IntroduçãO 01

  • 6,173 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
6,173
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
42
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide
  • __________O Mundo Contemporâneo e Suas Diversidades Cartográficas
  • __________O Mundo Contemporâneo e Suas Diversidades Cartográficas
  • __________O Mundo Contemporâneo e Suas Diversidades Cartográficas
  • __________O Mundo Contemporâneo e Suas Diversidades Cartográficas
  • __________O Mundo Contemporâneo e Suas Diversidades Cartográficas
  • __________O Mundo Contemporâneo e Suas Diversidades Cartográficas
  • __________O Mundo Contemporâneo e Suas Diversidades Cartográficas
  • __________O Mundo Contemporâneo e Suas Diversidades Cartográficas

Transcript

  • 1. SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE ENSINO DO INTERIOR DIRETORIA DE ENSINO DE AMERICANA FUNDAMENTO LEGAL: Resolução SE 062/05, de09/08/2005 e Portaria Conjunta CENP/DRHU de 27/09/2005 CURSO DE ATUALIZAÇÃO Denominação do curso “ O MUNDO CONTEMPORÂNEO E SUAS DIVERSIDADES GEOGRÁFICAS E CARTOGRÁFICAS”. PCOP responsável pela elaboração : Selma Marlí Trivellato 15/12/09
  • 2. Programa de Curso Formação e atualização de professores do ciclo I e Ciclo II do Ensino Fundamental e Médio . Nesse sentido, objetiva proporcionar fundamentação teórica e metodológica consistente e atualizada sobre a Ciência Geográfica no contexto de: I- Subsidiar a prática docente na área de Geografia e outras disciplinas . II- Contribuir para o desenvolvimento integral do educando por meio dessa disciplina ; Para isso, este curso desdobra-se em oito módulos subseqüentes e inter-relacionados. 15/12/09
  • 3.
    • Módulo I - O Mundo e suas representações
    • Representação da paisagem (passado e presente).
    • Módulo II - A História da Cartografia .
    • Módulo III - A origem e atributos dos mapas - Mapas temáticos.
    • Módulo IV - Escala, Legendas e Símbolos.
    • Módulo V- Projeções cartográficas e coordenadas geo gráficas .
    • M ódulo VI - Estudo de campo monitorado na Represa de Salto Grande - Americana. Confecção de Maquete .
    • Módulo VII- Representação ( confecção de mapas ), regionalização do Brasil.
    • .
    • Módulo VIII - Questões migratórias nacional e internacional em Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara d Oeste .
    Módulos 15/12/09
  • 4. EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM: GEOGRAFIA, ciclo I
    • Identificar as diferenças e as semelhanças nas paisagens nos lugares de
    • vivência da criança (moradia, escola e rua);
    • Identificar e elaborar registros a partir dos trajetos entre os diferentes,
    • locais da escola da moradia e ambiente próximo;
    • .
    • Observar, identificar e classificar objetos presentes no cotidiano em
    • relação a tamanho, forma e cor para iniciar a construção da proporção e
    • e legenda;
    • Observar, identificar e localizar pontos de referência (praça, padaria,
    • parque, escola, casa) para reconhecer as diferentes distâncias entre os
    • lugares;
    15/12/09
  • 5.
    • Reconhecer e comparar diferentes documentos, mapas, objetos, imagens e outros registros como meios de informação e comunicação;
    • Leitura de plantas e mapas para localizar os lugares onde estão os
    • equipamentos públicos;
    • Conhecer as diferentes formas de representação do espaço de vivência (imagens, mapas, documentos e maquetes);
    • Elaborar maquete que represente os lugares de vivência como sala de aula, escola, moradia, ruas destacando os pontos de referência.
    15/12/09
  • 6.
    • Competências / Habilidades – Ciclo II
    • A aprendizagem da Geografia na educação básica é entendida como um processo de construção da espacialidade, e considera os seguintes objetivos:
    • Desenvolver domínios de espacialidade e deslocar-se com autonomia;
    • Reconhecer princípios e leis que regem os tempos da natureza e o tempo social do espaço geográfico;
    • Diferenciar e estabelecer relações dos eventos geográficos em diferentes escalas;
    • Elaborar, ler e interpretar mapas e cartas;
  • 7. 15/12/09
    • Estabelecer múltiplas interações entre os conceitos de paisagem, lugar e território;
    • Reconhecer-se, de forma crítica, como elemento pertencente e transformador do espaço geográfico;
    • Utilizar os conhecimentos geográficos para agir de forma ética , solidária e crítica, promovendo a consciência ambiental e o respeito à igualdade e diversidade entre todos os povos, todas as culturas e todos os indivíduos.
    •  
  • 8. 15/12/09 Formas de acompanhamento e de avaliação dos participantes e do curso 1- Dos participantes : os cursistas serão avaliados ao longo do curso mediante o conteúdo apresentado e vivência prática através da participação das oficinas, debate das situações apresentadas , devolutiva de atividades extras e um portfólio contendo a aplicabilidade dos conteúdos através de oficinas desenvolvidas em sala de aula como produto final para avaliação. 2- Certificado: Através da participação satisfatória , interação no grupo, devolutivas socializadas das práticas desenvolvidas com os alunos e certificado com porcentagem de freqüência de no mínimo 80% e homologado pela CENP. 2- Do curso, pelos participantes: será realizada por meio de questionário com perguntas fechadas de avaliação .
  • 9. 15/12/09
    • Organização do curso:
    • Carga horária total: 32;
    • Distribuição da carga horária por tipo de atividade: 04 horas
    • Período de realização: TURMA I - 30/09; 07/10; 14/10; 21/10; 28/10; 04/10;
    • 11/11; 18/11.
    • Horário: 19 às 22 horas e uma atividade extra com devolutiva, equivalendo
    • uma hora a mais - totalizando 04 horas
    • por dia de cada encontro.
  • 10. 15/12/09 Atividade Metodológica Competências e Habilidades Objetivo: Identificar as Competências e habilidades ao trabalhar e analisar as caixas de embalagens. Comanda: Ler o texto do Cereja - Competências e Habilidades
  • 11. Qual é o lugar da Geografia nas séries iniciais do Ciclo I e II do Ensino Fundamental e Médio ? Criar condições para que a criança leia o “ espaço vivido ”. Processo que se inicia quando a criança reconhece os lugares, identifica paisagens. Para tanto, ela precisa saber olhar, observar, descrever, registrar e analisar. 15/12/09
  • 12. 15/12/09 O Desafio: Exercitar a prática de fazer a leitura do mundo! Desde que a criança nasce, os seus contatos com o mundo, seja por intermédio da mãe, seja pelo esforço da própria criança, buscam a conquista de um espaço. Ao caminhar, correr, brincar, ela está interagindo com um espaço que também é social, está ampliando o seu mundo e reconhecendo a complexidade dele. . A noção de espaço que a criança desenvolve não é um processo natural e aleatório e sim construída socialmente.
  • 13. 15/12/09 Os conceitos geográficos Lugar Região Território Paisagem Espaço Geográfico GEOGRAFIA
  • 14. 15/12/09 Espaço geográfico; Território; Região; Paisagem; Lugar; Rede(s); Escala; Globalização; Meio Ambiente; e Tempo Conceitos e Temas da Geografia
  • 15. 15/12/09 O Mundo e suas representações Representação da paisagem (passado e presente). “ Paisagem é tudo aquilo que nós vemos, o que nossa visão alcança [...]. Não é apenas formada de volumes, mas também de cores, movimentos, odores, sons etc.” SANTOS, Milton. Metamorfoses do espaço habitado . São Paulo: Hucitec, 1988, p. 61
  • 16. 15/12/09 A paisagem, é a representação visível de vários aspectos do espaço geográfico.  Segundo ALMEIDA & RIGOLIN (2005), é nas paisagens que estão inseridos todos os elementos presentes no espaço geográfico: os elementos naturais (vegetação, relevo, clima, etc) e os elementos humanos ou culturais (que são os produzidos pela sociedade: carros, edifícios, estradas,etc ).
  • 17. 15/12/09
    • Quando observamos um lugar, podemos descrever os elementos que
    • formam a paisagem desse lugar: florestas, campos, indústrias, vilas, etc.
    • No entanto, para que essa paisagem possa ser vista como dado geográfico,
    • temos que estabelecer as relações econômicas e sociais, responsáveis
    • pelo "retrato" de um lugar no espaço geográfico (a paisagem). 
    • Como conseqüência, as paisagens modificam-se, conforme as relações
    • econômicas e sociais que ocorrem nesse espaço.
    • As imagens, mostram  fragmentos de paisagem natural e cultural , possibilitando oferecer aos alunos/professores, um panorama parcial das diversas paisagens existentes no planeta.
  • 18. 15/12/09 Rio de Janeiro - RJ
  • 19. 15/12/09 Pernambuco - PE
  • 20. 15/12/09 Vegetação – Tundra /Alaska
  • 21. 15/12/09
  • 22. 15/12/09 Catedral Metropolitana de Cuiabá.
  • 23. 15/12/09 O Método de trabalho de Geografia engloba várias etapas ( observação, localização, descrição e interpretação). As paisagens: observação direta e indireta. A descrição de uma paisagem recorre à:   Observação direta : Quando observamos o fenômeno no próprio local onde ele está a ocorrer. Observação indireta: Quando observamos um fenômeno a partir de filmes, fotografias, esboços.
  • 24. 15/12/09 Na observação de uma paisagem podemos identificar 3 planos, conforme demonstra a figura 1. O primeiro plano é o que se encontra mais próximo do observador e onde é possível destacar maior número de detalhes da paisagem. O segundo plano constitui o plano intermédio. O terceiro plano ou plano de fundo corresponde à área mais afastada do observador e onde se perde a riqueza do pormenor de observação .
  • 25. 15/12/09 Figura 1 Vista de Vitória, capital do estado do Espírito Santo, e de seu sítio urbano. Localizada no litoral brasileiro, na latitude sul 20º19'09” e longitude oeste 40º20'50”. Observe a paisagem representada na foto e descreva seus três planos. No primeiro plano , a lagoa costeira e sua praia; no segundo , a cidade e a ponte; no terceiro , o oceano (no caso, o Atlântico) e a atmosfera . Fig.01
  • 26. 15/12/09 Paisagens naturais e humanizadas. Paisagens Físicas ou Naturais – são paisagens onde predominam os elementos naturais – água, vegetação, atmosfera, relevo, etc. Dois exemplos de paisagens naturais
  • 27. 15/12/09 Paisagens Humanas ou humanizadas - são paisagens onde Existem elementos construídos pelo Homem. Podem ter um maior ou menor grau de humanização. Dois exemplos de paisagens humanizadas
  • 28. 15/12/09 São exemplos de elementos físicos ou naturais :  o relevo , a atmosfera , a vegetação natural, os rios.   São exemplos de elementos humanos : as construções (edifícios, pontes, barragens), os campos de cultura, as estradas, os veículos.    
  • 29. 15/12/09 Com certeza você já viu uma infinidade de paisagens. Algumas foram esquecidas… Outras, no entanto, permaneceram na sua lembrança: uma rua onde você morou, um velho casarão que diziam ser mal-assombrado… Por que certas paisagens são lembradas e outras não? Afinal, o que caracteriza uma paisagem? Você vai ver que pinturas, fotografias, textos e lembranças de pessoas que viveram em outras épocas são fontes de informação que nos ajudam a entender as paisagens e suas transformações ao longo do tempo. Para começar, observe as imagens com atenção.
  • 30. 15/12/09 Observar a imagem e identificar os elementos físicos e humanos que compõem a paisagem, distinguindo os 3 planos de observação . Essa paisagem reúne marcas dos “trabalhos” da natureza e da sociedade. Quais sinais desses “trabalhos” conseguimos identificar? Fig.01 Atividade Extra
  • 31. 15/12/09 Atividade Metodológica No local existia um bairro chamado Carioba, que nasceu junto com a indústria têxtil de Americana. Neste bairro moravam os trabalhadores da Fábrica de Tecidos Carioba. Foi a primeira localidade na América Latina a ter asfalto. Ali existiam escolas, cinema, farmácia, loja de secos e molhados, leiteria e o famoso Clube de Regatas Carioba. Totalmente abandonado e demolido no início dos anos 80 devido à dívidas do antigo proprietário. Com base no que você observou nas fotos abaixo, comente o que é espaço geográfico.
  • 32. 15/12/09 Carioba e Vila Operária virou ponto turístico. Passado
  • 33. 15/12/09 Desmonte – www.unicamp.br/.../imagens/266pag12d.jpg
  • 34. 15/12/09 Hoje Ao fundo, esta é a Igreja de São João Batista de Carioba, pequena e antiga igreja católica, da cidade, hoje em dia existe uma festa realizada "Quermesse" muito boa segundo a opinião pública local.
  • 35. 15/12/09 CONCLUINDO Espaço geográfico é o espaço produzido pelo ser humano, por suas intervenções no espaço natural. É um produto histórico-social: histórico porque foi construído no decorrer do tempo histórico, e social porque é o resultado do trabalho conjunto das pessoas que formam uma comunidade ou sociedade. O espaço geográfico representado na foto possui historicidade, ou seja, uma história da natureza (tempo geológico de duração longa) e uma história da sociedade humana (tempo social de duração curta comparativamente ao primeiro) que aí viveu e vive em estreitas relações .
  • 36. 15/12/09 Teste seus conhecimentos Tente “Desvendar as localizações geográficas das seguintes paisagens ” .
  • 37. 15/12/09 Imagem 1
  • 38. 15/12/09 Imagem 2
  • 39. 15/12/09 Imagem 3
  • 40. 15/12/09 Imagem 4
  • 41. 15/12/09 Imagem 5
  • 42. 15/12/09 Imagem 6
  • 43. 15/12/09 1- Cataratas Vitória - Localizadas no rio Zambeze, na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbábue. Com 108 metros de altura, è a maior queda d'água da África. 2- Hong Kong possui o porto mais movimentado da Ásia e uma população com um padrão de vida comparável ao das grandes potências. É, também, uma das cidades com maior custo de vida no mundo. 3- O Rio Tâmisa , ao fundo, o Parlamento Britânico e o Big Ben. 4- Veneza é uma das mais belas e pitorescas cidades do mundo. Construída sobre um grupo de pequenas ilhas, no nordeste da Itália. Veneza é cortada por vários canais e os principais meios de transporte são gôndolas e lanchas. 5- Queenstown , às margens do lago Wakatipu, na Nova Zelândia. 6- Ilha de La Digue - África , localizada nas ilhas Seychelles, a Ilha de La Digue lembra pingos de tinta verde-escura salpidado sobre o fundo do mar, com sua praia de areia fina,onde erguem-se alguns coqueiros entre os blocos de granito róseo, desgastados e polidos pela água