Autocuidado, alimentação e saúde integrais

3,662 views
3,402 views

Published on

Palestra que apresentei como parte do curso "Autotratamento com florais" de Irene Carmo Pimenta no IPPB de 3 a 24 de maio de 2011

Published in: Spiritual
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
3,662
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
113
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Autocuidado, alimentação e saúde integrais

  1. 1. Autocuidado,Alimentaçãoe SaúdeIntegraisSandro Friedlandrealização e empoderamento pessoal
  2. 2. Meditação de enraizamento
  3. 3. Prolegômenos... O que é saúde, o que é doença?Nós sabemos o que é estar doente, e o quanto isso é desagradável, mas é difícil de explicar.
  4. 4. SaúdeA Organização Mundial da Saúde(OMS),organismo sanitário internacional integranteda ONU, fundado em 1948, define saúde como:“Estado de completo bem-estarfísico, mental e social, e nãosomente a ausência de enfermidadeou invalidez”.
  5. 5. Doença:do latim, morbusA palavra procede do latim dolentia, dedolens+entis, particípio presente do verbodoleo, dolere.Sentir ou causar dor, afligir-se, amargurar-seEnfermidade:do latim infirmitas + atis, de infirmus,que por sua vez, resultou da fusão do prefixo:in (negação) + firmus, firme, robusto,saudável.Denota, debilidade,fraqueza, perda de forças.www4.ensp.fiocruz.br/biblioteca/dados/txt_875215057.ppt
  6. 6. dr. Miguel Couto (1865-1934)[clínica médica, professor, escritor, político, conhecedor da língua portuguesa]Tentou atribuir um significado próprio a cada um dos nomes,propõe as seguintes definições:doença: termo genérico, significando desviodo estado “normal”enfermidade: desarranjo na disposição materialdo corpowww4.ensp.fiocruz.br/biblioteca/dados/txt_875215057.ppt
  7. 7. Dois conceitos importantes:• homeostase: equilíbrio das funções do corpo (ou seja, funções fisiológicas).• autopoiese: (auto = próprio e poiese = criação) conceito no qual os organismos (seres vivos) são diferenciados do ambiente em que vivem (objetos sem vida) pelo fato de poderem construir seu próprio equilíbrio, ou seja, se auto-organizarem.
  8. 8. Dependemos do nosso sistema imunológico(sistema que nos deixa imunes, protegidos) e deoutros seres vivos (inclusive bactérias) paramantermos nossa autopoiese e homeostase.Cerca de 95% das bactérias são inofensivasou benéficas aos humanos(como exemplo as bactérias do trato intestinalque ajudam na digestão e as bactériasresponsáveis pela fabricação de vitamina K).Apenas cerca de 5% são patogênicas.
  9. 9. Pensamento ocidental e oriental sobre doença:Medicina moderna:perda total ou parcial da homeostase.a doença não acontece toda vez que o agente patogênicoataca o indivíduo. A doença ocorre quando o agente patogênicoagride o sistema imunológico (e/ou este se encontra debilitado) eele não consegue se restabelecer rapidamente.Assim, quando doente, um organismo não está em homeostase esua autopoiese fica em desestabilizada.Medicina Tradicional chinesa (MTC):desequilíbrio do CHI (energias vitais que circulam nos meridianosdo corpo)a doença não acontece toda vez que o agente patogênicoentra em contato com o indivíduo. A doença ocorre quando umdesequilíbrio do CHI existente predispõe o indivíduo à doença.
  10. 10. Visão Integral (Ken Wilber)
  11. 11. Visão Integral (Ken Wilber)
  12. 12. Tipos de medicina, segundo a Visão Integral:• Pré-moderna: Medicinas tradicionais (chinesa, tibetana, etc) – procuram excessos e faltas - tratam desequilíbrios Ex: Na visão da MTC, o que há de comum nos processos de desenvolvimento do Diabetes é o surgimento de Calor e a deficiência de Yin.• Moderna: Medicina das universidades tradicionais – procura sintomas - trata a doença. Ex: Dor de garganta: vai tomar antibióticos, anti-inflamatórios, antitérmicos...• Integral: Medicinas sistêmicas, transdisciplinares (integra as visões anteriores) - Observa os Movimentos – Trata o contexto, todo o entorno do sujeito: o Visão de mundo o Família, empresa, comunidade.
  13. 13. Visão integrativa: corpo + almae não apenas corpo como sombra da alma.1º paradigma espiritualista antigo:corpo como inimigo da alma2º paradigma espiritualista atual:corpo como “avatar”3º paradigma mais moderno:Corpo é a parte da alma corporificada
  14. 14. Corpo <=> alma (é a parte material da) pensamentos atuam na matéria <-> matéria atua nos pensamentosCorpo tem órgãos multifunçãoDiferentemente de um carro, cujas peças são monofunção(ex: Sinus frontais e sinus maxilares)Doença é um sintoma de causas mais profundas,ou sistêmicasToda doença pode ser considerada um sintoma,mas todo sintoma não é necessariamente doença.O corpo é um livro com múltiplas leituras
  15. 15. Auto cuidadoPraticar o autocuidado é ser um pouco como o gato.
  16. 16. Auto empoderamentoEstado de autoconfiança,autoestima, autoconhecimento• Equilíbrio (centramento)• Consciência (observador interno)• Assertividade (ir em direção aos objetivos, expressando o que queremos)Como atingir?Procurar sair de estados de baixa energia(depressão, tristeza, sentimentos negativos)e ao mesmo tempo procurar atingir estadosde alta energia (alegria, contentamento,produtividade)Habituar-se a prática da auto-observaçãocotidiana, desenvolver este observador interior
  17. 17. Sabotadores do poder pessoal:• Tempestades emocionais,• Alimentação pesada• Fuga da consciência para interesses pouco produtivos (fofoca, assistir programas de baixo caráter moral na televisão, etc.)• Gastar o tempo cuidando dos outros excessivamente, preterindo seus próprios afazeres e decisões.• Delegar o seu poder de decidir a própria vida (autodeliberação) a outros (instituições, pais, governo, amigos, esposo(a)• Vícios (busca de prazer deslocado)
  18. 18. Empoderamento pessoal na saúdeApenas nós temos o poder de nos curar• Médico apenas fornece um tipo de conhecimento que nós não temos.• Terapeuta holístico, etc. são só ajudantes do nosso processo.• ‘Curandeiros’ (passes, irradiações, reiki) agem como catalisadores da cura (entram em harmonia consonante) Nós fazemos a nossa parte, a natureza age.
  19. 19. Necessário sempre retornar à nossa Mãe Natureza!
  20. 20. O bicho homem está sempre “inventando moda”...
  21. 21. ...o que é melhor?
  22. 22. “Eu não opero mais com bisturi, opero com uma maçã” (dr. Alberto Gonzalez, médico e divulgador da alimentação viva)
  23. 23. ALIMENTAÇÃO VIVA
  24. 24. “Crudívoros comem apenas o queencontram no reino vegetal e sealimentam também de cores, sons,texturas, formas, sabores, aromas,pensamentos, sentimentos... tudoao mesmo tempo.” (Diário de uma Krud, blog)
  25. 25. O conceito de „alimentaçãoviva‟ também abrange:• meditar• respirar• praticar exercícios físicos• equilíbrio emocional• limpezas emocionais• até jejum, quando necessárioEnfim, tudo o que entra e sai daboca, tudo o que entra e sai docorpo humano, é consideradoalimentação e eliminação.
  26. 26. E a comida viva?O princípio é simples: nada pode ser cozido, fritoou assado. Os alimentos são de origem vegetal.E para começar bem o dia, um suco poderoso.
  27. 27. • Farisaismo – puro X impuro obrigação X proibição punição X recompensa• Reducionismo – reduzir tudo à função, ao ‘princípio ativo’, pragmatismo raso.• Utilitarismo – “o que é bom para tal doença...?” – Achar que todo o resto da natureza existe apenas para servir os seres humanos. – E só têm direito a existência de acordo com essa utilidade• Holístico, sistêmico – enxergar o todo, como os componentes interagem para formar algo maior que a soma das partes.
  28. 28. ALIMENTOS BIOGÊNICOS - geradores de vidaAlimentos germinados: grãos, sementes, leguminosas, cereais ehortaliças.O processo de germinação é a fase mais rica em energia vital do alimento, ondeas macro-moléculas dos alimentos são quebradas propiciando uma melhordigestibilidade e assimilação dos nutrientes. São regeneradores do organismoALIMENTOS BIOATIVOS - ativam a vidaRepresentados pelas hortaliças, ervas medicinais, cereais, nozes, frutascruas e frescas.São alimentos vivos que dão vitalidade e fortalecem a imunidade do nossocorpo. Dê preferência aos orgânicos.ALIMENTOS BIOESTÁTICOS – apenas subsistem a vidaALIMENTOS BIOCIDAS – destroem a vidaAlimentos que perderam totalmente a energia vital nos processosfísicos ou químicos de refinação, conservação e preparo.Alimentos que foram inventados pelo homem. Envenenam as células do corpocom substâncias nocivas e por isso desenvolvem as típicas doenças dacivilização: hipoglicemia, diabetes tipo II, arteriosclerose, câncer e outrasSão os alimentos mais utilizados na alimentação moderna
  29. 29. • O que comemos influi nos nossos estados emocionais.Os nossos estados emocionais influem no que comemos. Cada alimento corresponde a um estadoemocional/mental diferente.•Precisamos comer alimentos variados, saudáveis ebiogênicos todos os dias.Não adianta „decoreba‟ de vitaminas e minerais. Asletrinhas sozinhas, não são nada! Sinergia é tudo.• Cabe a nós decidir, a cada momento, por umaalimentação melhor, uma vida melhor, oportunidademelhores na vida.O que é diferente de cair no farisaismo: passar a dividirtudo em puro e impuro, em proibições e obrigações.
  30. 30. • A postura corporal e respiração também influem no nossoestado emocional.
  31. 31. Uma pesquisa feita pelo Scripps Research Institute, na Califórnia, Estados Unidos,afirma que os mecanismos do corpo que provocam vício em drogas são os mesmosque geram a compulsão por comer alimentos calóricos.
  32. 32. Consumidos diariamente, frutas, legumes, verduras e grãos garantem as vitaminas,minerais, fibras solúveis e insolúveis, antioxidantes e fitoquímicos responsáveis pelocontrole de todo funcionamento orgânico e prevenção das doenças.Não há vitamina de laboratório capaz de substituir a perfeição da natureza!
  33. 33. Nós somos o que comemos!
  34. 34. Suco verde
  35. 35. Suco Verde verdadeiroou Leite da Terra ou Suco de Luz do Sol• Eixo central da culinária viva, com características sinérgicas,probióticas, nutracêuticas, fitoterápicas e nutricionais.• Um copo de 300 ml supre as necessidades calóricas e protéicas por até 3h.• É composto por 100% de água estruturada.Trata-se de pura água biológica e coloidal (com nutrientes em suspensão).• Oferta farta de fibras vegetais microscópicas, biomoduladores,oligoelementos, vitaminas, minerais e cofatores, além de enzimas ativase agentes alcalinizantes .• Dentre outros benefícios, repara as mucosas gastrointestinais,reduzem a acidez gástrica, regulam o ritmo intestinale diminuem o risco de alguns tipos de câncer.• Também promove o fenômeno denominado neovascularização, crescimento de novos capilares onde não havia.Fonte: Lugar de Médico é na Cozinha - Cura e Saúde pela Alimentação Viva –Dr. Alberto Peribanez Gonzalez
  36. 36. Suco verde é composto deraízes, folhas, talos...
  37. 37. maçãs, legumes...
  38. 38. grãos germinados, sementes, oleaginosas e...
  39. 39. opcionalmente,flores comestíveis!
  40. 40. Ainda acha que frutas, verduras elegumes crus não tem sabor?Nos próximos slides, alguns exemplos de comidaviva que temos feito:
  41. 41. Pastel de trigo germinado com recheio de acelga cruzida, cenoura e abobrinhas
  42. 42. Lentilha tropeira germinada com abobrinha, chuchu, cenoura, e pimentão vermelho
  43. 43. Tabule incrementado com milho verde, chuchum tomate, passas, hortelã
  44. 44. Pizza viva de trigo germinado com cobertura de queijelim, escarola, molho, tomate,pimentão amarelo.
  45. 45. Tomates recheados com pasta de gergelim preto.
  46. 46. Canapés de alface com quinua e palitinhos de pepino e rabanete
  47. 47. Lentilha rosa com algas, tomate seco e manjericão.
  48. 48. Farofa de cenoura com óleo de linhaça
  49. 49. Lasanha de abobrinha ao molho de grão de bico, recheio de escarola.
  50. 50. Brigadeiro vivo de colher, de tâmaras e alfarroba
  51. 51. Tortinha vienense viva com recheio de maçã e pecãs
  52. 52. Obrigado!!Sandro FriedlandCoach e “crulinarista” (culinarista de Alimentação Viva)sandro@espiralevolutiva.com.brhttp://cozinhametafisica.blogspot.com/http://espiralevolutiva.com.br/

×