Your SlideShare is downloading. ×
0
9ºano tipos de avaliação
9ºano tipos de avaliação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

9ºano tipos de avaliação

376

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
376
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Página 1 de 2 TIPOS DE AVALIAÇÃO No início de um novo ano lectivo será necessário assumir a importância que, ao longo de todo o processo de ensino-aprendizagem, vai ter a AVALIAÇÃO. Tratando-se de um ano escolar de nível secundário e perspectivando-se um percurso com vista à frequência do ensino superior, justifica-se, desde já, tomar conhecimento do essencial que a legislação em vigor define quanto à avaliação e certificação das aprendizagens do nível secundário de educação (Decreto-Lei nº74/2004, de 26 de Março e Portaria nº550-D/2004, de 21 de Maio). MODALIDADES DE AVALIAÇÃO a cada uma delas com a sua o que implica ser através de um expresso numa de forma a no final de cada de acordo com as sobre o apresentadas pelo/a AVALIAÇÃO FORMATIVA AVALIAÇÃO SUMATIVA FINALIDADE DEFINIR E AJUSTAR PROCESSOS E ESTRATÉGIAS CLASSIFICAR E CERTIFICAR O ALUNO CONTÍNUA SISTEMÁTICA DIAGNÓSTICA INFORMAR PROFESSOR ALUNO ENC.EDUCAÇÃO DESENVOLVIMENTO DAS APRENDIZAGENS JUÍZO GLOBALIZANTE ESCALA DE 0 A 20 VALORES PERÍODO LETIVO PROPOSTAS DE CLASSIFICAÇÃO PROFESSOR/A As são a
  • 2. Página 2 de 2 Comecemos, então, pela AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICO recordando as principais Competências Essenciais no Final do 3º Ciclo definidas pelo Ministério da Educação (base da elaboração das questões do respectivo teste): No final do 3º Ciclo, é importante que os alunos reconheçam que os factores físicos e humanos se inter-relacionam de forma dinâmica, originando repercussões espaciais diferentes. O aluno deve SER CAPAZ DE: Comparar representações diversas da superfície da Terra, utilizando o conceito de escala. Ler e interpretar globos, mapas e plantas de várias escalas, utilizando a legenda, a escala e as coordenadas geográficas. Localizar Portugal e a Europa no Mundo, completando e construindo mapas. Utilizar o vocabulário geográfico em descrições orais e escritas de lugares, regiões e distribuições de fenómenos geográficos. Formular e responder a questões geográficas (Onde se localiza? Como se distribui? Porque se localiza/distribui deste modo? Porque sofre alterações?), … Discutir aspectos geográficos dos lugares/regiões/assuntos em estudo, recorrendo a … Comparar distribuições de fenómenos naturais e humanos, utilizando planisférios e mapas de diferentes escalas. Seleccionar e utilizar técnicas gráficas, tratando a informação geográfica de forma clara e adequada em gráficos (lineares, histogramas, sectogramas, pirâmides etárias), mapas (de manchas, temáticos) e diagramas. Desenvolver a utilização de dados/índices estatísticos, tirando conclusões a partir de exemplos reais que justifiquem as conclusões apresentadas. Problematizar as situações evidenciadas em trabalhos realizados, formulando conclusões e apresentando-as em descrições escritas e/ou orais simples e/ou em material audiovisual. Interpretar, analisar e problematizar as inter-relações entre fenómenos naturais e humanos evidenciadas em trabalhos realizados Fonte – Geografia, Orientações Curiculares, 3º Ciclo. Ministério da Educação Recordemos, ainda, que: Ao professor caberá empenhar-se na elaboração do sistema de avaliação que irá utilizar, proporcionando ao aluno um progressivo envolvimento nessa tarefa Fonte – Programa de Geografia C – 12ºano A Geografia, disciplina de charneira entre as Ciências Naturais e as Ciências Sociais, procura responder às questões que o Homem coloca sobre o meio físico e humano, utilizando diferentes escalas de análise. A Geografia deve ser considerada tanto numa dimensão conceptual como numa instrumental. A dimensão conceptual permite conhecer e aplicar conceitos como espaço, território, lugar, região, ambiente, localização, escala geográfica, mobilidade geográfica, interacção espacial e movimento bem como estabelecer relações entre eles. A dimensão instrumental refere-se às competências relacionadas com a observação directa, com a utilização, a elaboração e a interpretação de mapas, com a interpretação de fotografias e com a representação gráfica e cartográfica de dados estatísticos, visando sempre integrar as diferentes características dos lugares num contexto espacial, de modo a desenvolver o processo de conhecimento do Mundo.

×