1Sessão 216 de março, 2013Amadora, PortugalPedagogiaempreendedora
Dana T. Redford, PhDPresidente daDiretor da Faculdade CEE& Conselho de Administração IES-PSPProfessor Auxiliar ConvidadoCo...
Sérgio Leal, MsC3Sócio-Diretor do Centro de Estudos e Formação EDUCATEProfessor de FQ Escola Secundária Padre António Viei...
Boa Prática da FEG UCP, Porto4Uma das oito boaspráticas de Educaçãoem Empreendedorismona OCDE em 2010Msc – Entrepreneurshi...
Uma história empreendedora…Em Portugal!
Projeto ADEPTT• “Acknowledging and DevelopingEntrepreneurial Practice in TeacherTraining (ADEPTT)” Projeto Leonardopara Tr...
7O que é que aspessoas pensamsobre osempreendedoresO que é que aspessoas pensamsobre osempreendedoresEmpresasNormas eCompo...
Estados Unidos da América8Visão EUA: Nunca se é novo de mais para se começarComo é que consigo convencer os paisa fazer um...
Europa9Visão EUROPEIA: Muito novo para se começarÉ permitido aos pais fazer um menorcriar uma empresa?Será que a avó possu...
10
11
3 Aspetos importantes sobre Empregabilidade“Employability is about having the capacityto gain initial employment, maintain...
Grandes mudanças na Sociedade(Megatendências)Demografia:A Geração madura,pessoas nascidas antes de 1946Os Baby Boomers,pes...
Mudanças Demográficas• Como será o Mundo quando for maisvelho? E a Europa? E Portugal?• Vídeo14
Macrotendências — Últimos 50 anosTendências ImpactoBaby Boomers Fraldas, rock & roll, televisão,minivans, bens imóveis, gr...
Macrotendências — Próximos 50 anosTendências Impacto
Macrotendências — Próximos 50 anosTendências ImpactoEconomiasemergentesConetividade Internet, media-on-demand, ...Cuidados...
Quiz: EUA Mercado de trabalho• Qual é a atual percentagem dedesempregados nos EUA?18
Desempregados nos EUA19
O que é o mercado de trabalho nos EUA• Caracterizado por rotatividade• Empreendedor• “At will employments States” = Níveis...
População nos Países Desenvolvidos21
Projeções da População Mundial22
Desempregados nos EUA23
Desempregados nos EUA24
Desemprego Jovem a nível Mundial25
O que é empreendedorismo?Quais são os atributos/competências para se serempreendedor?26
Nas áreas seguintes?• Atitude• Criatividade• Relacionamento• Organização27
Atitude• Auto-conhecimento / crença / confiança• Motivação• Ambição• Determinação• Competitividade
Criatividade• Resolução de problemas• O pensamento lateral /geração de ideias• Criação de oportunidades• InovaçãoFonte: Dy...
Relacionamentos• Trabalhar com outras pessoas• Gerir situações difíceis• Negociação / persuasão /influência• Apresentação•...
Organização• Planeamento• Gerir recursos• Tomada de decisão• Investigação / Conhecer omeio• Gerir riscos• Visão / estabele...
20 Características do EmpreendedorismoAAtitudeCCriatividadeRRelacionamentoOOrganizaçãoCompetênciasAtividadesindividuaisApl...
Resultados de aprendizagem• Conhecimento:– Conhecer a diferença entre investigaçãocientífica, inovação e empreendedorismo•...
NECESSIDADES34NECESSIDADE – SOLUÇÃO - PRODUTOCriatividadeCriatividade eficaz Impacto
Processo de por as Ideias em AçãoProcesso de ideiasProcesso de ideiasTake offTake offProdução de um plano de negóciosProdu...
Flipping the classroom (Troca de sala de aula)http://www.youtube.com/watch?v=u2BQbe_tLXchttp://pt.wikipedia.org/wiki/Khan_...
Análise de necessidades37Necessidade:Areia no meusapatoO que é que istorealmente significa?Que soluções euposso sugerir?
Cada um é ajudado no que ele(a) foi criado para
Criar Criatividade fora da zona de confortoZona deconfortoPreferências
EuLinguagemCapacidadeAtitudeMotivação na Aprendizagem: “Saltar fora danossa zona de conforto”
LinguagemAtitudeComunicaçãoComunicação FormaçãoFormaçãoCriatividadeCriatividadeCapacidade de implementaçãoCapacidade de im...
Knowledge triangleInnovaçãoInnovaçãoInvestigaçãoInvestigaçãoEducaçãoEducaçãoCriatividadeCriatividadeComunicaçãoComunicação...
A Economia baseada no ConhecimentoIndústria/NegócioIndústria/NegócioAcademiaAcademiaSpin-offsSpin-offsInvestigaçãoInvestig...
Rubrica de avaliação para as OlimpíadasNacionais – Percurso de Inovação  Pobre2Necessita demelhorar4Suficiente6Bom8Excelen...
45Desenvolvimento de Ideias para Alunos
46Empreendedorismo em Portugal• A importância da promoçãoEmpreendedorismo em Portugal (Cont.)- De acordo com GlobalEntrepr...
47“Total Atividade Empreendedora”, 2000-2004CROATIAHKONGJAPANBELGIUMCTAIPESLOVENIFRANCERUSSIANETHERLSWEDENSINGAPOFINLANDGE...
48Empreendedorismo em Portugal• Características do Empreendedorismo emPortugal*:• Surgem mais empreendedores do que empres...
Observational Research and “Universe” ofExisting Entrepreneurship Infrastructure in PortugalQuadro teórico – Estudo empíri...
50Levantamento da apreciação dosprofessores 2005/2006Portugal atrás no desenvolvimento do ensino deempreendedorismo no ens...
51Centros de Empreendedorismo– Em Portugal, 33% das Universidades possuemCentros de Empreendedorismo ou pequenosnegócios V...
52Pedagogia Empreendedora - Educação• Métodos pedagógicos Mais FrequentementeUsados Durante Cursos de Empreendedorismo(Por...
53Pedagogia Empreendedora - Educação17%18%24%24%9%25%13%9%8%0%0%0%56%47%43%43%27%20%21%9%8%4%0%0%0% 10% 20% 30% 40% 50% 60...
Alunos não Licenciados/Mestres• Durante 2005/2006 apenas 826, ou 0.2% dosalunos do ensino superior participaram em aulasde...
55Visão dos Professores – Futuras Tendências(Próximos 5 anos)– A importância da EducaçãoEmpreendedora irá aumentar no futu...
56Obstáculos dos AlunosComeçar cedo no ciclo educacional2007/2008 apenas 0.003% do total dos alunos dosensinos básico e se...
Conclusões: Considerações PolíticasDesemprego jovem e EmpreendedorismoDiferenças Regionais e Sócio-EconómicasConsideração ...
58Conclusões: Política de DesenvolvimentoAferição e Avaliação• Sistema educacional e Promoção Empreendedora • Capacitação ...
59ObrigadoAntónio de Oliveira SalazarTrês nomes em sequência regular...António é AntónioOliveira é uma árvore.Salazar é só...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

PPT session 2 16032013

52

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
52
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

PPT session 2 16032013

  1. 1. 1Sessão 216 de março, 2013Amadora, PortugalPedagogiaempreendedora
  2. 2. Dana T. Redford, PhDPresidente daDiretor da Faculdade CEE& Conselho de Administração IES-PSPProfessor Auxiliar ConvidadoCoordenador 4 Projetos e Perito da UEAssociado e Consultor EstratégicoDiretor de Câmara Comércio AmericanaAvaliador e Destinatário das Melhores Práticas EducacionaisEmpreendedor Internacional
  3. 3. Sérgio Leal, MsC3Sócio-Diretor do Centro de Estudos e Formação EDUCATEProfessor de FQ Escola Secundária Padre António VieiraCoordenador de Projetos da ESPAVFormador/Explicador/Comunicador de FQ/TIC/EmpreendedorismoVogal do Conselho FiscalColaborador com o IST no projeto e-labAluno de Doutoramento
  4. 4. Boa Prática da FEG UCP, Porto4Uma das oito boaspráticas de Educaçãoem Empreendedorismona OCDE em 2010Msc – Entrepreneurship,Leadership andOpportunity Recognition
  5. 5. Uma história empreendedora…Em Portugal!
  6. 6. Projeto ADEPTT• “Acknowledging and DevelopingEntrepreneurial Practice in TeacherTraining (ADEPTT)” Projeto Leonardopara Transferência de Inovação com adesignação 2011-1-ES1-LEO05-36404.Está financiado pela Comissão Europeia,Fundação Calouste Gulbenkian e pelaCOTEC e Fundação Aga Kahn –K’Cidades.6
  7. 7. 7O que é que aspessoas pensamsobre osempreendedoresO que é que aspessoas pensamsobre osempreendedoresEmpresasNormas eComportamentosEmpresasNormas eComportamentosTradiçõesculturais,preferências,ecomportamentosTradiçõesculturais,preferências,ecomportamentosContexto de Empreendedorismo na SociedadePortuguesa / Europeia
  8. 8. Estados Unidos da América8Visão EUA: Nunca se é novo de mais para se começarComo é que consigo convencer os paisa fazer uma empresa?Como é que consigo convencer a minhaavó a dar-me a receita secreta delimonada?Que tipo de stand irá atrair osconsumidores mais sedentos?Qual o melhor local para montar o stand?Eu preciso de 250€ para um bicicleta nova,quantos copos de limonada terei de vender?AS CRIANÇAS APRENDEM COMO VENDER!
  9. 9. Europa9Visão EUROPEIA: Muito novo para se começarÉ permitido aos pais fazer um menorcriar uma empresa?Será que a avó possui direitos legais para asua receita de limonada?Que tipo de regulação da UE existe para queeu me possa queixar de estarem a beberbebidas frescas na rua?Eu preciso de uma autorização do GovernoLocal para montar um stand?Eu preciso de passar faturas e pagar taxas?PORQUE NÃO POSSO SIMPLESMENTE VENDER?
  10. 10. 10
  11. 11. 11
  12. 12. 3 Aspetos importantes sobre Empregabilidade“Employability is about having the capacityto gain initial employment, maintainemployment and obtain new employment ifrequired.” (Hillage & Pollards, 1998)Ideia de Adam-Smith de auto-regulação dosmercados:“Knowledge is the new basis for wealth”(Thurow, 2000)12
  13. 13. Grandes mudanças na Sociedade(Megatendências)Demografia:A Geração madura,pessoas nascidas antes de 1946Os Baby Boomers,pessoas nascidas entre 1946 - 1964Geração X,pessoas nascidas entre 1964 - 1979Geração Y,pessoas nascidas entre 1980 - 2000Geração Milénio,pessoas nascidas a partir de 2000 
  14. 14. Mudanças Demográficas• Como será o Mundo quando for maisvelho? E a Europa? E Portugal?• Vídeo14
  15. 15. Macrotendências — Últimos 50 anosTendências ImpactoBaby Boomers Fraldas, rock & roll, televisão,minivans, bens imóveis, grandesmoradiasComputador pessoal Internet, media-on-demand,publicação eletrónica, folhas decálculo, comunicação eletrónicaObesidade Drenar no sistema de saúde,crescimento na indústria de dieta,mudanças na indústria alimentar,clubes de sáude, ginásiosRenda duplaFamíliasAssistência a crianças, serviçosdomésticos: paisagismo, limpezada casa, alimentos preparados
  16. 16. Macrotendências — Próximos 50 anosTendências Impacto
  17. 17. Macrotendências — Próximos 50 anosTendências ImpactoEconomiasemergentesConetividade Internet, media-on-demand, ...Cuidados de saúde,Sociedadeenvelhecida &ObesidadeOrganização dotrabalho: Renda duplaFamílias
  18. 18. Quiz: EUA Mercado de trabalho• Qual é a atual percentagem dedesempregados nos EUA?18
  19. 19. Desempregados nos EUA19
  20. 20. O que é o mercado de trabalho nos EUA• Caracterizado por rotatividade• Empreendedor• “At will employments States” = Níveisrelativamente baixos de lealdade doempregado e da empresa• Fraca rede de segurança providenciadapelo Governo• A saúde é um problema para ostrabalhadores e empresas – Reformasrecentes20
  21. 21. População nos Países Desenvolvidos21
  22. 22. Projeções da População Mundial22
  23. 23. Desempregados nos EUA23
  24. 24. Desempregados nos EUA24
  25. 25. Desemprego Jovem a nível Mundial25
  26. 26. O que é empreendedorismo?Quais são os atributos/competências para se serempreendedor?26
  27. 27. Nas áreas seguintes?• Atitude• Criatividade• Relacionamento• Organização27
  28. 28. Atitude• Auto-conhecimento / crença / confiança• Motivação• Ambição• Determinação• Competitividade
  29. 29. Criatividade• Resolução de problemas• O pensamento lateral /geração de ideias• Criação de oportunidades• InovaçãoFonte: Dynamo, Welsh Assembly Government
  30. 30. Relacionamentos• Trabalhar com outras pessoas• Gerir situações difíceis• Negociação / persuasão /influência• Apresentação• ComunicaçãoFonte: Dynamo, Welsh Assembly Government
  31. 31. Organização• Planeamento• Gerir recursos• Tomada de decisão• Investigação / Conhecer omeio• Gerir riscos• Visão / estabelecimento demetasFonte: Dynamo, Welsh Assembly Government
  32. 32. 20 Características do EmpreendedorismoAAtitudeCCriatividadeRRelacionamentoOOrganizaçãoCompetênciasAtividadesindividuaisAplicaçõesUsar competênciasnum contextoempreendedor4 dimensõesFonte: Dynamo, Welsh Assembly Government
  33. 33. Resultados de aprendizagem• Conhecimento:– Conhecer a diferença entre investigaçãocientífica, inovação e empreendedorismo• Competência:– Ser capaz de utilizar ferramentas como omapeamento e o Brain storming– Ser capaz de aumentar a utilização efetiva dasideias e criatividade dos alunos e das suascompetências mais relevantes– Ser capaz de apoiar a Inovação em Educação emsala de aula• Capacidade de implementação:– Ser capaz de apoiar jovens inventores naparticipação das Olimpíadas Científicas Nacionaisde Criatividade – Caminho da Inovação
  34. 34. NECESSIDADES34NECESSIDADE – SOLUÇÃO - PRODUTOCriatividadeCriatividade eficaz Impacto
  35. 35. Processo de por as Ideias em AçãoProcesso de ideiasProcesso de ideiasTake offTake offProdução de um plano de negóciosProdução de um plano de negóciosProdutoProdutoSoluçãoSoluçãoNecessidadeNecessidadeEmpreendedorismoEmpreendedorismoDesenvolvimento de produtoDesenvolvimento de produtoProcesso científicoProcesso científico
  36. 36. Flipping the classroom (Troca de sala de aula)http://www.youtube.com/watch?v=u2BQbe_tLXchttp://pt.wikipedia.org/wiki/Khan_Academyhttp://www.fundacaolemann.org.br/khanportugues/
  37. 37. Análise de necessidades37Necessidade:Areia no meusapatoO que é que istorealmente significa?Que soluções euposso sugerir?
  38. 38. Cada um é ajudado no que ele(a) foi criado para
  39. 39. Criar Criatividade fora da zona de confortoZona deconfortoPreferências
  40. 40. EuLinguagemCapacidadeAtitudeMotivação na Aprendizagem: “Saltar fora danossa zona de conforto”
  41. 41. LinguagemAtitudeComunicaçãoComunicação FormaçãoFormaçãoCriatividadeCriatividadeCapacidade de implementaçãoCapacidade de implementaçãoConhecimentoConhecimento CompetênciasCompetênciasTalento inatoEducação (Conhecimento, Competências eCapacidades) na prática
  42. 42. Knowledge triangleInnovaçãoInnovaçãoInvestigaçãoInvestigaçãoEducaçãoEducaçãoCriatividadeCriatividadeComunicaçãoComunicaçãoFormaçãoFormação
  43. 43. A Economia baseada no ConhecimentoIndústria/NegócioIndústria/NegócioAcademiaAcademiaSpin-offsSpin-offsInvestigaçãoInvestigaçãoFormaçãoFormaçãoComunicaçãoComunicaçãoCriatividadeCriatividadeInovaçãoInovaçãoEducaçãoEducação
  44. 44. Rubrica de avaliação para as OlimpíadasNacionais – Percurso de Inovação  Pobre2Necessita demelhorar4Suficiente6Bom8Excelente10Novidade Ideia é conhecimento Ideia é o novo designde um produto jáexistenteIdeia é nova mas nãoregistada comopatenteIdeia registada comopatenteInovação com patenteregistada ou pendenteOriginalidade A ideia nãomostra ouso de discernimento,definido necessidadeou problema.A ideia resolve umanecessidade definida.Ideia é perspicaz emresolver a necessidadedefinida.Ideia é original eperspicaz pararesolver a necessidadedefinida.A ideia é um produtooriginal de umaperspicaz investigaçãode uma necessidadedefinida.Conhecimento decampoNenhum conhecimentodas áreas relevantesde estudo ou recursosnecessários para odesenvolvimento daideia.Conhecimento limitadodas áreas que estãorelacionadas com aideia.O mentor da ideiamostra conhecimentodo que a sua ideiavisa.Conhecimentoalargado das áreas deestudo em que a ideiaé baseada.Conhecimentoprofundo das áreas deestudo em que a ideiaé baseada e comrelevantes recursos.Funcionalidade Nenhum modelo deideia nem protótipo.O modelo de ideia estápronto, mas limitado.Nenhum protótipo foiproduzido.O modelo da ideia estápronto e possuiestrutura. Protótipopossui umafuncionalidade limitadae enconta-se emdesenvolvimento.O protótipo está prontomas possui umnúmero limitado detestes. AReestruturação iráutilizar os resultadosdos testes.Ideia totalmentefuncional e é umprotótipo do resultadodesenvolvido pelostestes realizados.Planos de produçãoprontos.Fatia de mercado Nenhum trabalho foifeito atendendo aopotencial de mercadoou perfil do cliente.O mercado évagamente definido enenhum teste foirealizado.A ideia tem definida aquota de mercado e operfil do cliente.A pesquisa demercado foi feita e osresultados foramutilizados para odesenvolvimento daideia.Foi analisado omercado a nível local,regional, nacional emesmo internacional.Foram identificados osprincipaisconcorrentes. Custo Nenhuma tentativa foifeita para estimativa docusto de produção.Tentativa de estimativade custo de produção.Custo de produção empequena escala foiapresentada.Custo de produção éapresentado a nívelregional e nacional.Custo total deprodução éapresentado numplano de negócios.Estratégia Estratégia para aprodução e marketingnão é apresentado.Tentativas feitas paraapresentar umaestratégia comercialque não é totalmentedesenvolvida.Estratégia demarketing éapresentado empequena escala.Estratégia regional enacional estádesenvolvida –incluindo marca epublicidade.Estratégia de mercadoé totalmenteapresentado.
  45. 45. 45Desenvolvimento de Ideias para Alunos
  46. 46. 46Empreendedorismo em Portugal• A importância da promoçãoEmpreendedorismo em Portugal (Cont.)- De acordo com GlobalEntrepreneurship Monitor 2004Portugal possui uma baixa taxa de atividadeempreendedora:- Apenas 4 empreendedores para cada 100 pessoas(idades 18-64)- N.º 28 no ranking dos 34 países (GEM 2004)- N.º 13 nos 16 países da UE (GEM 2004)
  47. 47. 47“Total Atividade Empreendedora”, 2000-2004CROATIAHKONGJAPANBELGIUMCTAIPESLOVENIFRANCERUSSIANETHERLSWEDENSINGAPOFINLANDGERMANYSPAINUKISRAELSAFRICGREECEDENMARKPOLANDPORTUGASWITZERITALYHUNGARYNORWAYIRELANDCANADAICELANDCHINAUSAUSTRALINDIAARGENTIBRAZILNZEALAKOREACHILEMEXICOTHAILANVENEZUEUGANDAAllCountries0,005,0010,0015,0020,0025,0030,0035,00Total Entrepreneurial Activity [TEA] Index Average [1-4 yrs:2000 to 2004]sub-titleNumberper10018to64yrsold[95%confidenceinterval]Fonte: Global Entrepreneurship Monitor, 2004
  48. 48. 48Empreendedorismo em Portugal• Características do Empreendedorismo emPortugal*:• Surgem mais empreendedores do que empresários de negócios• Proximidade no género de empreendedores (48% feminino; 52%masculino)• A maioria dos empresários encontram-se focados para o setor doconsumo (71%)• Empreendedores mais frequentemente motivados pelo desejo deaproveitar uma oportunidade de negócio em vez de agir em caso denecessidade, devido à falta de outras oportunidades de trabalho* Fonte: Global Entrepreneurship Monitor 2004
  49. 49. Observational Research and “Universe” ofExisting Entrepreneurship Infrastructure in PortugalQuadro teórico – Estudo empírico49
  50. 50. 50Levantamento da apreciação dosprofessores 2005/2006Portugal atrás no desenvolvimento do ensino deempreendedorismo no ensino pós-secundário21 Universidades que possuem cursos deempreendedorismo 63.2% deram o seu 1.ºcursoem 2002 ou depois• Indicador de que este fenómeno/tendênciaeducacional é recente• Professores auxiliares ensinam cursos (2/3com PMEs/experiência de trabalho empresarial)• 90% em Faculdades de Economia eGestão• O ano modal para Portugal foi 2002• O ano modal para os EUA foi 1982 (Soloman, 2002)
  51. 51. 51Centros de Empreendedorismo– Em Portugal, 33% das Universidades possuemCentros de Empreendedorismo ou pequenosnegócios Vs 45% das Universidades dos EUA(Solomon, 2005)– Há mais Universidades em Portugal que planeiam odesenvolvimentos de Centros de Empreendedorismo(23.8%)– 90% dos entrevistados acreditam que a função e asatividades dos Centros de Empreendedorismo nãoestão claramente definidos no contexto português
  52. 52. 52Pedagogia Empreendedora - Educação• Métodos pedagógicos Mais FrequentementeUsados Durante Cursos de Empreendedorismo(Portugal) 61%33%20%33%8%27%15%18%0%10%10%6%30%48%40%38%29%23%25%9%12%0%0%0%0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70%Business plan creationMarket feasibility studiesCase studies analysisLecturesDebatesGuest Speakers: EntrepreneursResearch projectsGuest Speakers: Venture CapitalistsVisits to small business/newventureComputer simulationsRole-playingInternshipsVery Frequently Used Frequently Used
  53. 53. 53Pedagogia Empreendedora - Educação17%18%24%24%9%25%13%9%8%0%0%0%56%47%43%43%27%20%21%9%8%4%0%0%0% 10% 20% 30% 40% 50% 60%InternshipsVisits with a small business/newventureComputer simulationsRole-playingGuest Speakers: Venture CapitalistsResearch projectsDebatesGuest Speakers: EntrepreneursCase studies analysisLecturesMarket feasibility studiesBusiness plan creationRarely Used Never UsedMétodos pedagógicos Mais Frequentemente UsadosDurante Cursos de Empreendedorismo (Portugal)
  54. 54. Alunos não Licenciados/Mestres• Durante 2005/2006 apenas 826, ou 0.2% dosalunos do ensino superior participaram em aulasde Empreendedorismo em Portugal• Apenas 14.8% dos alunos acreditam que osistema educacional português desenvolve oestado de espírito que encoraja a criação denovas empresas• 63.7% dos alunos acreditam na possibilidadede possuírem a sua própria empresa no futuro• Após a Licenciatura/Mestrado 16.1% queremcriar a sua própria empresa enquanto 81.2%querem trabalhar para outros 54
  55. 55. 55Visão dos Professores – Futuras Tendências(Próximos 5 anos)– A importância da EducaçãoEmpreendedora irá aumentar no futuro– Os cursos vão ver uma mudança do conteúdoteórico para uma abordagem mais prática– O setor privado terá um maior papel na Educaçãoem Empreendedorismo– Serviços de apoio aos empresários irão aumentar– Ofertas educacionais farão melhor uso datecnologia– Cursos de empreendedorismo vão ser ensinados atodos os alunos universitários, e serão extendidosaos alunos dos ensino básico e secundário
  56. 56. 56Obstáculos dos AlunosComeçar cedo no ciclo educacional2007/2008 apenas 0.003% do total dos alunos dosensinos básico e secundário participaram em PNEE deacordo com o Ministério de Educação e CiênciaAssumir Riscos  Necessidade de discussãosobre Riscos49.9% dos inquiridos apontam a burocracia dasentidades governamentais e o medo de ir à falência(58%)Experiências Práticas em Sala de AulaExperiências práticas de aprendizagem para realizartarefas em sala de aula
  57. 57. Conclusões: Considerações PolíticasDesemprego jovem e EmpreendedorismoDiferenças Regionais e Sócio-EconómicasConsideração do Género em EmpreendedorismoDestaque do setor público na mentalidade de alunosuniversitáriosAvanço português na Educação emEmpreendedorismo a nível universitário como parteda Estratégia Europeia (Tratado de Lisboa)57
  58. 58. 58Conclusões: Política de DesenvolvimentoAferição e Avaliação• Sistema educacional e Promoção Empreendedora • Capacitação de Educação para oEmpreededorismo • Ensino básico, secundário e pós-secundário –Ofertas de Empreendedorismo • Atitudes dos alunos sobre Empreendedorismo• Atitudes dos alunos relacionados com riscos eobstáculos
  59. 59. 59ObrigadoAntónio de Oliveira SalazarTrês nomes em sequência regular...António é AntónioOliveira é uma árvore.Salazar é só apelido.Até aí está tudo bem.O que não faz sentidoÉ o sentido que isso tudo tem.E a fé dos nossos maiores?Forma-a, impoluta, o consórcioEntre os padres e os doutores.Casados o Erro e a FraudeJá não pode haver divórcio.António de Oliveira SalazarThree names in regular sequence...António is AntónioOliveira is a tree.Salazar is only his last name.Until this far everything is okay.What is senselessIs the sense that this may haveAnd faith in our superiors?Its integrity is formed by a consortiumBetween Priest and DoutoresOnce the marriage between theerrors and the fraudIt is not possible to divorce the two.Fernando Pessoa
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×