Vista Ao instalar o Ubuntu pela primeira vez no seu computador, existe a necessidade de criar uma nova partição (ou várias...
Selecione a aba Ferramentas e nela encontrará a opção de desfragmentar.Nunca é demais efectuar duas, ou até mesmo três, de...
• Tamanho total antes de redimensionar     • Espaço disponível para redimensionar Na terceira opção deverá inserir o taman...
Assim, quando o Ubuntu apresentar a janela da imagem acima, escolha a sua língua, Português ouPortuguês do Brasil, e cliqu...
trabalho intitulado “Instalar o Ubuntu 12.04 LTS”.Quando o instalador do Ubuntu aparecer, deverá selecionar a sua língua e...
Será então apresentada uma nova secção do instalador que deverá ter muita atenção! Nesta secçãodeverá escolher onde instal...
Assim, comece por definir a partição que servirá para a sua Pasta Pessoal, ou seja, a partição“/home”. Para tal, selecione...
De seguida, deverá selecionar a partição para a raiz do Ubuntu, ou seja, a partição para o Ubuntu eseus programas. Em prin...
No final da configuração do Ubuntu, a janela do Instalador do Ubuntu deverá ser bastantesemelhante à imagem acima (clique ...
De seguida, deverá selecionar o modelo do seu teclado. O Ubuntu normalmente é muito inteligentena escolha do teclado e con...
Não deve utilizar uma senha muito simples, nomeadamente “qwerty”, ou “12345” ou algo dessegénero, pois já tivemos conhecim...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Tutorial

234

Published on

Tutorial

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
234
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Tutorial"

  1. 1. Vista Ao instalar o Ubuntu pela primeira vez no seu computador, existe a necessidade de criar uma nova partição (ou várias partições) no disco. Este processo, apesar de ser simples pois o instalador do Ubuntu proporciona uma boa ferramenta, acaba por afastar alguns utilizadores que têm receio de perder os dados do seu computador.Para além disso, o Windows Vista, Windows Seven e provavelmente o Windows8 trazem uma espécie de proteção anti­Ubuntu que basicamente faz com que o Windows não funcione se se dividir o disco através do Ubuntu. Esta situação não é geral, no en­tanto, acontece com alguma frequência nos últimos Windows.A solução para este problema é muito simples e passa por dividir então o disco através do Windows e depois fazer o que se quiser com as novas partições. Assim, essa proteção “falha” uma vez que foram partições feitas pelo próprio Windows. Desta forma, neste artigo iremos explicar passo­a­passo o processo de criação de novas partições a partir do sistema operativo Windows 7 (o processo é igual no Windows Vista!). DesfragmentaçãoAntes de iniciar qualquer processo, é muito recomendável que efectue a desfragmen­tação do disco­rígido, este processo, além de poder aumentar a performance do seu computador, irá fazer com que a criação de partições seja mais rápida e irá mini­mizar possíveis perdas de dados.Existem vários programas grátis na Internet que executam este procedimento, no en­tanto pode utilizar a ferramenta disponível no Windows.Abra o menu Iniciar e clique em “Computador“, na nova janela clique com o botão di­reito do mouse sobre o disco­rígido a particionar e escolha a opção “Propriedades“.
  2. 2. Selecione a aba Ferramentas e nela encontrará a opção de desfragmentar.Nunca é demais efectuar duas, ou até mesmo três, desfragmentações seguidas de forma a assegurar um disco mais saudável. ParticionamentoAbra o menu Iniciar do Windows e clique com o botão direito do mouse em “Compu­tador“, seleccionando depois a opção “Gerir“.Na nova janela escolha a opção “Gestão de Disco” e verá agora os discos rígidos do seu computador e as suas partições. Clique no disco a particionar com o botão direito do mouse e escolha a opção “Diminuir Volume“, o Windows irá agora inspeccionar o disco para determinar a quantidade de espaço livre disponível para redimensionar, o que po­derá levar algum tempo. Assim que este processo terminar irá abrir uma nova janela com as seguintes informa­ções:
  3. 3. • Tamanho total antes de redimensionar  • Espaço disponível para redimensionar Na terceira opção deverá inserir o tamanho a ser redimensionado do disco, isto é o ta­manho da nova partição.Todos os valores encontram­se em Megabytes, tendo o utilizador de ter em atenção que: 1 Gigabyte = 1024 MegabytesIntroduza o valor do novo disco e clique no botão “Dimensionar“, no final poderá reini­ciar o computador e iniciar a instalação do Ubuntu.O processo de redimensionamento poderá ser bastante demorado, por isso não cancele a operação a meio pois isso poderá danificar o disco.Depois de configurar a BIOS do seu computador para arrancar por um dos dispositivos que irá utilizar para arrancar com o Instalador do Ubuntu, insira o CD ou o PenDrive no computador e reinicie­o! Em princípio, se configurou bem, o Ubuntu irá arrancar imediatamente apresentando a imagem seguinte:Caso não faça nada, o Ubuntu irá arrancar normalmente e irá apresentar uma janela (semelhante àimagem seguinte) em que pode escolher se quer instalar o Ubuntu ou apenas experimentar. No casode carregar na tecla ESC (também denominada Escape) aquando da situação da imagem acima,será apresentada uma lista de línguas e, depois de escolher a língua, poderá experimentar oUbuntu, instalar e até verificar a qualidade do CD e do seu computador. No entanto, nãoabordaremos essa parte neste artigo.
  4. 4. Assim, quando o Ubuntu apresentar a janela da imagem acima, escolha a sua língua, Português ouPortuguês do Brasil, e clique no botão “Experimente o Ubuntu“! Espere mais um pouco até oUbuntu carregar. Quando este processo terminar, será apresentado no seu monitor o Ubuntucompletamente funcional e a funcionar apenas na memória, ou seja, neste momento tem um sistemaoperativo a correr sem estar a utilizar o seu disco! Recomendamos que experimente o Ubuntudurante um pouco de tempo para ver se está a funcionar corretamente. Caso esteja a funcionar bem,prossiga com o referido no resto deste artigo.Entretanto, e antes de iniciar a explicação de todo o processo de instalação do Ubuntu,recomendamos que, antes de qualquer outra coisa, configure o acesso à Internet clicando no íconeapresentado na imagem acima e escolhendo a rede a ligar. Assim, durante a instalação, poderáinstalar atualizações que possam haver, poderá instalar pacotes de multimédia e até poderá navegarpela Internet e falar com os seus amigos no MSN enquanto instala o Ubuntu!Instalação do UbuntuTendo em conta que você já criou as partições para instalar o Ubuntu, então você tem tudopreparado para iniciar o processo de instalação. Para tal, dê duplo clique no ícone do ambiente de
  5. 5. trabalho intitulado “Instalar o Ubuntu 12.04 LTS”.Quando o instalador do Ubuntu aparecer, deverá selecionar a sua língua e clicar no botão“Continuar”.Na nova secção será apresentada uma pequena análise que o instalador do Ubuntu fez (veja imagemabaixo), indicando se tem espaço suficiente, se tem acesso à Internet e, muito importante, se tem ocomputador ligado à corrente! Nesta secção são também apresentadas duas opções: A primeiraserve para instalar atualizações que possam existir durante a instalação do Ubuntu (necessita deacesso à Internet para utilizar esta opção); a segunda opção serve para instalar software adicionalpara leitura de ficheiros multimédia, nomeadamente MP3!A equipa do Ubuntued recomenda que ponha pelo menos o visto na segunda opção. Quanto àprimeira, como a instalação pode ficar demasiado demorada, você pode escolher não atualizar já oUbuntu e, depois de instalação, proceder à instalação das atualizações que existirem.Selecione então a ou as opções e clique em “Continuar”!
  6. 6. Será então apresentada uma nova secção do instalador que deverá ter muita atenção! Nesta secçãodeverá escolher onde instalar o Ubuntu. O instalador disponibiliza opções automáticas deinstalação, no entanto, a equipa do Ubuntued não recomenda que escolha uma dessas opções. Anossa recomendação é a instalação manual, em que pode escolher livremente as partições a utilizar.Assim, para configurar manualmente, escolha a última opção, intitulada “Opção Avançada” talcomo pode ver na imagem abaixo, e clique em “Continuar”!Se tudo correr bem, serão apresentadas as várias partições que criou anteriormente com o Gparted!Assim, deverá antecipadamente analisar, pelos tamanhos das partições qual será qual e depoisprosseguir com a definição das partições.
  7. 7. Assim, comece por definir a partição que servirá para a sua Pasta Pessoal, ou seja, a partição“/home”. Para tal, selecione a respetiva partição e clique no botão “Alterar” (no caso do exemplodo artigo, a partição para a /home é a que tem maior tamanho, ou seja, a /dev/sda4).Será apresentada uma nova janela que deverá preencher de forma muito semelhante à da imagemacima. Na primeira opção, não precisa de modificar o valor, pois já definiu o tamanho da partiçãoquando teve a trabalhar com o Gparted.Quanto à segunda opção, a “Usar como:“, deverá definir o tipo de ficheiros mostrado na imagem,ou seja: “Sistema de arquivos com “journaling” Ext4“. Na terceira opção, dependerá da suasituação: caso nunca tenha instalado o Ubuntu, adicione um visto; Caso você tenha instaladoanteriormente o Ubuntu através das recomendações da equipa do Ubuntued, não ponha aquinenhum visto (para mais informações veja este artigo);Por último, e muito importante, na opção “Ponto de Montagem” deverá escolher a opção “/home”,pois será a partir desta opção que o Ubuntu saberá que esta partição será para armazenar todos osseus dados e configurações. Depois disso, clique em OK.
  8. 8. De seguida, deverá selecionar a partição para a raiz do Ubuntu, ou seja, a partição para o Ubuntu eseus programas. Em princípio (se seguiu este artigo) esta partição terá o tamanho que ronda os10GB e 15GB, por isso, é fácil de a identificar. Então, selecione-a e clique também no botão“Modificar”. Ao clicar nesse botão é apresentada uma janela semelhante à imagem acima.Para começar, tal como a partição anteriormente referida, não precisa de modificar o seu tamanho,por isso, na primeira opção não modifique nada. Relativamente à segunda opção, deverá escolhertambém o mesmo tipo de ficheiros “Sistema de arquivos com “journaling” Ext4“. Como não temqualquer interesse nos dados que estiverem nesta partição, adicione o visto na opção “Formatar apartição“.Por fim, na opção “Ponto de Montagem“, que indica o propósito da partição, deverá escolher aopção “/” que significa a raiz do Ubuntu, ou seja, a partição onde estará o Ubuntu em si!Relativamente à partição SWAP, esta como tem o tipo de ficheiros “Linux-Swap” é sempredetetada automaticamente pelo Ubuntu, por isso não precisa de modificar nada. Entretanto, casovocê não tenha escolhido nenhuma partição SWAP, ao prosseguir com a instalação o Ubuntu iráavisar que não a tem. Simplesmente clique em “Continuar”! De salientar apenas que ao não ter apartição SWAP você não terá a opção de hibernar no seu Ubuntu.
  9. 9. No final da configuração do Ubuntu, a janela do Instalador do Ubuntu deverá ser bastantesemelhante à imagem acima (clique nela para ver melhor!). Ou seja, deverá ter duas partições com otipo de ficheiros ext4 e nessas duas partições terá de ter alguma coisa definida na coluna “Ponto deMontagem“. Se estiver assim, clique no botão “Instalar Agora” para começar a instalação!Enquanto o Ubuntu tiver a instalar no seu computador, deverá ainda preencher alguns camposimportantes que definirão algumas opções do Ubuntu. A primeira pergunta que o Ubuntu lhe iráperguntar é qual a sua localização. Ela é muito importante para a definição das horas e para elesaber quando alterar o horário de inverno e de verão, por isso selecione-a corretamente e clique em“Continuar”.
  10. 10. De seguida, deverá selecionar o modelo do seu teclado. O Ubuntu normalmente é muito inteligentena escolha do teclado e consegue acertar no modelo correto quase sempre! No entanto, para você tera certeza que ele escolheu o teclado correto, recomenda-se vivamente que escreva alguns carateresespeciais na caixa de texto com esse propósito, nomeadamente letras com acentos, o símbolo doasterisco entre outros carateres. No caso das teclas que carregou gerarem as letras certas, então oteclado foi selecionado corretamente. Caso isso não tenha ocorrido, deverá selecionar outro modeloou então, clique no botão “Detectar Layout do teclado”, esta opção é extraordinária e prometeacertar no seu teclado com poucas perguntas! Depois disso, clique em “Continuar”.Por fim, o Ubuntu irá perguntar alguns dados dados pessoais: o seu nome, nome de utilizador e asenha. Deve ter em consideração que o nome do utilizador tem de ter apenas letras minúsculas, casocontrário, não consegue concluir a instalação do Ubuntu.Relativamente à senha, esta será utilizada para fazer login no Ubuntu e será também utilizada parainstalar programas e modificar opções importantes do Ubuntu. Em todos esses casos, por questõesde segurança, será sempre questionada essa password, pelo que deverá ser complexa mas ao mesmotempo fácil de decorar!
  11. 11. Não deve utilizar uma senha muito simples, nomeadamente “qwerty”, ou “12345” ou algo dessegénero, pois já tivemos conhecimento de alguns computadores com Ubuntu terem sido hackeadospor terem passwords demasiado simples! Isto acontece pois alguns programas, nomeadamente oqBitTorrent, têm opção de criar um servidor que fica visível na Internet e acessível através da senhadefinida. Por isso, convém sempre ter algo relativamente complexo e não usual.Depois de preencher estes campos, clique em “Continuar” e aguarde até que a instalação seconclua. A instalação poderá demorar algum tempo caso tenha escolhido as duas opções deatualização e instalação de pacotes multimédia. Por isso aguarde que termine e enquanto isso, podenavegar na Internet, pelo Ubuntued por exemplo, ou converse com os seus amigos através daaplicação Chat do Ubuntu! ;)Quando a instalação terminar, será apresentada uma janela semelhante à da imagem acima. Se tiveralguma aplicação aberta com alguma coisa importante, guarde e depois clique no botão “Reiniciaragora” para começar a utilizar o novíssimo Ubuntu 12.04 Precise Pangolin!Pós-InstalaçãoApós a instalação do Ubuntu, verá que este tem já uma grande quantidade aplicações que servempara todas as necessidades do utilizador comum. No entanto, existe muitas funcionalidades quemuitos utilizadores podem precisar. É nesse sentido que a equipa do Ubuntued criou esta secçãodeste artigo.Assim, para começar, uma das primeiras coisas que a equipa do Ubuntued faz sempre que instalaum novo Ubuntu é instalar todos os pacotes necessários para leitura de ficheiros multimédia,nomeadamente mp3, divx, 7z, entre muitos outros formatos. Existe um artigo completamentededicado a este assunto que recomendamos a sua leitura: • Multimedia no Ubuntu 12.04 Precise Pangolin (mp3, Flash, Java…)

×