• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Comparativo Qualitativo das Engenharias de Computação em MG
 

Comparativo Qualitativo das Engenharias de Computação em MG

on

  • 4,255 views

Documento relativo ao trabalho de Introdução à Engenharia de Computação.

Documento relativo ao trabalho de Introdução à Engenharia de Computação.

Statistics

Views

Total Views
4,255
Views on SlideShare
4,255
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
24
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Comparativo Qualitativo das Engenharias de Computação em MG Comparativo Qualitativo das Engenharias de Computação em MG Document Transcript

    • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais Comparativo Qualitativo das Engenharias de Computação em MG Grupo: Glauber Camargo Luan Tafarel Sávio Rafael Vinícius de Almeida 2010
    • 2 Comparativo Qualitativo das Engenharias de Computação em MG Relatório apresentado na disciplina de Introdução à Engenharia de Computação do Cefet-MG , Timóteo. Alunos: Glauber Camargo, Luan Tafarel, Sávio Rafael, Vinícius de Almeida. Professor: Maurílio Alves Martins da Costa. Data: 25/05/2010. Sumário
    • 3 1. Introdução........................................................................................3 2. Diferença entre os cursos da área de computação.........................4 3. Referências no Brasil.......................................................................6 4. Engenharias de Computação no estado de Minas Gerais...............9 5. Informações sobre campi no estado de MG....................................10 6. IGC...................................................................................................12 7. Conclusão.........................................................................................13 8. Referências Bibliográficas................................................................14 Introdução
    • 4 O objetivo principal deste relatório é citar e comparar os cursos de Engenharia de Computação no estado de Minas Gerais, demonstrando aspectos semelhantes e diferentes entre eles. Antes de abordar diretamente esses aspectos, foi necessário definir, de fato, o curso de Engenharia de Computação, o diferenciando dos demais cursos semelhantes, tais como Ciência de Computação e Sistemas de Informação. Além disso, foi conveniente destacar as referências do Brasil no curso de Engenharia de Computação. Para isso foi utilizado um ranking da revista INFO Exame, do qual explicaremos os critérios de avaliação. Desse modo será possível entender melhor como se encontra a elite acadêmica do país na área relativa à computação. Desenvolvimento
    • 5 Diferença entre os cursos da área de computação Ciência da Computação, Engenharia de Computação e Sistemas de Informação são os cursos ligados à área computacional mais comuns. No entanto, ainda há certa dificuldade em diferenciá-los da maneira correta, e o senso comum tende a caracterizá-los como sendo a mesma coisa. A seguir, uma descrição das características principais dos cursos: CIENCIA DA COMPUTAÇÃO • Tem o computador como atividade fim; • Aborda de maneira aprofundada os conceitos e teorias da computação; • Uma área que trabalha essencialmente com software; • Forte embasamento em fundamentos matemáticos e em cálculo; • O formado em Ciências da Computação vê um amplo mercado para atuar. ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO • Curso muito semelhante à Ciência da Computação; • Destaca-se no projeto, desenvolvimento e implementação de equipamentos e dispositivos computacionais; • A grosso modo é uma área que trabalha mais com hardware; • O profissional está apto a projetar e implementar equipamentos de hardware e software.
    • 6 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO • Tem o computador como atividade meio; • Curso focado no planejamento e desenvolvimento de sistemas de informação e automação; • Desenvolvimento e suporte de softwares; • São aplicados conhecimentos de administração, negócios e relações humanas; • O profissional desta área é mais focado em aplicar recursos de informática na solução de problemas das empresas do que desenvolvê-las. Resumindo, o curso de Engenharia de Computação pode ser caracterizado por: • Um curso que tem o computador como uma atividade fim; • Há uma forte ênfase em Matemática e Física, e combina conhecimentos da Engenharia Elétrica; • O profissional pode trabalhar com comunicação de dados e redes, automação industrial e controle de processos, automação comercial, circuitos, circuitos e sistemas integrados e microeletrônica, microprocessadores e suas aplicações, processamentos de sinais digitais, sistemas embarcados e robótica. • O Engenheiro da Computação pode especificar, projetar, configurar, instalar e dar manutenção em sistemas computacionais. • Duração média: cinco anos
    • 7 Referências no Brasil Os cursos voltados para a área de computação foram classificados pela revista INFO em setembro de 2008. Como critérios de avaliação a revista adotou: •Número de alunos; •Alunos formados; •Alunos formados no prazo mínimo; •Relação de candidatos por vaga; •Número de professores; •Professores com doutorado; •Professores com dedicação exclusiva; •Número de máquinas por aluno; •Velocidade do link de internet; •Área do campus com cobertura WI-FI; •Alunos que trabalham na área;
    • 8 •Reputação acadêmica; O Ranking elaborado pela revista engloba diversos cursos relativos à área de computação. A seguir estão os cinco melhores cursos de Engenharia voltada à computação do Brasil: 1-UNICAMP/Engenharia de computação 2-UFGRS/Engenharia de computação 3-ITA/Engenharia da computação 4-PUC-RJ/Engenharia da computação 5-POLI-USP/Engenharia elétrica com ênfase em computação Mais informações sobre as três melhores classificadas: UNICAMP • Possui um total de 522 alunos, 88 formados; • A percentagem de alunos formados no prazo mínimo e de 96%; • Existe uma vaga pra cada 23 candidatos; • A Unicamp possui 137 professores, desses, 131 possuem doutorado e 129 possuem dedicação exclusiva; • No seu campus a universidade possui 2,21 máquinas por aluno, a velocidade do link de internet é de 155mbps;
    • 9 • O campus possui 100% da sua área coberta por sinal WI-FI; • A reputação acadêmica e de 7,69 a maior dentre as listadas; UFRGS • Possui um total de 534 alunos, 52 formados; • A percentagem de alunos formados no prazo mínimo e de 78%; • Existe uma vaga pra cada 10,77 candidatos; • A UFRGS possui 64 professores, desses, 58 possuem doutorado e 59 possuem dedicação exclusiva; • No seu campus a universidade possui 1,15 máquinas por aluno, a velocidade do link de internet é de 1000mbps; • O campus possui 66% da sua área coberta por sinal WI-FI 75% dos seus alunos trabalham na área; • A reputação acadêmica e de 5,66; ITA • Possui um total de 136 alunos, 25 formados; • A percentagem de alunos formados no prazo mínimo e de 90%; • Existe uma vaga pra cada 60 candidatos; • ITA possui 80 professores, desses, 60 possuem doutorado e 77 possuem dedicação exclusiva; • No seu campus a universidade possui 1,86 máquinas por aluno, a velocidade do link de internet é de100mbps;
    • 10 • O campus possui 100% da sua área coberta por sinal WI-FI 60% dos seus alunos trabalham na área; • A reputação acadêmica e de 2,72; Engenharias de Computação no estado de Minas Gerais A seguir está uma lista com todos os campi que possuem o curso de Engenharia de Computação no estado de Minas Gerais: • CEFET-MG Timóteo; • CEFET-MG BH; • UFOP - ouro preto; • UNIFEI – Itajubá; • UNIFEI – Itabira; • UEMG – Ituiutaba; • UNIUBE – Uberaba; • UNIUBE – Uberlândia; • FACIT – Montes Claros; • INATEL – Santa Rita do Sapucaí; • UNIPAC – Conselheiro Lafaiete; • PUC – Belo Horizonte; • Una – Belo Horizonte;
    • 11 Informações sobre alguns campi disponíveis no site do MEC que possuem o curso de Engenharia de Computação: Unipac IGC Contínuo: 205 IGC - Índice Geral de Cursos: 3 Data de início do funcionamento do curso: 04/02/2002 Periodicidade para integralização: Semestral (10) Carga horária mínima: 4060 horas Vagas Totais Anuais: Noturno: 60 UFOP IGC - Índice Geral de Cursos: 4 IGC Contínuo: 350 Data de início do funcionamento do curso: 17/08/2009 Periodicidade para integralização: Semestral (10) Carga horária mínima: 3640 horas Vagas Totais Anuais: Noturno: 40 Vespertino: 40 Unifei(Itajubá) IGC - Índice Geral de Cursos: 4 IGC Contínuo: 389 Data de início do funcionamento do curso: 26/02/1998 Periodicidade para integralização: Semestral (9) Carga horária mínima: 3954 horas Vagas Totais Anuais: Integral: 60 Unifei(Itabira) IGC - Índice Geral de Cursos: 4 IGC Contínuo: 389 Data de início do funcionamento do curso: 01/09/2008 Periodicidade para integralização: Semestral (10) Carga horária mínima: 4141 horas Vagas Totais Anuais: Integral: 50 Uniube (Uberaba) CI - Conceito Institucional: 3 IGC - Índice Geral de Cursos: 3 IGC Contínuo: 205 Data de início do funcionamento do curso: 01/02/2000 Periodicidade para integralização: Semestral (8) Carga horária mínima: 3550 horas Vagas Totais Anuais: Integral: 60 Uniube (Uberlândia) CI - Conceito Institucional: 3 IGC - Índice Geral de Cursos: 3 IGC Contínuo: 205 Data de início do funcionamento do curso: 01/01/2004 Periodicidade para integralização: Semestral (8) Carga horária mínima: 3550 horas
    • 12 Vagas Totais Anuais: Matutino: 50 Noturno: 40 PUC Minas CI - Conceito Institucional: 4 IGC - Índice Geral de Cursos: 4 IGC Contínuo: 303 Data de início do funcionamento do curso: 31/07/2006 Periodicidade para integralização: Semestral (10) Carga horária mínima: 4330 horas Vagas Totais Anuais: Matutino: 60 Isepi IGC - Índice Geral de Cursos: 3 IGC Contínuo: 197 Data de início do funcionamento do curso: 05/04/1999 Periodicidade para integralização: Anual (5) Carga horária mínima: 3944 horas Vagas Totais Anuais: Integral: 50 Inatel IGC - Índice Geral de Cursos: 3 IGC Contínuo: 231 Data de início do funcionamento do curso: 25/07/2004 Periodicidade para integralização: Semestral (10) Carga horária mínima: 3800 horas Vagas Totais Anuais: Matutino: 120 Una CI - Conceito Institucional: 4 IGC - Índice Geral de Cursos: 3 IGC Contínuo: 245 Data de início do funcionamento do curso: 01/02/2007 Periodicidade para integralização: Semestral (9) Carga horária mínima: 3200 horas Vagas Totais Anuais: Matutino: 55 Noturno: 55 CEFET-MG (BH) IGC - Índice Geral de Cursos: 3 IGC Contínuo: 292 Data de início do funcionamento do curso: 23/04/2007 Periodicidade para integralização: Semestral (10) Carga horária mínima: 4380 horas Vagas Totais Anuais: Integral: 80 CEFET-MG (Timóteo) IGC - Índice Geral de Cursos: 3 IGC Contínuo: 292 Data de início do funcionamento do curso: 09/02/2009 Periodicidade para integralização: Semestral (10) Carga horária mínima: 4380 horas Vagas Totais Anuais: Integral: 40
    • 13 IGC O IGC (Índice Geral de Cursos) é um indicador de desempenho das instituições públicas e privadas do Brasil. Ele é apurado pelo Inep/MEC e divulgado anualmente pelos mesmos imediatamente após a publicação das notas do Enade(Exame Nacional de Desempenho de Estudantes). O instrumento é construído com base numa média ponderada (que varia de 1 a 5) das notas dos cursos de graduação e pós-graduação de cada instituição. Assim, sintetiza num único indicador a qualidade de todos os cursos de graduação, mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino. A média é calculada na seguinte proporção: 40% do peso é a nota do Enade, 30% o IDD, que é obtido com base na diferença de nota no Enade dos alunos ingressantes e concluintes da instituição e os outros 30% são Insumos, que são as informações de infra-estrutura e instalações físicas, recursos didático-pedagógicos e corpo docente. O gráfico abaixo representa os resultados das Instituições mineiras no ano de 2008: IGC contínuo IGC-Faixas 450 IGC-Contínuo 400 1 0,0 350 300 2 95 a 194 250 200 3 195 a 294 150 100 4 295 a 394 50 50 +395
    • 14 Conclusão Primeiramente, Pôde-se concluir que o curso de Engenharia de Computação é, em teoria, mas voltado para o desenvolvimento de hardware do que de software, diferenciando-se assim do curso de Ciência da Computação. Diferenciando-se também do curso de Sistemas de Informação, pelo fato de ter o computador como fim. Quanto aos cursos de Engenharia da Computação no estado de Minas Gerais, pudemos concluir que não há uma grande discrepância entre eles nas matrizes-curriculares, que possuem disciplinas muito semelhantes. Os aspectos técnicos foram de difícil avaliação haja vista a carência de informações detalhadas sobre a infra-estrutura dos campi do estado. Ficou claro, também, que o estado mais voltado para o eixo da computação é São Paulo, emplacando os primeiros lugares de forma absoluta no detalhado ranking disponibilizado pela revista INFO Exame.
    • 15 Referências Bibliográficas http://emec.mec.gov.br/ http://www.infowester.com/col290804.php http://info.abril.com.br/pesquisa/faculdades2008.shl http://www.uniao.edu.br/noticias/arquivos/artigo_igc.pdf http://copeve.cefetmg.br/ http://www.cefetmg.br/ http://www.timoteo.cefetmg.br/ http://www.ufop.br/ http://www.pucminas.br/ http://www.unifei.edu.br/