• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Microdissecção testicular
 

Microdissecção testicular

on

  • 2,703 views

Videocurso de Microdissecção Testicular, apresentado no XI Congresso Paulista de Urologia pelo Dr. sandro Esteves em Setembro de 2010.

Videocurso de Microdissecção Testicular, apresentado no XI Congresso Paulista de Urologia pelo Dr. sandro Esteves em Setembro de 2010.

Statistics

Views

Total Views
2,703
Views on SlideShare
2,669
Embed Views
34

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 34

http://www.androfert.com.br 33
http://androfert.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Microdissecção testicular Microdissecção testicular Presentation Transcript

    • MICRODISSECÇÃO TESTICULAR Sandro Esteves Diretor, ANDROFERT Centro de Referência para Reprodução Masculina Campinas - SP www.androfert.com.br
    • Azoospermia não-obstrutiva
      • Testículos pequenos/FSH elevado/”estéril”
      • Produção muito reduzida (se existir)
        • Insuficiente para haver Sptz no ejaculado
      • Heterogeneidade da produção de espermatozóides:
        • 600-800 túbulos seminíferous /testículo
        • Um único foco de produção é suficiente para obter espermatozóides para ICSI
      • Objetivo: Identificar e obter Sptz para ICSI
      Esteves, 2010
    • Chance de encontrar Sptz: ANO
      • Dependente da região mais avançada de produção espermática no interior do testículo
      • Parâmetros do paciente:
        • FSH
        • Inibina B
        • Volume testicular
        • História de criptorquidia
        • Testosterona
      Marcador da função testicular global, e não do foco mais ativo de espermatogênese num testículo disfuncional Esteves, Androfert
    • Candidatos Extração na ANO
      • “ Falência testicular” idiopática
        • Sertoli cell-only (aplasia germinativa)
        • Parada de maturação germinativa
        • Hipoespermatogênese
      • Microdeleção AZFc
      • Síndrome de Klinefelter
      • Varicocele, pós-trauma, pós-orquite
      • Pós-quimioterapia (ex., linfoma, Ca testículo)
      • Criptorquidia
      Esteves, Androfert
    • Técnicas para a obtenção de espermatozóides
      • Aspiração com agulha fina (TESA)
      • Biópsia percutânea
      • Biópsia aberta (única ou múltipla) (TESE)
      • Encontrar a área de produção pode ser muito difícil
        • Localização geográfica não é previsível
        • Imagem pre-operatória não ajuda
      Esteves, Androfert
    • TESA vs Biópsia na ANO Estudos controlados Esteves, Androfert
    • From: Esteves & Agarwal. Sperm Retrieval Techniques; Cambridge, UK, 2010.
      • N = 98 (idade: 36,9 ± 7,6 anos )
      • Out/02 a Nov/09
      Casuística Micro-TESE Causa N=98 Idiopática 28 (28,6%) Criptorquidia 21 (21,4%) Varicocele 17 (17,3%) Genética 13 (13,3%) Orquite 10 (10,2%) RT/QT 9 (9,2%) Recuperação Espermática N=98 P (Chi-quadrado) Total 40/98 (40,8%) Esteves, Androfert Hipo 14/14 (100,0%) .01 (PM); <.001 (SCO) PM 12/20 (60,0%) .002 (SCO) SCO 14/64 (21,9%) --
    • Resultados (2): micro-TESE X TESA/TESE Histologia TESA/TESE prévia Sucesso TESA/TESE Sucesso micro-TESE Total 50/98 (51%) 16/50 (32%) 40/98 (41%) P=.01 HIPO 8 6/8 (75%) 14/14 (100%) NS PM 13 6/13 (46%) 12/20 (60%) P=.02 SCO 30 4/30 (13%) 14/64 (22%) P=.01 Esteves, Androfert
    • Resultados (3): ICSI & micro-TESE *25 bebês nascidos ICSI Sptz Testicular Ciclos (N=116) 58 Fertilização 2PN (%) 46 ± 28 TQE (%) 49 ± 29 Gravidez Cl í nica (%) 26 (45%) Aborto (%) 10 (38%) Nascidos (%) 16 (28%)* Esteves, Androfert
      • O padrão histológico predominante do testículo é preditivo:
        • Sucesso obtenção espermatozóides
      • A taxa de recuperação espermática é superior à TESA/TESE, sendo particularmente útil nos casos cuja histologia revela PM ou SCO.
      Conclusões (Micro-TESE & ANO) Esteves, Androfert