Tipos alimentação

  • 3,782 views
Uploaded on

Área Projecto

Área Projecto

More in: Education , Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,782
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Tipo de alimentação
    Actividade Física
    Nutrição E CONTROLO DO PESO
    Actividade Física
    A NUTRIÇÃO
  • 2. Tipo de alimentação
    Um estilo de vida saudável ajuda a manter o corpo em forma e a mente alerta. Ajuda a protegermo-nos de doenças e a impedir que as doenças crónicas se tornem mais graves. Isto é importante porque à medida que o corpo envelhece, começam-se a notar alterações nos músculos e nas articulações e um declínio na sensação de "força" física. Um estilo de vida saudável inclui comportamentos preventivos de saúde, boa nutrição e controle do peso, lazer, exercícios regulares e a privação desubstâncias nocivas ao organismo.
                Um “bom” estilo de vida deve ser adoptado o mais cedo possível - quanto mais jovem melhor. Bons hábitos devem ser mantidos durante a vida adulta e na idade madura. Factores que podem ser modificados no estilo de vida causam mortes, que poderiam ser evitadas, devidas a doenças cardíacas, cancros e acidentes de viação.
  • 3. Nutrição e Controle do Peso
       A obesidade é uma causa de morte e traz atrás de si diversas doenças. Mais de 80% das mortes atribuídas à obesidade ocorreram em pessoas com um índice de massa corporal igual ou superior a 30 .
                A obesidade aumenta a mortalidade porque causa aumento da tensão arterial (hipertensão), doença cardíaca, acidente vascular cerebral (derrame cerebral), diabetes e conduz também ao desenvolvimento de certos tipos de cancro.
                Devemos ainda ter em conta os problemas ósseos, musculares e cardiovasculares, como o aparecimento de varizes, que a obesidade causa.  
    Para evitar a obesidade, devemos fazer 3 ou 4 refeições equilibradas, pobres em gorduras e com muitas fibras todos os dias. Devemos ainda ingerir bastante cálcio - o cálcio e o exercício ajudam a prevenir a osteoporose. Todas as vezes que comemos mais do que o necessário, o nosso corpo irá guardar o excesso em forma de gordura.
                Uma boa dieta é essencial não só para combater as doenças cardiovasculares, mas também para diminuir o risco de vários tipos de cancro (fígado, estômago, intestino, …). Para tal  devemos :
    . Controlar a ingestão de gorduras e carnes fumadas;       
    . Evitar engordar, não por questões estéticas, mas por questões de saúde;
    . Praticar, com regularidade uma actividade física;
    . Comer uma grande variedade de frutas (2 a 4 porções), vegetais (3 a 5 porções), grãos integrais, feijões  e legumes por dia. Dê preferência aos alimentos frescos;
    . Limitar ou evitar a ingestão de álcool;   
  • 4. Actividade Física
     
                O organismo necessita de actividade física regular (mas não extenuante). Não faz sentido exercitarmo-nos exageradamente e ter como consequência dores musculares ou lesões nas articulações. Um dos melhores e mais leves exercícios físicos que existe e que não tem nenhuma contra-indicação é uma boa caminhada diária de, pelo menos, trinta minutos.
                      Nunca se é velho demais para iniciar uma actividade física regular.
                   Devemos optar por uma actividade que realmente nos agrade; caso contrário iremos abandoná-la na primeira boa desculpa que consigamos. Independentemente da prática de uma actividade física regular, devemos mexermo-nos mais:  andar mais a pé, subir mais escadas, etc.;  Se conseguirmos conjugar a companhia de um amigo com a realização de uma actividade, melhor ainda !   
  • 5.             Fumar e beber são factores que contribuem para o aparecimento de doenças nos pulmões, coração e circulação sanguínea, cancros, acidentes automobilísticos e acidentes domésticos.
    Todos os tipos de drogas são capazes de conduzir a dependências que podem acabar por levar à deterioração física e mental da pessoa.
    Evite substâncias que prejudiquem a sua saúde
  • 6.  
    Finalmente, devemos também procurar manter o cérebro tão activo quanto o nosso corpo. Actividades que envolvam a ajuda às pessoas (trabalho social) podem dar sentido à vida, ajudar a preencher a solidão e até a combater a depressão. Está cientificamente comprovado que o envolvimento em situações de solidariedade e generosidade é benéfico na prevenção das doenças.
     
    Exercício mental
  • 7. A alimentação
    A alimentação é um dos aspectos mais determinante na saúde dos indivíduos. Para além de proporcionar prazer é essencial à própria vida. São os alimentos que fornecem ao organismo as várias substâncias nutritivas (nutrientes) de que este necessita.
  • 8. A NUTRIÇÃO
      A Nutrição é a ciência que estuda a relação dos alimentos com a saúde e bem-estar.  Estuda a forma como o organismo utiliza, transforma e incorpora os nutrientes de forma a assegurar as suas funções vitais.
  • 9. Trabalho realizado por:
    Ricardo Henriques
    Filipe Almeida