Your SlideShare is downloading. ×
Infohb - Ed.47 Junho - 2011
Infohb - Ed.47 Junho - 2011
Infohb - Ed.47 Junho - 2011
Infohb - Ed.47 Junho - 2011
Infohb - Ed.47 Junho - 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Infohb - Ed.47 Junho - 2011

540

Published on

O FOHB, em parceria com o SENAC - São Paulo, apresenta periodicamente o InFOHB, informativo que revela a situação da hotelaria no Brasil. O documento é elaborado com base nos dados dos empreendimentos …

O FOHB, em parceria com o SENAC - São Paulo, apresenta periodicamente o InFOHB, informativo que revela a situação da hotelaria no Brasil. O documento é elaborado com base nos dados dos empreendimentos das redes associadas ao FOHB e analisa três indicadores da hotelaria: diária média, taxa de ocupação e RevPAR (receita por apartamento disponível). O objetivo é contribuir para o desenvolvimento do setor, fornecendo informações importantes para estudantes, pesquisadores e profissionais da área.

Para mais informações, acesse http://www.fohb.com.br

Published in: Education, Business, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
540
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ed. 47 | junho / 2011Este semestre foi muito especial para o InFOHB. Começamos o ano com a reformulação doconteúdo e observamos nossos associados cada dia mais empenhados com nossas estatísticas.Estamos muito animados com o este projeto e certos de que o mesmo vem colaborando muitopara com o setor.Para comemorar os seis primeiros meses de 2011, estamos preparando uma edição especial doInFOHB para mostrar o ótimo desempenho que a hotelaria acumulou nos primeiros seis mesesdo ano. Podemos antecipar que o Brasil obteve 22,7% de melhora no RevPAR, decorrente de15,4% de recuperação da diária média e de 6,3% de aumento na demanda.Enquanto isso, convido todos a acompanhar a 47ª Edição do InFOHB – informativodesenvolvido mensalmente em parceria com o Senac São Paulo – que revela os resultadosestatísticos da hotelaria no país, bem como destaca ações realizadas pelo FOHB. Roberto Rotter presidenteEsta edição contou com a amostra de 380 hotéis e 58.472 unidades habitacionais (UHs) e traz osresultados de junho de 2011, comparados com o desempenho obtido em junho de 2010.Desejamos a todos ótima leitura! E não percam a edição especial que trará as análises completas do1º semestre! notícias + PÁG. 4 13% AMOSTRA Percentual de UHs 8% Redes Associadas ao por Região do Brasil 9% FOHB participarão do estande cooperado na 380 Hotéis Centro-Oeste Nordeste AVIRRP 58.472 UHs Norte 67% 3% Sudeste por cidade Sul FOHB participa de reunião com setor analisada (Uh s ): público São Paulo (SAO) 20.013, Rio de Janeiro (RIO) 4.668, Vitória (VIX) 1.651, Belo Horizonte (BH) 2.821, Fortaleza (FOR) 1.320, Salvador (SSA) 1.113, Brasília (BSB) 2.608, Curitiba (CWB) 3.054, Porto Alegre (POA) 1.346, Manaus (MAO) 1.166, Ribeirão Preto (RIB) 500, Joinville (JOI) 542 FOHB e Senac-SP organizam Encontro de Oportunidades 2011 DESEMPENHO GERAL BRASIL Taxa de Variação Diária Média (R$) Variação RevPAR (R$) Variação Região Ocupação (%) 2010 2011 % 2010 2011 % 2010 2011 % Centro-Oeste 71,73 68,84 -4,0 175,12 200,80 14,7 125,62 138,23 10,0 Nordeste 61,16 64,64 5,7 148,27 175,74 18,5 90,69 113,59 25,3 Norte 58,98 69,44 17,7 163,85 163,93 0,0 96,64 113,83 17,8 Sudeste 66,77 73,01 9,3 180,86 212,73 17,6 120,76 155,33 28,6 Sul 61,87 66,63 7,7 138,87 162,70 17,2 85,93 108,41 26,2 Brasil 65,72 70,99 8,0 171,54 200,90 17,1 112,73 142,61 26,5 1
  • 2. Durante todo o primeiro semestre, observamos boas recuperações de diária média,taxas de ocupação na casa dos 70% e consequente melhora nos resultados deRevPAR (Receita por Apartamento Disponível), em comparação a 2010. No mês dejunho não foi diferente. Para atingir os 26,5% de variação no RevPAR nacional, oshotéis marcaram 70,99% na ocupação e R$ 200,90 de tarifas médias.Dados da IATA (Associação Internacional de Transportes Aéreos) revelam que otráfego mundial de passageiros aumentou 4,4%, em junho. No Brasil, o crescimento principaisfoi de 15,1%, o que indica um mercado de viagens ainda mais aquecido. O MTurrevelou também que, no último mês do semestre, o número de desembarques cidades e capitaisdomésticos foi 17,99% superior ao de 2010. No âmbito internacional, houve 10,69%de aumento nas chegadas, o que levou ao melhorresultado já registrado no mês. TAXA OCUPAÇÃOEsse desempenho positivo do setor de aviação pode ter 100,00% 9,7% 10,1% 2,1% -11,2% 8,8% 25,0% -7,9% -2,3%contribuído para o movimento nos hotéis. Nota-se que 90,00% 4,8%em quatro das cidades analisadas a demanda hoteleira 14,2% 80,00%ficou acima da média nacional. Destes resultados, é 70,00%importante destacar que a região sudeste concentrou 60,00%três: a capital paulista registrou 74,55% de ocupação, 50,00%Belo Horizonte apresentou movimento médio de 74,38%, 40,00%enquanto o Rio de Janeiro obteve 73,03%. Na região Sul,Curitiba completa o quarteto com 71,86%. 30,00%Significativas variações na demanda foram encontradas 20,00%em Manaus (25,0%), Salvador (14,2%) e Rio de Janeiro 10,00%(10,1%). Na capital baiana, o aumento na movimentação 0,00% SAO RIO VIX BHZ FOR SSA BSB CWB POA MAOdos hotéis pode ser justificado pelas festas de São Joãoque aconteceram em junho. A Setur (Secretaria de 2010 67,94% 66,34% 61,90% 72,88% 68,54% 51,46% 73,24% 66,05% 69,20% 55,47%Turismo) explica que atualmente, a comemoração na 2011 74,55% 73,03% 64,89% 74,38% 63,12% 58,79% 65,04% 71,86% 67,59% 69,36%cidade já está aquecendo o turismo, o que não aconteciaaté 2008. Na temporada deste ano, cerca de 50 milturistas visitaram Salvador e contribuíram para melhorar DIÁRIA MÉDIAos resultados dos hotéis. A expectativa da secretaria éque a média de ocupação seja superada no ano que vem. R$ 300,00 13,7% 21,5%Brasília, Fortaleza e Porto Alegre registraram queda na R$ 250,00 20,9% 11,7% 15,4%taxa de ocupação, em relação a 2010. No caso da capital -4,6% 7,1% 9,3%cearense, apesar do registro de queda na taxa de R$ 200,00 26,7% 23,4%ocupação, a diária média aumentou cerca de 26,7%, emcomparação a 2010. Para atrair o público para a região, o R$ 150,00governo do Estado do Ceará investirá cerca de R$ 30 R$ 100,00milhões em promoção e marketing. Além disso, aSetur-CE afirmou que há também investimentos em R$ 50,00infraestrutura, como no Acquário Ceará, no centro deeventos e em estradas. R$ 0,00 SAO RIO VIX BHZ FOR SSA BSB CWB POA MAOEm relação às diárias médias, observou-se recuperações 2010 R$ 186,08 R$ 227,47 R$ 166,92 R$ 183,13 R$ 124,32 R$ 161,13 R$ 201,05 R$ 137,32 R$ 179,09 R$ 188,05entre 7,1% e 26,7% em todos os mercados analisados,com exceção de Manaus, que registrou queda de 4,6% 2011 R$ 224,99 R$ 258,74 R$ 178,71 R$ 204,63 R$ 157,51 R$ 176,05 R$ 244,30 R$ 169,47 R$ 206,67 R$ 179,35no índice. Fortaleza obteve a maior variação, 26,7%, emrelação a 2010, enquanto que Rio de Janeiro, Brasília, São REVPARPaulo, Porto Alegre e Belo Horizonte apresentaramtarifas médias acima da média nacional, R$ 200,90. R$ 200,00 25,2%A demanda aquecida e as significativas retomadas de 32,7% 7,9%diária contribuíram para que todos os resultados de 12,2% 12,7%RevPAR ficassem positivos. Variações acima de 30% R$ 150,00 14,0% 34,3% 19,2%foram verificadas em Curitiba (34,3%) e São Paulo 16,7% 24,8%(32,7%). O Rio de Janeiro encerrou mais um mês com o R$ 100,00melhor desempenho entre as cidades analisadas, comRevPAR de R$ 188,96. R$ 50,00 SAO São Paulo SSA Salvador RIO Rio de Janeiro BSB Brasília VIX Vitória CWB Curitiba R$ 0,00 BH Belo Horizonte POA Porto Alegre SAO RIO VIX BHZ FOR SSA BSB CWB POA MAO FOR Fortaleza MAO Manaus 2010 R$ 126,42 R$ 150,90 R$ 103,31 R$ 133,46 R$ 85,21 R$ 82,92 R$ 147,25 R$ 90,70 R$ 123,93 R$ 104,32 2011 R$ 167,74 R$ 188,96 R$ 115,96 R$ 152,21 R$ 99,42 R$ 103,50 R$ 158,88 R$ 121,78 R$ 139,69 R$ 124,40 2
  • 3. cidades destaque do mês RIBEIRÃO PRETO (RIB) JOINVILLE (JOI) 6,7% R$ 135,00 R$ 150,00 23,6% 18,9% R$ 100,00 100,00% 100,00% R$ 100,00 11,5% 70,00% 46,3% R$ 50,00 18,4% 70,00% 30,00% R$ 50,00 0,00% R$ 0,00 30,00% TAXA DE DIÁRIA OCUPAÇÃO MÉDIA REVPAR 0,00% R$ 0,00 2010 69,43% R$ 125,86 R$ 87,39 TAXA DE DIÁRIA 2011 77,40% R$ 134,29 R$ 103,94 OCUPAÇÃO MÉDIA REVPAR 2010 57,03% R$ 93,19 R$ 53,15 O município de Ribeirão Preto está localizado próximo a importantes centros consumidores de São Paulo e de Minas Gerais. 2011 67,51% R$ 115,17 R$ 77,75 Repleto de atrações comerciais e de prestação de serviços, o local possui bons indicadores econômicos e sociais. Segundo a Conhecida como “cidade das flores”, Joinville é hoje um dos principais prefeitura, a cidade destaca-se pela qualidade dos solos e do clima, destinos de turismo de negócios do Brasil. A maior cidade de Santa que contribuem para o desenvolvimento da agricultura. Além Catarina conta com grande parque industrial e, ao mesmo tempo, disso, é conhecida também por ser centro de pesquisa e formação, possui infraestrutura bem desenvolvida e é rica em atrativos naturais principalmente na área médica. A região de Ribeirão Preto possui a e culturais. O Guia Joinville destaca a boa localização e a facilidade de agroindústria bem desenvolvida e, hoje, é uma das principais acesso do município, uma vez que o mesmo é cercado pela principal produtoras de açúcar e álcool. rodovia do país, a BR-101, pelo porto de São Francisco e pelo aeroporto de Joinville. Vale ressaltar ainda que o município tornou-se um centro de Segundo a Fundação Turística, o setor de turismo vem ganhando cada turismo e negócios, que recebe diversos eventos. Conforme o vez mais importância na cidade, por atrair novos investimentos e por jornal A Cidade de Ribeirão Preto, a hotelaria está em crescimento gerar emprego e renda. Para os próximos anos, o objetivo é explorar e até 2012, estão previstos três novos empreendimentos. Os dados ainda mais o potencial turístico da região para fortalecer a atividade. do FOHB revelam que a demanda hoteleira do local está aquecida. Dados da Fundação apontam que em 2010, o número de eventos no Em junho, a cidade apresentou 77,40% de ocupação, o melhor Complexo Expoville cresceu cerca de 70%, em relação a 2008. valor entre todos os divulgados nesta edição, R$ 134,29 de diária média e RevPAR de R$ 103,94, que representou melhora de 18,9% Como reflexo do bom desempenho de turismo e eventos, a hotelaria em relação a 2010. também vem apresentando melhora em seus resultados. Em junho, Joinville obteve cerca de 46,3% de melhora no RevPAR, em relação a 2010. Essa foi a maior variação dentre todas as cidades apresentadas. A taxa de ocupação dos hotéis ficou em 67,51%, enquanto a diária média encerrou o mês com R$ 115,17.desempenho POR categoria A análise das categorias compreendeu 128 hotéis Econômicos, 202 hotéis Midscale e 50 hotéis Upscale. Os três segmentos analisados registraram desempenhos positivos em junho, com variações de RevPAR acima de 20%. Os dados do FOHB apontam que os hotéis midscale foram os que mais evoluíram. Os aumentos de 19% na diária média e de 8,8% na taxa de ocupação proporcionaram uma elevação de 29,5% do RevPAR. Os empreendimentos da categoria econômica apresentaram incremento de 24,6% no RevPAR, enquanto os upscale demonstraram crescimento de 21,6% no indicador. 2011 ECONÔMICO MIDSCALE UPSCALE DIÁRIA MÉDIA R$ 140,65 15,34% R$ 217,62 19,04% R$ 283,12 14,95% TAXA DE OCUPAÇÃO 77,05% 8,03% 70,30% 8,79% 61,98% 5,75% RevPAR R$ 108,38 24,63% R$ 152,99 29,49% R$ 175,47 21,56% 3
  • 4. notíciasRedes Associadas ao FOHB FOHB participa departiciparão dO estande reunião com setor públicocooperado na AVIRRP No dia 3 de agosto, o Presidente do FOHB, Roberto Rotter, oDurante os dias 26 e 27 de agosto, na AVIRRP, em Ribeirão Vice-Presidente de Relações Institucionais, Julio Serson, e aPreto, nove redes associadas ao FOHB estarão recebendo os Diretora Executiva, Ana Maria Biselli Aidar, estiveram emvisitantes no estande cooperado da entidade. Além de Brasília para discutir os rumos do setor turístico-hoteleiro noestreitar o relacionamento com os agentes de viagem, os Brasil e fortalecer o relacionamento com o poder público. Osrepresentantes do Grupo Comercial do FOHB esperam que o representantes do FOHB foram recebidos pelo Ministro dotrabalho conjunto das redes contribua para a união do setor e Turismo, Pedro Novais, pelo Presidente da Embratur, Fláviopara o fortalecimento da entidade. A feira acontece das 13h00 Dino, pela Presidente da Subcomissão Temporária da Copa doàs 18h00 e o estande do FOHB contará com a participação das Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016, Senadora Lídiceredes Accor, Atlantica Hotels International, Bourbon Hotéis & da Mata, e pelo Presidente da Comissão de Turismo eResorts, Hotéis Deville, GJP Hotéis & Resorts, InterCity Hotéis, Desporto da Câmara dos Deputados, Deputado JonasInterContinental Hotels Group, Pestana Hotels & Resorts e Donizette. Para o Presidente do FOHB, o encontro foiHotéis Slaviero. fundamental para acompanhar as propostas e projetos do setor público, a fim de contribuir para o desenvolvimento sustentável do setor. FOHB e Senac-SP organizam Encontro de Oportunidades 2011 No dia 26 de setembro, no Centro Universitário Senac – Santo Amaro, as redes associadas ao FOHB estarão recrutando estudantes dos cursos de graduação e pós graduação nas áreas de turismo, hotelaria, eventos e nutrição. O objetivo do Encontro de Oportunidades 2011 é aproximar alunos, professores e mercado de trabalho. As redes que já confirmaram presença no evento são: Accor, Allia Hotels, Atlantica Hotels International, Brazil Hospitality Group, Club Med, Hotelaria Brasil, InterContinental Hotels Group, Melia Hotels International, Pestana Hotels & Resorts, Hotelera Posadas, Hotéis Slaviero, Transamérica Hospitality Group e Travel Inn Hotéis. Este evento é mais um resultado da parceria entre o FOHB e o Senac-SP e será destinado a alunos da instituição, dos Campi Santo Amaro, Águas de São Pedro e Campos do Jordão. 4
  • 5. expediente presidência executiva Presidente: Roberto Rotter Vice-Presidente Administrativo Financeiro: André Monegaglia Vice-Presidente Comercial: Emanuel Baudart Vice-Presidente de Tecnologia da Informação: Alexandre Gehlen Vice-Presidente de Recursos Humanos & Responsabilidade Social: Francisco Garcia Vice-Presidente de Relações Institucionais: Julio Serson conselho consultivo Presidente: Rafael Guaspari Vice-Presidente: Roland de Bonadona Conselheiros: Álvaro Bezerra de Mello (in memoriam) Conselheiros: Jayme Canet Neto Conselheiros: Reginaldo Olivi Conselheiros: Rui Manuel Oliveira diretoria executiva Diretora Executiva: Ana Maria Biselli Aidar Analistas de Projetos: Melina Machado Silva Analistas de Projetos: Raphael Paulino Gimenes Estagiárias: Juliana Salles Costa Estagiárias: Eliana Hieda créditos Criação e Projeto Gráfico: ASA Assessoria e Comunicação sandra@asacom.com.br www.asacom.com.br Jornalista Responsável: Alberto G. Martins – CONRERP 2ª Região nº 3.771 B4T Assessoria + Comunicação A análise mercadológica apresentada aqui foi elaborada pela Consultoria Hoteleira do Centro Universitário Senac – SP. Maristela S. G. Sugiyama Coordenadora do Projeto InFOHB Juliana Salles Costa Assistente Técnica Fernanda Yukie Okado Assistente Técnica 5

×