Your SlideShare is downloading. ×
Seffa 2010 academia_militar
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Seffa 2010 academia_militar

1,165

Published on

Academia Militar - (Coronel José Feliciano - Academia Militar)

Academia Militar - (Coronel José Feliciano - Academia Militar)

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,165
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • BOA TARDE Agradeço as simpáticas e amáveis palavras que me foram dirigidas. Começo por agradecer o convite que foi formulado a AM para participar neste seminário , o que muito nos honra e sensibiliza, sobretudo quando estamos a abordar assuntos tão nobres e importantes para o destino das sociedades, como seja o caso do ensino Se me permitem começo por felicitar a Força Aérea na pessoa do Exmo ___________ por esta iniciativa porquanto vivemos um período de algumas mudanças que exigem uma profunda reflexão no Ensino Superior Militar . É de extrema importância que todos olhemos para a formação com a humildade de a entender como o suporte e a raíz das organizações e das instituições . Não posso deixar neste momento de cumprimentar e manifestar a minha satisfação em participar neste painel com os camaradas da EN e da AFA e em especial a moderação do Sr Professor Doutor José Tribolet , professor catedrático do Instituto Superior Técnico, como um profundo conhecedor da nossa realidade. Quando me foi lançado o desafio fiquei divido entre um texto escrito ou um pequeno índice de ideias (os cerca de 15 a 20 minutos para falar e percebendo os espaço de debate que pretendemos ter no final levou-me claramente para o indice de ideias. “ Tenho muitas vezes dito que precisamos de libertar o sistema educativo público do Estado ”. Sara R. Oliveira| 2009-03-25 Educare.pt
  • O momento e o futuro ---- Porquê Conselho Ensino Superior Militar tem por missão contribuir para a concepção, definição, planeamento e desenvolvimento dos projectos educativos e das políticas relacionadas com o ensino superior público militar Normas relativas ao funcionamento, orçamento e pessoal – CESM Tomou posse no pasasdo dia 18 de Maio
  • Origens 1641 - Aula de Artilharia e Esquadria 1837 - Escola do Exército – 173 Anos 1959 – Academia Militar Distribuidas por dois pólos – Sede (Gomes Freire) e Amadora Missão Estabelecimento militar de ensino superior universitário Ensino , de investigação e de apoio à comunidade Dependência directa do Chefe do Estado-Maior do Exército . Natureza académica e científica , A AM dupla tutela MDN e MCTES e MAI Acreditação Ordem de Engenheiros – 6 anos Ordem Economistas e Ordem Tecnico Oficiais de Contas CNAVES IGDN Agencia de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) Avaliação Internacional Investigação CINAMIL – Centro de Investigação do Exército História, Simulação, Engenharia- IGEx, Biodescontaminação; Demolições de Emergência Cooperação Técnico-Militar Angola – Luanda e Moçambique - Nampula Apoio conceptual e organização à criação e funcionamento da Academia Militar de Angola e Moçambique Alunos 724 Alunos; 62 % - Alunos Exército ; 30 % - Alunos GNR; 8 % - Alunos PALOP 87 % - Alunos masculinos 13 % - Alunos femininos
  • Constrangimentos vs Condicionamentos vs Especificidade vs Particularidades vs Envolvimento vs Enquadramento vs Cracterização vs Segurança e da Defesa Nacionais Alunos militares Funcionalizado às exigências das Forças Armadas Cumprir requisitos excepcionais e identificados ao longo dos anos Exercer a profissão por vezes no limite da incerteza e do risco
  • Consolidação dos mestrados integrados: Fisica, militar e Comportamental Desenvolvimento do binómio Investigação - Pós-Graduações Politécnico Fase de implementação Mecanismo de transição de carreiras Em coordenação com Estado-Maior do Exército e também com a GNR. Dos 13 Cursos previstos na 1099/ Chefes de Banda de Musica 2011-2012 Parcerias de referência Mestrado em Guerra de Informação; surge na sequência de uma pós-graduação (Protocolo com a Universidade Minho) Universidade do Minho Guerra de Informação ISCTE Mestrado em HDRI Doutoramento em HDRI Universidade dos Açores Mestrado em Historia Militar Multiplos protocolos IST/UTL – Cursos de Engenharia Universidade de Lisboa – Cursos da GNR FCM / UNL, FMD / UL, FF / UL, FMV / UTL Áreas de interesse para o Exercito e a Sociedade (Segurança e Defesa, Liderança e Guerra da Informação) Grande desafio : Reconhecimento da Segurança e Defesa / Ciências Militares
  • Transcript

    • 1. Palácio da Bemposta – Paço da Rainha Academia Militar O Ensino Superior nas Forças Armadas Cor Art Jose António Figueiredo Feliciano, 27Mai10 1
    • 2. o momento e o futuro • Percurso de adequação dos cursos (iniciado em 2003 e concluido em 2007-2008) • Decreto-Lei n.º 37/2008 - Aplicação dos princípios DL 74/2006 ao ESM • Portaria n.º 1110/2009 - Conselho do Ensino Superior Militar • Decreto-Lei n.º 27/2010 - Estatuto dos Estabelecimentos de Ensino Superior Público Militar • Regulamento 2
    • 3. academia militar resenha histórica Instalações missão acreditação e avaliação externa investigação cooperação técnico-militar alunos 1837-1910 1920-1938 admissão cursos ensino superior militar - caracterização 1911-1919 1938-1959 adequação a Bolonha o futuro 1919-1920 1959 3
    • 4. cursos Anos Exército (duração) GNR Ciências Militares: • Infantaria Ciências Militares: 5 • Artilharia • Segurança (Infantaria, Cavalaria) • Cavalaria Administração Militar 5 Administração GNR Engenharia Militar Engenharia Militar Engenharia Electrotécnica Militar-Tm 6 Engenharia Electrotécnica Militar Engenharia Electrotécnica Militar-Mat Engenharia Mecânica Militar Engenharia Mecânica Militar Medicina Medicina Medicina Dentária 6 Medicina Veterinária Medicina Veterinária Ciências Farmacêuticas Ciências Farmacêuticas 4
    • 5. ensino superior militar - caracterização • Responder às exigências da Segurança e da Defesa Nacionais • Exigência acrescida decorrente da condição de alunos militares - Restrições constitucionais (…) sacrifício da própria vida (condição militar) • Funcionalizado à satisfação das necessidades das Forças Armadas • Requisitos profissionais excepcionais e bem identificados ao longo de anos - Actuar em situações de risco e incerteza típicas combate Governação Governaç Componentes ESM Formativas Institucional Académica Militar Física Comportamental Normativos vida interna Regime de acesso próprio 5
    • 6. Percurso de adequação dos cursos - Academia Militar Despacho 24Nov03 Sociedade do Conhecimento; Bolonha; Bases Comuns EU; Novos conceitos estratégicos; Novas Tecnologias; Propostas CA GT 1 GT 2 Adoptar os ECTS Perfil e competências Suplemento ao Diploma Modelo de Formação (UE vs Port) Port) Continuidade Transformação Moldado à profissão Complemento militar. formação índole civil GT 3 Estudar os novos Planos de Estudo UC Transversais • Enquadrado no normativo do Ensino Superior Universitário Nacional • Estágio Natureza Profissional • Novas UC • Organização Militar • Todos os cursos garantem o grau mestre objectivada na futura missão • Táctica Geral e Operações Militares Tecnologias de Informação • INF/ART/CAV - Equilíbrio entre as ciências exactas e as ciências sociais • Logística Ciências da Comunicação • GNR/Armas forte componente ciências jurídicas • Elementos de Armamento Ciências Jurídicas • História • Administração Militar, Exército e GNR, forte componente gestão • Geografia • Cursos de Engenharia acompanham congéneres civis (IST) • Teoria Geral da Estratégia • Cursos de Saúde - graus ministrados e conferidos por universidades civis • Ética e Liderança • Inglês 6
    • 7. o momento Ensino Superior Universitário Militar Cursos de Formação Inicial Mestrados Integrados Ensino Investigação Apoio Pós Comunidade Graduado Ensino Politécnico Ensino Pós - Graduado - Atribuição do grau Mestre; Doutor em associação - Parcerias de referência - Áreas de interesse para o Exército, GNR e para a Sociedade - Reconhecimento da Segurança e Defesa / Ciências Militares Ensino Politécnico - Fase implementação - Mecanismo de transição de carreiras 7
    • 8. o futuro ; desafios - Qualificação Corpo Docente o Graus académicos vs professores militares - Processos pedagógicos (b-learning) - Afirmação dos estudos pós-graduados - Reforço da Investigação o Produção de conhecimento - Indicadores de qualidade nacionais / Sistemas internos de qualidade o Reconhecimento por instituições (A3ES) o Rácios vs Especificidade − Qualificação do Corpo docente; Atractividade, Vagas, Eficiência formativa, Empregabilidade, Internacionalização, Recursos (custos, instalações)... Ser Cadete é o processo de educação de carácter, é o desenvolvimento intelectual e físico, é o sonho de querer ser Oficial das Forças Armadas Portuguesas ou da Guarda Nacional Republicana. Mas ser Cadete é sobretudo uma vivência mágica que estimula, marca e se projecta no futuro (Um cadete da AM, 1989) 8
    • 9. 9

    ×