11ºano_A atração pelos centros comerciais

533 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
533
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
323
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

11ºano_A atração pelos centros comerciais

  1. 1. GEOGRAFIA 10º/11º ANOS Domínio - A organização do espaço ao longo do tempo: uma construção humana contínua. Objetivo - As áreas urbanas: organização e dinâmica internas Texto informativo Razões das preferências pelos centros comerciais Entretenimento, lazer e serviços de restauração desempenham um papel-chave na atração de jovens consumidores aos centros comerciais. Cerca de metade dos jovens na faixa entre os 16 e os 24 anos consideram a existência de cinemas e bowling tão ou mais importante do que a experiência de compra. A atração pelos centros comerciais é maior nos urbanos dado que, para este grupo etário, a facilidade de acesso é uma condição preferencial uma vez que, poucos deles, possuem viatura própria. O menor uso de automóvel, aliás, pelos consumidores de todas as idades e com rendimentos mais baixos justificará o aumento da frequência geral das compras feitas localmente. Estas conclusões fazem parte de um inquérito que sondou as opiniões de mais de 10 mil pessoas em 10 países europeus. O estudo – “How We Shop – The Changing Face of Europe´s Consumer” - revela, ainda, que os jovens adultos são consumidores mais assíduos em todas as localizações e métodos, incluindo online, centros comerciais e comércio local. O fascínio dos mais jovens em relação às novas tecnologias poderia levá-los a aderir massivamente às compras online, mas a verdade é que para esta faixa etária as lojas físicas continuam a ocupar um lugar primordial para satisfazer os seus apelos ao consumo e não dispensam a experiência de entretenimento nos centros comerciais. Adaptado de “Centros comerciais no topo das preferências”, Mercado, BPI Expresso, 23 de novembro de 2013 Geografia e Sociedade Página 1|1

×