Pós-graduação em Gestão Cultural: Cultura, Desenvolvimento e Mercado

80,494 views

Published on

Saiba mais sobre o curso, acesse http://goo.gl/pww0BS.

Objetivo
Especializar profissionais para atuarem como gestores culturais nas esferas pública, privada e de organizações sociais, com visão crítica, global, estratégica, empreendedora e ética. A especialização capacita o gestor cultural para gerenciar projetos que se materializam em programas e atividades, a partir de planejamento - pesquisa, análise, gestão, implementação e avaliação de programas, projetos e políticas culturais, e linhas programáticas definidoras de políticas culturais, participando de todas as fases do processo: criação, produção, distribuição e difusão.

Diferenciais: O curso de pós-graduação em Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado está em ampla sintonia com as tendências do segmento cultural. Sua estrutura curricular foi construída para especializar profissionais nas especificidades e complexidades do setor cultural, além das técnicas gerenciais de projetos e de financiamento cultural. As disciplinas são articuladas em dois eixos principais.

Atuação no mercado de trabalho:
O gestor cultural poderá atuar na coordenação geral de projetos ou em algumas das etapas relacionadas, como planejamento estratégico, produção executiva, captação de recursos, plano de comunicação, gestão de pessoas e financeira. Terá condições de desenvolver projetos culturais em mercados específicos da cultura, tais como o fonográfico, o editorial, o audiovisual entre outros.

Panorama de mercado: O segmento de gestão cultural encontra-se em franca expansão no Brasil. Prova disso é a proliferação de cooperativas, redes e coletivos de artistas e produtores culturais, incentivados pela ampliação dos mecanismos de apoio e financiamento à cultura, tanto no setor público quanto privado. A cultura também está no centro de questões relacionadas ao desenvolvimento, ao lado da economia, meio ambiente e desenvolvimento social. A publicação da Convenção da Diversidade Cultural da Unesco, em 2005, estabelece como prioridade internacional a proteção e a promoção das expressões culturais, frutos da criatividade humana, portadoras de significados e vinculadas a identidades culturais. O Brasil está bastante alinhado a essa tendência, valorizando a cultura como um bem simbólico, que, atrelado à educação, ao desenvolvimento humano e à identidade, tem grande potencial de geração de trabalho e renda.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
80,494
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
74,999
Actions
Shares
0
Downloads
27
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pós-graduação em Gestão Cultural: Cultura, Desenvolvimento e Mercado

  1. 1. Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado
  2. 2. Sobre o Curso Formato: presencial Objetivo Especializar profissionais para atuarem como gestores culturais nas esferas pública, privada e de organizações sociais, com visão crítica, global, estratégica, empreendedora e ética. A especialização capacita o gestor cultural para gerenciar projetos que se materializam em programas e atividades, a partir de planejamento - pesquisa, análise, gestão, implementação e avaliação de programas, projetos e políticas culturais, e linhas programáticas definidoras de políticas culturais, participando de todas as fases do processo: criação, produção, distribuição e difusão. Diferenciais: O curso de pós-graduação em Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado está em ampla sintonia com as tendências do segmento cultural. Sua estrutura curricular foi construída para especializar profissionais nas especificidades e complexidades do setor cultural, além das técnicas gerenciais de projetos e de financiamento cultural. Carga horária: 360 horas Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado
  3. 3. Atuação no Mercado de Trabalho: O gestor cultural poderá atuar na coordenação geral de projetos ou em algumas das etapas relacionadas, como planejamento estratégico, produção executiva, captação de recursos, plano de comunicação, gestão de pessoas e financeira. Terá condições de desenvolver projetos culturais em mercados específicos da cultura, tais como o fonográfico, o editorial, o audiovisual entre outros. Panorama de mercado O segmento de gestão cultural encontra-se em franca expansão no Brasil. Prova disso é a proliferação de cooperativas, redes e coletivos de artistas e produtores culturais, incentivados pela ampliação dos mecanismos de apoio e financiamento à cultura, tanto no setor público quanto privado. A cultura também está no centro de questões relacionadas ao desenvolvimento, ao lado da economia, meio ambiente e desenvolvimento social. A publicação da Convenção da Diversidade Cultural da Unesco, em 2005, estabelece como prioridade internacional a proteção e a promoção das expressões culturais, frutos da criatividade humana, portadoras de significados e vinculadas a identidades culturais. O Brasil está bastante alinhado a essa tendência, valorizando a cultura como um bem simbólico, que, atrelado à educação, ao desenvolvimento humano e à identidade, tem grande potencial de geração de trabalho e renda. Dessa forma, a cultura aquece o mercado, movimentando a economia e gerando desenvolvimento. Nesse contexto, são demandados cada vez mais projetos e profissionais especializados, em uma área em que o autodidatismo ainda predomina e não pode mais atender às mudanças e complexidades do setor. Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado
  4. 4. Metodologia O curso propicia elaboração de trabalhos individuais que direcionam a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos em situações similares às de uma produção cultural real. Apresentações de estudos de caso, exibições de trechos de filmes, jogos, entre outros. Palestras de profissionais - referência sobre os temas a serem discutidos, apresentações artísticas pontuais e debates, discussões e análises críticas, em que os alunos serão estimulados a se aproximar das diversas linguagens artísticas e manifestações culturais da contemporaneidade. Componentes curriculares CULTURA E DESENVOLVIMENTO POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DE PROJETOS E PROGRAMAS CULTURAIS ECONOMIA DA CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA TEORIAS DA CULTURA TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I: ESTRATÉGIAS DE DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E PROGRAMAS CULTURAIS PRODUÇÃO EXECUTIVA COMUNICAÇÃO E MARKETING CULTURAL EXPRESSÕES CULTURAIS CONTEMPORÂNEAS GESTÃO FINANCEIRA DE PROJETOS CULTURAIS AVALIAÇÃO DE PROJETOS E PROGRAMAS CULTURAIS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO II: ELABORAÇÃO DE PROJETOS E PROGRAMAS CULTURAIS Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado
  5. 5. Certificação Pós-graduação lato sensu – Especialista em Gestão Cultural; cultura, desenvolvimento e mercado (certificado expedido pelo Centro Universitário Senac). Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado
  6. 6. Senac Lapa Scipião Rua Scipião 67, Lapa - São Paulo - SP CEP: 05047-060 Telefone: (11) 3475-2200 Fax: (11) 3475-2299 Senac Lapa Scpião Saiba mais sobre o curso, clique aqui. http://www.sp.senac.br/posgraduacao Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado

×