Preparação de apresentações   Cátia Nunes | catia.nunes@co.sapo.pt
O processo de comunicação Emissor Mensagem Receptor Codificada Descodificada Feedback
<ul><li>10%   Lemos </li></ul><ul><li>20%   Ouvimos </li></ul><ul><li>30%   Vemos </li></ul><ul><li>50%   Vemos e Ouvimos ...
O que o Orador quer dizer O que diz na realidade O que o Participante ouve O que escuta com atenção O que o Participante c...
<ul><li>O tema / A mensagem </li></ul><ul><li>Os destinatários / Público-Alvo </li></ul><ul><li>Meios técnicos </li></ul><...
Todo e qualquer conjunto de aparelhos e/ou documentos que facilitam  a aprendizagem através da estimulação dos sentidos. S...
<ul><li>Gustativos </li></ul><ul><li>Olfactivos </li></ul><ul><li>Tácteis </li></ul><ul><li>Auditivos  </li></ul><ul><li>V...
Quadro Quadro verde Quadro branco Quadro de papel
Documentos Gráficos Modelos e Maquetes Documentos - Maquetes
Visuais projectáveis Projector de Vídeo Projector de Diapositivos Retroprojector
Regras para a elaboração de slides
<ul><li>Definir a mensagem a transmitir. </li></ul><ul><li>Dividir a ideia em partes. </li></ul><ul><li>Introdução – Desen...
<ul><li>Sempre que possível, substituir frases por imagens. Incorporar gráficos, esquemas, diagramas, vídeos ou símbolos. ...
<ul><li>Ter um título adequado. </li></ul><ul><li>Uma ideia chave em cada slide. </li></ul><ul><li>Utilizar 6 a 7 palavras...
<ul><li>Escolher um tipo de fonte adequado a uma apresentação multimédia  ( Serifado  – Não Serifado) </li></ul><ul><li>Ev...
<ul><li>Letras bem legíveis. (tamanho) </li></ul><ul><li>Testar a legibilidade. (2 metros do monitor) </li></ul><ul><li>Ev...
<ul><li>Cores a  evitar  sobre fundo Claro:   Amarelo ,  Laranja  e  Castanho . </li></ul><ul><li>Cores a  utilizar  sobre...
<ul><li>Cuidado ao utilizar fundos texturados. Tem de haver contraste suficiente para manter a legibilidade. </li></ul><ul...
<ul><li>Cuidado ao utilizar gradientes como fundo. </li></ul>Organização - Fundos
INCORRECTO CORRECTO Organização - Imagens O ÁLCOOL MATA NÃO O BEBA O ÁLCOOL MATA NÃO O BEBA
INCORRECTO CORRECTO Organização - Imagens O CONSUMO DE CERVEJA AUMENTOU  DEZ VEZES  NOS ÚLTIMOS  DEZ ANOS  POR HABITANTE 1...
<ul><li>3 tamanhos de letras por documento. </li></ul><ul><li>3 cores por documento. </li></ul><ul><li>3 animações </li></...
Conclusões
<ul><li>Aumenta o interesse e a atenção  da audiência. </li></ul><ul><li>Diminui o tempo da apresentação. </li></ul><ul><l...
<ul><li>A qualidade da apresentação não depende da utilização dos suportes. </li></ul><ul><li>A utilização de suportes, nu...
<ul><li>Não utilizar os meios para colmadar  ou disfarçar lacunas de tempo. </li></ul><ul><li>Não há meios específicos par...
<ul><li>Apresentações </li></ul><ul><ul><li>http://www.slideshare.net/ </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.ted.com/ </li...
Boas apresentações Cátia Nunes | catia.nunes@co.sapo.pt
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Como Preparar Apresentações

5,707

Published on

As metodologias de abordagem, os suportes, e as técnicas para a elaboração de slides.

Abordagens úteis e concretas depois de mais de 2,000 horas de formações.

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
5,707
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
165
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • Segundo os sentidos. 1. A Formação e a actividade profissional na indústria alimentar recorrem ao sentido do gosto, durante o processo de confecção e controlo de qualidade. 2. O sentido do olfacto é imprescindível na actividade de perfumes, por ser impossível descrever, visualmente ou por palavras um odor. 3. A escrita braille utilizada na formação para invisuais. 4. Os meios sonoros englobam todos os meios que utilizam unicamente o Som como veículo para transmissão da informação. O principal recurso didáctico dos meios sonoros é a Voz, sendo os restantes pouco utilizados isoladamente, estando normalmente associados à imagem como no diaporama, no filme e no vídeo. Os documentos sonoros utilizáveis como recursos didácticos, vão desde a música, entrevistas, gravações resultantes de situações de formação (autoscopia, role – play). Exemplos: rádio, gira–discos, leitor de CD, gravador de mini-disc. 4, 5 e 6. Devido à sua complexidade vão ser estudados detalhadamente.
  • São um importante auxiliar pedagógico a que se recorre através do sentido da visão. São documentos que utilizam uma linguagem de imagens para simbolizar ideias ou objectos.
  • Este recurso destina-se à projecção fixa, por reflexão de documentos opacos, tais como: fotografias, páginas de livros, jornais ou revistas e até pequenos objectos. Foi utilizado durante muitos anos, mas a sua utilização foi limitada pela fraca luminosidade da imagem projectada. O documento a projectar é colocado no porta-documentos, sendo comprimido contra uma placa de vidro. A imagem é reproduzida com as cores originais.
  • Voltar ao tópicos de tempo, publico tema detalhe do tema
  • 1 - nem mto fina, nem mto grossa, serifa- antiga-clássica- ou não serifada-moderna-simples tipos de letra serifadas não serifadas
  • 2 tipos máximo, jogar com bold, italico cor Sentar a 2 metros do monitor Pouco contraste entre a cor de fundo e a cor da fonte pode dificultar a leitura, ou mesmo torná-la impossível.
  • Como Preparar Apresentações

    1. 1. Preparação de apresentações Cátia Nunes | catia.nunes@co.sapo.pt
    2. 2. O processo de comunicação Emissor Mensagem Receptor Codificada Descodificada Feedback
    3. 3. <ul><li>10% Lemos </li></ul><ul><li>20% Ouvimos </li></ul><ul><li>30% Vemos </li></ul><ul><li>50% Vemos e Ouvimos </li></ul><ul><li>80% Dizemos </li></ul><ul><li>90% Dizemos ao fazer algo </li></ul>Lembramo-nos de:
    4. 4. O que o Orador quer dizer O que diz na realidade O que o Participante ouve O que escuta com atenção O que o Participante compreende O que o Participante retém O que consegue reconstituir O que consegue utilizar Retenção de informação
    5. 5. <ul><li>O tema / A mensagem </li></ul><ul><li>Os destinatários / Público-Alvo </li></ul><ul><li>Meios técnicos </li></ul><ul><li>Tempo disponível </li></ul>Preparação da apresentação
    6. 6. Todo e qualquer conjunto de aparelhos e/ou documentos que facilitam a aprendizagem através da estimulação dos sentidos. Suportes de apresentações
    7. 7. <ul><li>Gustativos </li></ul><ul><li>Olfactivos </li></ul><ul><li>Tácteis </li></ul><ul><li>Auditivos </li></ul><ul><li>Visuais </li></ul><ul><ul><li>5.1 Não Projectáveis </li></ul></ul><ul><ul><li>5.2 Projectáveis </li></ul></ul>Classificação dos suportes
    8. 8. Quadro Quadro verde Quadro branco Quadro de papel
    9. 9. Documentos Gráficos Modelos e Maquetes Documentos - Maquetes
    10. 10. Visuais projectáveis Projector de Vídeo Projector de Diapositivos Retroprojector
    11. 11. Regras para a elaboração de slides
    12. 12. <ul><li>Definir a mensagem a transmitir. </li></ul><ul><li>Dividir a ideia em partes. </li></ul><ul><li>Introdução – Desenvolvimento – Conclusão </li></ul><ul><li>Fazer frases curtas. </li></ul><ul><li>Começar as frases por um verbo activo. </li></ul><ul><li>Fazer comparações sugestivas. </li></ul>Organização da Mensagem
    13. 13. <ul><li>Sempre que possível, substituir frases por imagens. Incorporar gráficos, esquemas, diagramas, vídeos ou símbolos. </li></ul><ul><li>Evitar fazer afirmações pela negativa. </li></ul><ul><li>Ser simples e evitar o acessório. </li></ul>Organização da Mensagem
    14. 14. <ul><li>Ter um título adequado. </li></ul><ul><li>Uma ideia chave em cada slide. </li></ul><ul><li>Utilizar 6 a 7 palavras por linha. </li></ul><ul><li>Utilizar 6 a 7 linhas por slide. </li></ul><ul><li>Numerar cada slide. </li></ul><ul><li>Animações e transições devem ser utilizadas com peso e medida. </li></ul>Organização da Mensagem
    15. 15. <ul><li>Escolher um tipo de fonte adequado a uma apresentação multimédia ( Serifado – Não Serifado) </li></ul><ul><li>Evitar fontes que pareçam demasiado leves ou pesadas. </li></ul><ul><li>Máximo 2 tipos de letra (bold, itálico, sublinhado, cor) </li></ul>Organização - Fontes
    16. 16. <ul><li>Letras bem legíveis. (tamanho) </li></ul><ul><li>Testar a legibilidade. (2 metros do monitor) </li></ul><ul><li>Evitar utilizar textos só em maiúsculas. </li></ul><ul><li>Utilizar texto alinhado à esquerda. </li></ul><ul><li>Utilizar combinações de claro-escuro (contraste) </li></ul>Organização - Fontes
    17. 17. <ul><li>Cores a evitar sobre fundo Claro: Amarelo , Laranja e Castanho . </li></ul><ul><li>Cores a utilizar sobre fundo Claro: Vermelho-escuro e Azul-escuro . </li></ul><ul><li>Cores a evitar sobre fundo Escuro: Cinzento , Castanho e Roxo . </li></ul><ul><li>Cores a utilizar sobre fundo Escuro: Amarelo , Laranja , Vermelho e Azul-claro . </li></ul>Organização - Cores
    18. 18. <ul><li>Cuidado ao utilizar fundos texturados. Tem de haver contraste suficiente para manter a legibilidade. </li></ul><ul><li>Cuidado ao utilizar texto em cima de fotografias. </li></ul>Teoria Da Cor Sobre Fundos Elaborados Teoria Da Cor Sobre Fundos Elaborados Organização - Fundos A cor e o tipo A cor e o tipo
    19. 19. <ul><li>Cuidado ao utilizar gradientes como fundo. </li></ul>Organização - Fundos
    20. 20. INCORRECTO CORRECTO Organização - Imagens O ÁLCOOL MATA NÃO O BEBA O ÁLCOOL MATA NÃO O BEBA
    21. 21. INCORRECTO CORRECTO Organização - Imagens O CONSUMO DE CERVEJA AUMENTOU DEZ VEZES NOS ÚLTIMOS DEZ ANOS POR HABITANTE 1999 2009 O CONSUMO DE CERVEJA POR HABITANTE
    22. 22. <ul><li>3 tamanhos de letras por documento. </li></ul><ul><li>3 cores por documento. </li></ul><ul><li>3 animações </li></ul>Regras de ouro “ Less is More“ Ludwig Mies van der Rohe
    23. 23. Conclusões
    24. 24. <ul><li>Aumenta o interesse e a atenção da audiência. </li></ul><ul><li>Diminui o tempo da apresentação. </li></ul><ul><li>Facilita a troca de ideias. </li></ul><ul><li>Facilita a actividade do orador. </li></ul><ul><li>Provoca grande impacto no auditório. </li></ul><ul><li>Facilita a retenção na memória. </li></ul>Porquê da utilização de suportes
    25. 25. <ul><li>A qualidade da apresentação não depende da utilização dos suportes. </li></ul><ul><li>A utilização de suportes, nunca poderá salvar uma sessão mal preparada. </li></ul><ul><li>A utilização em excesso provoca fadiga nos participantes. </li></ul>Conceitos finais
    26. 26. <ul><li>Não utilizar os meios para colmadar ou disfarçar lacunas de tempo. </li></ul><ul><li>Não há meios específicos para cada objectivo. </li></ul><ul><li>Não utilizar os audiovisuais de acordo com as preferências pessoais do formador. </li></ul>Conceitos finais
    27. 27. <ul><li>Apresentações </li></ul><ul><ul><li>http://www.slideshare.net/ </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.ted.com/ </li></ul></ul><ul><ul><li>http://280slides.com/ </li></ul></ul><ul><li>Cor </li></ul><ul><ul><li>http://kuler.adobe.com/ </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.colorblender.com </li></ul></ul><ul><li>Templates </li></ul><ul><ul><li>http://www.templatemonster.com/ </li></ul></ul><ul><ul><li>http://www.presentationhelper.co.uk/ </li></ul></ul>Links úteis
    28. 28. Boas apresentações Cátia Nunes | catia.nunes@co.sapo.pt
    1. A particular slide catching your eye?

      Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

    ×