Your SlideShare is downloading. ×
Tecido Muscular
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Tecido Muscular

19,782
views

Published on

biologia celular e tecidual UCB/RJ

biologia celular e tecidual UCB/RJ

Published in: Education

0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
19,782
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
348
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Tecido Muscular Prof. Vagner Sá UCB-RJ
  • 2. Introdução
    • O tecido muscular é constituído por células alongadas , altamente especializadas e de capacidade contrátil , denominadas fibras musculares ou miócitos.
    • A capacidade de contração das fibras é que proporciona os movimentos dos membros, das vísceras e de outras estruturas do organismo.
    • As células (fibras) musculares têm nomes específicos para as suas estruturas. Assim, a membrana plasmática é denominada sarcolema , enquanto o citoplasma é chamado de sarcoplasma .
  • 3. Classificação
    • Tecido Muscular Estriado Esquelético
    • Tem fibras cilíndricas, com centenas de núcleos periféricos. Essas fibras organizam os músculos esqueléticos, assim denominados por se acharem inseridos no arcabouço esquelético através dos tendões.
    • A contração desse tipo de célula é rápida e voluntária, como acontece com o bíceps e o tríceps, músculos do braço.
  • 4. Movimento Voluntário http://www.moob.com.br/galerias/mulheres-fortes-e-musculosas
  • 5. Músculo Estriado Esquelético http://profmsrobertosilveira.zip.net/arch2006-05-14_2006-05-20.html http://www.fiqueinforma.com/musculacao/contracao-muscular-como-seu-musculo-trabalha/
  • 6. 1. Fibra Muscular em corte longitudinal 2. Presença de vários núcleos periféricos(fibra multinucleada). 3. Fibra Muscular em corte transversal 4. Núcleo Periférico http://www.lia.ufc.br/~fabriciosb/histologia/muscestriado.htm
  • 7. Músculo Esquelético 1. Estriações Transversais.
  • 8. Classificação
    • Tecido Muscular Estriado Cardíaco
    • De contração rápida e involuntária, esse tecido muscular constitui-se de fibras com um ou dois núcleos centrais. Essas fibras organizam o músculo do coração (miocárdio). Entre uma fibra e outra verifica-se a presença de discos intercalares, que fazem adesão entre células vizinhas.
  • 9. Músculo Involuntário
  • 10.  
  • 11. Músculo Cardíaco 1. Núcleo Central e único
  • 12. Classificação
    • Tecido Muscular Liso ou Não Estriado
    • É constituído por fibras fusiformes dotadas de um núcleo alongado e central. Essas fibras, de contração lenta e involuntária, ocorrem organizando: os músculos eretores do pêlo (na pele); a musculatura da parede do trato gastrintestinal (esôfago, estômago e intestino), da bexiga, do útero, dos vasos sanguíneos etc.
  • 13. Músculo Liso ou Não estriado 1. Glândulas intestinais 2. Músculo Liso - Corte Longitudinal 3. Músculo Liso - Corte Transversal
  • 14. Músculo Involuntário http://paranohawaii.blogspot.com/2008_02_01_archive.html
  • 15. Regeneração do Tecido Muscular
    • Tecido muscular estriado esquelético: as células desse tecido não têm capacidade mitótica, porém pode se regenerar devido à presença de células satélites. Essas células podem entrar em atividade mitótica, resultando em hiperplasia.
    • Em resposta às atividades de fisiculturismo, ocorre uma aumento do volume celular, chamado hipertrofia.
  • 16. Regeneração do Tecido Muscular
    • Tecido muscular estriado cardíaco: é incapaz de se regenerar.
    http://www.scielo.br/img/revistas/abc/v92n4/a14fig02.jpg
  • 17. Regeneração do Tecido Muscular
    • Tecido muscular liso: as células desse tipo de tecido mantêm a capacidade mitótica para formar mais células musculares lisas.