Your SlideShare is downloading. ×
Bibliotecários que atuam em Centros de Memória - Sara Barbosa
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Bibliotecários que atuam em Centros de Memória - Sara Barbosa

1,754
views

Published on

Apresentação de Sara Barbosa sobre "Bibliotecários que atuam em Centros de Memória" na mesa "Bibliotecários que atuam em Centros de Memória" da V Semana de Biblioteconomia da ECA/USP. Data: 01 de …

Apresentação de Sara Barbosa sobre "Bibliotecários que atuam em Centros de Memória" na mesa "Bibliotecários que atuam em Centros de Memória" da V Semana de Biblioteconomia da ECA/USP. Data: 01 de outubro o de 2010.

Published in: Education

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,754
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Universidade de São Paulo V Semana de Biblioteconomia – ECA/USP Bibliotecários que atuam em q Centros de Memória 01.10.2010
  • 2. Bibliotecários que atuam em Centros de Memória Sara Barbosa de Sousa Centro de Documentação e Memória Camargo Corrêa (CDMCC) Ingresso na área: 2002 - Estágio em Biblioteconomia 2004 - Efetivação Estudos na área: 2004 – Trabalho de Conclusão de Curso: “Memória empresarial: ferramenta estratégica na gestão Memória corporativa” 2010 – Dissertação de Mestrado: ç “Memória empresarial: interesse utilitarista ou responsabilidade histórica? histórica?”
  • 3. Bibliotecários que atuam em Centros de Memória Sara Barbosa de Sousa Centro de Documentação e Memória Camargo Corrêa (CDMCC) Cursos na área: Elaboração de projetos de memória institucional Organização e preservação de acervos fotográficos Organização de arquivos empresariais Plano de classificação e tabela de temporalidade Conservação de documentos com ênfase em fotografias Onde: Arquivo do Estado de São Paulo – Projeto Como Fazer (pagos) Centro de Memória Bunge – Jornadas Culturais (gratuitas) Instituto Moreira Salles (pagos) Aberje (pagos)
  • 4. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Endereço: Endereço Centro Empresarial Camargo Corrêa Rua Funchal, 160 – 10º andar , Vila Olímpia – São Paulo
  • 5. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Implantação do CDMCC p ç Início: 2004, sob orientação da empresa de consultoria Memória & Identidade. l i ó i d id d Finalidade: reunir os acervos de valor histórico ó existentes nas empresas do Grupo Camargo Corrêa. Composição inicial do acervo: fotografias, filmes e fitas, fitas documentos e depoimentos que explicam a evolução do Grupo, mas também particularidades da história econômica e social do país.
  • 6. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Constituição do acervo do CDMCC Arquivo Audiovisual Contém gravações institucionais e comerciais da atuação das empresas do Grupo e de suas ações de Responsabilidade Social em diferentes suportes: fitas cinematográficas de 8, 8 super 8, 16 e 35mm, VHS, Betacam, U-matic, CD-Rom e DVD. Arquivo Fotográfico á Contém imagens fotográficas de obras, eventos e instalações das empresas do Grupo Camargo Corrêa em diferentes suportes: negativos, diapositivos (cromo e slide), ampliações em papel e meio eletrônico (digital).
  • 7. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Constituição do acervo do CDMCC ç Arquivo Textual Arquivo permanente (histórico) do Grupo Camargo Corrêa. A i t (hi tó i ) d G C C ê Banco de Depoimentos Contém gravações em áudio de depoimentos de ex- colaboradores, colaboradores, prestadores de serviço, profissionais liberais, familiares de colaboradores falecidos que desenvolvem suas atividades junto às empresas do Grupo Camargo Corrêa. As consultas podem ser feitas por meio das fitas de áudio e/ou CDs, da transcrição ou sinopse dos CDs depoimentos e do DVD com a gravação em vídeo.
  • 8. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Constituição do acervo do CDMCC ç Biblioteca de Referência Contém publicações e informações de referência (livros, (livros periódicos, recortes de jornais e revistas, apresentações, endereçamento de sites) sobre a atuação do Grupo Camargo Corrêa C ê e suas empresas, d I tit t Camargo Corrêa e d do Instituto C C ê do Fundador do Grupo (Sebastião Camargo). Objetos Museológicos Objetos de interesse histórico que tenham ligação direta com as atividades econômicas desenvolvidas pelas Empresas do Grupo Camargo Corrêa.
  • 9. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Equipe do CDMCC q p 1 – Coordenador Formação: História e Doutorando em História (USP) 1-Documentalista Formação: História e Biblioteconomia e Mestrado em Ciência o ação stó a b oteco o a est ado e C ê c a da Informação (USP) 1- Assistente Formação: Ciências Sociais e Mestrando em Ciências Políticas (PUC) 1- Consultora Formação: História (PUC)
  • 10. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Público atendido Público interno: empresas do Grupo (Comunicação, RH, Marketing etc.) funcionários Público externo: universitários pesquisadores
  • 11. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Destaques do CDMCC 2004: primeiras ações voltadas para a organização do evento de comemoração dos 65 anos do Grupo Camargo Corrêa. 2005: processo de recuperação física da coleção de filmes e p p ç ç fotografias e a estruturação de banco de dados, para colocar o acervo à disposição do público interno e externo para consultas e pesquisas. p q 2006: criação de um hotsite sobre Brasília (“A Camargo ) Corrêa e o desafio de Brasília”). 2007: tratamento e telecinagem de filmes que retratam o desenvolvimento da engenharia no Brasil.
  • 12. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Destaques do CDMCC 2008: Elaboração e inauguração da Galeria Camargo Corrêa, com exposição de 40 fotos históricas e atuais que representam as atividades do Grupo. 2009: participação na organização das comemorações dos 70 anos do Grupo Camargo Corrêa e do centenário do fundador, Sebastião Camargo, com o lançamento do livro “Sebastião empreeendedor”. Sebast ão e p eee dedo 2010: participação e lançamento do livro “50 anos de Brasília: a nação em construção que reúne imagens que construção” retratam a construção da capital do país e o seu papel no desenvolvimento nacional.
  • 13. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Desafios Desafios culturais: a memória da empresa pode ser reduzida à figura do fundador ou a eventos de comemoração (marcos, aniversário da organização). visão da história restrita ao passado e sem relação com o i ã d hi tó i t it d l ã presente e o futuro. Desafios financeiros: redução de gastos ou novos investimentos pelas empresas. mobilização de recursos significativos para funcionalidade do centro de memória. avaliação do custo e não do potencial de retorno do projeto de d um centro de memória. t d ó i
  • 14. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Desafios Desafios organizacionais: manter-se manter se vivo e atuante para não correr o risco de tornar- tornar se um arquivo morto. integração com a política estratégica corporativa (ser parte da instituição) instituição). envolvimento e participação dos funcionários da organização (colaboração e utilização). . A .
  • 15. Centro de Documentação e Memória Camargo C ê C t d D t ã M ó i C Corrêa Desafios Desafios profissionais: pouco conhecimento da área de atuação do profissional de Biblioteconomia em Centros de Memória. O bibliotecário costuma ser associado ao trabalho em bibliotecas. desconhecimento dos gestores de empresas da importância e potencial de seus arquivos. inexistência de critérios sistemáticos de organização. Contratação de profissionais sem qualificação, sem formação adequada. ã . A .