Your SlideShare is downloading. ×
Estrategias Digitais - Digital Strategies Summit 2009
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Estrategias Digitais - Digital Strategies Summit 2009

1,355
views

Published on

Conteúdo da Palestra dada no Digital Strategies Summit - nov. 2009

Conteúdo da Palestra dada no Digital Strategies Summit - nov. 2009

Published in: Business, Technology

0 Comments
14 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,355
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
14
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1G
  • 2. 2G 2,5G
  • 3. 3G
  • 4. 3G
  • 5. Fonte: Anatel (out/2009)
  • 6. Fonte: Anatel, Teleco, Nielsen, operadoras.
  • 7. Motivos Resistência dos anunciantes que preferem apostar em meios tradicionais, já testados Receio das operadoras em realizar certas campanhas e congestionar seus call centers O preço para receber certas ações de mobile O número de linhas pré-pagas, que inibe a internet móvel
  • 8. 80% 74% 62% 53%
  • 9. 12,000 Voice Data 9,000 6,000 3,000 0 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08
  • 10. Fonte: Anatel - 2009
  • 11. Ringtones Wallpapers Animações Jogos Logotipos Aplicativos
  • 12. Fatores-Chave de Sucesso · Marketing de Permissão: EXTENSÃO CAMPANHA CAMPANHA PROMOCIONAL Comunicação solicitada Conteúdos Drive-in Store p/download M-coupon Mkt Viral Resposta direta · Relevância, Pertinência e Branding Consistência RELACIONAMENTO & AFINIDADE Clube relacionamento · Fim da dispersão (one to one) Pesquisas de Opinião CRM · Oportunidade e Interatividade: Endereçado em tempo real
  • 13. CASES
  • 14. CASES
  • 15. CASES
  • 16. CASES
  • 17. CASES Peça interativa no aeroporto de Cumbica convida o usuário a ativar bluetooth. Ao ativar, recebe um vídeo com Ana Hickman. 25.000 downloads em 3 meses
  • 18. CASES
  • 19. CASES
  • 20. CASES
  • 21. CASES
  • 22. CASES
  • 23. 12,000 Voice Data 9,000 6,000 3,000 0 99 00 01 02 03 04 05 06 07 08
  • 24. É uma poderosa ferramenta O objetivo principal é dar às de comunicação publicitária, marcas a oportunidade de que conjuga o “entretenimento” promoverem a sua com uma marca num identidade, os seus produtos determinado formato, quer ou os seus serviços, junto do seja para TV, rádio, podcast, seu público-alvo de um modo internet, eventos ou direcionado e impactante. espectáculos.
  • 25. Combinando o conteúdo dos formatos com os objetivos das marcas, o Branded Entertainment cria e estimula laços entre as empresas e os consumidores, ativando a comunicação através do entretenimento.
  • 26. Pirelli – online movie
  • 27. Isso pode ser feito com a replicação da propaganda do mundo real no mundo virtual, usando faixas, posteres, spots de rádio, etc.
  • 28. Filme Nike
  • 29. INDÚSTRIAS QUE MAIS UTILIZAM Bebidas alcoólicas Alimentos Automóveis Entretenimento Telecom Esportes Brinquedos Três principais fabricantes de consoles: Nintendo (Wii), Sony e Microsoft
  • 30. Filme Burger king
  • 31. Danone - football for kids
  • 32. TOP 20 COUNTRIES WITH HIGHIEST NUMBER OF INTERNET USERS Population Users % Population Growth Country of Region % of World Users 2009 Est Latest data (Penetration) 2000-2009 1 China 1,338,612,968 338,000,000 25,3% 1,402.2% 20,3% 2 Estados Unidos 307,212,123 227,636,000 74,1% 138,7% 13,6% 3 Japão 127,078,679 94,000,000 74,0% 99,7% 5,6% 4 India 1,156,897,766 81,000,000 7,0% 1,520.0% 4,9% 76,8% 5 Brasil 198,739,269 67,510,400 34,0% 1,250.2% 4,0% 23,2% 23,2% 6 Alemanha 82,329,758 55,221,183 67,1% 130,1% 3,3% Rest of the word 7 Reino Unido 61,113,205 48,755,000 79,8% 216,6% 2,9% 8 França 62,150,775 42,050,465 67,7% 394,7% 2,5% 9 Rússia 140,041,247 38,000,000 27,1% 1,125.8% 2,3% 76,8% Top 20 10 Coréia do Sul 48,508,972 37,475,800 77,3% 96,8% 2,2% countries 11 Itália 58,126,212 29,140,144 50,1% 120,8% 1,7% 12 Espanha 40,525,002 28,628,959 70,6% 431,4% 1,7% 13 México 111,211,789 27,400,000 24,6% 910,2% 1,6% 14 Turquia 76,805, 524 26,500,000 34,5% 1,225.0% 1,6% 15 Indonésia 240,271,522 25,000,000 10,4% 1,150.0% 1,5% 16 Canadá 33,487,208 23,999,500 71,7% 89,0% 1,4% 17 Irã 66,429,284 23,000,000 34,6% 9,100.0% 1,4%
  • 33. Usuários 97.524 69.660 49.757 33.146 2007 2008 Estim. 2009 2010 Fonte: Ibope/Nielsen NetRatings, 2009 e DataFolha, 2008
  • 34. Penetração por tipo de mídia TV por assinatura 12% Revista 40% Internet 40% Jornal 50% Rádio 87% TV Aberta 97% Fonte (BrasilI: Comitê Gestor de Internet – Governo Federal, 2007 Fontes (Internacional): Internet World Stats, 2008 / Folha de São Paulo, 2009
  • 35. + de 38 milhões acessam de suas casas Banda larga é um fator determinante – 50% dos domicílios
  • 36. Fonte: BBDO e Proximity - 2009
  • 37. Faixa etária - População Online Acima de 65 anos 1,55% 50 a 64 anos 11,81% 35 a 49 anos 22,43% 25 a 34 anos 17,49% 18 a 24 anos 16,63% 12 a 17 anos 19,35% 2 a 11 anos 10,73% 0% 10% 20% 30%
  • 38. Atividades on-line Comércio Eletrônico 13,00% Serviços Financeiros 18,00% Treinamento e Educação 73,00% Busca de Informação 87,00% Lazer 88,00% Comunicação 89,00% 0% 20% 40% 60% 80% 100%
  • 39. 71% 19% 90% 10% Não tem Não tem Tem acesso acesso Tem acesso acesso MPEs Empresas de maior porte Fonte: Pesquisa TIC Empresas (Comitê Gestor da Internet no Brasil) – 2007 e 2008
  • 40. 71% 19% 90% 10% Percentual de MPEs por região que tem acesso à internet 78% Não tem Não tem Tem acesso acesso Tem acesso acesso 71% 71% 69% 68% MPEs Empresas de maior porte NORTE NORDESTE SUDESTE SUL CENTRO- OESTE Fonte: Pesquisa TIC Empresas (Comitê Gestor da Internet no Brasil) – 2007 e 2008 / Observatório das MPEs do SEBRAE-SP.
  • 41. E-COMMERCE E O FENÔMENO “LONG TAIL” PHYSICAL RETAILERS SALES HYBRID RETAILERS PURE DIGITAL RETAILERS TITLES
  • 42. Não precisa ter atendentes ou vendedores na loja A loja funciona com baixo custo (sem aluguel) É 24h Investimento ZERO com gôndolas, prateleiras, balcão,etc. O seu mercado é o mundo, não se limitando aos clientes do seu bairro ou cidade Não tem horário de pico, dá para distribuir melhor as tarefas
  • 43. COMO ENTRAR NO E-COMMERCE?
  • 44. Fonte: e-Bit informação (www.ebitempresa.com.br)
  • 45. Fonte: e_bit-2009
  • 46. O uso da % da População que Internet para Pesquisa pesquisas para Classes 23% compra de D/E produtos e serviços Classe C 32% aumenta com a classe social. Classe B 43% Usuários de classes mais Classe A 68% altas respondem mais à 0% 50% 100% publicidade online
  • 47. Razões para não comprar Fonte: www.CERT.br
  • 48. Razões para não comprar • falta de confiança na segurança dos Serviços Financeiros - 55% no Brasil e 66% no mundo. • falta de contato com os produtos – idem. • entrega incorreta dos produtos.
  • 49. Entre outros exemplos... - Floricultura - Sapataria - Chaveiro
  • 50. Cases Eletrodomésticos
  • 51. Estratégia: unidade de negócio / estruturas separadas. Divulgação: troca descontos por TÍTULO divulgação mailing Texto em arial narrow com exemplo de destaque parceiro; Índice de confiança – 90% Incentivam a socialização: primeiros a usar youtube, orkut e twitter. Inv. R$ 25 milhões.
  • 52. GRUPO B2W
  • 53. CASAS BAHIA
  • 54. Usam vídeos educativos no youtube - foco classe CDE, menos familiarizada com o e-commerce.
  • 55. MAGAZINE LUIZA Faturou R$ 411 milhões com canais virtuais em 2008. Cresceu 56% em relação a 2007.
  • 56. Loja de departamentos em Amsterdã http://producten.hema.nl/
  • 57. Turismo
  • 58. Automobilístico
  • 59. BMW
  • 60. Vestuário & acessórios
  • 61. Difere dos EUA, onde há o hábito das compras por catálogos e padronização de tamanhos. Em 2006 representou 10% de toda venda na web.
  • 62. Zappos.com • Política de trocas • Sapatos, roupas e acessórios • Chat online para dúvidas • Frete grátis / ida e volta • Pesquisas por marca, preços, tecidos, etc www.Zappos.com
  • 63. Macy’s.com • Excelente exemplo de operação multicanal www.macys.com
  • 64. Experiência da Uniqlo – Japão Fusão de entretenimento e utilidade Cannes 2008 - 3min.
  • 65. Mercado de Luxo • Clubes fechados, para manter a exclusividade • Descontos de até 90% em produtos de grifes, com grandes estoques • Há quatro players nacionais:
  • 66. Mercado de Luxo Superexclusivo – 97 mil cadastrados / ticket médio = R$ 400,00 / 200 fornecedores
  • 67. Mercado de Luxo Privalia – só se cadastrar – 500 mil sócios, atende também classe C, prevê crescimento 300% em 2010.
  • 68. Mercado de Luxo Brandsclub – 620 mil cadastrados, 380 fornecedores/marcas, expectativa faturamento 2011 de R$ 200 milhões. Coquelux – precisa ser convidado
  • 69. Imobiliário Tecnisa Inovação, pioneirismo 93% consultam web antes de comprar apto 96% são mulheres http://www.youtube.com/watch?v=nLg8FauZ-oA
  • 70. Diversos formatos •Polyvone: co-criação e venda Polyvone: co- •ModCloth: cliente vira o ModCloth: comprador da empresa •Uneven feet: sapatos p/ pés feet: tamanhos diferentes •Freitag: bolsas mat. Reciclável Freitag: •Exboyfriend: revenda jóias Exboyfriend:
  • 71. Fonte: Rádio CBN, Seção Meio e Mensagem, dia 05/11/2009
  • 72. 3,5% 4,1% 4,5% 7% 60% 14% Fonte: Rádio CBN, Seção Meio e Mensagem, dia 05/11/2009.