Pert equil ecossist meu
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Pert equil ecossist meu

on

  • 696 views

 

Statistics

Views

Total Views
696
Views on SlideShare
696
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
31
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Pert equil ecossist meu Pert equil ecossist meu Presentation Transcript

  • Perturbações no equilíbrio dosPerturbações no equilíbrio dos EcossistemasEcossistemas CiênciasCiências NaturaisNaturais 1 – Catástrofes naturais1 – Catástrofes naturais 2 – Catástrofes2 – Catástrofes directamente provocadasdirectamente provocadas pelo Homem (Impactepelo Homem (Impacte ambiental)ambiental)
  • Catástrofe natural – qualquer acidente que ocorra sem intervenção directa do Homem e que coloque em perigo a existência de vida. Catástrofes naturaisCatástrofes naturais InundaçõesInundações SismosSismos TempestadeTempestade (imagem de(imagem de satélite)satélite) ErupçãoErupção vulcânicavulcânica SecasSecas IncêndiosIncêndios
  • Catástrofes naturaisCatástrofes naturais  SismosSismos  IncêndiosIncêndios  SecasSecas  VulcanismoVulcanismo  InundaçõesInundações  TempestadesTempestades Origem geológica:Origem geológica: Origem climática:Origem climática:  Erosão dos solosErosão dos solos
  •  O maior continente do mundo, a Ásia, é considerado o continenteO maior continente do mundo, a Ásia, é considerado o continente das catástrofes, já que o excesso populacional e a urbanizaçãodas catástrofes, já que o excesso populacional e a urbanização excessiva favorecem a sua ocorrência.excessiva favorecem a sua ocorrência.  As consequências das catástrofes medem-se pelo número deAs consequências das catástrofes medem-se pelo número de vítimas.vítimas. Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
  • TEMPESTADES e INUNDAÇÕES TEMPESTADE - violenta perturbação da atmosfera…  …manifestações: - Chuvas intensas - Ventos fortes - Trovoadas  …durante a sua ocorrência formam-se, frequentemente, tufões, tornados e furacões. 
  • INUNDAÇÕES • As inundações (cheias) são fenómenos naturais extremos e temporários, provocados por precipitações moderadas e permanentes ou por precipitações repentinas e de elevada intensidade. • Este excesso de precipitação faz aumentar o caudal dos cursos de água, originando o extravase do leito normal e a inundação das margens e áreas circunvizinhas. • As cheias podem ainda ser causadas pela rotura de barragens, associadas ou não a fenómenos meteorológicos adversos. TEMPESTADES e INUNDAÇÕES
  • Os prejuízos resultantes das cheias são frequentemente avultados, podendo conduzir a... - perda de vidas humanas e bens; - destruição completa de explorações agrícolas e agro-pecuárias entre outras. A prevenção das cheias é de extrema importância. TEMPESTADES e INUNDAÇÕES
  • MEDIDAS DE PROTECÇÃO das POPULAÇÕES - Construção de diques e barragens -Aumentar as zonas naturais nas margens dos rios (o que favorece a infiltração de água) - Evitar a urbanização excessiva (pois torna os terrenos mais impermeáveis) TEMPESTADES e INUNDAÇÕES
  • SECAS A seca é caracterizada pela escassez de água, associada a períodos extremos de reduzida precipitação mais ou menos longos, com consequências negativas a nível dos ecossistemas e das actividades socio-económicas. A seca acarreta dois tipos de consequências, directasdirectas e indirectasindirectas: CONSEQUÊNCIAS DIRECTASCONSEQUÊNCIAS DIRECTAS • deficiente fornecimento de água para abastecimento urbano; • prejuízos na agricultura, na indústria e na produção de energia hidroeléctrica; • restrições à navegação nos rios e à pesca em águas interiores.
  • SECAS CONSEQUÊNCIAS INDIRECTASCONSEQUÊNCIAS INDIRECTAS • favorecimento de condições que levem à ocorrência e propagação de incêndios florestais; • problemas fitossanitários; • degradação da qualidade da água; • erosão do solo; • a longo prazo, desertificação, nas regiões de climas áridos e semi- áridos.  MEDIDAS DE PREVENÇÃOMEDIDAS DE PREVENÇÃO - Recuperação de zonas áridas, gerindo os recursos locais e promovendo a regeneração da flora existente.
  • SISMOS Manifestações da actividadeManifestações da actividade interna da Terra:interna da Terra:
  • PODEMOS PREVER UM SISMO? • Embora muitos cientistas estejam a fazer investigação nesse sentido, ainda não é possível prever os sismos. • No entanto, é possível tentar minimizar os seus efeitos... - identificando zonas de maior risco, - construindo estruturas mais sólidas, - promovendo a educação da população, nomeadamente no que diz respeito às medidas de segurança a serem tomadas antes, durante e após um sismo, - elaborando planos de emergência. SISMOS
  • VULCÕES Manifestações da actividadeManifestações da actividade interna da Terra:interna da Terra: Vulcões e sismos podem modificarVulcões e sismos podem modificar paisagens, arrasar cidades, vilas epaisagens, arrasar cidades, vilas e aldeias, ceifando milhares dealdeias, ceifando milhares de vidas.vidas.
  • 14 INCÊNDIOSINCÊNDIOS Os incêndios florestais são das catástrofes naturais mais graves em Portugal, não só pela elevada frequênciaelevada frequência com que ocorrem e extensão queextensão que alcançamalcançam, como pelos efeitos destrutivosefeitos destrutivos que causam. O fogo resulta da presença simultânea de três factores: combustível, oxigénio e fonte calorífica. CausasCausas  As causas dos incêndios florestais são várias. Têm, na sua grande maioria, origem humana, quer por negligência e acidente (queimadas, queima de lixos, lançamento de foguetes, cigarros mal apagados, linhas eléctricas), quer intencionalmente.
  • 15 INCÊNDIOSINCÊNDIOS  Os incêndios de causas naturais correspondem a uma pequena percentagem do número total de ocorrências (provocados por exemplo, por trovoadas).
  • 16 INCÊNDIOSINCÊNDIOS CUIDADOS A TER COM A FLORESTA • PREVENÇÃO - Chave de Riqueza e de Vida • As Acções Preventivas podem ser apenas medidas de simples bom senso, sempre que haja risco de incêndio e sobretudo durante os períodos mais quentes e secos. • Deve-se respeitar a legislação vigente, nomeadamente ter especial cuidado com:  QueimadasQueimadas É proibida a realização de queimadas a menos de 300 metros das áreas florestais. A sua realização carece da necessária autorização do Governador Civil.
  • 17 INCÊNDIOSINCÊNDIOS  Queima de lixosQueima de lixos Está proibida por lei durante a chamada “época normal de fogos” e numa faixa limítrofe de 100 metros das florestas.  Lançamento de foguetesLançamento de foguetes O lançamento de foguetes é proibido dentro das matas e numa faixa mínima de 500 metros a contar dos seus limites, se não forem tomadas as providências adequadas ao potencial perigo de incêndio.  Utilização de fósforos e cigarrosUtilização de fósforos e cigarros É proibido fazer fogo de qualquer espécie, incluindo fumar, no interior das matas e nas vias que as atravessam, a não ser que se tomem todas as providências adequadas à prevenção do potencial perigo de incêndio.  FogueirasFogueiras É proibido fazer fogo de qualquer espécie, incluindo a realização de fogueiras, a não ser que se tomem todas as providências adequadas à prevenção do potencial perigo de incêndio.
  • 18 INCÊNDIOSINCÊNDIOS PiqueniquesPiqueniques É proibida a realização de piqueniques com uso do fogo para confecção ou aquecimento de alimentos. Deverão ser utilizados os espaços próprios para o efeito.  ApiculturaApicultura A actividade apícola, vulgarmente exercida no interior ou nos limites de povoamentos florestais, está vulgarmente associada à utilização do fogo. Evite utilizar o fogo para efectuar limpeza os matos contíguos ao apiário.  Linhas eléctricasLinhas eléctricas As linhas eléctricas que atravessam zonas florestais deverão salvaguardar uma faixa de protecção, limpa de matos e arvoredo.  Máquinas ou equipamentos de motor de combustãoMáquinas ou equipamentos de motor de combustão As máquinas de combustão interna ou externa, utilizadas em áreas florestais, deverão estar equipadas com dispositivos de retenção de faúlhas ou tapa chamas nos tubos de escape.  ChaminésChaminés As chaminés de residências ou de fábricas poderão ser responsáveis pela emissão de material incandescente; Para evitar tais acontecimentos sugere-se a instalação de dispositivos de retenção de faúlhas, como uma simples rede de malha adequada.
  • 19 INCÊNDIOSINCÊNDIOS  Medidas de protecção das populaçõesMedidas de protecção das populações Cuidados a ter em conta durante os PROJECTOS DE FLORESTAÇÃO : - Zonas de grande declive e/ou de difícil acesso não devem ser plantados; - Devem evitar-se monoculturas florestais de eucaliptos e optar-se pela reinserção de espécies mais resistentes ao fogo; - Ao longo das linhas de água, deve optar-se por espécies resistentes ao fogo, ficando a área permanentemente livre de mato; - Devem construir-se pequenas barragens assinalando-as; - Os acessos devem ter as margens limpas de mato num espaço de, pelo menos, 10 metros; - À volta de qualquer construção, é obrigatório manter um raio mínimo de 50 metros completamente livre de algo que seja combustível.
  • Medidas de protecção gerais em caso deMedidas de protecção gerais em caso de catástrofe:catástrofe: - Ligar o 112, número nacional de socorro;Ligar o 112, número nacional de socorro; - Manter a calma, promovendo atitudes queManter a calma, promovendo atitudes que ajudem a salvaguardar pessoas e bens;ajudem a salvaguardar pessoas e bens; - Obedecer às autoridades que comandam asObedecer às autoridades que comandam as operações de salvamento;operações de salvamento; - Evitar ficar a observar.Evitar ficar a observar.
  • POLUIÇÃO ““El Niño” é uma corrente quente que passa ciclicamente pelo litoral oeste daEl Niño” é uma corrente quente que passa ciclicamente pelo litoral oeste da América do Sul, provocando profundas alterações climáticas em várias regiõesAmérica do Sul, provocando profundas alterações climáticas em várias regiões do Globo. Este fenómeno provoca, ciclicamente, tempestades, cheias, secas,do Globo. Este fenómeno provoca, ciclicamente, tempestades, cheias, secas, incêndios e intensa queda de neve, praticamente em todo o Mundo.incêndios e intensa queda de neve, praticamente em todo o Mundo.
  • PROPOSTA DE SOLUÇÃO:PROPOSTA DE SOLUÇÃO: 1.1. Passagem do furacão Mitch na América Latina e chuvas1.1. Passagem do furacão Mitch na América Latina e chuvas torrenciais na China, por exemplo.torrenciais na China, por exemplo. 1.1.1. Na América Latina e na China, milhões de pessoas perderam1.1.1. Na América Latina e na China, milhões de pessoas perderam as suas casas devido às inundações.as suas casas devido às inundações. 1.2. Os inúmeros incêndios destruíram grandes áreas florestais e1.2. Os inúmeros incêndios destruíram grandes áreas florestais e 15% dos recifes de coral foram destruídos devido ao aquecimento15% dos recifes de coral foram destruídos devido ao aquecimento das águas.das águas. 1.3. A subida da temperatura da água no Oceano Pacífico provocou1.3. A subida da temperatura da água no Oceano Pacífico provocou uma vaga de frio na Europa.uma vaga de frio na Europa. 1.4. “El Niño” regressará brevemente.1.4. “El Niño” regressará brevemente. 1.4.1. Sim. O fenómeno “El Niño” manifestou-se em Agosto de 2002,1.4.1. Sim. O fenómeno “El Niño” manifestou-se em Agosto de 2002, como oprevisto.como oprevisto.
  • Catástrofes provocadas peloCatástrofes provocadas pelo HomemHomem – Impacte ambiental– Impacte ambiental  TerrorismoTerrorismo  PoluiçãoPoluição  DesflorestaçãoDesflorestação  GuerraGuerra
  • A GUERRAA GUERRA A Guerra é a maior das catástrofes – sofrimento e morte.A Guerra é a maior das catástrofes – sofrimento e morte. CAUSAS:CAUSAS: - Território;Território; - Religião;Religião; - Negócio do armamento;Negócio do armamento; - Guerra pelos recursos;Guerra pelos recursos; - Intolerância.Intolerância. Em 1945 a tecnologia criou as armas nucleares cujos efeitos sãoEm 1945 a tecnologia criou as armas nucleares cujos efeitos são imprevisíveis.imprevisíveis.
  • O TERRORISMOO TERRORISMO O terrorismo é um dramático problema das sociedades modernas,O terrorismo é um dramático problema das sociedades modernas, com múltiplas causas (algumas por esclarecer) e consequências.com múltiplas causas (algumas por esclarecer) e consequências. No entanto, a intolerância, ideias, opiniões, crenças são a baseNo entanto, a intolerância, ideias, opiniões, crenças são a base deste fenómeno em plena expansão.deste fenómeno em plena expansão. Ex. Atentado de 11 de Setembro em 2001 em Nova Iorque.Ex. Atentado de 11 de Setembro em 2001 em Nova Iorque.
  • PoluiçãoPoluição  Degradação do meio ambiente pela acumulaçãoDegradação do meio ambiente pela acumulação de substâncias contaminantes.de substâncias contaminantes. Fontes de Poluição -Fontes de Poluição - qualquer actividade que liberta para oqualquer actividade que liberta para o meio ambiente materiais ou substâncias que prejudicam os seresmeio ambiente materiais ou substâncias que prejudicam os seres vivos, tais como:vivos, tais como:  Actividades que envolvam o consumo deActividades que envolvam o consumo de combustíveis fósseis (indústria e veículoscombustíveis fósseis (indústria e veículos automóveis);automóveis);  Modo de vida urbano;Modo de vida urbano;  Agricultura dos países industrializados;Agricultura dos países industrializados;
  • PoluentesPoluentes  PetróleoPetróleo  Fosfatos e NitratosFosfatos e Nitratos  MercúrioMercúrio  RadiaçõesRadiações  ChumboChumbo  DDT e outrosDDT e outros PesticidasPesticidas  Óxidos de AzotoÓxidos de Azoto  Partículas sólidasPartículas sólidas  CFCCFC  Dióxido de EnxofreDióxido de Enxofre  Monóxido deMonóxido de CarbonoCarbono  Dióxido de CarbonoDióxido de Carbono Materiais ou substâncias, muitas vezes tóxicos, que ameaçam ouMateriais ou substâncias, muitas vezes tóxicos, que ameaçam ou impedem o equilíbrio natural dos ecossistemas:impedem o equilíbrio natural dos ecossistemas:
  • Poluição da atmosferaPoluição da atmosfera A principal origem da poluição do ar é a combustão que tem comoA principal origem da poluição do ar é a combustão que tem como produtos finais os gases provenientes de:produtos finais os gases provenientes de:  Escapes de veículosEscapes de veículos automóveis;automóveis;  Indústrias;Indústrias;  Agricultura;Agricultura;  ActividadesActividades domésticas;domésticas;  Incêndios;Incêndios;  Actividade vulcânica;Actividade vulcânica;  Centrais termoeléctricas.Centrais termoeléctricas.
  • CONSEQUÊNCIAS DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA:CONSEQUÊNCIAS DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA: Alterações climáticas globais:Alterações climáticas globais: 1 - Aumento do efeito de estufa (aquecimento global)1 - Aumento do efeito de estufa (aquecimento global) 2 - Formação de chuvas ácidas2 - Formação de chuvas ácidas 3 - Aumento do buraco de ozono3 - Aumento do buraco de ozono
  • 1 - Efeito de estufa1 - Efeito de estufa Os raios solares que incidem sobre aOs raios solares que incidem sobre a superfície terrestre aquecem-na;superfície terrestre aquecem-na; A Terra devolve parte da energia sobA Terra devolve parte da energia sob a forma de radiações infravermelhasa forma de radiações infravermelhas (calor).(calor).  Gases da atmosfera como oGases da atmosfera como o COCO22,, metano,metano, vapor de águavapor de água, partículas, partículas sólidas,…sólidas,… Absorvem grande quantidade desseAbsorvem grande quantidade desse calor, impedindo que os raioscalor, impedindo que os raios infravermelhos abandonem o planeta,infravermelhos abandonem o planeta, levando a um aquecimento benéfico dalevando a um aquecimento benéfico da Terra.Terra.
  • Aquecimento globalAquecimento global da Terrada Terra  Pode originar a subida do nível médio das águas doPode originar a subida do nível médio das águas do mar devido à fusão dos glaciares e extensos campos demar devido à fusão dos glaciares e extensos campos de gelo, inundando zonas costeiras;gelo, inundando zonas costeiras;  Pode provocar alterações climatéricas;Pode provocar alterações climatéricas;  Pode levar à extinção de inúmeras espécies devidoPode levar à extinção de inúmeras espécies devido às alterações climatéricas e subida do nível das águas.às alterações climatéricas e subida do nível das águas. OO COCO22 e outros gasese outros gases como ocomo o metano, CFCsmetano, CFCs ee óxidos de azotoóxidos de azoto absorvem as radiações infravermelhas, reforçando e efeito de estufa.absorvem as radiações infravermelhas, reforçando e efeito de estufa. CAUSAS/ORIGEM DOS GEE: -Utilização de combustíveis fósseis e seus derivados (transportes e centraisUtilização de combustíveis fósseis e seus derivados (transportes e centrais termoeléctricas);termoeléctricas); -Incêndios;Incêndios; -Desbaste das florestas tropicais.Desbaste das florestas tropicais. O aquecimento global poderá ter consequências graves para aO aquecimento global poderá ter consequências graves para a humanidade:humanidade:
  • Protocolo deProtocolo de QuiotoQuioto O Protocolo de Quioto é um acordo internacional queO Protocolo de Quioto é um acordo internacional que estabelece metas de controle na emissão, para aestabelece metas de controle na emissão, para a atmosfera, de gases causadores do efeito estufa, noatmosfera, de gases causadores do efeito estufa, no período de 2008 a 2012.período de 2008 a 2012. Foi criado, em 1997, em Kyoto, no Japão, na terceiraFoi criado, em 1997, em Kyoto, no Japão, na terceira conferência das Nações Unidas sobre mudança doconferência das Nações Unidas sobre mudança do clima, com a presença de representantes de mais declima, com a presença de representantes de mais de 160 países.160 países.  Para que o protocolo entre em vigor, é preciso que ele sejaPara que o protocolo entre em vigor, é preciso que ele seja ratificado por pelo menos 55 países.ratificado por pelo menos 55 países.  Os Estados Unidos, que respondem por quase 25% das emissões,Os Estados Unidos, que respondem por quase 25% das emissões, abandonaram o protocolo. O presidente norte-americano George W.abandonaram o protocolo. O presidente norte-americano George W. Bush alegou que o acordo seria prejudicial à economia do país.Bush alegou que o acordo seria prejudicial à economia do país.
  • 2 -2 - Chuvas ácidasChuvas ácidas  Resultam da reacção de poluentes atmosféricos, derivados do dióxido deResultam da reacção de poluentes atmosféricos, derivados do dióxido de enxofre e de óxidos de azoto, com a água, o que origina ácidos sulfúricoenxofre e de óxidos de azoto, com a água, o que origina ácidos sulfúrico e nítrico.e nítrico.
  • Efeitos das chuvas ácidas:Efeitos das chuvas ácidas:  As construções e monumentos vão sendo erodidos pelas chuvasAs construções e monumentos vão sendo erodidos pelas chuvas ácidas.ácidas.  Nas plantas, pode levar ao amarelecimento e perda das folhas e atéNas plantas, pode levar ao amarelecimento e perda das folhas e até há morte das mesmas.há morte das mesmas. Lago ácido na NoruegaLago ácido na Noruega  Diminui a actividade dosDiminui a actividade dos decompositores, a porosidade edecompositores, a porosidade e arejamento do solo ;arejamento do solo ;  Quando se misturam com a águaQuando se misturam com a água dos lagos e ribeiros acidificam-dos lagos e ribeiros acidificam- na, levando à morte dos seresna, levando à morte dos seres vivos;vivos;
  • 3 - Camada de ozono3 - Camada de ozono  O ozono (O3) é um gás que se forma naturalmente pela acção da luzO ozono (O3) é um gás que se forma naturalmente pela acção da luz solar sobre o oxigénio (O2) na alta atmosfera (estratosfera).solar sobre o oxigénio (O2) na alta atmosfera (estratosfera).  AA camada de ozonocamada de ozono funciona como um filtro relativamente à maioriafunciona como um filtro relativamente à maioria das radiações ultravioleta, muito nocivas para os seres vivos.das radiações ultravioleta, muito nocivas para os seres vivos.
  •  O frio intenso e o turbilhão de ventosO frio intenso e o turbilhão de ventos polares acima da Antárctida provocam,polares acima da Antárctida provocam, em cada Inverno, um empobrecimentoem cada Inverno, um empobrecimento localizado de ozono.localizado de ozono.  Na Primavera seguinte, com o sol, oNa Primavera seguinte, com o sol, o ozono forma-se novamente,ozono forma-se novamente, restabelecendo-se a concentraçãorestabelecendo-se a concentração normal.normal. Os CFCOs CFC -- compostos gasosos de cloro, flúor e carbono (duram 50-100 anos)compostos gasosos de cloro, flúor e carbono (duram 50-100 anos) São os principais responsáveis pela destruição da camadaSão os principais responsáveis pela destruição da camada de ozono, já que, devido à sua composição química, reagemde ozono, já que, devido à sua composição química, reagem facilmente com o ozono.facilmente com o ozono. Nota:Nota: Em 1985 um grupo de cientistas publicou que a espessura da camada de ozono,Em 1985 um grupo de cientistas publicou que a espessura da camada de ozono, sobre a Antárctida, na Primavera, tinha diminuído mais de 40%, entre 1979 e 1985 (buracosobre a Antárctida, na Primavera, tinha diminuído mais de 40%, entre 1979 e 1985 (buraco do ozono – é do tamanho dos EUA e a altura do monte Evereste).do ozono – é do tamanho dos EUA e a altura do monte Evereste).
  • CFCs:CFCs: - FrigoríficosFrigoríficos - Ar condicionadoAr condicionado - Extintores de incêndiosExtintores de incêndios - SecantesSecantes - SolventesSolventes - AerossóisAerossóis Consequências:Consequências: - Plantas danificadasPlantas danificadas - Seres humanos e outros animais com problemasSeres humanos e outros animais com problemas oculares, cancro de pele e menor resistência àsoculares, cancro de pele e menor resistência às doençasdoenças - Ecossistemas aquáticos com redução daEcossistemas aquáticos com redução da fotossíntese e respectivas consequências nasfotossíntese e respectivas consequências nas cadeias alimentarescadeias alimentares
  • Poluição das águasPoluição das águas CAUSAS:CAUSAS: - vírus, bactérias e outros microorganismos nocivos - esgotos das actividades domésticas, industriais e agrícolas - detergentes e materiais orgânicos - metais pesados (mercúrio e chumbo) - pesticidas e fertilizantes (nitratos e fosfatos) - derrames petrolíferos e águas resultantes da lavagem de tanques dos petroleiros (marés negras nos oceanos, ex. Prestige) - descargas de águas aquecidas provenientes de circuitos de refrigeração de certas fábricas, centrais térmicas e nucleares
  • Consequências:Consequências:  Morte de numerosos organismos aquáticosMorte de numerosos organismos aquáticos  Doenças (ex. febre tifóide, cólera,...)Doenças (ex. febre tifóide, cólera,...)  EutrofizaçãoEutrofização  Bioacumulação; BiomagnificaçãoBioacumulação; Biomagnificação Tu podes fazer a diferença!Tu podes fazer a diferença!  Evita usar detergentes que se acumulem nas águas residuais!Evita usar detergentes que se acumulem nas águas residuais!  Utiliza com moderação todos os produtos de limpeza, poisUtiliza com moderação todos os produtos de limpeza, pois acabam por ser lançados nos esgotos!acabam por ser lançados nos esgotos! Não lances óleos ou azeite usados no esgoto da banca!Não lances óleos ou azeite usados no esgoto da banca!
  • SolosSolos O solo é um recurso natural básico que disponibiliza múltiplasO solo é um recurso natural básico que disponibiliza múltiplas funções ou serviços aos seres vivos, constituindo:funções ou serviços aos seres vivos, constituindo:  Componente fundamental dos ecossistemas e dos ciclosComponente fundamental dos ecossistemas e dos ciclos naturais;naturais;  Reservatório de água;Reservatório de água;  Suporte essencial do sistema agrícola;Suporte essencial do sistema agrícola;  Espaço para as actividades humanas e para os resíduosEspaço para as actividades humanas e para os resíduos produzidos.produzidos.
  • Indústria:Indústria:  Acumulação de resíduos da indústria extractiva;Acumulação de resíduos da indústria extractiva;  Refinarias de petróleo, fábricas de produtosRefinarias de petróleo, fábricas de produtos químicos e de têxteis libertam produtos tóxicos.químicos e de têxteis libertam produtos tóxicos. Resíduos domésticos:Resíduos domésticos:  A acumulação de lixos domésticos pode ser umA acumulação de lixos domésticos pode ser um foco de contaminação ou um excelente meio parafoco de contaminação ou um excelente meio para o desenvolvimento de insectos e roedores.o desenvolvimento de insectos e roedores. Agricultura:Agricultura:  Espécies, devido à inexistência de predadores,Espécies, devido à inexistência de predadores, aumentam originandoaumentam originando pragaspragas..  Uso excessivo de herbicidas, pesticidas eUso excessivo de herbicidas, pesticidas e fertilizantes.fertilizantes. Contaminação dos SolosContaminação dos Solos
  • Poluentes químicosPoluentes químicos  Nitratos e fosfatos provenientes daNitratos e fosfatos provenientes da agricultura;agricultura;  Detergentes e materiais orgânicosDetergentes e materiais orgânicos oriundos de centros urbanos, deoriundos de centros urbanos, de unidades de criação de gado e certasunidades de criação de gado e certas indústrias;indústrias;  Petróleo e derivados.Petróleo e derivados.
  • FlorestaFloresta  Suportam a biodiversidade;Suportam a biodiversidade;  Evitam a erosão do solo;Evitam a erosão do solo;  Contribuem para o armazenamento de águaContribuem para o armazenamento de água no solo;no solo;  Regularizam os cursos de água;Regularizam os cursos de água;  Mantêm a qualidade do ar;Mantêm a qualidade do ar;  Equilibram o efeito de estufa e,Equilibram o efeito de estufa e, consequentemente, o clima a nível mundial.consequentemente, o clima a nível mundial. Conjunto dinâmico de seres vivos fundamental na manutenção doConjunto dinâmico de seres vivos fundamental na manutenção do equilíbrio dinâmico do nosso planeta:equilíbrio dinâmico do nosso planeta:
  • DesflorestaçãoDesflorestação  Agricultura;Agricultura;  Abertura de estradas;Abertura de estradas;  Exploração de minérios;Exploração de minérios;  Criação de novosCriação de novos aglomerados populacionais;aglomerados populacionais;  Fogos florestais.Fogos florestais. A destruição de vastas áreas de floresta deve-se sobretudo à:A destruição de vastas áreas de floresta deve-se sobretudo à:
  • Consequências da desflorestaçãoConsequências da desflorestação  Erosão acelerada dos solos;Erosão acelerada dos solos;  Aumento da sedimentação nos cursos deAumento da sedimentação nos cursos de água, danificando ecossistemas aquáticos;água, danificando ecossistemas aquáticos;  Mudança nas condições climáticas;Mudança nas condições climáticas;  Aumento dos níveis de dióxido de carbono,Aumento dos níveis de dióxido de carbono, do efeito de estufa e consequentedo efeito de estufa e consequente aquecimento global;aquecimento global;  Diminuição da humidade atmosférica, o queDiminuição da humidade atmosférica, o que altera o regime de chuvas;altera o regime de chuvas;  Destruição dos habitats, pondo em causa aDestruição dos habitats, pondo em causa a vida de muitas espécies.vida de muitas espécies.