Trab final

1,780 views
1,494 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,780
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
21
Actions
Shares
0
Downloads
24
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Trab final

  1. 1. Estados Alterados da Percepção
  2. 2. Esquizofrenia Arthur Tronco – nº 03 Catarina Lacarte – nº 07 Gianluca Antunes – nº 16 Guilherme Denes – nº 20
  3. 3. Esquizofrenia é uma doença (ou até mesmo um conjunto de doenças) mental que se caracteriza por uma desorganização de diversos processos mentais. O que é Esquizofrenia
  4. 4. Qual a razão pela qual os esquizofrênicos têm uma diferente interpretação da realidade (deliram e alucinam)?
  5. 5. Teorias <ul><li>Explicações mágicas, míticas. </li></ul><ul><li>Possessão, fraqueza de caráter. </li></ul><ul><li>Problemas emocionais. </li></ul><ul><li>Genética. </li></ul><ul><li>- Fatores ambientais. </li></ul>
  6. 6. Genética <ul><li>Há uma relação linear e direta entre o grau de parentesco e a probabilidade de surgimento da esquizofrenia: </li></ul><ul><li>- nenhum parentesco = 1% . </li></ul><ul><li>parentesco distante = 3 a 5%. </li></ul><ul><li>pai ou mãe = 10 a 15%. </li></ul><ul><li>irmão esquizofrênico ~ 20%. </li></ul><ul><li>gêmeo univitelino = 50 a 60%. </li></ul><ul><li>A teoria genética, portanto explica em boa parte de onde vem a doença. Porém, se explicasse tudo, a incidência de esquizofrenia entre os gêmeos idênticos seria de 100%. </li></ul><ul><li>Portanto... </li></ul>
  7. 7. Fatores Ambientais Alterações no desenvolvimento embrionário do cérebro, durante a gestação, o parto e os primeiros meses de vida da criança, período de amadurecimento do cérebro. Se algo de errado acontecer nessa seqüência de eventos muito bem ordenados, o cérebro fica mais vulnerável para o desenvolvimento da doença.
  8. 8. Bioquímica do Cérebro
  9. 9. Uma das anormalidades presentes no cérebro dos esquizofrênicos está relacionada a alterações na produção dos neurotransmissores, principalmente a dopamina e a serotonina. Podemos afirmar isso, pois os medicamentos usados no tratamento da esquizofrenia (antipsicóticos) atuam reequilibrando esses sistemas de neurotransmissão. A doença também deve estar relacionada a pouca atividade dos genes ligados ao desenvolvimento da mielina, substância que banha o axônio, garantindo a transmissão seus impulsos elétricos de forma adequada no cérebro. Além disso, foi constatado que a esquizofrenia está associada a uma menor densidade da massa cinzenta e a uma diminuição da amígdala.
  10. 10. Amígdala
  11. 11. Dopamina e Serotonina
  12. 12. A dopamina é um neurotransmissor precursor natural da adrenalina e da noradrenalina. Tem como função a atividade estimulante do sistema nervoso central. A dopamina está por trás da dependência do jogo, do álcool e de outras drogas. A Serotonina está intimamente relacionada aos transtornos do humor, ou transtornos afetivos e a maioria dos medicamentos chamados antidepressivos que agem produzindo um aumento da disponibilidade dessa substância no espaço entre um neurônio e outro.
  13. 13. Delírio X Alucinação Delírios são crenças, idéias ou pensamentos falsos que não correspondem a realidade. Ex.: Mania de perseguição. Alucinações são percepções irreais dos sentidos. Ex.: Ouvir vozes (auditiva) e visões (visuais).
  14. 14. Outros sintomas <ul><li>Auto-referência </li></ul><ul><li>Alterações da Afetividade </li></ul><ul><li>Diminuição da Motivação </li></ul><ul><li>Sintomas Motores </li></ul><ul><li>Autismo </li></ul><ul><li>Ambivalência </li></ul><ul><li>Alterações do Pensamento </li></ul><ul><li>- Alterações da Cognição </li></ul>
  15. 15. Conclusão Fatores ambientais e genéticos provocam uma anormalidade na produção dos neurotransmissores, substâncias responsáveis pela transmissão de informações de um neurônio para o outro. Além disso, uma deficiência na produção da bainha de mielina resulta também numa dificuldade de transmissão das informações. Os esquizofrênicos têm uma diferente percepção da realidade, sofrem alucinações, por exemplo, pois as informações percebidas pelos órgãos sensoriais não são transmitidas corretamente e por isso “chegam” ao cérebro de forma deturpada, fazendo com que a pessoa tenha uma percepção diferente da normal.
  16. 17. Bibliografia <ul><li>Livros </li></ul><ul><li>“ Esquizofrenia – Dois Enfoques Complementares </li></ul><ul><li>GRECO, Alessandro. Cérebro – a maravilhosa máquina de viver: Novas descobertas o tornam ainda mais fascinante. </li></ul><ul><li>Sites </li></ul><ul><li>http://www.psicosite.com.br/tra/psi/esquizofrenia.htm </li></ul><ul><li>http://www.jornallivre.com.br/162532/o-que-e-dopamina.html </li></ul><ul><li>http://www.jornallivre.com.br/162532/o-que-e-dopamina.html </li></ul><ul><li>http://www.emedix.com.br/not/not2005/05abr04psi-agp-ssn-esquizofrenia.php </li></ul><ul><li>http://www.sapiensapiens.com.br/index.asp?id=4&em=3&emsub=5&art=16 </li></ul><ul><li>http://www.ficharionline.com/ExibeConteudo.php5?idconteudo=5382 </li></ul>

×