7 Conclusão e RecomendaçõesDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  3. 3. Índice 1. Sumário Executivo 1.1 Introdução 1.2 Objetivos 1.3 Método 1.4 Panorama 1.5 Ocorrências 1.6 Navegabilidade 1.7 Conclusão e RecomendaçõesDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  4. 4. IntroduçãoO Ministério da Ciência e Tecnologia deseja uma análise de usabilidade de concepção no seu novo sítio de internetvisando validar a compatibilidade com os usuários finais, bem como compreender a experiência e as necessidades destes usuários
  5. 5. Índice 1. Sumário Executivo 1.1 Introdução 1.2 Objetivos 1.3 Método 1.4 Panorama 1.5 Ocorrências 1.6 Navegabilidade 1.7 Conclusão e RecomendaçõesDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  6. 6. Público Alvo: Academia Jovens CidadãosEmpresários Público Interno
  7. 7. Os Objetivos do Projeto são: Identificar os problemas de usabilidade que bloqueiem, dificultem, retardem o processo de navegabilidade no sítio de Internet do MCT Obter diagnóstico sobre a navegabilidade Analisar as propriedades físicas e gráficas que estruturam a organização e apresentação das informações Analisar e identificar os modos operatórios empregados pelosusuários finais, tendo como norte os critérios ergonômicos de usabilidade Propor recomendações para otimização da interação visando aadaptação da interface às características e necessidades das tarefas e de seus público alvo
  8. 8. Índice 1. Sumário Executivo 1.1 Introdução 1.2 Objetivos 1.3 Método 1.4 Panorama 1.5 Ocorrências 1.6 Navegabilidade 1.7 Conclusão e RecomendaçõesDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  9. 9. Usabilidade é analisada sob duas dimensões... Dimensão Intrínseca Dimensão Extrínseca Refere-se às propriedades Ligada aos objetivos, físicas e gráficas que experiências e estruturam a organização e características dos usuários apresentação das informações na interfaceO conflito entre estas duas dimensões evidencia os problemas de usabilidade
  10. 10. Para este estudo, foram utilizadas as seguintes técnicas: Dimensão Avaliação Heurística Intrínseca Dimensão Ensaio de Interação Extrínseca
  11. 11. Avaliação Heurística Técnica na qual 5 avaliadores, com formações distintas, realizam um julgamento de valor sobre asqualidades ergonômicas das interfaces, baseados em sua experiência e competência no assunto
  12. 12. Avaliação Heurística – Analistas Masters Márcia Carmo – Arquiteta de Informação Bacharel em Sistemas de Informação pela Universidade de Cuiabá Seiki Fabrício – Diretor de Arte AgenciaClick Bacharel em Comunicação Social pela Universidade Católica de Brasília Bárbara Cintra – Gestora de Projetos Graduação em Produção Publicitária pela Unicesp Thatiane Oliveira - Atendimento Bacharel em Psicologia pelo UniCeub
  13. 13. Avaliação Heurística – Analistas Seniors Sergio Luis dos Santos Lima – Assessor em Usabilidade Doutorando em Engenharia de Produção e Sistemas pela UFSC, formação em Psicologia pela UnB – 14 anos de experiência em Usabilidade Rafael Pontual – Diretor de Criação Bacharel em Desenho Industrial com ênfase em Comunicação Visual pela UniverCidade/RJ
  14. 14. A Avaliação será norteada pelos seguintes Critérios Ergonômicos de Usabilidade: 1.1.Condução 1.2.Grupamento/ Distinção entre Itens 1.2.1.Grupamento/ Distinção por Localização 1.Orientação 1.2.2.Grupamento/ Distinção por Formato 1.3 Feedback Imediato 1.4 Clareza (Legibilidade) 2.1. Brevidade 2.1.1. Concisão 2. Carga de Trabalho 2.1.2. Ações Mínimas 2.2. Densidade Informacional (Carga Mental) 3.1. Ações Explícitas 3. Controle Explícito 3.2. Controle do Usuário
  15. 15. Critérios Ergonômicos de Usabilidade 4.1. Flexibilidade4. Adaptabilidade 4.2. Consideração a Experiência do Usuário 5.1. Proteção Contra os Erros5. Gestão de Erros 5.2. Mensagens de Erros 5.3. Correção de Erros6. Homogeneidade/ Consistência7. Significado dos Códigos8. Compatibilidade
  16. 16. Ensaio de Interação Consiste numa simulação de uso do sistema da qual participam pessoas representativas da população- alvo, tentando fazer tarefas típicas de interação, com uma versão do sistema pretendidoNeste estudo o Ensaio de Interação será realizado com 20 participantes
  17. 17. Ensaio de Interação Montagem para ensaio de interação possui três etapas:1. Análise Reconhecimento da interfacePreliminar Pré-diagnóstico Ergonômico2. Definição dos Montagem de um roteiro de tarefas, que passará pelo crivo decenários e amostra pré-testes internos e a aprovação pelo cliente Realização do ensaio3. Realização dos Análise do ensaioensaios Diagnóstico Geral
  18. 18. Período do Estudo Realizado em outubro de 2008
  19. 19. Índice 1. Sumário Executivo 1.1 Introdução 1.2 Objetivos 1.3 Método 1.4 Panorama 1.5 Ocorrências 1.6 Navegabilidade 1.7 Conclusão e RecomendaçõesDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  20. 20. Panorama é uma visão global da interface
  21. 21. A interface do MCT possui um bomdesign na Home causando no usuário a percepção de confiabilidade noPortal bem como a percepção de uma boa navegabilidade
  22. 22. Entretanto...O Portal MCT apresenta falhas no Critério de Densidade Informacional - pouca interatividade e muita informaçãoE, principalmente, diversos problemas de Usabilidade no Critério de Orientação
  23. 23. Subcritério Densidade Informacional Apresentação: Este critério diz respeito à carga de trabalho do usuário de um ponto de vista perceptivo e cognitivo, com relação ao conjunto total de itens de informação apresentados aos usuários Justificativa: Na maioria das tarefas, o desempenho dos usuários piora quando a densidade de informação é muito alta ou muito baixa. Nesses casos, é mais provável a ocorrência de erros. A carga de memorização dos usuários deve ser minimizada MCT: o site do MSN a densidade da informação é muito alta, exigindo do usuário uma elevada carga percepto-cognitiva
  24. 24. Subcritério Ações Mínimas Apresentação: Diz respeito à carga de trabalho em relação ao número de ações necessárias à realização de uma tarefa. O que temos aqui é uma questão de limitar tanto quanto possível o número de passos que o usuário deve empregar Justificativa: Quanto mais numerosas e complexas forem as ações necessárias para se chegar a uma meta, a carga de trabalho aumentará e, com ela, a probabilidade de ocorrência de erros Exemplo: Ao digitar a primeira letra do nome, o software minimiza as ações do usuário fornecendo uma lista com os nomes de seus contatos
  25. 25. OrientaçãoCritério de Orientação refere-se ao conjunto de meios disponíveis para aconselhar, informar e conduzir o usuário na interação
  26. 26. OrientaçãoCritério de Orientação refere-se ao conjunto de meios disponíveis para aconselhar, informar e conduzir o Tá difícil… usuário na interação Achar aqui
  27. 27. OrientaçãoCritério de Orientação refere-se ao conjunto de meios disponíveis para aconselhar, informar e conduzir o usuário na interação Este critério é subdividido em:1.1.Condução1.2.Grupamento/ Distinção entre Itens 1.2.1.Grupamento/ Distinção por Localização 1.2.2.Grupamento/ Distinção por Formato1.3 Feedback Imediato1.4 Clareza (Legibilidade)
  28. 28. Subcritério Legibilidade (Clareza)USABILIDADE: 1. Orientação Apresentação: Diz respeito às características lexicais das informações apresentadas na tela que possam dificultar ou facilitar a leitura dessa informação (brilho, contraste letra/fundo, tamanho da fonte, espaçamentos: entre palavras, linhas e parágrafos, etc.) Justificativa: O desempenho melhora quando a apresentação da informação leva em conta as características cognitivas e perceptivas dos usuários MCT: O sítio do MCT não possui boa legibilidade. Não apresenta o conteúdo com clareza, simplicidade e objetividade
  29. 29. Subcritério ConduçãoUSABILIDADE: 1. Orientação Apresentação: Esse critério engloba os meios utilizados para levar o usuário a realizar determinadas ações. A condução diz respeito às informações que permitem ao usuário identificar o estado ou contexto no qual ele se encontra, bem como as ferramentas de ajuda e seu modo de acesso Justificativa: Uma boa condução guia o usuário. Desta forma, facilita a navegação e diminui a ocorrência de erros MCT: O tool tip informa errado
  30. 30. Subcritério Agrupamento/Distinção por localização Apresentação: Diz respeito ao posicionamento relativo dos itens, estabelecido para indicar se eles pertencem ou não a uma dada classe, ou, ainda, para indicar diferenças entre classes. Esse critério também diz respeito ao posicionamento relativo dos itens dentro de uma classe Justificativa: A compreensão de uma tela pelo usuário depende, entre outras coisas, da ordenação dos objetos (imagens, textos, comandos, etc.). Os usuários detectarão os diferentes itens mais facilmente se eles forem apresentados de uma forma organizada MCT: O pocisionamento dos elementos na tela da interface
  31. 31. A Home: Possui seu conteúdo disponibilizado por assunto É basicamente Informacional Maturidade de um sítio não governamental: • fornece dados, ex: horário e local de atendimento, assimInformacional como os pré-requisitos necessários para obter o serviço Interativo • permite a pesquisa de dados referentes ao serviço; obtenção e submissão de formulários, entre outros • permite a obtenção completa do serviço por meioTransacional eletrônico
  32. 32. A Home: Possui seu conteúdo disponibilizado por assunto É basicamente Informacional Maturidade de um sítio não governamental: Não está planejado e estruturado visando privilegiar a • fornece dados, ex: horário e local de atendimento, assimInformacional prestação de os pré-requisitos necessários para obter o serviço como serviços ao cidadão Interativo • permite a pesquisa de dados referentes ao serviço; Carece Transparência obtenção e submissão de formulários, entre outros Indicação do responsável obtenção completa do serviço por meio • permite a pelos atos administrativosTransacional eletrônico Divulgação dos indicadores de satisfação
  33. 33. É facilmente perceptível a ausênciade uma etapa de Planejamento na versão atual e futura do MCT
  34. 34. A Resolução 7, que estabelece regras e diretrizes para os sítios na internet daAdministração Pública Federal, orienta ... Art. 3o A elaboração de um sítio governamental deverá ser precedida pela: I - definição clara do propósito e abrangência do sítio II - definição do público-alvo do sítio III - mensuração do valor que o sítio agregará à Administração Pública Federal IV - verificação da existência de sítios com igual propósito
  35. 35. Percebe-se também a ausência de um profissional de Arquiteto de Informação na equipe desenvolvedora
  36. 36. Quanto ao Menu Vertical Esquerdo:Público Interno – aprovado na Home e desaprovado nas internasEmpresários – desaprovado na Home e nas internas Jovens – desaprovado na Home e nas internasAcadêmicos – desaprovado na Home e nas internas
  37. 37. As ocorrências serão comentados com maiores detalhes nos resultados da Avaliação Heurística a seguir ...
  38. 38. Índice 1. Sumário Executivo 1.1 Introdução 1.2 Objetivos 1.3 Método 1.4 Panorama 1.5 Ocorrências 1.6 Navegabilidade 1.7 Conclusão e RecomendaçõesDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  39. 39. As ocorrências são categorizadas em 4 níveis: ALTA – ocorrência traz prejuízo à resolução da tarefa MODERADA – ocorrência pode induzir usuário ao erro BAIXA – práticas da boa usabilidade podem ser melhoradas OBSERVAÇÃO – sugestões de melhoria
  40. 40. Resultados - Home Deve haver uma adequação entre a imagem, a informação apresentada e sua referência. Códigos e denominações significativas possuem uma forte relação semântica com seu referente tornando a navegação mais fácil e intuitiva TORNAR AS IMAGENS CLICÀVEIS Menu Horizontal necessita de uma Hierarquização da Informação Área de destaque extensa. Este elemento deve ter no máximo quatro destaques Gravidade da ocorrência: Alta Moderada Baixa Observação
  41. 41. Resultados Recomendamos que o elemento `mapa do site` situe-se nesta parte debaixo da interface Redação inapropriada para internet. Não comunica Deve-se tentar aproximar a linguagem ao público alvo Recomendamos a retirada das informações de segundo nível na Home. Substitua as informações para um convite para que a pessoa veja mais
  42. 42. Resultados – Home – Menu Vertical O Menu fixo vertical não está claro. Esta expansão é de difícil compreensão. Recomendamos a utilização de box tal como este exemplo da Caixa. Com uma arquitetura similar a esta, além de uma melhora na compreensão da funcionalidade do elemento, haverá melhora na qualidade da interação pela diminuição da densidade informacional do site Caso o elemento de menu vertical mantenha-se com esta arquitetura, utilize uma coloração diferenciada ou sombreie a aba que está em segundo plano Gravidade da ocorrência: Alta Moderada Baixa Observação
  43. 43. Ouvidoria São 15 itens – DENSIDADE INFORMACIONAL O Menu de apoio era que deveria estar no centro Barra fixa ‘engessada` Falta um Fale Conosco O sítio deve contemplar a possibilidade do usuário escrever ao MCT por intermédio de formulário próprio ou por meio de correio eletrônico
  44. 44. Os Analistas escolheram como tarefa: achar recursos para Pós Graduação Não conseguiram completar a tarefaApós 10 minutos de interação na interface do MCT , a Arquiteta de Informação verbalizou: “Estou com dor de cabeça para ver este site”
  45. 45. Índice 1. Sumário Executivo 1.1 Introdução 1.2 Objetivos 1.3 Método 1.4 Panorama 1.5 Ocorrências 1.6 Navegabilidade 1.7 Conclusão e RecomendaçõesDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  46. 46. Índice 1.6 Navegabilidade 1.6.1 O Público Interno 1.6.2 O Cidadão 1.6.3 O Jovem 1.6.4 O Empresário 1.6.5 O AcadêmicoDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  47. 47. Índice 1.6 Navegabilidade 1.6.1 O Público Interno 1.6.2 O Cidadão 1.6.3 O Jovem 1.6.4 O Empresário 1.6.5 O AcadêmicoDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  48. 48. Conclusões: Navegação pelo Plano de Ação aprovadaO Menu Horizontal Direito desaprovado para as páginas internas O sítio não presta serviço ao Público Interno O sítio do MCT necessita de uma Estratégia de Presença Ativa: O sítio utilizado como ferramenta para prospecção de financiamentos externos
  49. 49. Índice 1.6 Navegabilidade 1.6.1 O Público Interno 1.6.2 O Cidadão 1.6.3 O Jovem 1.6.4 O Empresário 1.6.5 O AcadêmicoDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  50. 50. Conclusões:As informações disponibilizadas no sítio do MCT não atende às expectativas Afeto suscitado no cidadão: frustração O sítio não presta serviço ao Cidadão
  51. 51. Índice 1.6 Navegabilidade 1.6.1 O Público Interno 1.6.2 O Cidadão 1.6.3 O Jovem 1.6.4 O Empresário 1.6.5 O AcadêmicoDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  52. 52. Conclusões:A informação disponibilizada não atende ao anseio deste Público A linguagem é inapropriada para o Público Jovem O sítio não interage com o Público Jovem
  53. 53. Índice 1.6 Navegabilidade 1.6.1 O Público Interno 1.6.2 O Cidadão 1.6.3 O Jovem 1.6.4 O Empresário 1.6.5 O AcadêmicoDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  54. 54. Conclusões: 100% de insucesso na interação com este Público Proposta de interação inadequada e informação insuficienteÉ necessário e oportuno prestar informações que possam agregar valor para os empreendimentos deste público É necessária uma relação transacional quanto às fontes de financiamento (partida e contrapartida)
  55. 55. Índice 1.6 Navegabilidade 1.6.1 O Público Interno 1.6.2 O Cidadão 1.6.3 O Jovem 1.6.4 O Empresário 1.6.5 O AcadêmicoDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  56. 56. Conclusões: 100% de insucesso e desaprovaçãoNavegação pelo Plano de Ação desaprovada. O Acadêmico não percebe o elemento O sítio não presta serviço ao Acadêmico É necessário um „Hotsite’ com uma estratégia denavegação adequada que informe este público quanto àsfontes de financiamento, essa relação deve possuir uma maturidade transacional
  57. 57. Índice 1. Sumário Executivo 1.1 Introdução 1.2 Objetivos 1.3 Método 1.4 Panorama 1.5 Ocorrências 1.6 Navegabilidade 1.7 Conclusões e RecomendaçõesDr. Eng. Sergio Luis dos Santos Lima
  58. 58. O sítio é basicamente Informacional, necessitando buscar um nível de maturidade interacional e, no casodas fontes de financiamento, um nível de maturidade transacional
  59. 59. RecomendaçõesRedesenhe a Página Inicial (Home)
  60. 60. 1. Proposta de Macroarquitetura para a Home
  61. 61. 1. Proposta de Macroarquitetura para a Home O Menu Horizontal Secundário necessita de uma hierarquização da informação O Menu Vertical Esquerdo torna-se conciso diminuindo drasticamente a densidade informacional do site
  62. 62. 1. Proposta de Macroarquitetura para a Home O Menu Horizontal O Sítio MCT torna-se um Secundário necessita de Portal uma hierarquização da informação O Menu Vertical Esquerdo torna-se conciso A orientação pela Página diminuindo a densidade Inicial (Home) Melhora informacional do sitio
  63. 63. 1. Proposta de Macroarquitetura para a Home
  64. 64. RecomendaçõesRedesenhe a Página Inicial (Home)Contrate uma equipe de Internet
  65. 65. É necessário que o MCT compreendao processo de construção de um sítio de Internet
  66. 66. Processo de Confecção de um Sítio EletrônicoPlanejamento Criação Sistemas
  67. 67. Planejamento Criação Sistemas Planejamento Estratégia de Estudo de Presença Benchmark RECEPTIVA ATIVA OBJETIVO:Formulação de uma OBJETIVO: estratégia Captar as melhoresde presença on-line práticas governamentais
  68. 68. Planejamento Criação Sistemas Estratégia de Presença é um estudo quedetermina como a Internet pode ajudar aOrganização a alcançar seus objetivos de negócio
  69. 69. Planejamento Criação Sistemas Primeiro passo é a elaboração de um roteiro Roteiro de Benchmark Pontos aSites a serem serem estudados considerados AspectosSão levantadas relevantes a as melhores serem práticas em estudados são e-Gov destacados no roteiro
  70. 70. Planejamento Criação Sistemas Sugerir ações de evolução para presença on-line Roteiro de Benchmark Estudo de Benchmark Pontos aSites a serem serem estudados considerados Aspectos Estudo é feito após aprovação doSão levantadas relevantes a roteiro e algumas sugestões de as melhores serem evolução são sugeridas práticas em estudados são e-Gov destacados no roteiro
  71. 71. Planejamento Criação SistemasDurante essa fase é elaborada uma Matriz de Escopo, que descreve conteúdos e funcionalidades do site Posteriormente ela é validada e priorizada junto ao cliente A matriz subsidiará trabalho de desenho e construção
  72. 72. Planejamento Criação Sistemas Uma Segunda Etapa é a Criação Arquitetura de Design Conteúdo Propaganda Informação Responsável pela organização da Responsável pela Responsável pela Responsável pelas informação em um concepção visual dos parte de conteúdo, campanhas on-line e projeto, bem como a projetos seja redação de ações de preocupação com o arquitetura ou textos marketing na web comportamento do completosinternauta na solução construída De todos estes perfis de cargo, o MCT possui apenas 1 profissional em Design e com perfil Júnior
  73. 73. Planejamento Criação Sistemas Arquitetura de Design Conteúdo Propaganda Informação Responsável pela organização da Responsável pela Responsável pela Responsável pelas informação em um concepção visual dos parte de conteúdo, campanhas on-line eprojeto, bem como a projetos seja redação de ações de preocupação com o arquitetura ou marketing na web comportamento do textos completos internauta na solução construída A Arquitetura de Informação tem como primeiro procedimento a realização de um diagrama de hierarquização do conteúdo
  74. 74. Planejamento Criação Sistemas Arquitetura de Design Conteúdo Propaganda Informação Responsável pela organização da Responsável pela Responsável pela Responsável pelas informação em um concepção visual dos parte de conteúdo, campanhas on-line eprojeto, bem como a projetos seja redação de ações de preocupação com o arquitetura ou marketing na web comportamento do textos completos internauta na solução construída A Arquitetura de Informação tem como primeiro procedimento a realização de um diagrama de hierarquização do conteúdo
  75. 75. Planejamento Criação SistemasImportância da informação é refletida pelo diagrama Quanto maior a bola, maior o peso da informação Uma bola ligada à outra significa uma relação de interdependência entre os conteúdosUma bola dentro da outra significa que o conteúdo está inserido em um determinado contexto Quanto maior o contraste, maior o destaque que se pretende dar a informação
  76. 76. Planejamento Criação Sistemas Diagrama de VasconcellosÁREA ABRA MARCA DE SUA CAIXAREL. CONTA O QUE A ATENDI- CAIXA FAZ MENTO PELO BRASIL SHOPPING CAIXA INSTITUCIONAL FGTS PARA PARA VOCÊ VOCÊ O “X” DA O “X” DA QUESTÃO QUESTÃO BANCO BANCO COMERCIAL SOCIAL PARA SUA PARA SUA EMPRESA Segmentação Segmentação EMPRESA implícita HABITAÇÃO implícita CRÉDITO LOTERIAS ESTADOS E ESTADOS E MUNICÍPIOS MUNICÍPIOS COMUNIDADES ESPECÍFICAS Segmentação EDUCAÇÃO explícita FINANCEIRA (ex: GOV e POLÍTICAS universitários, co PÚBLICAS ntadores, agente lotéricos)
  77. 77. Desenho Macroarquitetura MACROARQUITETURAEstratégia de Navegação Mapa de Elementos Wireframes
  78. 78. 2. Contrate uma equipe de Internet 1 Profissional de Coordenação de Projetos1 Profissional de Planejamento Senior – 18 meses + 18 meses 1 Profissional de Planejamento Júnior 1 Arquiteto de Informação Senior – 18 meses + 18 meses 1 Arquiteto de Informação Pleno – 18 meses + 18 meses 1 Arquiteto de Informação Júnior 1 Designer Senior – 18 meses + 18 meses 1 Profissional de Propaganda 1 Redator Senior – 18 meses
  79. 79. Recomendações Redesenhe a Página Inicial (Home) Contrate uma equipe de InternetContrate uma agência para hotsites específicos
  80. 80. 3. Contrate uma agência para serviços específicos: Hotsite de Editais (Fontes de Financiamento) Realização de Planejamento de Macroarquitetura de hotsite sobre conhecimentos e práticas que agreguem valor ao empresariado Deve contemplar: Benchmarking Estratégia de Presença on line Matriz de escopo
  81. 81. Recomendações Redesenhe a Macroarquitetura Contrate uma equipe de Internet Contrate uma agência para hotsites específicosDesenvolva um mecanismo de memória organizacional
  82. 82. 4. Desenvolva um mecanismo de memória organizacional Que essa equipe desenvolva uma formatação dememória organizacional de forma que os métodos e técnicas dos fornecedores e dos profissionais seniores, sejam acoplados na competência desta equipe
  83. 83. Recomendações Redesenhe a Macroarquitetura Contrate uma equipe de Internet Contrate uma agência para hotsites específicosDesenvolva um mecanismo de memória organizacional Outras Recomendações
  84. 84. 5. Recomendações PontuaisRecomendamos o estabelecimento de indicadores de satisfação É uma Norma da Resolução 7
  85. 85. Visando aumentar a interatividade recomendamos o caminho do Subcritério de Flexibilidade Subcritério de FlexibilidadeApresentação:Refere-se aos meios colocados à disposição dousuário que lhe permitem personalizar a interface,a fim de levar em conta as suas necessidades ouhábitos de uso. Trata-se, em outros termos, dacapacidade da interface de se adaptar as variadasações do usuário Exemplo: O Google fornece ao usuário diversas possibilidades de personalização
  86. 86. Por fim …Realize um Estudo de Navegabilidade com pessoas portadoras de necessidades especiais Limitação Quem Mais? cegos daltônicos Cognitiva
  87. 87. Recomendações Redesenhe a Macroarquitetura Contrate uma equipe de Internet Contrate uma agência para hotsites específicosDesenvolva um mecanismo de memória organizacional Outras Recomendações
  88. 88. Os Objetivos do Projeto são: Identificar os problemas de usabilidade que bloqueiem, dificultem,retardem o processo de navegabilidade na interface de Internet do MCT Obter diagnóstico sobre a navegabilidade da interface de InternetAnalisar as propriedades físicas e gráficas que estruturam a organização e apresentação das informações na interface do MCT Analisar e identificar os modos operatórios empregados pelos usuários finais, tendo como norte os critérios ergonômicos de usabilidadePropor recomendações para otimização da interação visando a adaptaçãoda interface às características e necessidades das tarefas e de seu público alvo
  89. 89. Estudo de Usabilidade Para: Ministério da Ciência e Tecnologia Outubro de 2008 Dr. Sergio Luis dos Santos Lima
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×