A Bíblia da Inovação

4,986 views
4,738 views

Published on

Slidecast sobre o livro A Bíblia da Inovação, de Philip Kotler e Fernando Trías de Bes. O aúdio foi editado a partir de uma apresentação realizada internamente no Serpro, em maio/2013.

Published in: Business
2 Comments
10 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
4,986
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
26
Actions
Shares
0
Downloads
184
Comments
2
Likes
10
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A Bíblia da Inovação

  1. 1. minhas impressões sobre...Serge.Rehem@serpro.gov.br
  2. 2. http://malditangachi.files.wordpress.com/2010/11/img_0767-psd.jpgbarreiras empresariais à inovação
  3. 3. #1radicalincrementaldisruptiva!gradualsignificado da inovaçãomarginal
  4. 4. #2quem é o responsável pela inovação!?
  5. 5. #3confundirccrriiaattiivviiddaaddee cominovação
  6. 6. #4falta dearcabouço
  7. 7. falta de monitoração e controlefalta de monitoração e controle#5
  8. 8. falta de coordenação#6
  9. 9. falta de foco no cliente#7
  10. 10. sistema de inovação totalcultura criativaplanejamentoestratégicopara inovaçãoprocessosde inovação(modelo A-F)resultadosrecompensasde inovaçãoindicadoresde inovação
  11. 11. no curto prazo uma empresa não prospera namudança, mas em regras, rotinas,processos que funcionam bem e geram lucro”
  12. 12. http://malditangachi.files.wordpress.com/2010/11/img_0767-psd.jpg63%dos executivosapontam foco no curto prazo eoperações cotidianasConsultoria GareyHamel, 2004
  13. 13. objetivospesquisaideiasavaliaçãodesenvolvimentolançamentoum processo tradicional de inovação...
  14. 14. modeloA - F
  15. 15. Ativadoresiniciam o processo
  16. 16. diretrizestipos deativadoresníveistipos deativaçãoresultante
  17. 17. diretrizes+foco-propostas+objetividade-desperdício
  18. 18. 1. modelo de negócios2. processo3. mercado4. p&sníveis
  19. 19. tipos de ativadoresalta administraçãotrabalhadorescrupos de interessecomunidade científica
  20. 20. alta administraçãofuncionáriosde cimaparabaixo
  21. 21. alta administraçãofuncionárioscimaarapde baixo
  22. 22. altaadministraçãogrupos interessecomunidade científicadedentrof rapara
  23. 23. alta administraçãogerentes funcionaisacionistascomunidade científicaparadentrof rade
  24. 24. que tipo de ativação é melhor?de cima parabaixode dentro paraforade baixo paracimade fora paradentrotipo deinovaçãoMarginal Radical Marginal ouRadicalMarginalrecursos parainovaçãoAltos ou Baixos Altos Altos Altos ou Baixoscapacidadesinternas prainovaçãoAltas Baixas Altas Baixascultura criativa Bem distribuídana organizaçãoNão distribuída Bem distribuída Nem distribuída
  25. 25. Buscadoresinvestigam e fornecem info p/o grupo
  26. 26. criadoresideias! concebem novos conceitos e possibilidades
  27. 27. Desenvolvedoresinventam: ideia → invenção (produto)http://www.pingodegente.com.br/blog/wp-content/uploads/2009/11/feira_11.11-034.JPG
  28. 28. Executoresimplementam: produto → mercadohttp://under30ceo.com/wp-content/uploads/2013/04/Tips-for-Your-Startup.jpg
  29. 29. https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/0/01/Mount_Rainier_over_Tacoma.jpghá muita ênfase nas ideiase não o suficiente na execução“
  30. 30. pré-implementaçãoexperimentaçãoexperimentaçãotestesmercado area produtohttp://3.bp.blogspot.com/-u4e1cbRUHf8/Twwa4DbFEII/AAAAAAAAAmU/pUYS_8h7trE/s1600/pic_12-01-07_21-39-21.jpg
  31. 31. lembrançaconsideraçãotesterepetiçãofunil de compra
  32. 32. Facilitadoresinstrumentam: inve$timentos e despesa$
  33. 33. #failfracassar logode modo rápido e barato”
  34. 34. Modelo A-FAtivadores ↔ Facilitadores ↔ DesenvolvedoresBuscadores ↔ CriadoresExecutores
  35. 35. Modelo A-FAtivadores ↔ Facilitadores ↔ DesenvolvedoresBuscadores ↔ CriadoresExecutoresIniciação ↔ Instrumentação ↔ InvençãoImplementaçãoInformação ↔ Ideação6 “is” da inovação
  36. 36. A-B-C-A-F-D-B-D-F-E-C-EA-D-E
  37. 37. http://www.stlucieco.gov/images/Plan_picture.jpgplanejando eimplementando ainovação
  38. 38. SEMIRRADICAL RADICALINCREMENTAL SEMIRRADICALTecnologiaParecidocomoatualNovoParecido com o atual NovoModelo de negócio
  39. 39. jogar para não perderXjogar para ganhar?
  40. 40. portfólio de projetos no fluxoroteiro de inovação dos projetosparcelas de recursos
  41. 41. indicadores deinovaçãoeconômicosintensidadeeficáciacultura
  42. 42. venda/lucros novos produtosredução de custosretorno do investimentoeconômicos
  43. 43. intensidadeinve$timento em P&Dideias/anode patentesprojetos de inovação no fluxonº
  44. 44. eficáciataxa sucesso de novos produtostempo para comercializar$ médio por projetoanos como líder do setor
  45. 45. como promover umacultura criativa?
  46. 46. http://4.bp.blogspot.com/-FceSa9LYNGM/TwZJ1K1jNLI/AAAAAAAAAjw/Mw2whoa6_vg/s1600/Steve-Jobs-Doll.jpgconstrutores de cultura
  47. 47. inibidores
  48. 48. facilidade de usofeedback+sobrecargadispersão-
  49. 49. comunicaçãoprotagonistasestratégiaresultadosideias rejeitadas
  50. 50. incentivos & recompensasações da empresaparcela das vendasbenefíciosreconhecimento públicoacesso a círculos restritosrecursos para pesquisatempo
  51. 51. sistema de inovação totalcultura criativaplanejamentoestratégicopara inovaçãoprocessosde inovação(modelo A-F)resultadosrecompensasde inovaçãoindicadoresde inovação

×